WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

agosto 2020
D S T Q Q S S
« jul   set »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  



drupal counter

:: 21/ago/2020 . 16:37

Campeonato Francês volta com público e empate por 0 a 0 entre Bordeaux e Nantes

Globo Esportes

Depois de cinco meses, o Campeonato Francês voltou a ter uma partida disputada. O Bordeaux recebeu o Nantes no pontapé inicial na temporada 2020/21 com um empate por 0 a 0 nesta sexta-feira. Os últimos jogos pela Ligue1 foram no dia 8 de março.

O Campeonato Francês da última temporada foi encerrado precocemente no fim de abril, depois de 28 rodadas disputadas, com o PSG declarado campeão. A liga foi a única das cinco grandes da Europa a não completar o seu torneio.

A atual temporada volta com a permissão do público no estádio. Desde julho, o governo francês autoriza torcedores nas arenas esportivas, com presença limitada a 5 mil pessoas e obrigação de distanciamento social entre grupos que não pertencem à mesma família e uso de máscara.

Em campo, o Bordeaux teve o jovem meia Mehdi Zerkane expulso ainda aos 20 minutos da primeira etapa, mas suportou à pressão e segurou o empate por 0 a 0 com o Nantes.

Peñarol mandará jogo da Libertadores no Beira-Rio? Conmebol espera que não

Uol

A Conmebol vai divulgar na quarta-feira (26) os locais onde cada time jogará na retomada da Libertadores, marcada a partir de 15 de setembro. Somente dois países, Argentina e Uruguai, ainda não aprovaram o protocolo criado pela confederação para viabilizar viagens e partidas de suas competições, mas a avaliação dentro da entidade é que isso é uma questão de tempo e burocracia.

Por via das dúvidas, o uruguaio Peñarol já avisou à Conmebol que caso as autoridades de seu país não autorizem jogos em Montevidéu ele mandará suas partidas no estádio Beira-Rio, do Inter, em Porto Alegre — o reinício do torneio será sem acesso de torcedores.

A confederação permitiu que os clubes mandassem jogos em outros países por causa da pandemia do coronavírus. Um prazo até 20 de agosto foi estipulado para que um participante indicasse estádio e nação diferente da sua para ser o anfitrião, caso sua casa estivesse com a fronteira fechada, por exemplo.

Para dar mais tempo a Argentina e Uruguai, a Conmebol prorrogou esse prazo para o dia 25, próxima terça-feira. A tendência é que até lá os dois países aprovem o protocolo e o Peñarol possa atuar normalmente em Montevidéu.

Sete países já oficializaram o ok ao guia sanitário, médico e de viagens da Conmebol — Brasil, Paraguai, Colômbia, Bolívia, Equador, Venezuela e Peru. O governo chileno já comunicou que aprovou, só faltando assinar. O protocolo prevê, entre outras coisas, que os clubes usem voos fretados, que só saiam do hotel para treinar e jogar e que só fiquem no país visitado por 72 horas.

Wolfsburg goleia Glasgow, e Barcelona supera Atlético de Madrid nas quartas da Champions feminina

GE

A Liga dos Campeões Feminina voltou repleta de emoções nesta quinta-feira. Bicampeão europeu, o Wolfsburg não teve pena do Glasgow City e aplicou goleada de 9 a 1 pelas quarta de final. No outro duelo do dia, clássico espanhol: Barcelona e Atlético de Madrid. As catalãs levaram a melhor e venceram por 1 a 0. As equipes vitoriosas se enfrentarão na próxima terça-feira na semifinal.

O rolo compressor do Wolfsburg começou com Harder aos 16 do primeiro tempo após a dinamarquesa arrancar em velocidade. Foi justamente ela que comandou a goleada. A atacante entrou em campo com 10 gols marcados na competição e adicionou quatro para a conta.

Engen (duas vezes), Rauch também marcaram pela equipe alemã. A capitã do Glasgow, Ross, fez duas vezes contra, o segundo nos acréscimos da partida. Coube a Wade marcar o gol de honra do time escocês.

Na segunda partida do dia, Barcelona e Atlético de Madrid travaram uma batalha equilibrada. Apesar de fortemente desfalcada, pois cinco atletas testaram positivo para coronavírus e a brasileira Ludmila estava suspensa, a equipe da capital espanhola conseguiu se segurar bem.

O Barcelona dominou a criação de jogadas e teve as melhores oportunidades, mas encontrou dificuldade na hora de finalizar. Destaque também para a zaga e goleira adversárias. O gol veio de chute rasteiro de Hamraoui aos 35 do segundo tempo.

Neste sábado, mais dois jogos concluem as quartas de final, às 15h (de Brasília). O Lyon enfrenta o Bayern de Munique, e o Arsenal pega o PSG das brasileiras Formiga e Luana. Assim como a competição masculina, a reta final da Liga dos Campeões Feminina será definida em jogos únicos.

Wolfsburg e Barcelona agora se enfrentam na próxima terça-feira pela semifinal. A partida será às 15h (de Brasília) no estádio Anoeta, em San Sebastian.

Champions League pode ter casal campeão com Bayern e PSG

MSN

Alphonso Davies e Jordyn Huitema fazem um casal que pode ganhar a Champions League na mesma temporada… e com apenas 19 anos.

Quem está mais próximo da conquista é o lateral-esquerdo canadense do Bayern de Munique, que irá disputar a final do torneio masculino neste domingo, contra o Paris Saint-Germain.

Curiosamente, o PSG é o time da atacante canadense, que entrará em campo antes do namorado. No sábado, as parisienses enfrentam o Arsenal pelo jogo único de quartas de final.

Ou seja, o fim de semana será de muito futebol para Huitema e Davies – jogando e torcendo.

Os dois estão há mais de três anos juntos, tendo atuado ao mesmo tempo no Vancouver Whitecaps. No começo de 2019, Davies foi ao clube alemão, enquanto Huitema iria ao time francês meses depois.

A pandemia dos técnicos da Série A do futebol brasileiro

Ogol

O mundo e, consequentemente, o futebol mudaram neste ano de 2020 com a chegada do coronavírus. Porém, um velho hábito segue inalterado no Brasil: A culpa é, quase sempre, do treinador.

Nesta quinta-feira (20) dois técnicos da primeira divisão caíram por conta do fraco início de Brasileirão. Ainda à tarde, o Coritiba anunciou a saída de Eduardo Barroca. O Coxa faz seu pior início na história do nacional, com quatro derrotas em quatro partidas.

Já a segunda demissão ocorreu no período da noite. Com duas derrotas e um empate, o Goiás optou pela demissão do técnico Ney Franco mesmo em meio à diversos casos de Covid-19 no elenco.

Dos 20 clubes da Série A, 11 já trocaram de treinador neste ano. Destes, apenas três saíram por opção própria. Jorge Jesus e Enderson Moreira, que faziam boas campanhas no Flamengo e Ceará, além de Abel Braga, que deixou o Vasco com apenas quatro triunfos em 14 jogos.

Com ou sem pandemia, o treinador da Série A sempre esteve sujeito a ter seu trabalho encerrado mais cedo. Veremos quantos resistem até o fim do campeonato.

RedeTV! pode transmitir Libertadores a partir de setembro

IG Esportes

RedeTV! está empolgada com a possibilidade de comprar os direitos de transmissão da Libertadores . Segundo o portal “UOL”, a emissora foi procurada pela Conmebol na última semana e tentará viabilizar valores para adquirir o torneio, que volta em setembro .

O departamento comercial da RedeTV! está fazendo sondagens a possíveis anunciantes para checar a viabilidade da negociação. A ideia é deixar toda estrutura financeira pronta para conseguir pagar o que for negociado com a entidade sul-americana.

Um dos fatores que anima a emissora paulista por um possível acordo é o fato de a Conmebol garantir que o contrato firmado será longo. A entidade também se dispôs a alterar horários de algumas partidas para que se encaixem na grade do canal.

Brasileirão: Cano faz dobradinha e é o Cara da Rodada na Seleção do Torcedor

CBF

Parece até matéria repetida, mas é que a estrela de Germán Cano não para de brilhar. Destaque do Vasco na vitória por 3 a 0 sobre o Ceará, o argentino foi eleito como o Cara da Rodada do Brasileirão pela segunda vez consecutiva. Foi dele o gol que abriu o triunfo no Castelão, que deu ao Vasco a liderança do campeonato.

Além de Cano, outros quatro representantes do Cruzmaltino foram eleitos para a Seleção do Torcedor do Brasileirão. A escalação, definida por voto popular nas redes sociais do Brasileirão, ainda conta com três jogadores do Botafogo, dois do Internacional e um do Santos.

O time ficou assim: Gatito Fernandez (Botafogo); Rodinei (Internacional), Leandro Castán (Vasco), Marcelo Benevenuto (Botafogo) e Henrique (Vasco); Fellipe Bastos (Vasco), Musto (Internacional), Thiago Galhardo (Internacional) e Luiz Fernando (Botafogo); Marinho (Santos) e Cano (Vasco). Técnico: Ramon Menezes (Vasco).

No fim de semana, serão disputadas mais nove partidas do Brasileirão e o torcedor poderá eleger uma nova seleção. Não deixe de acompanhar o Brasileirão Assaí e os canais oficiais da competição nas redes sociais:

Com estádios vazios, explode o número de cartões para membros de comissão técnica no Brasileirão

Globo Esportes

Em consequência da Covid-19, nas quatro primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro deste ano foram disputados quatro jogos a menos do que no ano passado (menos 10%), mas ainda assim, explodiu o número de cartões para membros das comissões técnicas: de quatro em 2019 para 13 neste ano, um salto de 225%. Sem torcida nos estádios, a equipe de arbitragem sabe de onde vêm os xingamentos e protestos, e está com os ouvidos muito mais sensíveis ao que se diz no banco de reservas.

– Não há nenhuma determinação para ser mais ou menos rígido com o banco. O grande fator é mesmo a ausência de público, que torna tudo muito mais audível. A única orientação é que o quarto árbitro não entra mais em conflito com o banco. Quem cuida da disciplina é o árbitro central, e o que a regra diz é que se um grito não é identificado, o cartão deve ser aplicado ao treinador, que é o responsável pelo banco. É o que diz a lei. Em quatro rodadas, os árbitros não são o maior assunto da competição, e isso é muito bom para o futebol – disse o presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Leonardo Gaciba.

O rigor dos árbitros nas três primeiras rodadas parece ter surtido efeito: na rodada #4, não houve cartão para esses profissionais. No jogo Sport 0 x 1 Santos houve um cartão para o banco de reservas, mas a súmula aponta ter sido para o atacante Ronaldo.

– A CBF e o árbitros precisam tomar uma atitude para cortar isso agora, no início do campeonato. Se continuar do jeito que está, nas rodadas finais será insuportável essa guerra entre árbitros e comissões técnicas – afirmou o comentarista de arbitragem do esporte da Globo Sálvio Spinola.

Dentro de campo, com 10% menos jogos disputados até agora, o número de cartões amarelos cresceu apenas 7% em relação às quatro primeiras rodadas de 2019, evidenciando o aumento do rigor com alta de 225% nas punições às comissões técnicas.

Entre os treinadores, Fernando Diniz, agora no São Paulo, foi o único a levar cartão amarelo tanto no ano passado quanto nas quatro primeiras rodadas. Em 2019, além dele, Mano Menezes e Cuca foram advertidos; neste ano, Dorival Júnior, Jorge Sampaoli e Guto Ferreira. O técnico Tiago Nunes, do Corinthians, foi o único expulso, na partida contra o Grêmio pela terceira rodada.

Clubes devem R$ 1,1 bilhão para instituições financeiras

Terra

Um levantamento feito pela Pluri Consultoria aponta que os principais clubes do Brasil devem R$ 1,1 bilhão às instituições financeiras do país. O estudo, que retirou dados baseados nos balanços financeiros das agremiações em 2019, mostra que as dívidas com estas empresas representam 8,8% do endividamento total das equipes.

Entre os principais devedores nesse quesito, o Palmeiras encabeça a lista com um valor total de R$ 172,12 milhões. O número alto, entretanto, diz respeito exclusivamente aos empréstimos feitos com a Crefisa, que patrocina o clube.

Outra equipe paulista que aparece na parte de cima da lista é o São Paulo, com R$ 143,67, a terceira maior dívida. O Tricolor Paulista ainda teve a segunda maior variação no valor (R$72,20, cerca de 101%) entre 2018 e 2019. O estudo mostra que o clube realizou empréstimos com 10 instituições diferentes.

O Corinthians aparece com a sétima maior dívida da lista, no valor de R$ 82,85 milhões. O clube teve a terceira maior variação do último ano, em R$ 55,41 (cerca de 202%). Por outro lado, o Santos apresenta a décima maior dívida, com R$ 36,46 milhões. O clube não teve variação no valor entre 2018 e 2019.

Destaca-se ainda o endividamento de Atlético-MG e Cruzeiro, que aparecem com a 2ª e 4ª maior dívida do levantamento, respectivamente. O Galo apresenta R$ 152,70 de dívidas com instituições financeiras, enquanto o Cruzeiro tem R$ 134,60.

O levantamento ainda traz que a taxa média dos empréstimos bancários é de 14,5%, o que corresponde a mais que o dobro da taxa Selic acumulada do ano passado, que foi de 5,95%. Entre todos os clubes da lista, o Fluminense é quem teve o maior custo efetivo dos empréstimo, com taxa na casa dos 21,2%.

Confira abaixo o ranking dos clubes com maiores dívidas com instituições financeiras em 2019:

1º Palmeiras – R$ 172,12 milhões
2º Atlético-MG – R$ 152,70 milhões
3º São Paulo – R$ 143,67 milhões
4º Cruzeiro – R$ 134,60 milhões
5º Vasco – R$ 128,18 milhões
6º Internacional – R$ 92,32 milhões
7º Corinthians – R$ 82,85 milhões
8º Botafogo – R$ 40,84 milhões
9º Fluminense – R$ 37,08 milhões
10º Santos – R$ 36,46 milhões
11º Grêmio – R$ 27,18 milhões
12º Flamengo – R$ 25,01 milhões
13º América-MG – R$ 8,87 milhões
14º Bahia – R$ 5,12 milhões
15º Vitória – R$ 2,38 milhões
16º Goiás – R$ 0,64 milhões
17º Coritiba – R$ 0,60 milhões
18º Sport – R$ 0,51 milhões
19º Athletico-PR – R$ 0,38 milhões
20º Fortaleza – R$ 0,31 milhões
21º Cerará – não informado

Supercampeões! Bayern e PSG fazem final entre maiores papa-títulos da Europa nos últimos anos

MSN

Uma final de Champions League entre Bayern de Munique e Paris Saint-Germain literalmente justifica o nome do principal torneio de clubes do mundo. Afinal, nenhum time da Europa supera alemães e franceses quando o assunto é título nos últimos anos.

Fazendo o recorte a partir da temporada 2011-12, a primeira do PSG sob comando da Qatar Sports Investments, os dois são os maiores colecionadores de troféus do Velho Continente, acima até de potências como Real Madrid, Barcelona e Juventus.

O Paris ganhou 25 taças nas últimas nove temporadas, ainda que tenha passado a primeira em branco. Foram sete do Campeonato Francês, sete da Supercopa da França, seis da Copa da Liga Francesa e outras cinco da Copa da.

Enquanto isso, o Bayern ergueu 20 canecos no mesmo período. São oito edições da Bundesliga, mais cinco da Copa da Alemanha e quatro da Supercopa da Alemanha, além de uma Champions League, uma Supercopa da Europa e um Mundial de Clubes. Uma coleção menor que o rival, mas mais variada

É todo esse retrospecto recente vitorioso que Bayern e PSG levam a campo na partida de domingo, às 16h, no Estádio da Luz, em Lisboa. Os alemães tentam o sexto título da Champions, para se igualarem ao Liverpool em número de conquistas na Europa. Já o time de Neymar busca o maior troféu de sua história.

Clubes de Argentina, Chile e Uruguai pedem mais tempo para definir locais de jogos na Libertadores

Terra

Continua o impasse sobre os protocolos sanitários para a retomada da Libertadores a partir do dia 15 de setembro. O prazo final para definição dos locais dos jogos terminou na quinta-feira, mas como as federações de Argentina, Chile e Uruguai pediram à Conmebol prorrogação, a entidade abriu uma brecha no regulamento e deu até a próxima terça-feira, dia 25 de agosto, para que os dirigentes desses países se pronunciassem.

Clubes que não puderem garantir a entrada e saída do seu país de times visitantes por qualquer motivo (logística, necessidade de cumprimento de quarentena obrigatória, proibição de realização de eventos, entre outros) deveriam solicitar à Conmebol até quinta-feira a alteração de estádio, cidade ou até país para disputarem seus jogos como mandante na Libertadores. Por enquanto, as partidas do torneio foram autorizadas somente por Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru e Venezuela.

A Federação Chilena aprovou a realização dos jogos, mas, como ainda dependem das autorizações das autoridades sanitárias locais, os clubes chilenos não confirmaram à Conmebol os estádios que usarão na competição.

Já os governos de Argentina e Uruguai ainda discutem com suas federações a permissão para entrada de delegações estrangeiras sem necessidade de cumprir quarentena de 14 dias. “Libertar as fronteiras a pedido da Conmebol não é tarefa fácil”, disse Gerardo Lorente, gerente da Secretaria Nacional de Esportes do Uruguai em entrevista à imprensa local. “O Uruguai hoje tem um estado de saúde muito bom e a inserção de uma pessoa ou delegação que possa ter o vírus geraria um sério problema para a administração da pandemia.”

O protocolo da Conmebol prevê a permanência das equipes nos países da América do Sul por 72 horas para cada jogo a ser disputado. Neste período, os times deverão fornecer uma lista com o nome das pessoas com autorização para comparecer aos treinamentos e jogos. Quando retornarem aos seus países, os atletas também estariam dispensados da necessidade de quarentena.

Para ajudar na logística, a Conmebol vai dar assistência financeira para voos fretados a todos os clubes. Assim, a ajuda aos times chegará a US$ 93,1 milhões (cerca de R$ 500 milhões).

Liga dos Campeões Feminina retorna nesta sexta, também com formato Super Champions

GE

Prejudicado de forma agressiva pela pandemia de Covid-19, o futebol feminino voltará a ter protagonismo no encerramento da temporada europeia. Começa nesta sexta-feira a fase final da Liga dos Campeões, que será disputada nas cidades espanholas de Bilbao e San Sebástian, no País Basco, com confrontos únicos até a decisão, no dia 30, mesmo formato adotado pela Champions masculina.

Oito times de cinco países jogarão em nove dias na busca pelo principal título de clubes na Europa. Nesta sexta, as quartas de final começam com o clássico espanhol Atlético de Madrid x Barcelona, no estádio San Mamés, e o Glasgow, surpresa do torneio, encarando o Wolfsburg, um dos favoritos ao título, no estádio Anoeta. As duas partidas serão às 13h (horário de Brasília).

Os outros dois jogos das quartas serão no sábado, ambos às 15h (de Brasília): Lyon, atual tetracampeão europeu, contra o Bayern de Munique, no San Mamés; e Arsenal x Paris Saint-Germain, das brasileiras Formiga e Luana, no Anoeta.

Se no futebol masculino, o Campeonato Francês foi o único entre os principais da Europa a não retomar após a pausa provocada pela pandemia, em março, no feminino aconteceu o oposto. Das grandes ligas, só a alemã retomou seus jogos e completou a temporada, com o Wolfsburg campeão. Na França, Lyon e PSG voltaram no início de agosto para disputar as semifinais e, depois, a decisão da Copa da França, vencida pelo Lyon nos pênaltis.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia