WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

novembro 2020
D S T Q Q S S
« out    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  



drupal counter

:: 2/nov/2020 . 11:15

Sem vencer há três jogos, Vitória da Conquista cai para a quarta colocação do Grupo

Da Redação
Foto Luciana Flores

O Vitória da Conquista caiu para a quarta colocação do Grupo A4, depois dos resultados dos jogos que foram realizados na tarde deste domingo (1º).

Com a vitória sobre o Potiguar pelo placar de 3 a 1, o ABC segue na liderança com dezenove pontos. Na vice-liderança com dezessete pontos está o Itabaiana que derrotou o Freipaulistano pelo escore de dois a um. Na terceira posição o Central com dezesseis pontos, que empatou com o Bode por um a um, no último sábado (31).

Sem vencer há três jogos com dois empates (Jaciobá e Central) e uma derrota (Itabaiana), o Vitória da Conquista visita o Potiguar, neste domingo (8), às 15 horas, na Arena das Dunas, pela décima primeira rodada da competição.

Em caso de derrota o Bode poderá ser ultrapassado pelo adversário que soma treze pontos.

Teixeira de Freitas perde de W.O. por não entregar resultados de Covid-19 no prazo

Bahia Notícias

O Teixeira de Freitas (Portela) perdeu de W.O. para o Jequié na partida que deveria ter acontecido na tarde deste domingo (1°), no Tomatão, pela segunda rodada da Série B do Baiano. O clube não entregou os resultados dos exames da Covid-19 dentro do prazo estabelecido. A equipe já havia perdido primeiro compromisso após 70% do elenco testa positivo para a doença. Com isso, através de RDI, a Federação Bahiana de Futebol (FBF) declarou o Jipão como vencedor da partida pelo placar de 3 a 0.

“Aplicar o W.O. a Associação Atlética Teixeira de Freitas, por conta de não inscrição de atletas e do não cumprimento do prazo de encaminhamento dos resultados negativos para Covid-19, que resultam na sua impossibilidade de comparecimento ao jogo designado para o próximo domingo, dia 1° de novembro de 2020, contra a Associação Desportiva Jequié, válido pela 2ª rodada do Campeonato Baiano da Série B de 2020”, diz o documento.

A FBF indeferiu o pedido do Teixeira de Freitas de cancelamento da partida contra o Jequié. Segundo a entidade, não haverá data para a remarcação do jogo em virtude do período de quarentena dos infectados. O regulamento da competição já previa a possibilidade de contágio de atletas e que isso não seria motivo para suspender uma partida e que a impossibilidade de sua realização resultaria em W.O.

Os outros dois jogos da segunda rodada da Série B do Baiano aconteceram normalmente na tarde deste domingo. Barcelona de Ilhéus e Canaã ficaram no empate sem gols, na Arena Valfredão. Enquanto o visitante Unirb bateu o Colo-Colo por 1 a 0, no Mário Pessoa.

Com gol de Dinei, Jacuipense empata com o Botafogo-PB fora de casa

Galáticos Online

Na noite deste domingo, a Jacuipense empatou em 1 a 1 com o Botafogo-PB, fora de casa, pela 13ª rodada da Série C.

O experiente Dinei abriu o placar para Jacupa, no início da primeira etapa, e o Belo empatou aos 16 do segundo com David Batista.

Com o resultado, o Leão do Sisal segue na sexta posição a um ponto do G4. O próximo compromisso do time baiano pela Terceira Divisão será no domingo (8), contra o Paysandu, às 20, em Pituaçu.

Goleada do São Paulo reflete Brasileiro equilibrado sem Flamengo dominante

Uol

Era início de jogo quando o goleiro Hugo lançou uma bola longa demais para a lateral direita que Isla não conseguiu dominar. Ao seu lado, Doménec aplaudiu. A jogada perdida era um efeito da marcação pressão exercida pelo São Paulo de Fernando Diniz que impedia o rubro-negro de tocar a bola.

Extremamente concentrado, o time são-paulino mostrou uma organização e eficiência na retomada de bola que não costuma ser habitual nos times de Diniz. Mesmo quando marcou mais atrás, fechava os espaços, ganhava disputas e saia jogando. Ao final da partida, o São Paulo teve 20 desarmes no jogo contra 14 do time rubro-negro. Um dado decisivo na goleada são-paulina.

Um resultado que expõe uma realidade do Brasileiro-2020 bem diferente do ano passado. O Flamengo segue perto do topo, mas não vira o turno dominante como em 2019. Os rivais melhoraram, o Brasileiro na média tem times que cresceram e há uma disputa embolada de quatro pela ponta, Internacional, Atlético-MG, Flamengo e São Paulo.

Foi o que se viu neste domingo: a postura tática são-paulina acertada somou-se a um time que brigava por cada espaço dentro e fora de campo. Gritava a cada decisão do árbitro Caio Max, confuso como poucos neste Brasileiro. Até exagerava como quando os dirigentes desceram à arquibancada para pressionar o juiz aos gritos porque queria ver o lateral Isla expulso pelo segundo amarelo.

Do outro lado, o retrato do Flamengo era a desorganização de sua defesa e da pressão mal feita sobre a bola. O time nunca foi compacto em suas subidas, não conseguia sair jogando com qualidade e por isso não encaixava as triangulações habituais em suas subidas. A evolução vista nos últimos jogos sob Domenec parecia perdida diante de um rival superior.

E isso não explica só porque o Flamengo de Dome ainda não está no nível do time de Jesus. Houve um crescimento coletivo do jogo no Brasileiro, como se vê nos times do Inter, do Galo e agora do São Paulo. Há concorrência, sim, a ponto do outrora time imbatível ser goleado em casa com requintes de crueldade.

Grêmio recebe o Bragantino na Arena

Globo Esportes

O Grêmio recebe o Bragantino na noite desta segunda-feira, às 20h, na Arena, em Porto Alegre, em jogo válido pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. CLIQUE AQUI para acompanhar em Tempo Real.

O Grêmio pode engrenar três vitórias consecutivas, algo que não ocorre desde o início de agosto. Depois de vencer o Athletico e Juventude, este pela Copa do Brasil, busca acabar o primeiro turno próximo do G-6. Com 24 pontos, é o atual 11º colocado. E tem uma partida ainda por jogar, contra o Goiás.

Mesmo fora de casa, o Bragantino quer manter a boa fase no Brasileirão. A equipe vem de duas vitórias seguidas no campeonato e vê no duelo a possibilidade de encerrar o turno fora da zona de rebaixamento.

O Massa Bruta conseguiu respirar fora da zona da degola após a última rodada, mas voltou a frequentar as últimas posições após os resultados do fim de semana. O Bragantino soma 19 pontos na competição.

Atlético visita Palmeiras e tenta recuperar liderança do Campeonato Brasileiro

Super Esportes

O Atlético entra em campo nesta segunda-feira com alguns objetivos em mente: findar a sequência negativa, melhorar a campanha como visitante e fechar o turno do Campeonato Brasileiro com a liderança. Para isso, enfrenta o embalado Palmeiras, às 17h, no Allianz Parque, em duelo válido pela 19ª rodada da Série A.

A rodada vem sendo excelente para o Atlético. O líder Internacional perdeu fora de casa para o Corinthians. Vice-líder, o Flamengo foi goleado em casa pelo São Paulo. Por causa dos resultados, o Galo pode ultrapassar os rivais. Se vencer, o alvinegro chegará aos 35 pontos, mesmo número dos adversários. No entanto, a equipe comandada por Jorge Sampaoli terá uma vitória a mais.

No entanto, é preciso acabar com a má-fase. São três jogos seguidos sem vitórias, sendo dois no Mineirão, onde o time tinha 100% de aproveitamento.

O Palmeiras vive momento diferente do Atlético. Depois da demissão de Vanderlei Luxemburgo, a equipe alviverde soma 100% de aproveitamento. Foram três vitórias, por Copa Libertadores, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil. São 11 gols feitos e apenas um sofrido.

Para o jogo desta segunda-feira, o técnico Andrey Lopes ganha reforços do volante Danilo e o atacante Gabriel Veron, que estavam treinando com a Seleção Brasileira Sub-20. Lucas Esteves, que continua em recuperação de uma lesão muscular, será desfalque, assim como Luan Silva, que operou o joelho.

Nos jogos do domingo, mandantes na Série D tem ligeira vantagem

Terra

Nesse domingo (1), 13 compromissos construíram boa parte da rodada de número 10 na Série D do Brasileirão onde os mandantes conseguiram levar uma ligeira vantagem nos resultados positivos. Enquanto cinco times saíram vencedores em seus domínios, outros quatro ficaram na igualdade e, em outras quatro oportunidades, o mandante se saiu melhor.

O melhor resultado em números como mandante acabou sendo do ABC batendo por 3 a 1 o Potiguar no Frasqueirão (gols de Lelê, Valderrama e Ivanaldo para o Alvinegro com Alyson diminuíndo a desvantagem) que lhe deu mais uma rodada na ponta do Grupo A4.

01/11
Bangu 0 x 0 Nacional-PR
Coruruipe 3 x 1 Jacyobá
Toledo 1 x 3 FC Cascavel
Villa Nova 1 x 1 Caldense
Novorizonetino 2 x 0 São Caetano
Frei Paulistano 1 x 2 Itabaiana
Independente-PA 3 x 2 Bragantino-PA
Goianésia 1 x 1 Goiânia
Ríver-PI 1 x 2 Altos
Baré 0 x 0 Santos-AP
Salgueiro 3 x 1 Afogados
02/11
15:00
Ferroviária x Mirassol

Em jogo fraco, Vasco leva sustos e empata com o lanterna Goiás fora de casa

Terra

Em jogo fraco tecnicamente, recheado de erros e cartões amarelos, Vasco e Goiás empataram por 1 a 1, e mostraram neste domingo porque habitavam a zona de rebaixamento do Brasileirão no início da rodada. Se o time goiano, atuando em casa, desperdiçou uma série de chances reais de gol em razão de suas limitações técnicas, o Vasco apresentou desempenho apático, desanimador para a sua torcida.

Apesar do empate, o Vasco conseguiu deixar a zona de rebaixamento, ao menos provisoriamente. Com 19 pontos, ocupa o 16º lugar, mas ainda pode retornar à zona da degola se o Red Bull Bragantino empatar com o Grêmio, na segunda-feira. Mesmo assim, a fase segue ruim para o time carioca, com oito jogos sem vitória no Brasileirão.

O Goiás, por sua vez, somou um ponto no estádio Hailé Pinheiro, embora tenha sido superior ao longo de toda a partida. Mostrando mais disposição do que técnica, a equipe continua na última colocação, com apenas 12 pontos, e ainda busca a primeira vitória sob o comando do técnico Enderson Moreira.

Consequência do baixo nível técnico visto em campo, o jogo foi marcado pelas faltas. Foram 11 cartões amarelos durante os 90 minutos.

Volpi brilha, e São Paulo goleia o Flamengo em grande jogo no Maracanã

Globo Esportes

Um jogo de tirar o fôlego na tarde deste domingo no Maracanã – candidato a melhor do campeonato. E venceu o time mais eficiente. Em tarde iluminada de Tiago Volpi com duas defesas de pênalti e uma assistência, o São Paulo não tomou conhecimento do atual campeão brasileiro e fez 4 a 1 com gols de Tchê Tchê, Brenner, Reinaldo e Luciano. Pedro fez o de honra do Flamengo.

Tiago Volpi deixou o Maracanã como grande nome da goleada do São Paulo. O goleiro fechou o gol nas cobranças de pênalti de Bruno Henrique e Pedro. No segundo tempo, ainda foi coroado com uma assistência no lançamento para Luciano, que fechou a goleada.

O Flamengo não sabia o que era perder havia 12 jogos. A última derrota foi para o Del Valle, o 5 a 0 no dia 17 de setembro. O resultado deste domingo não só é pesado pela vantagem do time de Diniz, mas também pela oportunidade não aproveitada de assumir a liderança do Brasileirão.

O São Paulo tem três jogos a menos e já sonha com a liderança do Brasileirão. Na quarta, vira a chave para a Sul-Americana, no jogo de volta contra o Lanus.

O Flamengo fica estacionado com 35 pontos. Também na quarta, o time de Dome recebe o Atlético-PR no jogo de volta das oitavas da Copa do Brasil.

Santos resolve no primeiro tempo e vence o Bahia por 3 a 1 na Vila

R7

O Santos voltou a vencer na Vila Belmiro e bateu o Bahia, neste domingo (1º), por 3 a 1. Os gols da partida — todos na primeira etapa —foram marcados por Madson, Jobson, Daniel e Marinho, que marcou pela 12ª vez no Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Santos se mantém na sexta colocação, com 30 pontos, empatado com o São Paulo, que goleou o Flamengo por 4 a 1, em pleno Maracanã.

Já o Bahia se aproxima da zona do rebaixamento, e está com 19 pontos, mesma pontuação do RB Bragantino, primeiro time dentro do Z4.

O Santos abriu o placar logo no início, aos nove minutos da primeira etapa, com Madson. O venezuelano Soteldo fez ótima jogada pela esquerda e cruzou para área, depois de disputar a jogada com Juninho Capixaba, Madson conseguiu fazer o gol.

Em duelo decisivo, Sport bate o Athletico e volta a vencer depois de cinco partidas

Diário de Permanbuco

Em jogo decisivo para a sequência da Série A, o Sport recebeu o Athletico neste domingo, na Ilha do Retiro, e venceu o confronto direto por 1×0. A volta para o segundo tempo, somada com as mudanças feitas pelo técnico Jair Ventura, foi fundamental para a vitória do time pernambucano. Com gol marcado pelo meia Thiago Neves, o Leão volta a vencer no Campeonato Brasileiro depois de cinco partidas.

Com a vitória, o Sport chega aos 24 pontos e dá um salto na classificação. O time sobe quatro posições e agora ocupa a oitava colocação, com cinco pontos a mais do que o RB Bragantino, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. Mais uma vez o técnico Jair Ventura vai ter uma semana de preparação para o próximo jogo. Isso porque o Leão só volta a campo no próximo domingo, quando enfrenta o Ceará, às 20h30, na Arena Castelão.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia