WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  



drupal counter

:: 20/set/2020 . 18:22

Vitoria da Conquista vence o Coruripe na estreia n a Serie D

Da Redação

O Vitoria da Conquista derrotou o Coruripe pelo placar de dois a zero na tarde deste domingo (20), no estádio Lomanto Júnioruistou , na estreia da Serie D.

Os gols do Bode foram marcados por Léo Coxinha no primeiro tempo e Robinho na segunda etapa.

Com o resultado os comandados do treinador Joaquin Monastério conquistou os três primeiros pontos na competição.

O Alviverde volta à campo contra o Freipaulistano no próximo domingo (27).

Braz garante que diretoria do Flamengo não pensa em demitir Dome

IG Esportes

A goleada sofrida na última quinta, em Quito, movimentou os bastidores do Flamengo e colocou o trabalho do Domènec Torrent sob os holofotes . Assim, coube ao vice-presidente de futebol Marcos Braz vir a público dar explicações em entrevista coletiva neste sábado, direto de Guayaquil onde o time enfrenta o Barcelona na terça-feira, pela quarta rodada do Grupo A da Libertadores.

Nome forte do futebol, o VP garantiu que a demissão do treinador após o 5 a 0 para o Independiente Del Valle não foi discutida em nenhum momento entre eles e os demais membros da diretoria presente no Equador. E mais, afirmou que há uma unidade de pensamento e planejamento entre a alta cúpula do Fla.

– O Dome está dentro de um planejamento nosso. Já temos o planejamento do jogo contra o Palmeiras. Em nenhum momento foi discutido a saída do Dome. Em nenhum momento. Existe uma unidade dentro da diretoria. Quem manda está aqui, pessoas importantes da diretoria, todos vieram trabalhar. Fizemos extensas reuniões para parte de premiação, outras partes consideradas importantes e internas do clube. Em nenhum momento foi pensado nessa hipótese. Eu sei onde quer se chegar nessa pergunta. O resultado do jogo foi impensável. O Flamengo não pode perder de 5 a 0 em um final de Mundial, no Estadual, no Brasileiro… Não só na Libertadores. Em nenhum lugar pode. Não faz parte da história vitoriosa do clube, dessa diretoria vitoriosa – afirmou Braz.

Série A da Itália tem primeiro jogo com público desde março

Isto É

Na primeira partida com público pela Série A desde o início de março, o Napoli derrotou o Parma fora de casa por 2 a 0 neste domingo (20) e iniciou com vitória sua trajetória na temporada 2020/21.

Os dois gols foram marcados apenas no segundo tempo, por Mertens e Insigne, principais jogadores do ataque napolitano. A partida ocorreu no estádio Ennio Tardini, em Parma, que recebeu um público de mil torcedores, todos eles convidados pelo clube mandante.

Esse foi o primeiro jogo oficial com público na Série A da Itália desde 1º março, com os duelos entre Lecce e Atalanta e Cagliari e Roma, pouco mais de uma semana antes do lockdown nacional.

No último sábado (19), o ministro do Esporte, Vincenzo Spadafora, autorizou a reabertura dos estádios de futebol para até mil torcedores por partida, desde que sejam respeitadas medidas de segurança sanitária e distanciamento interpessoal.

Como não havia tempo de ativar a bilheteria para venda de ingressos, o Parma decidiu formar sua torcida com convidados entre seus patrocinadores. O estádio já havia recebido um amistoso com mil torcedores em 6 de setembro.

Nos dois casos, funcionários do clube mediram a temperatura dos espectadores, que tiveram de manter distância mínima de um metro nas arquibancadas. (ANSA).

Dirigente do Inter acusa Fortaleza de ter torcida no Castelão: “Inadmissível”

IG Esportes

O vice-presidente de futebol do Internacional, Alessandro Barcelos, afirmou após a derrota do clube para o Fortaleza por 1 a 0 no Castelão, com gol de Felipe, que o clube mandante tinha ‘mais de 80 pessoas’ apoiando a equipe durante a partida realizada na noite deste sábado, com portões fechados devido a pandemia. Segundo o clube cearense, todos os protocolos da CBF estão sendo seguidos nos jogos realizados no Castelão.

O dirigente do Internacional disse ainda que esses supostos torcedores do Fortaleza pressionaram a arbitragem a não marcar pênalti no meio-campista argentino Damián Musto, do Inter, em lance que chegou a ser checado pelo VAR, mas não teve a penalidade confirmada.

Com a derrota sofrida, o clube gaúcho perdeu a liderança da Série A para o Atlético Mineiro de Jorge Sampaoli, que bateu o Atlético Goianiense por 4 a 3 em Goiânia, no Estádio Olímpico. O Inter estacionou nos 20 pontos, enquanto o Galo, que tem um jogo a menos que o Colorado, foi a 21. Com a vitória no Castelão, o Fortaleza chegou a 15 pontos e acordou neste domingo (20) na 8ª posição, que ainda pode ser perdida após a sequência de jogos da 11ª rodada do Brasileirão.

“Não jogamos bem e perdemos. Aliás, infelizmente a arbitragem hoje foi ruim, para não dizer mais. O pênalti foi pênalti, no mínimo igual ao pênalti do Rodinei, a arbitragem foi ao VAR e tomou uma pressão aqui. Um jogo sem coordenação maior da CBF. Tinha mais de 80 pessoas nas arquibancadas do Fortaleza e isso é inadmissível”, disse Alessandro Barcelos, vice de futebol do clube gaúcho em coletiva após a derrota.

Em nota publicada nas redes sociais após a acusação do dirigente do Inter, o Fortaleza diz que “vem cumprindo com todo o protocolo estabelecido pela CBF em dia de jogos. Reiteramos ainda que seguimos rigorosamente o protocolo do Governo do Estado, além das diretrizes da CBF com o acompanhamento direto da diretoria responsável. A relação com todos que trabalham em dia de jogos é enviada para a CBF e conferida atentamente na checagem que acontece na Arena Castelão para a distribuição dos crachás de acesso”.

Mais longevo do país, Renato entra no top-15 em comparativo com técnicos do futebol europeu

Globo Esportes

Renato Portaluppi completa quatro anos no comando do Grêmio sob turbulência, sem lá muitos motivos para sorrisos pelas más atuações recentes de sua equipe. Mas a marca alcançada neste sábado, 19 de setembro, merece festejos.

E não apenas porque o maior ídolo da história gremista é o treinador mais longevo do futebol brasileiro há muito tempo e com muita folga. Os quatro anos – e agora um dia – alçam Renato a um patamar compatível ao dos principais treinadores das grandes ligas da Europa.

Para não deixar passar em branco uma data tão emblemática, o ge comparou a longevidade da terceira passagem do treinador no Grêmio com os trabalhos de técnicos de cinco ligas do Velho Continente.

São os cinco campeonatos da 1ª Divisão de: Inglaterra (Premier League), Espanha (La Liga), Itália (Serie A), Alemanha (Bundesliga) e França (Ligue 1).

O francês Moulin, de 53 anos, lidera o ranking como técnico do Angers há mais de nove anos. Atrás dele estão o argentino Simeone, do Atlético de Madrid, e o alemão Christian Streich, do Freiburg, com oito anos e 28 dias.

Vale dizer: o ranking exclui técnicos do futebol sul-americano que também sustentam longos trabalhos. É o caso, por exemplo de Marcelo Gallardo, no comando do River Plate há seis anos, três meses e 20 dias.

Novo modelo de TV dá à Conmebol mais poder sobre venda da Libertadores

Uol

A estreia da Libertadores no SBT e o anúncio dos canais Conmebol mostrou uma mudança no modelo de TV da competição: a entidade organizadora passa a ter bem mais controle sobre a transmissão. Na realidade, o formato é de parcerias que dão uma plataforma para a Conmebol exibir seus torneios em vez da tradicional venda de direitos para mídias.

Primeiro, mostremos como funcionava antes o modelo de transmissão da Libertadores com a Globo. A emissora pagava US$ 60 milhões pelos direitos de TV Aberta e TV Fechada. Em troca, recebia só a imagem da Conmebol e fazia o que queria com a comercialização do produto, isto é, o uso de anunciantes.

Lembremos que o fato de a Conmebol filmar e produzir as imagens dos jogos, que ocorre desde 2019, já era uma mudança em relação a contratos anteriores. Pelos acordos anteriores, era a Globo e outras emissoras que tinham suas equipes de filmagem, o que lhes dava mais poder sobre o produto.

Bem, voltemos ao tema inicial, o controle da Conmebol sobre a transmissão aumentou no SBT. Durante a transmissão, todos os patrocinadores da competição foram exibidos abaixo do placar do jogo. O mesmo foi feito com promoções como o melhor do jogo, patrocinado por um dos parceiros da entidade. Até mensagens institucionais da entidade foram incluídas como homenagens a quem combateu à Covid.

O SBT, sabe-se, paga menos do que a Globo dava pelos direitos de TV. A diferença entre os números ainda não é sabida. Mas essa exibição de patrocinadores têm um valor agregado significativo em publicidade. Ao renovar contratos de patrocínio, a Conmebol pode garantir que seus parceiros estarão na TV Aberta o tempo todo durante a transmissão e cobrar mais por isso.

E os canais da Conmebol? Esse é um caso de um controle ainda mais direto da entidade sobre seu produto. Foi firmada uma parceria com a Claro, Sky e Bandsports para criar quatro canais, como mostrado aqui no blog. A comercialização em formato de pay-per-view tem renda dividida percentualmente entre as partes.

Com esse modelo, a Conmebol segue entidades como a NBA que tem pacotes pagos exclusivos para suas competições organizado pela própria entidade. Não são canais pagos que adquiriram os direitos de TV, mas uma comercialização quase direta feita pela entidade.

É cedo para saber quanto esse modelo da Conmebol de TV para a Libertadores e Sul-Americana vai gerar de dinheiro. Assim, não dá para comparar com a fórmula anterior de simples venda de direitos à canais de televisão. O que se demonstra é uma nova experiência de mercado que pode virar uma tendência caso se torne lucrativa ou pode voltar atrás ao formato anterior.

Vitória da Conquista: Linguagem da bola ajuda comunicação com técnico boliviano, diz capitão

Bahia Notícias

Para disputar a Série D, o Vitória da Conquista contratou o técnico boliviano Joaquín Monastério para o comando do time. Apesar do treinador ainda não falar tão bem o português, o capitão e zagueiro Sílvio, de 39 anos, disse que o elenco tem dado um jeito para compreender as instruções do chefe gringo.

“Técnico estrangeiro tem essa questão do idioma, mas estamos tendo uma boa comunicação. Ele já sabe um pouco do português. Algumas palavras que não sabe o significado nós ajudamos. A linguagem do futebol é universal se não der na palavra vai nos gestos”, comentou em entrevista ao Bahia Notícias.

O entendimento entre jogadores e técnico será colocado à prova neste domingo (20), às 16h, na partida de estreia na competição nacional diante do Coruripe-AL, no Lomantão. Mas fora a comunicação, Sílvio aponta para outro fator que poderá atrapalhar a equipe do Bode.

“Essa primeira partida vamos ter muita dificuldade. Além do time do Coruripe ser uma boa equipe, estreia é sempre uma incógnita. Tem o nervosismo, não saber muita coisa dos adversários, mas isso serve pros dois”, disse.

O Vitória da Conquista integra o Grupo A4 da Série D.

Vitória da Conquista estreia neste domingo (20) na Série D

Esporte na Mídia

Neste domingo, 20, o time do Vitória da Conquista entra em campo pela primeira vez na edição 2020 do Campeonato Brasileiro da Série D. O jogo acontece às 4 da tarde, no Lomantão, contra o Coruripe-AL.

Seguindo determinações da CBF, o jogo não terá a presença de público no estádio, sendo liberada apenas a presença de profissionais que atuaram na partida como imprensa, policiais, bombeiros, funcionários da Prefeitura e das duas agremiações. Todos seguindo um rígido protocolo para evitar contágios.

O time do Vitória da Conquista aposta no seu novo técnico, o boliviano Joaquín Monasterio, de 36 anos. Em entrevista exclusiva à Diário Esportivo, o treinador não confirmou um time titular, mas a equipe que disputou o amistoso contra um combinado de jogadores profissionais e amadores da cidade contou com: Netto; Marquinhos Carioca, Sílvio, Rhamon Mexicano e Lucas Franco; Breno, Ninho Xavier, Rodrigo e Natan; Kléber e Léo Coxinha. Há ainda a possibilidade do time ser encaixado em um 3-5-2 para a partida deste domingo.

Assim como o Vitória da Conquista, o Coruripe trocou de treinador durante o intervalo entre a conclusão do estadual e o início da Série D. Vindo do Murici, 3º colocado no Alagoano, o técnico Elenilson Santos retorna ao “Hulk Praiano” após 1 ano. Outro destaque do clube é o atacante Alexandre, de 28 anos, esperança de gols do time. O jogador esteve retorna ao futebol de Alagoas depois de ter sido artilheiro do campeonato local em 2019.

Daiane Caroline Muniz dos Santos (CBF/MS) apita o confronto. Auxiliada por Ledes José Coutinho (CBF/BA) e Marcus Vinícius Ferreira de Souza (CBF/BA). Eziquiel Sousa Costa (CBF/BA) será o 4º árbitro.

Bahia de Feira e Atlético de Alagoinhas estreiam com derrota na Série D

Galáticos Online

Enquanto o Bahia de Feira foi a Juiz de Fora enfrentar o Tupynambás, o Atlético de Alagoinhas recebeu o Gama dentro de casa. O que ocorreu de comum nas duas partidas foram as derrotas dos clubes baianos, que estrearam com o “pé esquerdo” na Série D.

O Bahia de Feira teve o placar a seu favor até levar o empate aos 44 minutos do segundo tempo, mas podia ficar pior para o time baiano, que levou a virada aos 47 e viu a chance de estrear bem escorrer pelo ralo. Já o Atlético de Alagoinhas, fez um primeiro tempo de muito ataque e com várias chances de abrir o placar, mas não soube aproveitar nenhuma das chances. Como “quem não faz, toma”, o Gama abriu o placar no fim a primeira etapa e decretou a derrota do Cancão.

O Cancão sai para visitar a Caldense, em Poços de Caldas, no sábado (26), às 16h30. O Bahia de Feira enfrenta o Vila Nova-MG, novamente dentro de casa, às 15h, no sábado (26).

Volta do público aos estádios no Rio irrita clubes de fora e depende de governo e CBF

Bahia Notícias

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), anunciou na sexta-feira (18) o retorno do público aos estádios de futebol na cidade no próximo dia 4, com a partida entre Flamengo e Athletico-PR —marcada para o Maracanã.

No entanto, tal discurso do político não basta para que a ideia seja colocada em prática. Restam conversas, reuniões entre diversos órgãos e uma série de ajustes em regras vigentes para que o torcedor, enfim, retome seu lugar nas arquibancadas.

O comunicado de Crivella, inclusive, surpreendeu participantes de reunião no mesmo dia na qual a pauta foi debatida. Após o encontro, uma nova rodada de conversas foi marcada para a próxima semana.

A ideia é incluir agora, além da Secretaria Municipal de Saúde e da Vigilância Sanitária, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, empresas que administram as linhas de trens e ônibus e responsáveis por toda a logística envolvida em uma partida. Somente, então, Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) e clubes envolvidos na ideia finalizarão o protocolo idealizado para o retorno.

Tal protocolo será submetido à CBF. Ainda oficialmente calada, a confederação aguarda uma posição do Ministério da Saúde após enviar uma proposta de retorno gradual do público aos estádios antes de se movimentar no assunto.

Bem como no documento enviado à Brasília, a entidade mostra cautela e não acredita em um retorno já no início do próximo mês, com o jogo do Flamengo no Maracanã. Na visão de dirigentes da entidade, seria necessário ao menos mais um mês de debates e acordos com os poderes públicos de todos os estados envolvidos no Campeonato Brasileiro até que a ideia fosse executada.

Com o aval do Ministério da Saúde em mãos, a confederação conversará com clubes para alterar a regra número um da diretriz técnico do Brasileiro, o documento que rege o torneio. “As medidas aqui estabelecidas levam em consideração que a retomada do futebol se dará sem público. Qualquer alteração nesse quadro será devidamente comunicada e este documento será ajustado se necessário for.”

É justamente a partir desse documento que se sustenta o argumento da CBF diante do comunicado de Crivella, segundo apurou a reportagem. A entidade defende que qualquer decisão relacionada ao seu campeonato precisa respeitar a diretriz em vigor —ou posterior alteração, cenário condicionado a conversas com clubes.

Como a CBF não verbalizou tal pensamento, muitos clubes mostraram descontentamento com a possibilidade de um retorno precoce na data anunciada por Crivella. Na visão de times como Corinthians, Palmeiras, Atlético-MG e Grêmio, seria inadmissível ter o retorno do público em apenas uma unidade da federação envolvida no Brasileiro, quebrando a isonomia da disputa.

Ao menos dois dirigentes da alta cúpula da CBF asseguraram à reportagem que não trabalham com a ideia de retomada em um estado enquanto outros ainda não tenham garantias do poder público para tal. Até por isso responsáveis pelo torneio na confederação não consideram a presença de público já em Flamengo x Athletico-PR uma opção razoável.

Diante disso, a aposta de envolvidos é de que a espera do torcedor supere as duas semanas —ideia inicial de prefeitura e federação do Rio.

Além da possível quebra da isonomia, outro fato incomodou os clubes que questionam as conversas aceleradas na capital fluminense. Para muitos deles, o Flamengo rompeu um acordo feito no início do Brasileiro. Em conversas e reuniões virtuais, dirigentes dos 20 times da série A planejavam solicitar um debate para que o público retornasse aos estádios em novembro, na virada do primeiro para o segundo turno.

A antecipação do debate no Rio irritou dirigentes de clubes de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Ceará.

Mesmo com as discordâncias e a cautela da CBF no momento, as partes envolvidas acreditam em um retorno em breve. A expectativa geral é de público nos estádios ainda em 2020.

Não bastam, no entanto, palavras do prefeito Marcelo Crivella. Faltam acordos e entendimentos em todas as cidades que usualmente recebem jogos do Brasileiro —São Paulo, Santos, Bragança Paulista, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Salvador, Goiânia, Recife e Fortaleza.

Confira os quatro jogos de hoje na Série A

Galáticos Online

Quatro jogos acontecem nest domingo (20) pela Série A do Campeonato Brasileiro. Grêmio e Palmeiras se enfrentam em São Paulo, enquanto o lanterna Coritba recebe o Vasco que vive boa fase e ocupa a quarta colocação. Já o Santos, vai ao Rio de Janeiro para enfrentar o Botafogo que está na zona de rebaixamento. Por fim, o Sport recebe o Fluminense na Ilha do Retiro.

Confira todas as partidas deste domingo:

16H
Grêmio x Palmeiras
Coritiba x Vasco

18h15
Botafogo x Santos

20h30
Sport x Fluminense

Com gol de Felipe, Fortaleza vence o Internacional e chega aos 15 pontos

Globo Esportes

Com gol de Felipe, o Fortaleza fez neste sábado (19) o que Rogério Ceni tanto queria: venceu um gigante do futebol nacional, o Inter, por 1 a 0, em embate válido pela 11ª rodada da Série A do Brasileiro. As equipes fizeram um primeiro tempo morno, mas voltaram melhores na segunda etapa, quando saiu o gol do Leão. O Fortaleza chegou aos 15 pontos, na parte de cima da tabela. O Colorado tem 20 e agora mira o rival Grêmio

O Internacional encara o Grêmio na quarta-feira (23), na Taça Libertadores, às 21h30. Pela Série A, volta a campo no próximo sábado (26), enfrentando o São Paulo, no Beira-Rio, às 19 horas. O Fortaleza encara o Santos no domingo (27), às 20h30, na Vila Belmiro

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia