WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



drupal counter

:: 16/out/2020 . 16:02

Vitória da Conquista já está em Arapiraca-AL, onde enfrenta o Jaciobá neste sábado (17)

Blog da Resenha Geral

O Vitória da Conquista já está em Arapiraca (AL), a de 800 quilômetros de Vitória da Conquista, para enfrentar o Jaciobá, amanhã, as 16h30 no Estádio Coaracy Fonseca.

O time chegou ontem por volta das 15 horas, e conta quase todo o elenco para a partida, o atacante Erick e o zagueiro Vinicius Bonfati ainda estão com Covid-19, e estão se recuperando.

A equipe alviverde é a líder do grupo com 10 pontos ganhos, o Jacyobá ocupa a lanterna com apenas 03 pontos. Em caso de vitória, o ECPP deve continuar na ponta da tabela seguindo o caminho firme rumo à Série C.

Quem apita o duelo é o goiano Rubens Paulo Rodrigues dos Santos. Ele será auxiliado por Wagner Jose da Silva e Claudio Camilo da Silva, ambos de Alagoas. O quarto árbitro será o alagoano Helder Brasileiro de Aquino, enquanto a alagoana Lydia Pollyana Gomes de Oliveira Castela ficará como analista de campo.

MP do Mandante não é votada no Congresso Nacional e perde validade

Lance

A Medida Provisória 984/2020, chamada popularmente como Medida Provisória do Mandante, perdeu a validade nesta quinta-feira sem ter sido votada pelo Congresso Nacional. Com isso, voltam a valer as regras anteriores da Lei Pelé, que distribui o “direito de arena” entre o dono da casa e o visitante.

A MP do Mandante foi publicada no dia 18 de junho, após o Flamengo articular junto ao presidente Jair Bolsonaro. Ela tinha passado os direitos de transmissão ou reprodução das partidas esportivas ao clube mandante do jogo. Caso fosse votada e aprovada, o Rubro Negro estaria livre para transmitir as partidas das quais é mandante.

Para o clube, havia o entendimento de que se essa mudança fosse aprovada, o Flamengo conseguiria valor maior do que o arrecadado atualmente, tendo direito a metade dos jogos do Nacional – os que jogasse em casa – enquanto outros times teriam direito sobre seus jogos como visitantes.

Além dos cariocas, outros clubes da Série A demonstraram apoio à medida através de um manifesto publicado em julho, embasados no argumento de que os torcedores seriam beneficiados com a alteração, pois com o aumento das receitas dos clubes, não sofreriam mais com os “apagões” nos estádios.
Entre os integrantes da primeira divisão do Brasileirão, somente Grêmio, Fluminense, Botafogo e São Paulo foram contrários.

Agora, com o fim do prazo para a MP ser votada, voltam a valer as regras anteriores da Lei Pelé, que distribui o “direito de arena” entre o dono da casa e o time visitante.

Assim, a emissora de TV ou rádio interessada em exibir a partida volta a ter de negociar com os dois times. A MP previa que a negociação com os dois clubes só ocorreria se houvesse indefinição quanto ao detentor do mando de jogo.

Apesar da negativa, o deputado André Figueiredo (PDT-CE) apresentou projeto (PL 4.876/2020) que retoma parte do texto da MP e também determina que o direito de negociar a transmissão da partida pertence exclusivamente ao time mandante do jogo. Ainda não há data para debate deste projeto.

Prefeitura de Salvador libera práticas esportivas coletivas nas praias, parques e campos

Globo Esportes

O prefeito de Salvador, ACM Neto, anunciou, na manhã desta sexta-feira, nova medidas que flexibilizam a prática de esportes na cidade. Segundo o gestor, estão liberadas as práticas esportivas coletivas nas praias, parques, campos e áreas públicas.

As práticas esportivas estavam suspensas na capital baiana por conta das medidas para evitar a disseminação do coronavírus.

A flexibilização também abrange áreas particulares, como clubes sociais. Estes, além das academias, estão autorizados a voltar a usar vestiários; as piscinas podem ter até dois alunos por dia.

Todas as medidas serão publicadas em edição especial do Diário Oficial nesta tarde. No caso das praias, como o acesso está restrito aos sábados e domingos, as flexibilizações são válidas a partir da próxima segunda-feira.

Definida arbitragem para Jacyobá x Vitória da Conquista pela Série D

Mega Rádio

Após o triunfo sobre o Itabaiana, por 2 a 1, no Estádio Lomanto Júnior, o Vitória da Conquista vai defender a liderança do Grupo 4 neste sábado (17), às 16h30, contra o Jacyobá-AL, no Estádio Coaracy Fonseca, na cidade de Arapiraca, em Alagoas, pela 7ª rodada da Série D do Brasileiro. O ECPP lidera a chave com 10 pontos, mesma pontuação do Coruripe que fica em segundo por conta do critério de desempate dos gols marcados. O time alagoano, por sua vez, é o lanterna com apenas 3 pontos somados em seis jogos. O Bode não será mais comandado pelo boliviano Joaquín Monastério, que não conseguiu o visto de trabalho e acabou sendo desligado do clube.

Quem apita o duelo entre Jacyobá-AL e Vitória da Conquista é o goiano Rubens Paulo Rodrigues dos Santos. Ele será auxiliado por Wagner Jose da Silva e Claudio Camilo da Silva, ambos de Alagoas. O quarto árbitro será o alagoano Helder Brasileiro de Aquino, enquanto a alagoana Lydia Pollyana Gomes de Oliveira Castela ficará como analista de campo.

Colo-Colo mandará jogo da Série B do Baianão no Lomanto Júnior

Diário Esportivo

O time do Colo-Colo confirmou que sediará seu primeiro jogo como mandante no Campeonato Baiano da Série B, no Estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista.

Distante 277 km de Ilhéus, cidade do clube, Conquista receberá o jogo do campeão baiano de 2006 contra o UNIRB, válido pela 2ª rodada do certame estadual, no dia 01 de novembro. Na estreia, o Colo-Colo enfrenta o ADJ, em Jequié.

Na data citada, a CBF deverá marcar o confronto entre Vitória da Conquista e Central, também no estádio, válido pelo Brasileiro da Série D, obrigando a FBF a remanejar esta partida. A confirmação das datas dos 7 últimos jogos do ECPP na fase de grupos da 4ª divisão deve sair nos próximos dias.

De acordo com a diretoria do time, o Estádio Mário Pessoa, em Ilhéus, vive dificuldades para ter seus laudos aprovados pela Federação Bahiana de Futebol, mas, de acordo com nota apresentada pelo clube neste domingo (11), a equipe tentará voltar para sua cidade de origem para seu outro jogo em casa nesta fase do campeonato, contra o novo rival, o Barcelona de Ilhéus.

Treinador uruguaio fala sobre dirigir Palmeiras: “Seria um sonho”

Ig Esportes

O Palmeiras está atrás de um novo técnico para substituir Vanderlei Luxemburgo e o mercado sul-americano apresenta opções, tanto que Miguel Ángel Ramirez, do Independiente del Valle, é o preferido.

Outro nome que está na lista é o de Gustavo Munúa , que se desligou do Nacional, do Uruguai, nesta quinta-feira (15). O treinador de 42 anos não foi procurado pelo Palmeiras até o momento, mas não hesitaria em acertar.

– Dirigir o Palmeiras seria um sonho, um dos maiores clubes do mundo e campeão da Libertadores – afirmou Munúa ao “Nosso Palestra/Lance”.

Por enquanto, o preferido do Palmeirasé Miguel Ángel:

Gustavo foi demitido após perder a final do Apertura por 1 a 0 para o Rentistas, na noite de quarta-feira (14), mesmo dia em que Luxemburgo deixou o comando do Palmeiras.

O treinador tem experiência em usar as categorias de base e o Nacional tem uma das melhores campanhas da fase de grupos da Copa Libertadores. O clube está classificado e disputa com Palmeiras e Santos o posto de melhor a uma rodada do término.

Cruzeiro anuncia a contratação do técnico Felipão; estreia será contra o Operário

Bahia Notícias

O Cruzeiro, finalmente, tem um novo técnico. Após recusar a investida inicial, Luiz Felipe Scolari, o Felipão, aceitou o convite para treinar a Raposa. O clube mineiro anunciou o retorno do técnico na noite desta quinta-feira (15). Ele vai assinar contrato até o final de 2022. A estreia será no jogo contra o Operário, na próxima terça (20), às 21h30, no Germano Krüger, pela 17ª rodada.

“Alô sócio diamante do Cruzeiro, nossos maiores contribuintes. Queremos anunciar para vocês em primeira mão: está fechado aqui com nosso Felipão, técnico pentacampeão mundial, currículo que nem precisamos falar. Cruzeiro no coração também, está voltando para nos ajudar neste momento, em um projeto que vai muito além deste ano. Vamos fazer um negócio muito legal que vamos divulgar”, disse o presidente Sérgio Santos Rodrigues em vídeo gravado para os associados. “Nós não queremos só este ano não. Queremos esse ano, que está terminando, mas também 2021, 2022, 2023 e eu estarei com vocês dando tudo que posso dar com a minha contribuição de conhecimentos, amizades, tudo aquilo que o Cruzeiro me deu também. Conto com vocês”, afirmou Felipão.

Após as passagens de Enderson Moreira e Ney Franco, Felipão chega com a dura missão de acabar com o pior momento do Cruzeiro dentro de campo em sua história de 99 anos. A equipe é a vice-lanterna na tabela de classificação da Série B com 12 pontos.

O Cruzeiro conseguiu acertar com Felipão após ter sido recusado por Lisca, que comanda o América-MG, Umberto Louzer, que preferiu continuar na Chapecoense. Inclusive, o próprio Felipão já havia recusado o primeiro convite dos mineiros.

Felipão dirigiu o Cruzeiro em 2000 e 2001, conquistando o título da Copa Sul-Minas. Na sua longa e vitoriosa carreira já levantou 27 taças, sendo a principal a Copa do Mundo de 2002 com a Seleção Brasileira. Ele também foi campeão da Copa das Confederações (2013), Copa Libertadores (1995 e 1999), Recopa Sul-Americana (1996), Campeonato Brasileiro (1996 e 2018), Copa do Brasil (1991, 1994, 1998 e 2012), Liga Chinesa (2015, 2016 e 2017) e Liga Uzbeque (2009). Como treinador de Portugal, foi vice-campeão da Eurocopa de 2004 comandando o selecionado que tinha Cristiano Ronaldo, Figo e Deco.

Antes da estreia de Felipão, o Cruzeiro entra em campo nesta sexta (16), às 21h30, para encarar o Juventude, no Mineirão, pela 16ª rodada.

CBF e clubes debatem aumento de inscrições e voltam ao tema de público nos estádios nesta sexta

Globo Esportes

A CBF e os clubes da Série A voltam a se reunir, virtualmente, nesta sexta-feira. Em pauta, primeiro, o aumento do limite de inscrições de 40 para 50 atletas no Brasileiro – uma reivindicação dos clubes e que chegou a ser discutido no último Conselho Técnico da Série A, em 24 de setembro.

Com duas janelas excepcionalmente neste ano da pandemia do novo coronavírus, os clubes preparam novas contratações e esperam a alteração de regulamento para inscreverem novos atletas. O caso foi debatido também pela contaminação por Covid-19 de boa parte dos elencos em jogos da Série A – o que provocou ações no STJD e na Justiça comum antes do empate de 1 a 1 de Palmeiras e Flamengo.

Se a inscrição de atletas é praticamente ponto pacífico, o tema mais polêmico vai ser tratado depois, no que a CBF chama de reunião de trabalho para “retomar as discussões sobre o retorno do público aos estádios”. Foram duas reuniões no fim de setembro para tratar do tema. Na segunda, dia 26, a CBF vetou presença de público nos estádios.

A CBF evita colocar datas para a volta do público, diz que vai depender de autoridades municipais e estaduais. O secretário-geral da CBF, Walter Feldman, chegou a falar em “testes nas 10 últimas rodadas”.

O encontro de setembro teve discussão acalorada entre o presidente da CBF, Rogério Caboclo, e o presidente da Ferj, Rubens Lopes, que coordena entendimentos com governo do estado e prefeitura do Rio de Janeiro, para reabrir o Maracanã em jogos com público.

Com segunda onda da pandemia, futebol pode ser paralisado de novo na Europa

Uol

Cristiano Ronaldo foi infectado pelo coronavírus e vai desfalcar a Juventus pelas próximas duas semanas. O último jogo da equipe italiana, aliás, nem chegou a acontecer porque o Napoli apresentou dois casos positivos de Covid-19 no elenco e foi proibido pelas autoridades italianas de viajar para Turim.

O Tottenham também viveu uma situação semelhante. No fim do mês passado, classificou-se para as oitavas de final da Copa da Liga inglesa porque o Leyton Orient teve um surto da doença e não pode ir a campo. E a fase preliminar da nova temporada da Champions registrou dois WO devido a contaminações pelo vírus.

O agravamento da segunda onda da pandemia na Europa colocou o futebol mais poderoso do mundo em estado de alerta. Já há discussões sobre a possibilidade de alguns campeonatos serem paralisados mais para desacelerar esse novo crescimento no número de casos. Dos países do primeiro escalão da bola, a Itália é quem tem levado essa ideia mais a sério. Na última terça-feira, o país registrou sua maior quantidade diária de novos infectados (5.901, com 41 mortes) desde o fim de março.

Dos países do primeiro escalão da bola, a Itália é quem tem levado essa ideia mais a sério. Na última terça-feira, o país registrou sua maior quantidade diária de novos infectados (5.901, com 41 mortes) desde o fim de março.

Boa parte dos elencos da primeira divisão do Calcio registrou testes positivos nas últimas semanas. O atacante sueco Zlatan Ibrahimovic, outro dos principais astros da competição, desfalcou o Milan em seus últimos quatro compromissos por causa da Covid-19.

No final do mês passado, o jornal “Corriere della Sera” publicou que a liga que organiza a Série A italiana estava cogitando interromper o campeonato durante duas semanas devido à proliferação de casos entre os jogadores.

De acordo com a agência Ansa, a Itália também cogita criar um sistema de bolha (semelhante ao usado na última temporada da NBA, em que todos os jogadores ficaram hospedados e atuaram no complexo da Disney) para viabilizar a continuidade pelo menos da sua primeira divisão.

França e Reino Unido são outros dois países do alto escalão do futebol europeu que têm endurecido diariamente suas medidas de contenção à pandemia e podem, em breve, ter de tomar alguma nova atitude relacionada aos eventos esportivos.

A temporada 2019/20 do futebol europeu foi seriamente prejudicada pelo coronavírus. Alguns campeonatos nacionais, como o Francês e o Holandês, foram simplesmente encerrados mais cedo, lá em março. A maioria, no entanto, foi até o fim, mas chegou a ficar paralisada durante três meses.

Com fantasma do Z4 na porta, Bahia visita o lanterna Goiás

Correio

Depois de praticamente uma semana inteira livre para recuperar jogadores e ajustar o sistema de jogo, o Bahia entra em campo nesta sex-feira (16) pelo Campeonato Brasileiro. A partir das 20h, o tricolor encara o Goiás, no estádio da Serrinha, em Goiânia.

Se por um lado a situação preocupa por ainda não ter conseguido embalar uma sequência de vitórias para se distanciar da briga contra a degola, por outro Mano Menezes e seus comandados têm o alento de depender apenas das próprias forças para não terminar a rodada entre os quatro últimos colocados.

Para sair da zona, o Bahia precisa apenas de um empate diante dos goianos. Se vencer, chegará aos 18 pontos e automaticamente ganhará quatro posições, saltando para a 13ª.

Do outro lado, o Bahia vai encontrar um velho conhecido. Ex-técnico tricolor, Enderson Moreira tem quebrado a cabeça para fazer o alviverde reagir na Série A, mas não tem conseguido muito sucesso.

SÉRIE B: América-MG poderá colar no líder e Cruzeiro quer amenizar a crise

Futebol Interior

Em lados opostos, os mineiros América-MG e Cruzeiro terão jogos importantes nesta sexta-feira, na sequência da 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Se o Coelho quer grudar de vez na liderança, a Raposa quer voltar a respirar para sair da zona de rebaixamento.

Vindo de duas vitórias seguidas – a última por 2 a 0 sobre o Náutico – e sem perder há cinco, o América visitará o Botafogo às 19h15, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. O clube mineiro ocupa a quarta colocação com 26 pontos, seis a menos do que o líder Cuiabá.

Ainda sem técnico – recebeu “não” de Lisca, Felipão, Umberto Louzer e Marcelo Chamusca – e sem vencer há três jogos depois de ter empatado sem gols contra o lanterna Oeste, o Cruzeiro tentará a recuperação contra o Juventude às 21h30, no Mineirão.

A Raposa amarga a penúltima colocação com apenas 12 pontos. Situação bem diferente do rival gaúcho que tenta voltar ao G4. É verdade que o Juventude perdeu a última para o Brasil (2 a 1), mas ainda se manteve perto da zona de acesso, no sexto lugar com 23 pontos, a três do objetivo.

A rodada foi aberta com vitórias paulistas. A Ponte Preta complicou o Náutico ao vencer por 2 a 0. O resultado deixou a Macaca no G4. A surpresa maior, no entanto, foi do Guarani que, na estreia do técnico Felipe Conceição, desbancou o líder Cuiabá (1 a 0). O resultado tirou o Bugre da degola. E ainda teve o empate, por 1 a 1, entre Avaí e CSA.

A rodada seguirá no sábado com mais quatro jogos. Destaque para a vice-líder Chapecoense que receberá o Vitória. No domingo, o Paraná tentará brecar a reação do Sampaio Corrêa que buscará a quinta vitória seguida.

Confira os Jogos
Hoje
19:15
Botafogo x América-MG
21:30
Cruzeiro x Juventude
Sábado
16:00
Chapecoense x Vitória
16:30
Confiança x Oeste
18:30
Brasil-RS x Figueirense
Domingo
18:30
CRB x Operário-PR
20:30
Paraná x Sampaio Corrêa-MA

Flamengo empata com Bragantino no Maracanã e desperdiça chance de ser líder isolado do Brasileiro

Globo Esportes

Faltou perna, faltou criatividade, faltou gol. O Flamengo desperdiçou a chance de assumir a liderança do Brasileirão e apenas empatou com o vice-lanterna Bragantino nesta quinta-feira, no Maracanã, pela 16ª rodada. Apenas 48 horas depois de vencer o Goiás, Dome poupou peças, tentou dar fôlego, mas o time sentiu o desgaste e tropeçou diante de um adversário bem arrumado. Claudinho abriu o placar com um golaço e Lincoln empatou de cabeça.

O Flamengo perdeu a oportunidade de assumir a ponta isolada na tabela e chegou aos mesmos 31 pontos de Atlético-MG e Internacional. Nos critérios de desempate, porém, a equipe de Dome está em terceiro: o Galo, mesmo com um jogo a menos, tem uma vitória a mais (10 a 9), enquanto o Colorado leva a melhor no saldo de gols (13 a 7). Domingo, o compromisso é contra o Corinthians, às 16h (de Brasília), na Neoquímica Arena, pela 17ª rodada. Já o Bragantino foi aos 13 pontos, mas segue na vice-lanterna. Também domingo, às 20h30, recebe o Sport, no Nabi Abi Chedid.

O tropeço do Flamengo no Maracanã apresentou um filme repetido das últimas quatro partidas. Contra Athletico-PR, Sport, Vasco e Goiás, o time não foi bem no primeiro tempo, mas conseguiu correr atrás do resultado na etapa final. Dessa vez, com o desgaste e um Bragantino bem arrumado pela frente, não deu certo e ficou a frustração da chance desperdiçada de alcançar a liderança.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia