WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  



drupal counter

:: 1/set/2020 . 17:04

Com 21 jogadores no elenco, Vitória da Conquista segue se preparando para Serie D

Da Redação
Foto Luciana Flores

O Vitória da Conquista segue se preparando para a estreia na Serie D, diante do Coruripe, no próximo dia 19 ou 20 de setembro, no estádio Lomanto Junior.

Na manhã de ontem (31), no estádio Edvaldo Flores aconteceu à apresentação do treinador técnico boliviano Joaquín Monasterio ao elenco e logo depois ele comandou treinos técnicos e táticos para conhecer os jogadores.

Já na manhã de hoje (1º), os atletas folgaram e a tarde aconteceu um treino técnico no também no estádio Edvaldo Flores.

Até o momento o novo comandante do Bode tem a sua disposição 21 atletas: os goleiros Kauan e Netto Rocha, os Laterais Roni, Marquinho Carioca e Rafael Franco, os zagueiros Silvio, Rhamon Mexicano, Vinicius Bonfati e Breno, os volantes Rodrigo, Luiz Henrique, os meias Kleber, Jean, Jefferson Alves, Douglas. e os atacante Natan, Júnior Carioca, Léo Coxinha, Erick Gladiador, Teteu e Wagner.

Na tarde desta quarta (2), o Alviverde fará um jogo treino contra um selecionado da cidade de Itapetinga para o treinador dar ritmo de jogo aos atletas.

Fla tem que ganhar 26 jogos em 32 rodadas para repetir 2019

Terra

A campanha história do Flamengo no Brasileiro de 2019, quando conquistou o título com sobras e somando 90 pontos, algo jamais alcançado por outro clube no sistema de pontos corridos, pode até ser repetida em 2020. Para isso, no entanto, a equipe teria de vencer 26 das 32 partidas que ainda vai disputar.

No ano passado, foram 28 vitórias e seis empates do Rubro-Negro no Brasileiro, com apresentações que mais pareciam espetáculos e encantaram torcedores de vários clubes.

Até o momento, no entanto, em 18 pontos possíveis, o Flamengo só conseguiu oito. Obteve apenas duas vitórias e dois empates em seis partidas, com atuações que não lembram nem de longe as exibições de 2019, notadamente as que contavam com Jorge Jesus à beira do campo.

Com o elenco mais caro do futebol brasileiro e jogadores cobiçados por grandes clubes da Europa, o time carioca sentiu de forma acentuada os efeitos da paralisação das competições por quatro meses, em decorrência da pandemia de covid-19.

Os primeiros de seus jogos pela edição atual do Brasileiro mostraram isso. Também ficou clara que a troca de Jorge Jesus por Domènec Torrent desequilibrou taticamente a equipe. Nessa quarta (2), o Fla enfrenta o Bahia, fora de casa,

Perto da volta da Libertadores, América do Sul tem números preocupantes de Covid-19

Globo Esportes

A duas semanas da volta da Libertadores, qual a situação da pandemia na América do Sul? Como a Conmebol pretende minimizar os riscos de infecção com tantos deslocamentos e em áreas de diferentes estágios de contágio? Quem já voltou a jogar? As respostas são variadas. Mas o surto no Boca Juniors deu um indício.

Após seis meses, o maior torneio de clubes do continente vai voltar no próximo dia 15. Isso significa também o retorno oficial do futebol para 10 de seus 32 times. Em três países, as ligas nacionais não começaram ou não foram retomadas e seguem sem previsão de datas: Argentina, Bolívia e Venezuela. Na Colômbia, voltará uma semana antes da Libertadores.

Segundo dados da Universidade Oxford, seis países da América do Sul estão na lista dos 10 que registram, no momento, as maiores taxas de óbitos por milhão no mundo: Colômbia, Bolívia, Argentina, Peru, Brasil, que formam o Top-5, e o Chile, em nono. Essas nações estão com média móvel – dos últimos sete dias – entre 2,93 e 5,75.

Como comparação, a Espanha chegou a registrar média móvel de 18,5 mortes por milhão no início de abril. Mas o futebol só voltou no país quando esse número estava abaixo de 1. Dois presidentes de confederações sul-americanas morreram vítimas da Covid-19: o boliviano César Salinas e o venezuelano Jesús Berardinelli.

Para a médica Fátima Marinho, do Instituto de Estudos Avançados da USP, o continente sul-americano ainda tem regiões com curvas de contágio ascendentes.

– Estamos com uma expansão grande na América do Sul. Se você pensar em média, temos o Brasil em um platô alto, agora começando a declinar, o Peru em um platô alto, relativamente maior, e por um tempo maior. A Colômbia está subindo, assim como a Bolívia e Argentina – diz Fátima.

A Conmebol permitiu o aumento da lista de inscritos de cada clube de 30 para 40 jogadores e, com isso, quer evitar a remarcação de jogos. Portanto, mesmo diante de um alto número de casos positivos em uma equipe, a entidade deve manter seu calendário.

Copa do Brasil: Botafogo e Vasco fazem clássico

Globo Esportes

A CBF sorteou nesta terça-feira pela manhã os confrontos da quarta fase da Copa do Brasil. Os confrontos, que têm como data base os dias 16 e 23 de setembro, saíram com clássico carioca entre Botafogo e Vasco. Além dos rivais do Rio de Janeiro, há duelo de série A, Atlético-GO x Fluminense.

Confira todos os confrontos sorteados:
Ponte Preta x América-MG. O time de Campinas inicia o confronto em casa.
Brusque-SC x Ceará. O time catarinense inicia o duelo em casa.
Botafogo x Vasco. O Alvinegro joga a primeira como mandante.
Fluminense x Atlético-GO. O Tricolor abre o confronto em casa.
Juventude x CRB-AL. O time gaúcho inicia o duelo no Rio Grande do Sul.

O campeão da Copa do Brasil, somadas todas as fases até a final, pode arrecadar mais de R$ 70 milhões, a maior premiação distribuída no futebol brasileiro. Quem avançar às oitavas de final leva mais R$ 2,6 milhões de premiação. Os dois confrontos das oitavas estão previstas para fim de outubro e início de novembro (data base de 28/10 e 4/11).

Vale lembrar que essa é a última fase da Copa do Brasil antes do ingresso dos times que participam da Libertadores e dos campeões da Copa do Nordeste, da Série B e da Copa Verde. Portanto, Flamengo, Palmeiras, Athletico, São Paulo, Internacional, Grêmio, Santos, Corinthians, Fortaleza, Cuiabá e Bragantino entram a partir das oitavas.

Nem o VAR tira a bengala que é reclamar de arbitragem no Brasil

Uol

No sábado, Gatito Fernández chutou o equipamento do VAR no Estádio Nílton Santos, revoltado com o real grande erro de arbitragem nos principais jogos do fim de semana: o gol de Bruno Nazário no segundo tempo de Botafogo 0x2 Internacional.

Porque a falta de Mateus Babi sobre Patrick não foi tão clara a ponto de invalidar a interpretação de disputa normal do árbitro de campo. O VAR não deve interferir a esse ponto. Nada que justifique a truculência do jogador do Botafogo, mas algo que precisa ser discutido internamente para que seja evitado.

Curiosamente o fato que repercutiu tanto na abertura da sexta rodada foi soterrado pelas discussões sobre Santos 0x1 Flamengo. Sem sair, obviamente, do tema principal e onipresente: a arbitragem, com VAR incluso.

É óbvio que o tempo para definir se houve impedimento ou não precisa diminuir. E a falta da torcida pressionando na Vila Belmiro certamente deixou a equipe do VAR mais confortável para demorar na decisão. E, convenhamos, os árbitros devem vibrar com a imagem da TV focada neles, como o centro das atenções por tanto tempo. Protagonismo também para os comentaristas de arbitragem..

A vontade de aparecer e se destacar está nas entranhas de toda discussão sobre arbitragem no Brasil. Ainda mais em tempos de redes sociais. No futebol é disparado o assunto que gera mais engajamento. Porque o brasileiro adora uma teoria de conspiração.

Os times mais populares ou os dominantes historicamente são acusados de favorecimento. Mesmo que o tempo dilua essas críticas. Até o Flamengo de Jorge Jesus foi alvo enquanto construía o domínio absoluto no cenário nacional e sul-americano. Houve gritaria, por exemplo, na virada sobre o Fortaleza no Castelão por conta do pênalti sobre Rodrigo Caio e da presença de uma segunda bola em campo no momento em que Reinier cabeceou para as redes nos acréscimos para decretar os 2 a 1.

Os “debates” intermináveis são cômodos para todas as partes. Os torcedores rivais têm uma suspeita para contrapor a nítida superioridade do time odiado. Antes era “apito amigo”, agora é “VAR+ nome ou apelido do time”. Os apaixonados pelo alvo do ódio ficam atentos para responder e contestar as acusações, mesmo as veladas – ainda mais em tempos de milícias digitais de grandes torcidas. :: LEIA MAIS »

Narciso será o técnico do Portela Teixeira de Freitas na Série B do Baiano

Bahia Esportiva

Após confirmar o retorno ao Campeonato Baiano da Série B, o Portela já definiu o técnico: Narciso, de 39 anos, que já defendeu as cores do Portela enquanto meio-campista.

Ao Bahia Esportiva, o presidente Gerson Portela confirma o acerto na manhã desta terça-feira (01): “Antônio Narciso será nosso treinador e trará seu auxiliar Edmundo Alisson. Narciso está conosco desde 2014, conheci na época que estávamos no Serrano. Trouxemos para o Portela em 2016 e em todas as edições que disputamos foi o grande líder do nosso elenco. Conhece o clube, nossa filosofia de jogo e a forma de trabalho. Tenho muita confiança no Narciso, jovem de 39 anos e muito promissor, com cabeça aberta. É o momento certo de apostar e vejo que dará muito certo no objetivo que é conquistar o acesso.”

Bastante identificado, Narciso fala ao Bahia Esportiva sobre sua relação com o Portela e a cidade de Teixeira de Freitas: “Tenho uma identificação muito grande com o Portela e com a cidade. Estive em 2014 com o Serrano e na sequência o Portela se profissionalizou em 2016 e recebi o convite para jogar. Joguei os últimos três anos (2016, 2017 e 2018) da minha carreira pelo Portela”.

“A expectativa é muito boa. A verdade é que meu último desejo enquanto jogador era subir o Portela, por toda a cidade e torcida que me acolheu de braços abertos. Agora, com essa oportunidade como técnico vamos trabalhar para colocar o Portela na elite do futebol baiano”, afirma Narciso, estreante na função de técnico.

Narciso mostra entrosamento com o clube ao comentar: “O convite do Gerson existe desde 2017 enquanto era jogador. Desde aquela época venho estudando e me preparando para o desafio. Tenho a confiança do presidente e espero retribuir da melhor forma possível. Não fui um jogador reconhecido nacionalmente, mas onde eu pude chegar eu consegui ser vencedor e isso quero carregar comigo sempre, ser vencedor e dar meu melhor, e isso também farei nessa nova função.”

Moderno, Narciso pondera o que o torcedor do Portela Teixeira de Freitas pode esperar do time em campo na Série B do Baiano: “Um competição como essa temos que ter os cuidados defensivos que é do jogo, mas temos que jogar pra frente. Fui um meia que gostava de jogar. Ficava feliz quando saia do jogo e fazia a autoanalise e dizia: Merecemos vencer! Não ficava feliz em vencer por vencer, é preciso vencer e convencer.”

O Portela e Narciso estreiam na competição no dia 25 de outubro ás 15h, fora de casa contra a equipe do Canaã com local a definir.

Campanha solidária em prol de ex-goleiro do Vitória da Conquista é iniciada

Diário Esportivo

Atleta do Vitória da Conquista na temporada de 2019, o goleiro Geovane passa por dificuldades financeiras nessa pandemia do novo coronavírus. O jogador, de 21 anos, se tornou alvo de uma campanha solidária na internet.

De acordo com informações apuradas pela nossa reportagem, a campanha visa não só ajudar o jogador, como também financiar uma cirurgia que o atleta precisa fazer em um dos joelhos cujos ligamentos foram rompidos. A imagem oficial do pedido de ajuda do arqueiro chegou à redação de Diário Esportivo na noite desta segunda-feira (31). Confira abaixo:

Geovane foi revelado na Seleção de Itamaraju onde foi campeão do Intermunicipal de 2018 e esteve no Vitória da Conquista no ano passado onde disputou a Copa SP de Futebol Junior e se tornou o titular na campanha do Campeonato Baiano que levou a equipe alviverde às semifinais da competição. Logo após, foi emprestado ao Bahia para a disputa do Brasileirão de Aspirantes e buscando chegar na titularidade do time principal, mas não vingou.

Em 2020, Geovane chegou a fazer testes no Boa Esporte-MG, mas foi negociado com a Juazeirense antes da pandemia, atualmente está sem clube.

Jequié inicia planejamento para Série B do Baiano com foco no retorno à elite do estadual

Bahia Notícias

No último domingo (30), a diretoria do Jequié se reuniu para planejar a disputa da Série B do Campeonato Baiano. Em publicação nas redes sociais do clube, o presidente Leur Lomanto Júnior falou sobre a formação da equipe para a competição.

“A reunião foi bastante proveitosa. Em breve vamos anunciar o elenco e a data da apresentação, ainda estamos fechando alguns detalhes”, declarou o dirigente. “A gente quer fazer um time forte e competitivo, essa situação da pandemia acabou atrapalhando um pouco as coisas, e aí a gente volta a conclamar a todos que amam a ADJ a se unirem em torno desse projeto”, completou.

Rebaixado na temporada de 2019, o presidente falou ainda que o foco é que a equipe volte a disputar a elite do estadual.

“Volto a repetir que é com a unidade que a gente alcança o nosso objetivo, que é o retorno à elite do Campeonato Baiano”, concluiu.

Para a disputa da Série B do Baiano, estarão as equipes: Jequié, Unirb, Barcelona, Canaã, Colo-Colo e Teixeira de Freitas (Portela). O campeonato está programado para ser iniciado no dia 25 de outubro.

Uruguaio Acosta é o novo reforço do Barcelona de Ilhéus

Bahia Esportiva

Com passagem de destaque por Náutico e Corinthians, o uruguaio Beto Acosta (43) é o novo reforço do Barcelona para a Série B do Baiano 2020.

Com extenso currículo, incluindo passagem pela seleção uruguaia, Acosta conquistou a segunda divisão do Campeonato Brasileiro pelo Corinthians, em 2008, e esteve presente na seleção da Bola de Prata da série A em 2007, época em que viveu a melhor fase da carreira, defendendo as cores do Náutico. Pelo Timbu, anotou 19 gols em 31 jogos.

Em 2019, o atacante de 1,88m vestiu as camisas de Santos – AP, onde foi campeão amapaense, Taboão da Serra (SP), Sabugy (PB) e Atlético Carioca (RJ). Ao todo disputou 17 partidas e foi às redes em cinco oportunidades. Esse ano estava no Taguatinga/DF tendo feito boas apresentações.

O Barcelona fará sua estréia na Série B do Baiano dia 25 de outubro contra o UNIRB, fora de casa.

Ex-base do Bahia, goleiro Geovane sofre lesão séria no joelho e faz campanha para cirurgia

Bahia Notícias

O goleiro Geovane, que pertence atualmente a Juazeirense, está realizando uma campanha de arrecadação para realizar uma cirurgia após sofrer uma lesão enquanto treinava durante o período de paralisação do futebol. Em entrevista ao Bahia Notícias, o jogador de 21 anos explicou o ocorrido.

“Com essa pandemia eu estava treinando em um campo na minha cidade, realizando trabalhos específicos, e, infelizmente, em um movimento que fui fazer, pisei em um buraco e estourei os ligamentos do joelho esquerdo”, contou Geovane, que está na sua cidade natal, Antônio Gonçalves.

Revelado no ano passado, o goleiro jogou pela categoria de base do Vitória da Conquista pela Copa São Paulo de Futebol Júnior e pelo time profissional no Campeonato Baiano. Após as disputas, Geovane passou um período no sub-23 do Bahia.

Sobre a campanha para realização da cirurgia no joelho, o jogador comentou que a ideia foi planejada em parceria com o amigo, também atleta profissional, Toninho Bahia. Para o procedimento, o goleiro precisa arrecadar R$ 10 mil. “Não conseguimos muito até agora, mas vamos conseguir”, completou Geovanne otimista.

Guardiola sugere à Messi que permaneça no Barcelona

Isto É

O técnico Pep Guardiola retornou à Manchester na última segunda-feira após passar alguns dias em Barcelona. Não há registros de que o treinador se encontrou com Lionel Messi na Catalunha, mas o “Mundo Deportivo” afirma que em uma das conversas que os dois tiveram por telefone, o comandante sugere a permanência do camisa 10 na equipe culé por conta da dificuldade econômica.

A visão do Manchester City também é mais cautelosa do que nos primeiros dias após o pedido do argentino para deixar o clube. Há um entendimento de que a liberação sem custos do craque é muito difícil, embora a equipe inglesa não tenha dinheiro para pagar a cláusula de rescisão de Messi. Outro fator é o salário do atleta, que faria com que alguns jogadores tivesse que ser dispensados do elenco.

Além disso, o Manchester City também está sendo observado de perto pelo Fair Play Financeiro da Uefa que quase excluiu o clube de disputar a Liga dos Campeões por duas temporadas. Os ingleses seguem atento a possibilidade de contar com o melhor do mundo, mas apenas caso seja uma negociação sem custos, o que parece cada vez mais improvável.

‘Podemos evoluir em relação ao tempo de análise do VAR’, diz chefe da arbitragem da CBF

Terra

A atuação do VAR chamou atenção na partida entre Santos e Flamengo, válida pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro, no último domingo. Em duas ocasiões, o árbitro Wilton Pereira Sampaio, que apitou o duelo na Vila Belmiro, precisou do auxílio do vídeo para a checagem de dois gols irregulares do Santos. Somadas as duas intervenções, a bola ficou parada por cerca de 10 minutos.

De acordo com Leonardo Gaciba, chefe de arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o tempo de análise elevado não se enquadra na média das últimas cinco rodadas do campeonato, que, até o momento, é pequena. “Aconteceram dois lances de altíssimo grau de dificuldade. Acredito que possamos evoluir em relação ao tempo de análise da jogada até chegarmos a uma conclusão. Foram lances muito ajustados. Apenas com uma ferramenta muito precisa poderíamos chegar a essa marcação. Durante as cinco primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, o tempo do VAR não foi muito levado em conta e esse é seu grande sentido. Um jogo com uma demora maior acaba passando essa sensação de que a ferramenta é demorada. No entanto, no bojo do campeonato, as análises estão sendo feitas em um tempo adequado, dentro de uma média internacional”, disse ao Estadão.

O lance gerou comentários contrários à utilização da ferramenta. Cuca, técnico do Santos, chegou a afirmar que o árbitro de vídeo “brincou” no jogo. Dirigentes santistas entraram no gramado da Vila Belmiro no intervalo para cobrar Wilton Pereira Sampaio. Gaciba, por sua vez, afirma que os técnicos da CBF seguem diretrizes internacionais.

“O VAR não afere a distância de impedimento. Ele passa uma linha precisa para dizer se o jogador está ou não adiantado. Uma interpretação de pouco impedido ou não é uma questão de regra do jogo. A CBF segue as normas internacionais. Esse é o padrão da Fifa e da Conmebol para dizer se o jogador está impedido ou não”, explica o chefe de arbitragem.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia