WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

fevereiro 2021
D S T Q Q S S
« jan    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  



drupal counter

:: 13/fev/2021 . 10:11

Vice-Presidente da LCDT entrega orçamentos das competições ao secretário de Esportes

Ascom LCDT

Na manhã da última quinta (11), a vice-presidente da LCDT, Sindy Santos entregou ao secretário de Cultura, Turismo, Esportes e Lazer, Adriano Gama, os orçamentos das competições da Mentora Conquistense previstas para acontecerem este ano, com o aval dos órgãos de saúde e com todas as equipes regularizadas.

Segundo Sindy foram entregues os orçamentos dos seguintes campeonatos: 1ª Divisão, 2ª Divisão, Escolinhas, Feminino, Master, Veteranos, Servidores Públicos, Futsal Masculino e Feminino.

Sindy também falou da experiência de está exercendo o cargo de 2ª vice-presidente. “Minha experiência no futebol era apenas de trabalhar nos programas esportivos e nas jornadas esportivas da Rádio Clube. Agora terei essa oportunidade de trabalhar e acompanhar mais de perto o futebol amador conquistense”, disse.

O secretário Adriana Gama disse que é importante ter esses orçamentos antes dos inicios das competições para que tenha o tempo necessário para analisar e fazer a licitação. “Somos parceiros da LCDT e vamos procurar dentro das possibilidades continuarem ajudando no que for possível para que o nosso futebol cresça a cada dia”, falou.

A LCDT está abrindo filiação para as equipes que desejam participar dos Campeonatos de Master, Veteranos, Feminino, Futsal Masculino e Feminino.

Atacante que estava em período de testes é contratado pelo Vitória da Conquista

Diário Esportivo

O Vitória da Conquista anunciou a contratação de mais um jogador para o seu elenco. Trata-se do atacante Lukinhas, de 25 anos, que já estava na quipe passando por um período de testes.

O atleta é natural de Lima, no Peru, mas tem dupla cidadania por ser filho de brasileiro. Lukinhas, que nunca jogou no Brasil, passou pelas divisões de base do Sporting Cristal-PER, Sport Boys-PER e Tottenham-ING, e também esteve nas equipes profissionais do Union Huaral e Atletico Grau, ambos do Peru.

O atacante participou dos dois amistosos realizados pelo Vitória da Conquista nesta pré-temporada, diante do Barcelona de Ilhéus (vitória por 3 a 2 fora de casa), e Seleção de Medina-MG (vitória de 5 a 0, no Edvaldo Flores). Lukinhas fez um dos gols da virada contra o Barcelona e teve um bom desempenho contra Medina.

São Paulo continua sendo o clube brasileiro com mais títulos mundiais

Diplomata News

Após ficar em quarto lugar no mundial de clubes 2020, o Palmeiras segue a sina de nunca ter conquistado um mundial. Já o São Paulo continua sendo o clube brasileiro com mais títulos mundiais, são três conquistas no total, em 1992, 1993 e 2005.

O campeão da edição 2020 foi o Bayern de Munique, que bateu o Tigres na decisão. O maior vencedor da competição é o Real Madrid que acumula sete títulos, quatros deles conquistados nos últimos cinco anos.

Veja quais são os brasileiros campeões do Mundial de Clubes:

3 títulos
São Paulo: 1992, 1993 e 2005

2 títulos
Santos: 1962 e 1963
Corinthians: 2000 e 2012

1 título mundial
Internacional: 2006
Flamengo: 1981
Grêmio: 1983

FBF terá que achar nova sede

Tribuna da Bahia

Se já não bastasse a crise dos clubes, a Federação Bahiana de Futebol, e muitas Federações amadoras, a grande maioria que só existem na Bahia para eleger presidentes de Confederações, receberam indiretamente na última quinta-feira, um aviso antecipado de despejo do Palácio dos Esportes, na Praça Castro Alves, centro histórico de Salvador. A Assembleia Legislativa da Bahia autorizou o processo de alienação do prédio que vai ser transformado em um Grande Hotel de luxo.

O Palácio dos Esportes abriga como sede a Federação Bahiana de Futebol além de diversas outras federações de esporte amador e ligas. A área do imóvel mede 1.630,24m² e fará parte de um grande projeto do Governo do Estado de revitalização e valorização do Centro Histórico de Salvador. Resumindo, a FBF, que ocupa três andares do Palácio do Esportes, com uma gráfica montada no 5º e último andar, terá que procurar uma nova sede.

Filosofia de jogo e questão financeira: Por que o São Paulo escolheu Crespo como novo técnico da equipe

Isto É

O São Paulo acertou a chegada do técnico Hernán Crespo para comandar o clube até 2022. A escolha pelo argentino foi pautada por diversos fatores, mas o que mais pesou na decisão foi o estilo de jogo do treinador e também a sua pedida salarial.

Conforme o LANCE! publicou na semana passada, a filosofia de jogo de Crespo casa com o estilo que a diretoria do São Paulo busca no comando da equipe. Atual campeão da Sul-Americana, o técnico é conhecido por gostar do famoso ‘perde-pressiona’ e costuma usar as saídas de bola desde os seus zagueiros.

No entanto, Crespo costuma ter mais velocidade na transição e também mais segurança na defesa e na recomposição do setor defensivo. Essas foram algumas características que chamaram a atenção da diretoria do Tricolor. O espírito aguerrido também foi levado em conta.

– Time aguerrido, time de velocidade, time que pressiona o adversário. Tudo isso ele mostrou para a gente. Nós estamos felizes, o torcedor do São Paulo pensa assim sobre o futebol. Um time bastante competitivo, o São Paulo sempre foi competitivo, e isso procuramos com esse treinador – afirmou Muricy Ramalho, coordenador do clube.

Resta saber como Crespo montará o time do São Paulo na próxima temporada. A posição de pontas, com características de velocidade, pode ser a primeira em que o argentino peça reforços. O Tricolor tem uma deficiência no setor, que Fernando Diniz não conseguiu corrigir durante sua passagem.

O aspecto financeiro também foi um diferencial na escolha do técnico. O São Paulo realizou um processo seletivo com cerca de dez nomes, entre eles vários europeus e sul-americanos.

Antes de chegar em um acordo com Crespo, a diretoria conversou com o portugueses Marco Silva, Pedro Martins e André Villas-Boas. Os dois primeiros tinham pretensões profissionais de continuar na Europa, enquanto o ex-técnico do Olympique de Marselha pediu valores altos para a realidade do São Paulo.

Renato Gaúcho é o plano A do Galo caso Jorge Sampaoli deixe clube

Terra

Com os rumores da saída de Jorge Sampaoli se tornando cada vez mais fortes, ficando perto de se tornarem realidade, o Atlético-MG já tem na “manga” um “Plano A” caso se confirme a saída do argentino para o Olympique de Marselha, da França: Renato Gaúcho, atual técnico do Grêmio.

O treinador gremista é o favorito para assumir o clube se Sampaoli deixar o Galo. A informação foi veiculada inicialmente pela “Rádio da Massa” e confirmada pelo L!.

A imprensa francesa “crava” que Sampaoli deixará o Atlético para um projeto no Olympique, que está sem técnico desde a saida do português André Villas Boas. O comandante alvinegro tem contrato até o fim de 2021, mas a diretoria quer estender o vínculo. Mas a proposta francesa está seduzindo Sampaoli.

Se não houver um acordo com a diretoria alvinegra, Sampaoli terá de pagar uma multa de R$ 4 milhões para encerrar seu contrato.

Com três brasileiros, Conmebol confirma 16 participantes da Libertadores Feminina de 2020

MSN

Em virtude da pandemia global de Covid-19 que atingiu em cheio o planeta e, consequentemente, o mundo do futebol, a Libertadores Feminina de 2020 não pôde ser realizada no ano passado. Com isso, teremos duas edições da competição em 2021, decisão tomada pela Conmebol para criar um precedente negativo e prejudicial aos clubes classificados.

Até a noite da última quinta-feira (11), ainda restava uma vaga em aberto a ser confirmada. Com a definição da classificação do Deportivo Trópico, da Bolívia, a edição de 2020 enfim conheceu seus 16 participantes. Corinthians, Ferroviária e Avaí/Kindermann representarão o Brasil na principal competição de clubes do futebol feminino na América do Sul.

Por que clubes recusaram proposta da Globo por Carioca por PPV próprio

Uol

Na quarta-feira, foi publicado neste blog o valor da proposta da Record pela TV Aberta do Carioca: R$ 11 milhões. O montante causou surpresa e descrença no twitter: “É por clube”, “Absurdo”, “Muito pouco”. Os grandes clubes, Flamengo, Fluminense, Vasco, Botafogo e Ferj recusavam uma oferta maior da Globo, R$ 45 milhões, por todos os direitos do campeonato. Apostam em vendas de outras fatias da competição para aumentar ganhos e em um teste para competições como o Brasileiro.

É um passo em direção um novo modelo de comercialização de direitos de transmissão de futebol em contraposição ao tradicional. Desde a década de 80, a Globo, SBT, Record e Band compram direitos de competições, pagam clubes e entidades e comercializam por conta própria o produto. Agora, os clubes fatiam direitos e tomam para si parte da venda dos seus jogos.

Esse movimento já tinha sido ensaiado pelo Flamengo no meio do ano passado na disputa com a Globo relacionada ao Carioca. Com a MP do Mandante válida, o clube fechou a venda de um jogo pelo Mycujoo em experiência fracassa pela falta de estrutura da plataforma. Além disso, exibiu jogos na FlaTV.

Sem o Flamengo presente, o contrato do Carioca valia R$ 100 milhões até 2020 quando a Globo o rescindiu. Uma rápida observação do mercado de direitos de televisão, com a devolução de direitos da Libertadores e renegociações mundiais, deixa claro que esse não era mais seu valor de mercado. Trata-se de uma competição de segundo escalão na temporada que ocupa três meses de calendário com 12 times de menor expressão.

Parte dessas respostas vai servir para os clubes criarem um modelo para outras negociações de direitos como o Brasileiro. Os contratos com a Globo e a Warner só acabam em 2024. E o Flamengo, por exemplo, faz do Carioca uma espécie de laboratório para a estratégia futura na negociação do Brasileiro. Há tempo para os clubes da Série do Brasileiro iniciarem essa discussão de como pretendem comercializar seu produto. Neste sentido, o que ocorrer no Carioca pode influenciar o futuro dos direitos de TV no país.

Atlético recebe Bahia e tenta último suspiro na luta pelo título brasileiro

Super Esportes

Depois de dois resultados frustrantes como visitante no Campeonato Brasileiro, o Atlético tenta dar o último suspiro para seguir vivo na luta pelo título. Na noite deste sábado, o Galo recebe o Bahia, no Mineirão, e precisa da vitória para seguir com chances de conquistar a taça da Série A. A bola rola no Gigante da Pampulha a partir das 19h.

Nas últimas duas rodadas, o Atlético perdeu para o Goiás e empatou com o Fluminense, ambos jogos fora de casa. Dos seis pontos em disputa, somou apenas um. Se tivesse vencido os dois jogos, estaria na liderança do Brasileiro.

Mas, a realidade é diferente. O Galo soma 61 pontos, cinco a menos que o líder Internacional. O Flamengo, em 2°, tem 65. Caso vença o desesperado Bahia, que luta contra o rebaixamento, o Galo seguirá com chances de título.

E o maior trunfo do Galo na partida é o Mineirão. No Gigante da Pampulha, o Galo soma 42 pontos em 51 possíveis. São 13 vitórias, três empates e uma derrota, com 38 gols marcados e 12 sofridos.

Em situações bem diferentes, Santos e Coritiba se enfrentam neste sábado

Globo Esportes

Em situações bem diferentes, Santos e Coritiba se enfrentam neste sábado, às 19h (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Santos ainda briga por uma vaga na Libertadores da próxima temporada, mas precisa voltar a vencer no Brasileirão. A equipe comandada pelo técnico Cuca está em 11º lugar, com 47 pontos, a nove do Grêmio, com 56, primeiro na zona de classificação para a competição sul-americana.

O Santos terá força máxima pela primeira vez depois da final da Libertadores, disputada em 30 de janeiro. O atacante Marinho volta ao time depois de se recuperar de um edema no joelho esquerdo e não enfrentar Grêmio e Atlético-GO.

O Coritiba corre o risco de ser rebaixado já neste sábado. Se perder, o Coxa cai. Se o Bahia vencer o Atlético-MG, o Coxa também cai. E se empatar e o Bahia perder, o clube paranaense ainda teria que secar o Vasco diante do Inter no domingo. Para piorar, Gustavo Morínigo acumula desfalques.

Praticamente rebaixado, o Coritiba ainda precisa superar os desfalques. Gustavo Morínigo não terá cinco titulares: Wilson, Natanael, Rhodolfo, Sabino, Matheus Galdezani e Rafinha. Com isso, o jovem Arthur entra no gol, Nathan Ribeiro e Henrique Vermudt formam a dupla de zaga, e Sarrafiore deve ganhar uma chance no meio.

Cumprindo tabela, Botafogo visita o Goiás sob olhares e torcida dos ameaçados

Terra

Rebaixado e sem chances até de deixar a lanterna do Brasileirão, o Botafogo apenas cumpre tabela nas três últimas rodadas. Mas a visita ao Goiás, às 17 horas, no estádio da Serrinha, vale muito para equipes que lutam pela permanência na elite com os goianos. Torcedores de Vasco, Bahia, Sport, Fortaleza e Vasco engrossam o coro por um triunfo ou empate dos visitantes.

Mais uma vez comandado pelo interino Lúcio Flávio, o Botafogo, que já vinha utilizando diversos meninos da base, jogará ainda mais desfalcado, com as ausências de Zé Wellison e Romildo por lesão.

O jovem meia fraturou a mão na goleada sofrida pelo Grêmio, na segunda-feira, por 5 a 2, enquanto o volante teve uma entorse no tornozelo esquerdo. Kayque e Luiz Otávio são os substitutos em Goiânia. O experiente Cícero, de saída do clube, é outra baixa.

Victor Luís sente dores musculares e é pouco provável que se recupere a tempo, abrindo espaço para Hugo na lateral-esquerda. Assim como o goleiro Diego Cavalieri.

Os garotos do Botafogo tentam provar à diretoria que podem figurar no futuro elenco remodelado para o Campeonato Carioca e, sobretudo, à disputa da Série B. Já atuaram nas duas últimas jornadas e ainda têm mais três confrontos pela frente para se firmarem.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia