WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  



drupal counter

:: 5/jan/2021 . 17:41

Em rodada que vale acesso, jogos da Série D terão principais árbitros brasileiros

GE

A rodada do próximo fim de semana é a mais aguardada para os oito times que ainda seguem na Série D do Campeonato Brasileiro. Além da definição dos semifinalistas, quatro times irão comemorar a promoção para a terceira divisão nacional em 2021.

Sem o recurso do árbitro de vídeo, a CBF optou por escalar os principais nomes da arbitragem nacional para comandar os jogos que decidem a vida dos clubes que disputam a quarta e última divisão do futebol brasileiro. Veja abaixo quem apita cada um dos confrontos.

Altos-PI x Marcílio Dias-SC
Flávio Rodrigues de Souza (Fifa-SP) apita o confronto, auxiliado por Daniel Luis Marques e Evandro de Melo Lima. O quarto árbitro será Lucas Canetto Bellote. O quarteto é de São Paulo.

Aparecidense x Mirassol
Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa-RJ) apita a partida, auxiliado por Thiago Henrique Neto Correa Farinha e Luiz Claudio Regazone.

Novorizontino x Fast
Leandro Pedro Vuaden (CBF-RS) apita a partida, auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi e Lúcio Beiersdorf Flor.

América-RN x Floresta-CE
O árbitro Luiz Flávio de Oliveira (Fifa-SP) apita a partida, auxiliado por Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Daniel Paulo Ziolli. O quarto árbitro será Adriano de Assis Miranda.

Calendário das competições femininas de 2021 é definido pela CBF

Globo Esportes

As datas das competições femininas para a temporada de 2021 estão definidas. O calendário divulgado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) contempla dois campeonatos adultos e três torneios de base. Nas competições adultas serão disputados o Brasileirão Feminino A-1 e A-2. Nas categorias de base, o cronograma contará com o Campeonato Brasileiro Sub-18 e Sub-16, além da Liga de Desenvolvimento da Conmebol Sub-16 e Sub-14.

O cronograma também inclui a reserva de datas para os Campeonatos Estaduais, além das competições da FIFA e da Conmebol.

– Nosso principal compromisso é a manutenção e o aprimoramento das competições de futebol feminino. Teremos sete campeonatos em 2021, além do Brasileirão Feminino A-2 que será concluído. Além disso, pela primeira vez teremos um período unificado para a realização dos Campeonatos Estaduais. Será um calendário intenso com competições distribuídas ao longo de todo o ano, sendo a maior parte campeonatos de base, e isso é muito importante dentro do processo de desenvolvimento do futebol feminino – destaca Aline Pellegrino, Coordenadora de Competições Femininas da CBF.

Principal competição do calendário de futebol feminino, o Brasileirão Feminino A-1 será o primeiro campeonato a ter a bola rolar em 2021. O torneio tem início previsto para 28 de março e a final planejada para o dia 26 de setembro. A novidade fica por conta da pausa para a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 (adiados para 2021). O intervalo se dará após a conclusão da 15ª rodada, no dia 27 de junho, com o retorno programado para o dia 15 de agosto, para a disputa da fase final.

Bahia acerta com o lateral-esquerdo Felipinho, do Atlético de Alagoinhas

Bahia Notícias

O Bahia tem um reforço acertado para compor o time de transição que disputa o Campeonato Baiano de 2021. A reportagem do Bahia Notícias apurou que o Tricolor fechou nos últimos dias a contratação do lateral-esquerdo Felipinho, um dos destaques do Atlético de Alagoinhas.

A informação foi confirmada ao BN pelo presidente do clube do interior baiano, Albino Leite.

“Houve um acerto com o Bahia e o empresário dele. Ele já acertou com o Bahia. Ele deve se apresentar no dia 7 ou 8 ao Bahia”, declarou.

Com 23 anos de idade, Felipinho foi uma das referências do Carcará na campanha do vice-campeonato do Baianão 2020. Sua última partida pelo clube foi realizada no último dia 22 de dezembro contra o Botafogo-PB, pela pré-Copa do Nordeste.

Corinthians e Palmeiras podem ajudar São Paulo a ser campeão

R7

Na reta final do Campeonato Brasileiro, cuja 28ª rodada tem início na quarta-feira (6), destacam-se três favoritos ao título: São Paulo, Flamengo e Atlético-MG. Nesta ordem mesmo, apesar do Galo estar à frente do Rubro-Negro pelos critérios de desempate.

Para São Paulo e Atlético-MG, faltam 11 jogos. Com um jogo a mais para fazer, totalizando 12, o Flamengo pode diminuir a distância do São Paulo para quatro pontos.

Tudo isso, em teoria. Na prática, a situação é outra. Isso porque o jogo que falta ao Flamengo é o da 23ª rodada, contra o Grêmio, em Porto Alegre. Já classificado para as finais da Copa do Brasil, que ocorrerão nos dias 3 e 10 de fevereiro, contra o Palmeiras, o Grêmio aproveitará esse tempo para tentar ficar próximo da Libertadores de 2021, já que, neste momento, ocupa a 5ª posição, com 45 pontos, mas um jogo a menos do que o rival Inter.

Portanto, não será nada fácil para o Flamengo vencer o Grêmio e diminuir a diferença para o São Paulo de uma maneira que possa se manter animado. Um empate da equipe de Rogério Ceni com o time gaúcho não será satisfatório.

A situação na tabela é um fator que irá influenciar. Muitos dos adversários de cada um dos favoritos estarão lutando por um objetivo na competição, alguns contra o rebaixamento, outros por uma vaga na Sul-Americana e outros pela Libertadores.

O São Paulo vai encarar a seguinte sequência: Red Bull (fora), Santos (casa), Athletico (f), Inter (c), Coritiba (c), Atlético-GO (f), Palmeiras (c), Ceará (c), Grêmio (f), Botafogo (f) e Flamengo (c).

Já o Atlético enfrenta Santos (c), Red Bull (f), Atlético-GO (c), Grêmio (f), Vasco (f), Fortaleza (c), Goiás (f), Fluminense (f), Bahia (c), Sport (f) e Palmeiras (c).

Além do Grêmio, o Flamengo terá pela frente Fluminense (c), Ceará (c), Goiás (f), Palmeiras (c), Athletico (f), Sport (f), Vasco (c), Red Bull (f), Corinthians (c), Inter (c) e São Paulo (f).

A disputa, com isso, entre São Paulo e Flamengo é a mais aberta. Nesta corrida, porém, o São Paulo está na frente. E pode se aproveitar da situação de seus dois principais rivais, Corinthians e Palmeiras, para ficar com o título. Vendo o Flamengo jogar contra um Corinthians motivado e ele, São Paulo, enfrentando um Palmeiras que estará no meio de uma importante decisão de título.

Jornal argentino cita o Boca como Terror dos brasileiros na Libertadores

Isto É

O DIÁRIO OLÉ, principal jornal esportivo da Argentina, publicou matéria apontando o Boca Juniors, rival do Santos nas semifinais da Copa Libertadores, como o “Terror dos brasileiros”.

Na matéria, o jornal lembra que o Boca teve 20 duelos de mata-mata contra times brasileiros na competição e venceu 17. Os únicos times brasileiros que venceram um mata-mata contra o Boca na competição foram o Santos em 1963, o Fluminense em 2008 e o Corinthians em 2012.

O Olé aponta ainda que quatro dos seis títulos do Boca Juniors na competição foram conquistados com vitórias sobre times brasileiros na decisão: Cruzeiro em 77, Palmeiras em 2000, Santos em 2003 e Grêmio em 2007.

Cruzeiro e Palmeiras, com três eliminações cada, e Corinthians, com duas derrotas, foram os times brasileiros que mais sofreram com o Boca Juniors na competição. Com o Santos, o retrospecto é de empate. Foram duas finais entre os times e um título para cada lado.

O primeiro jogo da semifinal da Libertadores entre Santos e Boca Juniors acontece nesta quarta, às 19:15, na Bombonera. A partida de volta acontece no dia 13, também às 19:15, na Vila Belmiro.

Conmebol estudou tirar final da Libertadores do Maracanã por alto custo

Uol

A final da Copa Libertadores está confirmada para o Maracanã, no próximo dia 30. O local, no entanto, não foi exatamente uma certeza ao longo dos últimos meses. Diante de uma pandemia,a Conmebol cogitou algumas vezes tirar a decisão do icônico estádio carioca e apostar em um evento menor, em Assunção, no Paraguai, perto de sua sede. O objetivo era claro: reduzir custos.

A confederação sul-americana entende que mobilizar pessoal e preparar o estádio com capacidade para quase 80 mil pessoas demanda trabalho e custos maiores. Sem púbico, isso perderia o sentido – na visão dos cartolas. Debatido ainda no meio de 2020, o assunto voltou à pauta na última semana. Mudar toda a logística a um mês da final, no entanto, foi opção descartada por organizadores e até CBF, que responde por parte do trabalho.

Representantes da parte comercial da Conmebol ainda alertaram para o desgaste de uma terceira mudança de local de final em três anos – em 2018, o jogo de volta entre Boca e River foi para Madrid após episódios de violência em Buenos Aires; em 2019, a final saiu de Santiago para Lima por protestos no Chile. Voto vencido, o presidente da entidade, Alejandro Domínguez, não escondeu a chateação por não trocar a sede e ainda “perder” o Maracanã para uma futura possibilidade.

TV Bahia desiste de transmitir o Campeonato Baiano de 2021

Bahia Notícias

Após transmitir as últimas dez edições do Campeonato Baiano, chegou ao fim a era da TV Bahia com os direitos de transmissão da competição estadual. O Bahia Notícias apurou nesta segunda-feira (4) que a afiliada da Rede Globo no estado decidiu não renovar o seu contrato com a Federação Bahiana de Futebol. Ela tinha a preferência para seguir sendo a detentora. A informação deve ser oficializada ainda nesta semana.

No último dia 18 de dezembro, em entrevista ao BN na Bola, da Rádio Salvador FM 92.3, o presidente da FBF, Ricardo Lima, afirmou que outras emissoras de TV enviaram propostas para ter os direitos.

“Estamos conversando com algumas redes de TV. Infelizmente, eu não posso anunciar por força do contrato em que a gente precisa respeitar aqueles que tem o direito de renovação, mas estamos sim em negociação. Acredito que na primeira quinzena de janeiro a gente possa anunciar onde nosso campeonato será exibido”, disse o mandatário, que também já vinha sinalizando uma possibilidade da TV Bahia não seguir.

“Não posso afirmar que será a TV que realizou a competição de 2020 e de anos anteriores. Ela tem o direito de preferência, então encaminhamos a proposta que recebemos e estamos aguardando, dentro do prazo estabelecido no contrato, para que eles possam se posicionar”, acrescentou.

A TV Bahia assumiu os direitos do Campeonato Baiano em 2011, após um período de quatro temporadas sob o comando da TV Itapoan, afiliada da Rede Record na Bahia.

O BN também apurou que a TVE e a TV Aratu estão no páreo para ficar com as partidas. Também existe a possibilidade das duas emissoras transmitirem a competição.

Com quatro jogos fora, Vitória tem reta final intensa na Série B

Correio

Cinco dias: este é o tempo que o técnico Rodrigo Chagas terá para colocar o Vitória nos trilhos durante os treinos, após iniciar 2021 com tropeço em casa. O empate de 1×1 diante do Operário, no primeiro jogo do novo ano, manteve o time em situação delicada na Série B do Campeonato Brasileiro. O Leão soma 37 pontos, segue em 15º lugar e a dois pontos da zona de rebaixamento. O lado positivo: a diferença para o Z4 aumentou porque Figueirense e Náutico perderam na 32ª rodada.

O time precisa de ajustes e o melhor momento para fazê-los é agora, já que não terá compromissos durante a semana. Rodrigo Chagas terá a oportunidade de realizar cinco treinamentos seguidos antes de encarar o América-MG. O primeiro deles ocorreu ontem, quando o elenco se reapresentou na Toca do Leão.

O duelo com o líder da Série B acontece no sábado (9), às 19h, no estádio Independência, em Belo Horizonte. Depois, o Vitória fará três jogos com intervalo de apenas três ou quatro dias entre cada um deles. Por ordem cronológica, os rivais são Avaí (dia 13), Chapecoense (17) e Guarani (20). Detalhe: o único no Barradão será contra a Chapecoense.

“Sabemos que serão jogos difíceis, mas vamos nos preparar bastante para corrigir os erros que tivemos”, projetou Rodrigo Chagas. O mês de janeiro será intenso para o elenco principalmente pela necessidade de vencer para espantar o risco de rebaixamento à Série C. Cinco dos seis confrontos restantes são contra times que estão acima do Leão na tabela, entre eles os dois pleiteantes ao título – América e Chapecoense.

O rubro-negro só terá novamente uma semana inteira para treinar antes da penúltima rodada da competição, quando receberá no dia 26 o Botafogo-SP, único entre os adversários restantes que apresenta campanha pior que o Leão. Com apenas 27 pontos, o time paulista ocupa a vice-lanterna atualmente e é provável que já esteja rebaixado quando cruzar o caminho do time baiano.

Além do curto intervalo entre os jogos, os mandos de campo tendem a tornar o calendário ainda mais puxado. Nenhum dos concorrentes diretos jogará tantas vezes como visitante nas seis rodadas finais quanto o Vitória: quatro. Além de América, Avaí e Guarani, o Leão também visita o Brasil de Pelotas na última rodada.

O Figueirense, Paraná e o CRB farão três partidas em casa e três fora. Já o Náutico terá quatro compromissos como mandante e só dois como visitante.

Futebol brasileiro segue sendo um dos melhores para apostar

Bahia Notícias

O futebol brasileiro é conhecido pelo equilíbrio. Apesar de ser menos imprevisível do que era antes devido à diferença econômica entre clubes grandes, a variação nos campeões ainda é muito maior que nos campeonatos europeus. E isso não mudou em um ano tão diferente como 2020.

Ao analisar sites como o aposta10.com, que contam com avaliações de operadores e especialmente dicas de apostas muito procuradas, é comum ver tipsters experientes indo em caminhos diferentes. Mas por que isso acontece?

O Flamengo, dominante em 2019, começou o ano como um dos favoritos no futebol brasileiro pelo seu investimento alto. Entretanto, com Abel Braga o time tropeçou e parecia que seria mais um ano decepcionante. Ou seja, quem apostou em superioridade logo de cara não se deu bem.

Mas Jorge Jesus chegou e o rubro-negro atropelou rivais, inclusive Corinthians e Palmeiras, que tinham vencido os quatro brasileiros anteriores. Na Copa Libertadores, atropelo contra o Grêmio, mais um resultado que não era esperado e vitória contra o River Plate, maior força da América na última meia-década.

Mas aqui está a graça do futebol brasileiro: o Flamengo basicamente não perdeu ninguém e ainda se reforçou. Mas a mudança de Jorge Jesus foi difícil de lidar, a equipe caiu na Copa Libertadores no primeiro mata-mata (contra o Racing da Argentina) e não tem o mesmo desempenho no Campeonato Brasileiro. Também foi eliminado na Copa do Brasil.

O algoz na Copa e favorito ao campeonato brasileiro é o São Paulo, que começou o ano sendo visto como uma força secundária e ainda foi eliminado de forma humilhante no Campeonato Paulista e Libertadores.

Quem disser que confiava que Fernando Diniz conseguiria se manter no cargo e levar o time a um possível título nacional pode estar mentindo. Mas se tiver apostado, pode ganhar um belo retorno.

Apostar apenas no favorito não traz grandes retornos, afinal é o que a maioria do público faz. O apostador experiente sempre procurará as possibilidades que trazem valor, que fogem do óbvio e das odds mais baixas que o público ainda puxa para baixo.

Por exemplo, quem começou 2020 apostando no Flamengo não só não tem bons retornos porque o time decepciona, mas mesmo que os cariocas vencessem tudo, os retornos seriam baixos. Agora o São Paulo campeão brasileiro, o Santos chegando longe na Libertadores e a virada do Palmeiras no meio do ano pagam mais e são apostas com ótimos retornos.

E por isso o Campeonato Brasileiro e as competições locais em geral são excelentes para os apostadores porque a possibilidade de uma equipe de boa qualidade subir um nível e o favorito cair um nível faz com que os retornos sempre sejam bons. Isso não acontece no Campeonato Espanhol, onde Barcelona e Real Madrid dominam e por isso quem apostar neles nunca terá retornos consideráveis. O mesmo na Itália, França e Alemanha.

Mesmo com lockdown, competições esportivas continuam na Inglaterra

Tribuna da Bahia

As competições esportivas de elite, entre elas o Campeonato Inglês, poderão continuar na Inglaterra apesar do novo lockdown nacional decretado pelo primeiro-ministro Boris Johnson, nesta segunda-feira (4). A medida foi tomada para controlar um surto de infecções causado por uma variante mais contagiosa do novo coronavírus (covid-19).

O Reino Unido registra atualmente mais de 2,65 milhões de casos confirmados de covid-19, com mais de 75 mil mortes. Um novo recorde diário de 58.784 novos casos de coronavírus foi reportado nesta segunda-feira.

A Inglaterra seguiu a vizinha Escócia na implementação de um rigoroso lockdown com instruções para a população ficar em casa, mas permitindo a continuidade das competições esportivas profissionais.

Instalações voltadas para a prática de esportes ao ar livre, incluindo academias abertas, quadras de tênis e campos de golfe serão fechadas e esportes em equipe não serão permitidos, a não ser a elite do esporte profissional, como o Campeonato Inglês.

No futebol, as semifinais da Copa da Liga Inglesa devem ser disputadas nas próximas terça e quarta, seguidas pela terceira rodada da Copa da Inglaterra, que começa na próxima sexta-feira.

O Campeonato Inglês também terá de lidar com conflitos de datas após quatro partidas serem adiadas por conta de surtos de covid-19 nos elencos de Newcastle United, Manchester City e Fulham.

Jesus lembra de fase no Flamengo e compara com Benfica: ‘a diferença é enorme’

IG Esportes

Em pouco mais de um ano pelo Flamengo, Jorge Jesus fez história à beira do campo e tornou-se um dos principais técnicos da história centenária do clube. Atualmente, no Benfica , o português tem citado o Rubro-Negro com frequência, sendo a última na mais recente entrevista coletiva.

Instável sob o comando dos Encarnados, onde tem acumulado frustações (como na “pré-Liga dos Campeões e o vice na Supertaça de Portugal para o Porto), Jesus comparou o período em que dirigiu o Fla com o atual:

– Neste momento, estava numa fase da minha carreira em que podia ser campeão do mundo. Se tivesse sido, seguramente que era mais muito mais valorizado, porque tinha ganho todas as competições internacionais. É uma diferença grande, como é óbvio. Em Portugal não vou ganhar a Champions, tenho a certeza disso, principalmente este ano em que nem lá estamos. A diferença é enorme.

Apesar da derrota na final para o Liverpool no Mundial de Clubes (lembrado pelo Mister), Jorge Jesus e Flamengo viveram um ano “mágico” em 2019, cujos títulos abriram portas para mais dois canecos em 2020.

Ao todo, foram 43 vitórias, dez empates e quatro derrotas de Jesus sob o comando do Flamengo, com os títulos do Brasileirão e da Libertadores, em 2019, e Recopa Sul-Americana, Supercopa do Brasil e Carioca nesta temporada.

Com 24 mil pessoas no estádio, FC Tokyo conquista Copa da Liga Japonesa

Super Esportes

O estádio Nacional, reformado para receber as cerimônias de abertura e encerramento e as provas de atletismo dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, em julho e agosto deste ano, foi sede nesta segunda-feira da decisão da Copa da Liga Japonesa, a Levain Cup, entre FC Tokyo e Kashiwa Reysol, que encerrou a temporada de 2020 do futebol japonês. Cerca de 24 mil pessoas acompanharam a partida, vencida pelo time de Tóquio por 2 a 1.

O que chamou a atenção foi o sucesso das medidas de prevenção ao novo coronavírus impostas ao público. De acordo com o presidente da J.League, Mitsuru Murai, todos seguiram as orientações de segurança, usando máscaras e mantendo o distanciamento. Ninguém vaiou nem assobiou e torceram apenas batendo palmas, de acordo com os protocolos de segurança. No entanto, um novo estado de emergência pode ser declarado em breve na região de Tóquio por causa do aumento dos casos de Covid-19.

A final da Copa da Liga Japonesa estava marcada para o dia 7 de novembro, mas foi adiada por causa de um surto de Covid-19 no Kashiwa Reysol, que contaminou até o técnico brasileiro Nelsinho Baptista, que chegou a ser internado, mas felizmente se recuperou sem maiores complicações. Como não havia mais datas disponíveis até o fim do Campeonato Japonês, o jogo foi remarcado para três dias após a decisão da Copa do Imperador, dando um tempo de descanso aos times e fechando a temporada de 2020 do futebol japonês.

Em campo, o atacante Leandro, ex-Palmeiras e Grêmio, abriu o placar no primeiro tempo para o FC Tokyo com um belo gol. Ele pegou a bola na lateral, escapou de quatro marcadores e chutou no canto. O Kashiwa Reysol empatou pouco antes do intervalo com Yusuke Segawa, mas outro brasileiro, Adailton, ex-Vitória, brilhou na segunda etapa e fez o gol do título ao clube de Tóquio.

Foi a terceira conquista do FC Tokyo na Copa da Liga Japonesa em três finais (2004, 2009 e 2020), enquanto que o Kashiwa Reysol tem duas taças (1999 e 2013) e perdeu a sua primeira decisão. O clube de Tóquio igualou o rival Tokyo Verdy como segundo time com mais títulos do torneio. O primeiro é o Kashima Antlers, com seis troféus.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia