CBF

Um capítulo importante na história do futebol será escrito por duas mulheres brasileiras neste domingo (7). A árbitra Edina Alves Batista (FIFA/SP) e a auxiliar Neuza Back (FIFA/SP) foram escaladas para comandar o jogo entre Al Duhail e Ulsan Hyundai, pelo Mundial de Clubes da FIFA, e farão parte do primeiro trio 100% feminino a comandar um jogo masculino profissional de uma competição FIFA.

A dupla brasileira será acompanhada pela auxiliar Mariana de Almeida, da Argentina. O jogo vale pela disputa do quinto e sexto lugar no Mundial. Além do trio, ainda completam a equipe de arbitragem: o quarto árbitro Abdelkader Zitouni (TAH), o auxiliar reserva Humberto Panjoj (ESA) o árbitro de vídeo Nicollas Gallo (COL) e o auxiliar do árbitro de vídeo Julio Bascunan (CHI).

A expectativa pela escalação de Edina Alves para comandar um jogo Neuza Back do Mundial de Clubes da FIFA já existia desde a indicação das duas para a competição, no fim de 2020. As brasileiras atuaram neste Mundial na partida entre Tigres e o mesmo Ulsan Hyundai FC. Edina Alves foi a quarta árbitra do jogo, enquanto Neuza Back esteve como auxiliar reserva. Desta vez, elas estarão no comando da partida.

Além da disputa pelo quinto lugar, a FIFA anunciou que Edina Alves Batista e Neuza Back também estarão na equipe de arbitragem da semifinal entre Bayern de Munique e Al Ahly, na próxima segunda-feira (8). Assim como na partida de estreia do Mundial de Clubes, Edina atuará como quarta árbitra, enquanto Neuza será a auxiliar reserva do confronto.