Isto É

A Turner entrou em acordo com os oito clubes que tem contrato no Campeonato Brasileiro e resolveu alguns impasses entre as partes. Segundo o “UOL”, a emissora acordou que, mesmo com contrato até 2024, não irá mais transmitir o Brasileirão a partir de 2022.

Athletico Paranaense, Bahia, Ceará, Coritiba, Fortaleza, Palmeiras e Santos viviam uma insatisfação e uma relação ruim com a emissora americana. Pendências financeiras, como o pagamento de luvas, e a incerteza do futuro do contrato eram os principais motivos de uma relação estremecida.

Ao que tudo indica, a emissora já queria encerrar o contrato no fim de 2020, mas a pedido dos clubes, que temiam uma desvalorização e falta de planejamento para analisar propostas do mercado, executivos do canal decidiram permanecer na competição por mais um ano.

Um dos desfechos da negociação foi que o canal abriu mão de processar os clubes, que também abriram mão da multa rescisória de contrato com a emissora. Mesmo após o fim do acordo com a Turner, os oito clubes decidiram negociar coletivamente os direitos e permanecerem juntos para aumentar os lucros. Com isso, as equipes receberão cerca de R$ 104 milhões divididos entre todos assim que o acordo for formalizado.