WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

dezembro 2020
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  



drupal counter

:: dez/2020

Nova diretoria da LCDT deseja Feliz Ano Novo para os filiados e parceiros

Ascom da LCDT

A nova diretoria da LCDT usou as redes sociais para desejar um Feliz Ano Novo para os filiados e parceiros.

“Nós da LCDT desejamos um Feliz Ano Novo, com muita alegria e esperança no coração. De deixar o ruim no passado e abraçar o futuro com otimismo”.

A diretoria será empossada em 15 de fevereiro de 2021, para assumir os trabalhos a frente da Mentora Conquistense.

Kanu e Dinei renovam com Jacuipense até novembro de 2021

Galáticos Online

Grandes contratações do Jacuipense na atual temporada, o zagueiro Kanu e o atacante Dinei renovaram seus respectivos contratos com o clube de Riachão de Jaucuípe. Agora os vínculos dos dois atletas vão até novembro de 2021.

Enquanto o defensor de 36 anos atuou em 16 partidas e marcou um gol, o atacante entrou em campo pela Jacupa em 14 duelos e marcou quatro gols. Ambos estiveram presentes na boa campanha da equipe na Série C, onde foram comandados por Jonilson Veloso e conseguiram a permanência na competição.

A vaga na segunda fase não foi conquistada muito por conta dos erros absurdos de arbitragem, mas o Jacuipense terá nova chance de acesso à Série B em 2021.

Índio Ferreira segue como técnico do Doce Mel para o Baianão 2021

Bahia Notícias

O técnico Índio Ferreira, de 46 anos, vai seguir no comando do Doce Mel para a disputa do Campeonato Baiano 2021. Na última edição da competição estadual, ele ajudou o time a escapar do rebaixamento engatando uma sequência invicta de um vitória e três empates nos quatro jogos disputados. E terminou a primeira fase na nona posição com oito pontos.

“Seguirei como técnico do Doce Mel em 2021”, declarou em entrevista ao Bahia Notícias.

Em 2019, Índio Ferreira foi contratado pelo Doce Mel após demissão do técnico Luiz Carlos Cruz. Para seguir na elite do futebol baiano, o time de Ipiaú goleou seu adversário direto, o Jacobina, que acabou sendo rebaixado. Além disso, a equipe fez duas boas partidas diante do Bahia, ao empatar sem gols na Arena Fonte Nova, e do Vitória, no 2 a 2 em duelo disputado no Joia da Princesa, causando a eliminação do Leão na primeira fase.

A estreia do Doce Mel no Baianão 2021 será contra o Vitória da Conquista, fora de casa. O jogo está marcado para o dia 21 de fevereiro, um domingo.

Copa do Brasil supera Brasileirão e Champions League e se torna a competição mais buscada do ano

MSN

O ano finalmente está perto de acabar, com acontecimentos que giraram em torno da pandemia da Covid-19. No Brasil e no mundo, as principais competições esportivas foram adiadas para tentar conter a disseminação do coronavírus.

Em território nacional, os campeonatos e as ligas esportivas mais buscadas de 2020 no Google foram: Copa do Brasil, Brasileirão, NBA, Campeonato Paulista e Champions League.

A Copa do Brasil, por exemplo, foi a disputa que mais atraiu a atenção dos brasileiros neste ano, segundo informações divulgadas pelo Google Trends. Já a Copa Libertadores, principal competição continental, ficou de fora do top-10.

Confira os campeonatos e as ligas esportivas mais buscadas de 2020, com a Copa do Brasil no topo:
1 – Copa do Brasil
2 – Brasileirão
3 – NBA
4 – Campeonato Paulista
5 – Champions League
6 – Campeonato Brasileiro de Futebol – Série C
7 – Premier League
8 – Campeonato Espanhol (La Liga)
9 – Campeonato Carioca
10 – Roland Garros

Palmeiras na final da Copa do Brasil obrigará engenharia na tabela nas finais do Brasileiro

Globo Esportes

O Palmeiras estava em seu deadline, como definiu o técnico Abel Ferreira. Esgotado, pelos 58 jogos da temporada, sem meios de semana livres desde 26 de agosto. Mas superou o América, em Belo Horizonte, com dificuldades no primeiro tempo, mas contra-ataque no primeiro gol e bola parada forte no segundo.

Agora, repare na agenda de partidas do Palmeiras a partir da viagem a Buenos Aires, para enfrentar o River Plate em 5 de janeiro, terça-feira próxima.

A tabela mostra: River Plate (fora, 5 de janeiro), Sport (fora, 9 de janeiro), River Plate (casa, 12 de janeiro), Grêmio (casa, 15 de janeiro), Corinthians (casa, 18 de janeiro), Flamengo (casa, 21 de janeiro), Ceará (fora, 24 de janeiro), Vasco (casa, 27 de janeiro), Botafogo (casa, 31 de janeiro), Grêmio (Copa do Brasil, 3 de fevereiro), São Paulo (fora, 7 de fevereiro), Grêmio (Copa do Brasil, 10 de fevereiro), Coritiba (fora, 13 de fevereiro).

Acrescente três datas, hipóteses: final da Libertadores, 30 de janeiro; semifinal do Mundial de Clubes, 7 ou 8 de fevereiro, final do Mundial de Clubes, 11 de fevereiro.

Parece inviável estar no Maracanã no dia 30 para a decisão continental e no Allianz Parque dia 31 para enfrentar o Botafogo. Mais difícil ainda estar no Morumbi dia 7 de fevereiro e na semifinal de Doha no dia seguinte.

A CBF não trabalha com hipótese e espera confirmações. Esperava ter certeza de que o Palmeiras estaria na decisão da Copa do Brasil e 3 e 10 de fevereiro. Está.

Claro que não é tão simples chegar à decisão da Libertadores. Mas o Palmeiras está a dois jogos disso.

Será um imenso desafio construir a tabela do Palmeiras.

Triunfos de Palmeiras e Grêmio valem mais R$ 22 mi em meio à pandemia

Uol

Óbvio que esportivamente o título da Copa do Brasil é o que valerá para Palmeiras e Grêmio. Mas, diante da crise financeira gerada pelo coronavírus, a classificação para a final da competição é extremamente relevante para a estruturação dos dois clubes. Só a vaga na disputa pelo título já garante mais R$ 22 milhões a um dos dois. Com a taça, serão R$ 54 milhões.

Pois bem, no caso palmeirense, há um déficit previsto de R$ 180 milhões para o final de 2020. Esse problema não foi gerado por gastança de um clube que, pelo contrário, reduziu as despesas durante esta temporada. Mas houve uma queda significativa nas receitas de estádios, sócio-torcedor e ingressos, que geraram um buraco no futebol

A diretoria alviverde vai contabilizar a premiação garantida de R$ 22 milhões no atual balanço. Isso reduz o tamanho do vermelho. As premiações na Libertadores e Copa do Brasil têm amenizado os efeitos do coronavírus sobre as contas palmeirenses. Ressalte-se que as dívidas do time alviverde estão em um nível controlado em relação às suas receitas..

Independentemente do que ocorrer nas finais das competições, o Palmeiras consegue justificar financeiramente o investimento em seu time que é caro.

Essa é também uma realidade para o Grêmio. A situação gremista, diga-se, é ainda melhor financeiramente que a palmeirense. O clube teve um plano de contingência para enfrentar o coronavírus: cortou despesas, vendeu Everton Cebolinha e conseguiu manter seu número de associados.

Com isso, o Grêmio já previa um superávit em 2020 independentemente do que ocorresse na semifinal da Copa do Brasil. Afinal, o orçamento do clube previa apenas receitas garantidas nesta competição e na Libertadores. Essa classificação para a final da Copa aumenta a geração de caixa gremista.

No caso gremista, os resultados da temporada mostram um rendimento condizente com o que se esperava do seu elenco. O planejamento de uma diretoria tem que ser para botar o time em condições de disputar títulos. E isso foi feito. Se a taça virar, há fatores que vão além da influência da diretoria do clube.

Como saldo, diante de um cenário apertado do futebol, Grêmio e Palmeiras conseguem alívios para começar a temporada de 2021.

Grêmio elimina São Paulo e obriga líder do Brasileiro a superar derrota sem personificá-la em Diniz

Globo Esportes

O Grêmio disputará sua nova decisão de Copa do Brasil e misturou a capacidade de pressionar o São Paulo, com bola na trave, com muita marcação e uma dose de malícia. Desde as primeiras horas da manhã, na concentração gremista, já se dizia: “hoje será jogo de Copa.” O repertório teria troca de passes, desarmes, faltas e catimba. Ganho de tempo, cera para cobrar laterais, para se levantar depois das faltas.

O Grêmio fez sua parte também diminuindo os espaços, o que obrigou o São Paulo a circular a bola, sem se infiltrar, até abusar dos cruzamentos. Não é pecado cruzar, mas o excesso de levantamentos (foram 38) expõe a dificuldade para entrar na área rival.

Claro que isto passa pela estratégia do time, pela maneira como o time é montado, mas o São Paulo repetiu muitas das suas melhores armas.

O risco é não saber sair da derrota e personificá-la no treinador.

Fernando Diniz não é o vilão. Lembre-se de que o São Paulo não fez gol no Grêmio nos últimos quatro encontros — um deles sob o comando de Cuca — e não ganha dos gremistas desde 2015, com seis empates e cinco derrotas. Esta foi a décima eliminação são-paulina dentro do Morumbi, desde o título da Copa Sul-Americana, em 2012. Já caiu para o Bragantino, Athletico Paranaense, Atlético Nacional, Defensa y Justicia, Corinthians, Lanús, Talleres, Mirassol e Penapolense. Este último sob o comando de Muricy Ramalho.

Quem tem perdido não é o treinador. É o São Paulo. Cabe ao clube sair da sua maior seca de troféus desde que completou a obra do Morumbi. Fernando Diniz é parte da solução, não o causador do problema.

Palmeiras vence América-MG e vai à final da Copa do Brasil pela 5ª vez

R7

O Palmeiras está na decisão da Copa do Brasil pela quinta vez em sua história. O time venceu o América-MG por 2 a 0 nesta quarta-feira (30), no Independência, e garantiu a sua vaga na final. Os atacantes Luiz Adriano e Rony foram os autores dos gols que classificaram a equipe.

O Palmeiras enfentará o Grêmio, que segurou o empate com o São Paulo no Morumbi e também garantiu sua vaga. As finais acontecerão só em fevereiro, nos dias 3 e 10 – a definição dos mandos de campo será conhecida em sorteio, em 14 de janeiro, na CBF.

O Palmeiras vai em busca do seu quarto título na competição de mata-mata – foi campeão em 1998, 2012 e 2015, e vice em 1996.

Pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o América-MG enfrentará o Guarani, no Brinco de Ouro, já no sábado (2). Pela 29ª rodada da Série A, o Palmeiras terá pela frente o Sport, no outro sábado (9) — antes, na terça-feira, a equipe pegará o River Plate, na Argentina, pela primeira partida da semifinal da Libertadores.

Seleção do Catar joga a Copa América e até Eliminatórias na Europa para ganhar experiência

Estadão

A seleção do Catar tem rompido as barreiras continentais para adquirir experiência e não fazer feio no Mundial jogado dentro de casa. A equipe vai disputar novamente no papel de convidada a Copa América em 2021 e ainda fechou acordos para integrar um dos grupos das Eliminatórias Europeias para a Copa de 2022 e jogar a Copa Ouro, que reúne países das Américas Central e do Norte. O plano é dar ao time uma rodagem mais de confrontos contra rivais mais fortes.

O Catar nunca jogou uma Copa, mas vive um momento especial. Em 2019 conquistou o título mais importante da história, a Copa da Ásia, e agora a equipe quer demonstrar dentro de campo uma preparação à altura do cuidado e do zelo com os estádios a serem erguidos. O elenco terá um 2021 bastante “nômade”. Compromissos pela Europa e na Colômbia estão marcados.

O último acordo selado foi a entrada do Catar como “convidada” em um dos grupos das Eliminatórias Europeias. Mesmo já classificada ao torneio por ser a sede, a seleção vai enfrentar os países em amistosos que não valem pontos. Mesmo na situação de “café com leite”, o time vai medir forças contra Portugal, Sérvia, Irlanda, Luxemburgo e Azerbaijão. As partidas serão sempre na Europa, para facilitar a logística.

Em junho os catarianos virão novamente à América do Sul para jogar uma Copa América. Em 2019 a equipe esteve no Brasil para disputar o torneio e em 2021 farão o mesmo. O Catar, inclusive, está no grupo da seleção brasileira ao lado de Venezuela, Peru, Equador e a seleção da casa. Todas as partidas na primeira fase serão disputadas na Colômbia.

A passagem do Catar pelas Américas será prolongada porque em julho a equipe viaja para a América Central e do Norte para a disputa da Copa Ouro. A sede ainda não está definida. O país área vai enfrentar na primeira fase Grenada, Honduras e Panamá, que disputou a Copa da Rússia.

Apesar da experiência em enfrentar rivais de outros continentes, a seleção do Catar só tem jogadores que atuam no próprio país. O elenco passou nos últimos anos por um processo para diminuir a presença de atletas naturalizados, algo que era bem comum antigamente. Dos mais de 30 jogadores convocados ao longo do último ano, somente sete nasceram em outras nações.

Catar garante que está com a Copa ‘90% pronta’ e promete não ter ‘elefantes brancos’

Terra

A pouco menos de dois anos para o início da próxima Copa do Mundo, o Catar garante que jamais houve um país sede tão avançado em termos de preparo para o evento, que terá início em novembro do ano que vem. O comitê organizador do torneio afirma que cerca de 90% da infraestrutura necessária está pronta e o restante será entregue até o fim de 2021. Além de sistema de ar condicionado e arquitetura moderna, as novas arenas foram erguidas dentro de novos parâmetros de sustentabilidade.

“Cerca de 90% da infraestrutura está completa. Tudo está em um nível de avanço que nenhuma outra sede anterior da Copa conseguiu atingir a dois anos antes do torneio”, garantiu ao Estadão a diretora do Supremo Comitê para Entrega e Legado do Catar, Fatma Al Nuaimi. Sede das duas últimas Copas, Brasil e Rússia chegaram a inaugurar estádios apenas um mês antes da abertura.

Uma outra diferença marca a organização da Copa no Catar em comparação às duas últimas edições. Em vez de 12 arenas, o Mundial será disputado em somente oito estádios. Cinco deles já foram inaugurados e os outros três serão finalizadas em 2021. “Nós decidimos que oito é o número de estádios que o Catar vai precisar no período pós-Copa. Isso nos garante que não teremos nenhum ‘elefante branco’ deixado para trás depois do torneio”, explicou a diretora.

A Copa foi transferida para o fim do ano para evitar o forte calor no país em julho. A temperatura média em dezembro varia de 18ºC a 24ºC, porém a organização quer dar ainda mais refresco aos jogadores e torcedores. Os estádios vão ter um complexo sistema de ar condicionado. A tecnologia tem sido aprimorada desde 2010 em uma parceria com uma universidade local.

Porém, o grande orgulho da organização não é a temperatura dos estádios, mas sim a tecnologia na construção deles. Pela primeira vez a Copa será disputada em uma arena desmontável, a Ras Ras Abu Aboud. Os demais estádios também têm em parte estruturas modulares. “Depois da Copa a estrutura modular será desmontada e usada para criar outras instalações esportivas no Catar. Mais de 170 mil assentos desmontáveis serão doados para nações que são carentes de estruturas”, comentou a diretora.

As obras utilizaram o máximo possível de produtos locais para fomentar a economia do país. O meio ambiente foi também uma grande atenção. “Usar recursos sustentáveis tem sido nossa prioridade. Cerca de 15% dos materiais de construção dos estádios vieram de itens reciclados”, contou Fatma. Em comparação a padrões internacionais de qualidade, as arenas também serão 30% mais eficientes em energia e vão utilizar 40% menos água.

O Catar será o menor país a já ter recebido uma Copa e, por isso, o torneio terá uma logística bem diferente, sem precisar de viagens longas. Todas os estádios vão ficar nos arredores da capital, Doha, dentro de um raio de apenas 60 km. A proposta do comitê é que os torcedores se locomovam por metrô de uma sede para outra. Será possível até mesmo acompanhar mais de uma partida no mesmo dia. Pelo país também há várias obras em andamento para ampliar a rede de hotéis e de serviços.

Os trabalhos também estão em ritmo avançado para construir os quase 40 campos de treinos necessários para abrigar as seleções. Cerca de 19 mil operários atuam nas obras, vários deles estrangeiros. A pandemia do novo coronavírus pouco interferiu no ritmo de trabalho. A organização explicou ter precisado afastar 55 trabalhadores que tinham fatores de risco para a doença.

O Catar virou o destino de vários torneios importantes de futebol para testar as instalações e o esquema de organização. Em 2019 o país recebeu o Mundial de Clubes, vencido pelo Liverpool, e novamente sediará a próxima edição do torneio, confirmado para fevereiro. No entanto, o grande teste para o Mundial será em dezembro de 2021.

Após a Fifa cancelar que não vai mais realizar a Copa das Confederações, o Catar decidiu procurar um outro grande torneio de seleções para testar a estrutura do país. A inédita Copa Árabe vai reunir 22 países e será disputada em sete arenas. “A Copa das Confederações reunia somente oito seleções e era vista pela Fifa como um prova essencial a um ano antes da Copa. O Catar vai receber 22 equipes e vai ter um teste muito mais exigente”, explicou a diretora da organização.

Vitória da Conquista anuncia primeira renovação de contrato para Baianão 2021

Diário Esportivo

A diretoria do Vitória da Conquista começa a se planejar para a disputa do Campeonato Baiano de 2021 e anunciou na manhã desta terça-feira (29), a primeira renovação de contrato para a próxima temporada.

O meia Natan, de 30 anos, continua no Alviverde para a disputa do Baianão. O atleta chegou ao Vitória da Conquista em janeiro deste ano, onde se tornou um dos grandes destaques do time. Além do Bode, o jogador também passou por Cruzeiro-BA, Santa Cruz, Criciúma, Cuiabá, Sergipe, Decisão-PE e Flamengo-PE.

Segundo a diretoria do Bode, o elenco deve se apresentar no dia 18 de janeiro para iniciar a preparação para o Baianão.

FPF divulga tabela do Campeonato Paulista 2021; veja os jogos da 1ª rodada

Folhapress

A FPF (Federação Paulista de Futebol) divulgou nesta terça-feira (29) a tabela do Campeonato Paulista de 2021. O Estadual começará no próximo dia 28 de fevereiro —quatro dias após o término do Brasileiro desta temporada— e tem a decisão prevista para 23 de maio.

O atual campeão Palmeiras estreia contra o São Caetano. Red Bull Bragantino x Corinthians, Santo André x Santos e São Paulo x Botafogo-SP também abrem a primeira rodada.

Assim como nas últimas edições, o campeonato terá 12 rodadas na primeira fase, com os times enfrentando apenas adversários de outras chaves. Oito equipes avançarão para a fase eliminatória, com a quartas e semifinais sendo definidas em jogo único. A decisão será em confrontos ida e volta.

A principal novidade da competição no ano que vem será a utilização do árbitro de vídeo em todas as partidas, inclusive na fase de grupos —em 2020, o VAR esteve presente somente nos jogos de mata-mata. Os gastos pelo uso da tecnologia serão custeados pela FPF.

Além disso, a federação vai distribuir R$ 11 milhões em premiações, sendo R$ 5 milhões destinados ao campeão.

A primeira rodada do Paulistão 2021:
Ferroviária x Inter de Limeira
Guarani x Ituano
Novorizontino x Ponte Preta
Palmeiras x São Caetano
Red Bull Bragantino x Corinthians
Santo André x Santos
São Bento x Mirassol
São Paulo x Botafogo-SP

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia