WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

novembro 2020
D S T Q Q S S
« out    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  



drupal counter

:: 20/nov/2020 . 9:02

Vitória da Conquista segue reforçando a equipe para a sequência da Serie D

Da Redação

A diretoria do Vitória da Conquista acertou na tarde desta quinta (19), a contratação de mais dois reforços para a sequência do Brasileirão série D.

O primeiro reforço é o meia atacante Eder Guerreiro, 32 anos, natural de Salvador, com passagens por clubes como Catuense, Icasa, Oeste-SP, Campinense, Manaus FC, Souza-PB, Altos-PI, River-PI.

O outro jogador já é conhecido pelo torcedor Alviverde, trata-se do lateral direito Tiago José, presente nas temporadas 19/20 e com passagem também pela Jacuipense.

Os dois atletas já estarão à disposição para a próxima partida diante o Frei Paulistano, domingo às 16 horas, no Estádio Lomanto Júnior.

Já o atacante Luan(17anos) destaque da divisão de base alviverde, foi integrado ao elenco.

Flamengo ‘dribla’ protesto de torcedores no aeroporto em volta ao Rio após eliminação

ESPN

O clima dentro do Flamengo piorou ainda mais após a eliminação para o São Paulo, na última quarta-feira, pela Copa do Brasil. Com isso, torcedores foram ao aeroporto protestar, mas não conseguiram chegar ao time.

Os jogadores pegaram uma saída alternativa e não tiveram contato com o grupo, que até se aproximou do local, mas, quando chegou, o ônibus já havia saído. O contato foi rápido.

A Policia Militar estava no local e evitou que qualquer problema acontecesse entre as partes durante a madrugada.

O Flamengo volta a treinar nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro, de olho no jogo contra o Coritiba, sábado, às 19h, pelo Campeonato Brasileiro. A equipe está com 36 pontos e ocupa a quarta posição, dois pontos atrás do Atlético-MG, que ocupa a liderança da tabela da competição.

Na próxima terça-feira, o desafio será pela Conmebol Libertadores. Na Argentina, o Flamengo encara o Racing, às 21h30, com transmissão do FOX Sports, pelas oitavas de final de final da competição.

Prefeitura de SP e CBF marcam reunião pelo fim de aglomerações de torcidas

Uol

A Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (SMS-SP) acionou a CBF e a Federação Paulista de Futebol (FPF) na tarde de hoje (19), na tentativa de evitar que torcedores voltem a se aglomerar nos arredores dos estádios da capital paulista. Segundo o UOL Esporte apurou, haverá na semana que vem uma reunião com representantes das entidades esportivas, clubes e torcidas organizadas para tratar do assunto.

Por meio da SMS-SP, a Prefeitura de São Paulo enviou ofício à CBF e à FPF hoje, pedindo que as entidades “amplifiquem as orientações” para “sensibilizar os clubes e suas torcidas organizadas quanto ao risco” de aglomerações como a de são-paulinos na noite de ontem (18), nos arredores do Estádio do Morumbi durante São Paulo x Flamengo. O ofício ainda cita o artigo 14 do Estatuto do Torcedor, que diz que “a responsabilidade pela segurança do torcedor em evento esportivo é da entidade de prática desportiva detentora do mando de jogo e de seus dirigentes” —no caso de ontem, do São Paulo.

O ofício enviado à FPF e CBF aponta a aglomeração como “descuido” e alerta que “os efeitos serão sentidos até após 14 dias, quando passado o período de incubação e os participantes iniciarem os sintomas. Muitos podem ser assintomáticos e, também, transmitirem a doença. Outros que não estavam no evento serão infectados, e assim segue a cadeia de transmissão que pode, inclusive, atingir pessoas de risco como idosos e pessoas com comorbidades”.

O texto é assinado pelo coordenador de Vigilância em Saúde da SMS-SP, Luiz Artur Vieira Caldeira, e lembra que “São Paulo se encontra ainda em fase pandêmica para covid-19, sendo que as orientações técnicas e protocolos sanitários devem ser rigidamente seguidos para contenção da transmissibilidade”.

De olho no 5º triunfo seguido, Bahia encara o Red Bull Bragantino fora de casa

Bahia Notícias

Embalado por quatro triunfos na temporada 2020, o Bahia volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro na noite desta sexta-feira (20), às 20h, para enfrentar o Red Bull Bragantino no estádio Nabi Abi Chedid pela 22ª rodada.

Assim como na última rodada, há um tabu pela frente. O Esquadrão de Aço nunca venceu o Massa Bruta como visitante na história. Apesar do retrospecto ruim, o meia Rodriguinho, que volta a ser titular do time, mostrou confiança em um bom resultado.

Sem Daniel, suspenso, Rodriguinho vai poder começar jogando pela primeira vez após se recuperar de uma lesão no pé. O camisa 10 quer uma boa exibição para se colocar firme na briga por uma vaga no time.

Além de Daniel, Ronaldo será outro a cumprir suspensão. Outros desfalques são o zagueiro Ernando e o lateral-direito João Pedro, lesionados.

Por outro lado, o Tricolor terá a volta do lateral-esquerdo Juninho Capixaba, que cumpriu suspensão, e o volante Elias, poupado no último jogo.

Assim como o Bahia, o Red Bull Bragantino vem de um bom resultado. Na última rodada, o Massa Bruta superou o Botafogo fora de casa. Com um discurso cauteloso, o técnico Maurício Barbieri fala em evoluir cada vez mais.

A equipe da casa não vai ter o zagueiro Léo Ortiz, suspenso. Por outro lado, o volante Lucas Evangelista e o atacante Jan Hurtado voltam.

Catorze jogadores sul-americanos voltam aos clubes com coronavírus pós-Eliminatórias

Globo Esportes

Nas últimas duas partidas das Eliminatórias Sul-Americanas do ano, a Covid-19 foi a principal “contusão” nos gramados do continente. Os casos de coronavírus tiveram maior incidência na volta dos compromissos com as seleções do que as ocorrências de lesão. No total, 14 jogadores foram infectados e desfalcam os respectivos clubes. Já as contusões de jogo fizeram apenas três baixas.

O Uruguai lidera a lista com sete atletas com o vírus, seguido do Equador, com seis. O Brasil precisou cortar Gabriel Menino, do Palmeiras, ainda no início da reunião em Teresópolis.

O argentino Exequiel Palacios teve a lesão mais grave entre as seleções, com uma fratura na lombar que pode deixá-lo afastado dos gramados por até três meses. Outro jogador a voltar fora de combate das Eliminatórias foi o atacante Pedro, do Flamengo.

SÉRIE B: Chapecoense fará “final” e Ponte Preta e Guarani querem voltar a vencer

Futebol Interior

A Série B do Campeonato Brasileiro terá uma sexta-feira atípica com seis jogos. A líder Chapecoense fará “final” contra o vice-líder Sampaio Corrêa, enquanto Ponte Preta e Guarani tentarão voltar ao caminho das vitórias. Todas as partidas seguem sendo realizadas com portões fechados por causa da pandemia de Covid-19.

Ao vencer o CSA, por 1 a 0, a Chapecoense, dona da melhor defesa (5), alcançou a marca de 16 jogos sem derrota, nove vitórias e sete empates. Com 44 pontos, os catarinenses visitarão o Sampaio Corrêa às 19h15, em São Luís.

O time maranhense assumiu a vice-liderança com 37 pontos ao vencer o Náutico por 2 a 1. São três vitórias seguidas e seis jogos sem derrota. Os maranhenses têm o melhor ataque (32) e o artilheiro da Série B – Caio Dantas com 14 gols.

Em Caxias do Sul, também às 19h15, o Juventude terá pela frente o Paraná para não perder o G4 de vista. Após ser derrotado pelo Sampaio Corrêa, por 3 a 2, o clube gaúcho deixou a zona de acesso e parou nos 34 pontos na quinta colocação. O Paraná, por sua vez, não vence há três partidas e a derrota frente ao Avaí (2 a 1) deixou o clube estacionado nos 29 pontos no nono lugar.

A Ponte Preta é outra que terá um duelo importante se quiser ainda sonhar com o G4. Depois de empatar, por 1 a 1, com o Brasil-RS, os paulistas passaram a somar 32 pontos na sexta posição e enfrentarão o Vitória, às 16h30, em Salvador. Os baianos voltaram a respirar com os 3 a 0 sobre o Figueirense, mas ainda estão em situação delicada, na 16ª colocação, com 24 pontos, a quatro da degola.

Em Florianópolis, às 16h30, o Avaí receberá o Confiança para brecar o perde e ganha. Os catarinenses, em sétimo lugar, têm 30 pontos, um a mais do que os sergipanos que superaram o Botafogo-SP, por 1 a 0, na rodada passada.

O time de Ribeirão Preto, aliás, terá um confronto paulista diante do Guarani às 19h15, em Campinas. Os adversários lutam contra o rebaixamento. Após o 3 a 3 com o Cruzeiro, o Guarani chegou aos 25 pontos na 14ª posição. O Botafogo, por outro lado, perdeu as duas últimas e não vence há três confrontos, somando 18 pontos na vice-lanterna.

Por fim, em Belo Horizonte, às 21h30, o Cruzeiro fará duelo de desesperados contra o Figueirense. Sem perder há sete jogos, quatro empates e três vitórias, o time do técnico Luiz Felipe Scolari acumula 24 pontos em 15º lugar.

Na zona de rebaixamento, na 18ª posição, com 19 pontos, o Figueirense terá a estreia do técnico Jorginho, substituto de Elano. Os catarinenses perderam as últimas três partidas e não vencem há quatro.

Quatro jogos encerrarão a rodada no sábado. Destaque para América-MG e Cuiabá que seguem na briga pela vice-liderança e para não deixar a Chapecoense disparar na liderança. Os mineiros visitarão o Operário, enquanto os mato-grossenses receberão o CSA. Já o lanterna Oeste terá o Brasil-RS pela frente, enquanto CRB e Náutico farão duelo nordestino em Maceió.

Vasco leva sustos do Fortaleza, só empata em casa, mas deixa a zona da degola

Super Esportes

O Vasco falhou em sua missão de ganhar um respiro na luta contra o rebaixamento. Depois de boa vitória na casa do Sport, recebeu o Fortaleza em São Januário animado com a chance de subir para o 11° lugar no Brasileirão. Mas jogou abaixo do esperado, passou sustos e só está fora do grupo dos rebaixados pelos critérios de desempate.

O Vasco soma os mesmos 23 pontos que o Bragantino, o 17° colocado, e está fora da zona da degola por somar uma vitória a mais. Não aproveitou o jogo atrasado para se aliviar e agora terá a dura missão de segurar o embalado São Paulo, no Morumbi, domingo, às16h. O Fortaleza chegou a 25 pontos e ocupa posição intermediária, em 12º. O Leão cearense volta a campo diante do Botafogo, no mesmo dia, às 18h15, no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

O técnico Ricardo Sá Pinto estava animado com a possibilidade de repetição da escalação vitoriosa contra o Sport. Mas de última hora perdeu o meia Benítez, diagnosticado com a COVID-19. E o argentino faria muita falta numa partida sob chuva. Sem seu armador, o treinador recorreu a Yago Pikachu, até então em baixa no elenco e sem espaço. Entrou de última hora e não conseguiu fazer o time render nos 90 minutos.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia