Super Esportes

O jogo do próximo domingo entre Flamengo e Internacional, no Maracanã, pode representar uma ocasião inédita na era dos pontos corridos do Campeonato Brasileiro. Pela primeira vez desde que o atual sistema de disputa foi aplicado, em 2003, um confronto direto entre os dois primeiros colocados pode definir o título. A partida válida pela penúltima rodada vai decidir o campeão caso a equipe gaúcha vença. Qualquer outro resultado adia a briga para a rodada final, na próxima quinta-feira.

Os dois times se enfrentam separados por somente um ponto na tabela. A classificação agora aponta 69 a 68 para o Inter. Se a equipe ganhar, abre quatro pontos de vantagem e acaba com as chances do adversário. O Flamengo, por sua vez, passará à frente do rival na classificação se vencer a partida. O empate vai manter o cenário atual, com um ponto de diferença.

O clima de final mesmo em um campeonato de pontos corridos tem marcado a preparação dos times. “Um empate não termina o campeonato. Temos ciência que, se vencermos, nos sagramos campeões, mas um empate nos mantém à frente e só dependemos de nós na última rodada”, disse o meia Patrick, do Inter. “Temos claro aquilo que devemos fazer. É manter o foco, a concentração e a humildade para ir em busca da vitória”, comentou o meia Diego, do Flamengo.

Em todas as edições do Campeonato Brasileiro, somente uma vez houve um confronto direto entre líderes em condições similares. Em 2005, Corinthians e Inter disputavam o título e se enfrentaram em uma partida válida pela antepenúltima rodada. Porém, ao contrário da ocasião atual, naquela vez o jogo não tinha condições de definir matematicamente o campeão.