WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

agosto 2020
D S T Q Q S S
« jul   set »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  



drupal counter

:: 24/ago/2020 . 17:30

Ainda sem a presença do treinador, Vitória da Conquista se apresenta visando a Serie D

Da Redação

Sem a presença do treinador boliviano Joaquín Monasterio, que ainda espera o visto de trabalho para poder se desembarcar na cidade, o elenco do Vitória da Conquista se apresentou na tarde desta segunda (24), no estádio Edvaldo Flores, para dar inicio a preparação para o Campeonato Brasileiro da Serie D.

Segundo a diretoria do Alviverde o novo comandante deve se apresentar na próxima sexta (28).

Após as boas vindas dadas pelo presidente Ederlane Amorim, os jogadores participaram de um trabalho físico comandado pelo preparador André Borges.

Até o momento fazem parte do elenco os seguintes jogadores: os goleiros Netto Rocha e Cauê, os zagueiros Sílvio, Breno e Rhamon Mexicano, laterais Roni, Marquinho Carioca e Rafael Francos, os volantes Rodrigo e Luis Henrique, os meias Kléber, Tetéu e Jefferson Alves e os atacantes Victor Matheus e Léo Coxinha.

O Vitória da Conquista estreia na competição no próximo dia 20 de setembro contra o Coruripe-AL, no estádio Lomanto Junior.

CBF lança Escola de Futebol Feminino e vê projeto como marco: “Queremos que daqui para frente seja paritário”

Globo Esportes

A CBF lançou na última semana a Escola de Futebol Feminino e para marcar essa novidade a entidade irá promover o curso Características do Treinamento no Futebol Feminino do Brasil. Com aulas de forma online, a atividade teve 130 inscritos em sua primeira turma e, entre os alunos, nomes como Tamires e Érika, atletas do Corinthians, e Daniela Alves, ex-jogadora da Seleção Brasileira e atual técnica do Corinthians Sub-17. O diretor da CBF Academy, Marco Dalpozzo, comentou em entrevista ao blog Dona do Campinho que esse novo movimento tem como objetivo deixar o processo mais acessível e também abrir o leque do feminino também para quem esteja cursando as licenças. Ele ressalta que o futebol é um só, mas é importante que ele seja paritário a partir de agora e inclua a todos e que esse novo produto ajude a desenvolver o esporte também em relação às mulheres.

– Sim, mas as licenças serão de licenças de treinador em futebol e continuará dessa forma. E dentro do programa das próprias licenças, nós colocaremos um foco no futebol feminino. Essa é a ideia da escola do futebol feminino. Além de programas específicos para a preparação física das atletas do feminino, nós teremos uma presença maior em todas as atividades da CBF Academy voltada ao futebol feminino. Então, um treinador de licença C ou B terá o número de hora de conteúdos ligado ao específico do futebol feminino maior do que ele tem agora. Para ser um treinador de licença C, você será um treinador seja para o futebol masculino ou para o futebol feminino. O foco no futebol feminino será maior. Nós queremos que futebol seja futebol e que futebol seja para todos inclusive para as mulheres. Precisa fazer mais formação sobre como funciona, o sistema e a forma de jogar. Esta é uma atividade que até pouco tempo atrás era muito mais masculina do que feminina. O que nós queremos daqui para frente que seja paritário – afirmou o diretor da CBF Academy, Marco Dalpozzo.

A introdução ao universo da gestão e também do treinamento estão entre os objetivos da Escola de Futebol Feminino, e a CBF entende que o local servirá ainda como caminho para executar projetos para a modalidade dentro da CBF Academy, com cursos, debates, workshops e centros de estudo exclusivos. A entidade quer também o desenvolvimento de profissionais que buscam ingressar no futebol feminino e com isso, segundo a Confederação, promover uma mudança de realidade. O novo processo é mais acessível para quem, como algumas atletas, não tem valores suficientes para o começo no novo caminho. O curso de lançamento tem o valor de R$ 430,00. Para se ter uma ideia, as licenças têm valores mais elevados: Licença A R$ 8.840, Licença B R$ 6.170, Licença C 4.480 e Licença PRO 19.130.

– A carreira de um jogador termina. Tendo a possibilidade de continuar no local pelo qual você tem paixão é uma oportunidade dos dois lados. Oportunidade para o atleta fazer sua transição e ter alguém que fornece a oportunidade de se formar ou na área técnica ou na de gestão criando uma carreira de mais longo prazo que não seja só a carreira de jogador todo mundo ganha com isso. Sentar na cadeira é parte fundamental de ser um bom formador, treinador. Então, uma ex-jogadora que depois de ser jogadora está disposta e interessada para se formar, estudar, aí você tem o melhor dos mundos. A experiência prática e a formação conceitual e teórica. Inclusive a gente facilita a vida dela para vir para os cursos. :: LEIA MAIS »

Duas baixas! Flamengo comunica lesões de Rodrigo Caio e Gabigol

Lance

A fase do Flamengo, definitivamente, está longe do esperado. E, nesta segunda-feira, o clube comunicou duas baixas significativas para a sequência no Campeonato Brasileiro – e quiçá na Libertadores, cujo reinício para o Rubro-Negro será no dia 17. Rodrigo Caio e Gabigol tiveram lesões constatadas, sentidas durante o clássico com o Botafogo.

De acordo com o clube, após exames realizados nesta manhã, no Ninho do Urubu, Rodrigo Caio teve lesão constatada no músculo adutor da coxa esquerda. Gabigol, por sua vez, no músculo reto femoral da coxa direita.

Como de praxe, o Flamengo não externou o prazo para que os atletas estejam recuperados das respectivas lesões musculares, mas dificilmente entram em campo no próximo fim de semana. Ambos se juntam ao lateral-direito João Lucas no deparamento médico.

A tendência é que Thuler e Pedro, respectivamente, treinem entre os titulares ao longo da semana, assim como Mauricio Isla, que está na expectativa de estar regularizado até domingo.

Aliás, o próximo jogo do Flamengo será contra o Santos, neste dia 30, às 16h, na Vila Belmiro e pela sexta rodada do Brasileirão.

Copa São Paulo de Futebol Júnior vai ter 3 mudanças importantes a partir da edição de 2021

GE

A Federação Paulista de Futebol (FPF-SP) confirmou através de documento oficial que a Copa São Paulo de Futebol Júnior vai sofrer três mudanças importantes a partir da sua 52ª edição, prevista para acontecer entre os dias 2 e 25 de janeiro de 2021. A partir de solicitações feitas pelos clubes participantes da edição deste ano, a FPF decidiu fazer alterações que têm em vista “a evolução da competição, o fortalecimento das categorias de base e consequentemente para o desenvolvimento para o futebol”.

Confira as modificações
Inscrever até três jogadores que completem 21 anos no ano da edição da competição
Os cartões amarelos serão zerados após o encerramento da primeira fase
Aumentar de sete para nove o número de jogadores no banco de reservas

A FPF esclareceu, inclusive, que a demanda que o terceiro item exige tem sido trabalhada para que seja devidamente atendida.

Consultando cada clube disputante da edição deste ano, que foi vencida nos pênaltis pelo Internacional, a entidade que rege o futebol paulista e organiza a Copa São Paulo informou que 81,5% dos clubes foram a favor da inscrição de até três atletas que completem 21 anos no ano da disputa. Outros 94,4% acataram que o número de cartões seja zerado ao término da primeira fase. Já 96% deram sinal positivo à possibilidade de relacionar até 20 atletas para as partidas.

Procurada pela reportagem, a assessoria de comunicação da FPF indicou que um protocolo de saúde sobre como cada time participante deve adaptar a sua rotina e seus atletas à pandemia do novo coronavírus ainda não está definido, mas que, assim como todos os campeonatos que vigoram hoje no país, deve existir em breve.

Fifa quebra a cabeça para definir o que fará com o Mundial de Clubes

Uol

A direção da Fifa quebra a cabeça para definir o que fará com o Mundial de Clubes que (ainda) está marcado para dezembro no Qatar. O Bayern de Munique, com o título da Liga dos Campeões neste domingo (23), se juntou ao Al-Duhail, campeão qatariano, como classificado para um torneio que ninguém sabe se acontecerá.

O problema é mais complexo do que se imagina: marcado para dezembro, o que seria a última edição do Mundial no formato com sete times não terá todas as equipes classificadas. A Libertadores, por exemplo, só terminará no fim de janeiro e não terá representante a indicar. Ligas das Américas do Norte e Central e da Oceania também têm seus torneios indefinidos até o momento.

A Fifa não pode simplesmente cancelar o Mundial por questões comerciais: há um contrato assinado com o grupo chinês de venda online Alibaba até 2022 para patrocínio exclusivo. A edição 2020 consta no acordo e seria a última no formato atual, dando espaço para o super Mundial projetado pela Fifa, com 24 clubes, que seria em 2021 na China, mas já adiado por causa da pandemia do coronavírus.

Março é um mês trabalhado, mas dependeria do calendário particular de cada confederação, o que torna a operação complexa. O Brasil, por exemplo, estaria no pós-Brasileiro com os principais jogadores dos times da elite provavelmente em descanso. Como emendariam um Mundial, caso tenham vencido a Libertadores em janeiro?

Jogar para o final de 2021 gera dois problemas: o primeiro que acumularia dois campeões de cada confederação, contando claro que o ano de 2021 terá um calendário normal devido à Covid-19. O segundo é que a Fifa já marcou para o Qatar um torneio de seleções em dezembro de 2021, evento-teste para a Copa do Mundo de 2022 que será no país do Oriente Médio.

Dos seis torneios continentais que classificam para o Mundial, três definiram datas para finalizá-los após a paralisação por causa da pandemia: Europa (neste último domingo), Ásia (5 de dezembro) e África (setembro). Todas portanto terminariam a tempo de se jogar o Mundial do Qatar-2020, previsto para começar em 9 de dezembro. Essas confederações decidiram regionalizar as partidas restantes, ou seja, usar sedes fixas, algo que a Conmebol descartou porque ainda restam muitos jogos para o fim da Libertadores.

Imprensa europeia exalta triunfo do “modelo alemão” na Champions

Isto É

A imprensa europeia aplaudiu nesta segunda-feira “a vitória do modelo alemão” na Liga dos Campeões um dia após o Bayern de Munique ter conquistado sua sexta Champions League contra o PSG, cujo “dinheiro (ainda) não traz felicidade”.

“Nenhum outro triunfo do time de Munique na Champions foi tão merecido quanto este”, disse o jornal Frankfurter Allgemeine Zeitung.

Se “o sucesso é sobretudo trabalho do treinador Hansi Flick”, “outro vencedor em Lisboa é o Catar”, acrescentou o jornal, referindo-se ao fato de que a monarquia do emirado não possuir apenas o Paris Saint-Germain, mas também de ser um dos patrocinadores do Bayern.

“O Bayern alcançou seu sonho da tríplice coroa”, escreveu o grande jornal de Munique Süddeutsche Zeitung, destacando que o gol da vitória foi marcado “precisamente por Coman, que nasceu e foi revelado em Paris”.

Na Espanha, a imprensa também se concentrou na ironia do azar do PSG. “Coman saiu porque as contratações milionárias não lhe deixaram espaço. Ontem Coman riu e Neymar chorou”, resumiu Santi Nolla, diretor do jornal esportivo catalão Mundo Deportivo, em sua crônica.

Já na Inglaterra, o Mirror destacou que “os aristocratas do Bayern de Munique superaram os ‘novos ricos’ do Paris Saint-Germain para conquistar seu sexto título da Liga dos Campeões e mostrar que o futebol alemão foi a verdadeira estrela do futebol europeu nesta temporada”.

“Em um estádio sem torcedores, após uma temporada quase interminável, foi o Bayern quem não desistiu. O seu sexto título europeu foi conquistado em circunstâncias sem precedentes, mas não é menos merecido para um time que foi o melhor da competição e sem dúvida é o melhor da Europa neste ano”, disse o Times.

A Gazzetta dello Sport comemorou a vitória do “modelo alemão” na capa. “Os alemães fizeram valer o físico e a superioridade estratégica. Os franceses foram traídos por suas estrelas: Neymar, Mbappé e Di María”.

“Na Europa, o Bayern COMANda”, brincou o Tuttosport, fazendo um trocadilho com o nome do autor do gol do título. “Este Bayern é lendário”, acrescentou o jornal de Turim, que dedicou uma página ao ex-jogador da Juventus, a partir de agora “o herói de Munique”.

De time desfeito aos atrasos de salário: Brasileiro Feminino volta com clubes em realidades opostas

Globo Esportes

Após quase seis meses de espera, o Campeonato Brasileiro feminino, enfim, está de volta. As primeiras equipes retornam ao campo nesta quarta-feira, em uma sequência de partidas que se estenderão até janeiro. Só que em meio à pandemia causada pela Covid-19, a retomada tornou-se símbolo de alívio para uns e apreensão para outros.

Afinal, de times como Corinthians e Santos até Vitória e Sport, a paralisação escancara desafios e realidades opostas vividas pelas 52 equipes que disputam as Séries A1 e A2 no país.

Na elite nacional feminina, foram poucos os times que mantiveram os salários das atletas. Caso, por exemplo, de Palmeiras, São Paulo, Ponte Preta e Ferroviária.

Em meio às dificuldades financeiras, até mesmo nas equipes de maior porte houve reduções. No Santos, isso aconteceu até junho, para quem ganha acima de R$ 6 mil. O Corinthians mantém o corte de 25% no salário da carteira e enfrentou atraso com os direitos de imagem. Mas o clube informou que entrou em acordo com as jogadoras.

Em abril, a Confederação Brasileira de Futebol concedeu uma verba para ajudar as equipes. Foram R$ 120 mil para cada um dos 16 clubes da Série A1 e R$ 50 mil para os 36 da Série A2. Só que a entidade orientou o pagamento de duas folhas salariais, mas não exigiu contrapartida dos clubes.

Neste ano, até mesmo a Fifa lançou um Plano de Apoio com aporte financeiro para o futebol feminino. De acordo com a CBF, procurada via assessoria, os valores serão investidos na manutenção das competições femininas previstas para esta temporada. Principalmente “na implementação dos protocolos de segurança e testagem das atletas”.

Atualmente, 11 clubes que estão na segunda divisão são obrigados pelo Licenciamento da CBF a manter times, porque disputam a Série A do masculino. Caso de Athletico, Atlético-GO, Atlético-MG, Bahia, Botafogo, Ceará, Fluminense, Fortaleza, Goiás, Sport e Vasco.

Série D: com mais de 124 mil votos, internautas elegem favoritos para o acesso em 2020

G1

Os internautas do ge escolheram os times mais fortes para buscar o acesso na edição 2020 da Série D do Campeonato Brasileiro. Das 68 equipes que vão começar a competição, apenas quatro vão comemorar a subida para a Série C de 2021. Com mais de 124 mil votos (exatos 124.647), a torcida elencou os quatro que consideram favoritos:

1-Bangu (19%) – 24 mil votos
2-Atlético-PB (13%) – 16 mil votos
3-América-RN (11%) – 14 mil votos
4-Moto Club (9,4%) – 12 mil votos

Marcílio Dias, em 5º lugar, com 11,6 mil votos
Guarany de Sobral, em 6º lugar, com 11,5 mil votos
Central, em 7º lugar, com 7 mil votos
River-PI, em 8º lugar, com 5 mil votos

Como a CBF confirmou a desistência de três times da edição 2020 do torneio: Patrocinense, Luverdense e CRAC, a enquete foi encerrada. Esses três clubes foram substituídos, respectivamente, por Villa Nova (MG), Sinop (MT) e Aparecidense (GO) na Série D.

Conquistense Marielson Alves comanda América-MG e Ferroviária-SP, pela Copa do Brasil

Da Redação

O árbitro conquistense Marielson Alves Silva vai comandar o jogo entre América-MG e Ferroviária-SP, que acontece neste terça (25), às 16 horas, no estádio Independência, na partida de volta da Copa do Brasil.

Ele será auxiliado por Marcos Welb Rocha de Amorim e Jose Carlos Oliveira dos Santos. O quarto árbitro será o mineiro Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira.

Na partida de ida as duas equipes ficaram no empate pelo placar de zero a zero. Quem vencer fica com a vaga.

Confira os jogos
Terça-feira
16h
Afogados-PE (0) x (3) Ponte Preta
19h
América-MG (0) x (0) Ferroviária-SP
21h30
Fluminense (0) x (1) Figueirense

Quarta-feira
16h
CRB (2) x (0) Cruzeiro
América-RN (1) x (1) Juventude
19h
Paraná (0) x (1) Botafogo-RJ
21h30
Goiás (1) x (0) Vasco
Vitória (0) x (1) Ceará

Quinta-feira
19h
Brusque (1) x (0) Brasil de Pelotas
21h30
São José-RS (0) x (2) Atlético-GO

Vitória da Conquista anuncia novo volante para a sequência da temporada

Diário Esportivo

O time do Vitória da Conquista anunciou no início desta segunda-feira (24) em suas redes sociais, a contratação de mais um atleta para a sequência da temporada com a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D.

O volante Luiz Henrique é o novo reforço da equipe alviverde. O jogador tem 23 anos e já esteve no Nacional-SP, no Cambé-PR e por último esteve no América-SP.

A equipe do Vitória da Conquista se reapresenta nesta segunda-feira. O time do técnico Joaquín Monasterio estreia na Série D entre os dias 19 e 20 do mês que vem.

Após sucesso, Liga dos Campeões pode ter formato de jogo único no mata-mata mantido

Galáticos Online

Segundo o presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, a entidade estuda manter o formato de jogo único na fase final das competições europeias (Ligas dos Campeões e Liga Europa). A ideia de usar esse modelo foi por conta da pandemia do novo coronavírus, que interrompeu as competições por um tempo.

O formato atual, segundo Ceferin, tem deixado as pessoas “extremamente entusiasmadas”. Mas ele afirma que fará ampla consulta antes de decidir por qualquer mudança permanente no formato.

“Devo dizer que este sistema de uma partida parece mais interessante para mim do que o outro sistema com partidas de ida e volta”, ainda acrescentou:

“É uma das coisas interessantes que essa pandemia trouxe”, considerou. “Tivemos que fazer um sistema assim. Tivemos que jogar desta forma, mas no final, vemos que é um sistema muito interessante”.

O mais viável para a Uefa seria adotar o formato de jogo único na semifinal e final com partidas disputadas em sede única.

Após a derrota, cenas de vandalismo são flagradas em Paris

Correio

Após a derrota do PSG para o Bayern de Munique na final da Liga dos Campeões, na noite deste domingo (23), a torcida parisiense não reagiu bem e cenas de vandalismo foram flagradas por quem estava na rua.

A loja da Nike, empresa que fornece o material esportivo do Paris Saint-Germain, foi depredada por torcedores do clube, que jogaram pedras e deram pontapés nas vidraças de entrada. O estabelecimento fica localizado na principal avenida de Paris, a Champs Elysees.

Ainda foi noticiado que alguns carros foram queimados e dezenas de pessoas detidas.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia