Globo Esportes

Demorou bastante, 15 anos para ser mais preciso, mas enfim a Argentina voltou a vencer a Bolívia na altitude de La Paz. Nesta terça-feira, pela segunda rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo, a equipe comandada por Lionel Scaloni – que era jogador no triunfo de 2005 – venceu de virada por 2 a 1 e se manteve com 100% de aproveitamento na competição. Marcelo Moreno fez o gol boliviano, e Lautaro Martínez e Correa marcaram para os argentinos.

A Argentina chega a seis pontos em dois jogos, enquanto a Bolívia acumula duas derrotas. Nas próximas rodadas das Eliminatórias, em novembro, os argentinos terão Paraguai (c) e Peru (f) como adversários. Os bolivianos encaram Equador (c) e Paraguai (f).

A Argentina igualou o número de vitórias da Bolívia em confrontos disputados na altitude. Na história das Eliminatórias, foram cinco triunfos para cada lado e dois empates. Pelo lado boliviano, Marcelo Moreno isolou-se como o maior carrasco argentino na história da competição, com cinco gols marcados. Botero, também boliviano, com quatro, e Ronaldo Fenômeno, com três, vêm logo atrás na lista.

Após o apito final, jogadores bolivianos e argentinos se desentenderam em campo. Marcelo Moreno e Messi bateram boca e foram contidos por companheiros. O atacante boliviano recebeu cartão amarelo.