WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

março 2021
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  



drupal counter

:: 5/mar/2021 . 19:00

Sem problema de Covid, Vitória da Conquista está pronto para encarar o Bahia

Da Redação

Após a vitória sobre o Doce Mel, na tarde da última quarta (3), o elenco do Vitória da Conquista voltou às atividades na tarde desta quinta (4), no estádio Edvaldo Flores, para iniciar a preparação para o confronto contra o Bahia, que acontece neste domingo (7), às 16 horas, no estádio Lomanto Junior, pela quarta rodada do Campeonato Baiano.

Na tarde desta sexta (5), o comandante do Bode realizou um treino técnico no local da partida. Na manhã de sábado (7), os atletas participam de um treino recreativo na Toca do Bode e depois concentram para o jogo.

Sem nenhum problema com a Covid, o treinador Gabardo Junior terá todos os atletas a sua disposição para este confronto.

O árbitro feirense Reinaldo Silva de Santana foi sorteado pela FBF, para comandar o jogo. Ele será auxiliado por Marcos Welb Rocha de Amorim e Paulo de Tarso Bregalda Gussen, de Feira de Santana e Salvador, respectivamente. O 4º árbitro será Anderson Soares Brandão, de Ubaíra.

Globo abre negociação para adquirir jogos do Brasileirão Feminino em 2021

Uol

A Globo abriu negociações com a CBF para adquirir a exibição do Campeonato Brasileiro Feminino a partir deste ano. A ideia é transmitir algumas partidas envolvendo grandes clubes em TV aberta e outras para reforçar a programação do SporTV, o canal esportivo da emissora. O fato também serviria para fortalecer o projeto de aumentar a participação de mulheres no Esporte do grupo.

A coluna apurou que as conversas só começaram neste momento por causa do término da temporada 2020. A ideia é que as partidas sejam exibidas em um horário alternativo ao masculino. O projeto inicial fala em jogos aos domingos de manhã, no horário que era ocupado pela Fórmula 1 no ano passado – a categoria de automobilismo será exibida pela Band a partir do fim do mês de março.

O possível acordo não atrapalharia exibições em outras emissoras de televisão. A Band, por exemplo, tem acordo para os Brasileiros A1 e A2 em TV aberta ainda para este ano. O torneio está confirmado em exibição aos domingos à tarde, dentro do programa “Show do Esporte”.

A própria Globo entende que sua entrada no torneio ajudaria a profissionalizar ainda mais a competição, que ainda tem problemas de captação e geração de imagens para a maioria das partidas. Recentemente, o Esporte da Globo comprou jogos do Brasileirão Sub-18 e exibiu partidas no fim de semana. Os números foram considerados interessantes e isso ajudou a reforçar essa ideia.

O Brasileirão Feminino já estava no radar da Globo porque a emissora entende que o projeto de crescimento de mulheres no departamento esportivo passa por exibir partidas de futebol feminino. Só nos últimos meses, foram contatados nomes como a narradora Renata Silveira, que estreia semana que vem, a comentarista Renata Mendonça e a analista de arbitragem Nadine Basttos.

Atualmente, o Grupo Globo exibe pontualmente jogos do Campeonato Paulista Feminino no SporTV. Em TV aberta, apenas jogos da seleção brasileira já foram mostrados.

Colômbia acha difícil receber voo do Brasil para Eliminatórias

Globo Esportes

Com incertezas crescentes sobre a realização das Eliminatórias em março, a partida entre Colômbia e Brasil tem obstáculos sanitários importantes. O governo colombiano vê com preocupação a possibilidade de receber a delegação brasileira. Em entrevista à imprensa local, o ministro da Saúde da Colômbia, Fernando Goméz, disse que considera improvável qualquer exceção à entrada dos brasileiros para o jogo marcado para 26 de março, em Barranquilla.

– Hoje seria muito difícil a abertura de qualquer voo do Brasil. Qualquer voo. Não teria como justificar a abertura de um voo fretado frente a outras populações que também tem situações até humanitárias em relação ao Brasil. A epidemiologia não permite isso – comentou a autoridade do governo.

No meio de fevereiro, a seleção brasileira masculina de basquete foi proibida de viajar a Cali para jogar duas rodadas da AmeriCup, uma espécie de Copa América. Enfrentaria o Panamá e o Paraguai nos dias 21 e 22 de fevereiro, respectivamente.

A Confederação Brasileira de Basquete divulgou, na ocasião comunicado do Departamento de Epidemiologia da Colômbia. O diretor do departamento dizia que a resolução do país – de número 080 – previa “medidas preventivas e de controle sanitário de passageiros provenientes do Brasil por conta do novo coronavírus. Considerando a situação da pandemia atual e a emergência de uma variante no Brasil com um comportamento clínico e epidemiológico diferente, e para salvaguardar o direito à saúde, não poderão ingressar no país.”

A Federação Colombiana de Basquete enviou carta ao Ministério da Saúde do país e “explicou todas as condições da bolha da AmeriCup em Cáli, com a obrigatoriedade de cumprir os protocolos de saúde que a FIBA exige com dois exames PCR negativos para cada integrante das delegações que irão jogar antes da chegada a Cáli, ainda mais rígido que o utilizado na Argentina em novembro de 2020, quando o Brasil também jogou pelas Eliminatórias da Americup 2022, o que não foi suficiente.”

Fifa e Conmebol adiam para sábado a definição sobre rodadas das Eliminatórias

Terra

Ficou para esse sábado uma definição a situação das rodadas deste mês das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2022, que acontecerá no Catar. Após uma reunião por videoconferência nesta sexta-feira entre o presidente da Fifa, o suíço Gianni Infantino, o presidente da Conmebol, o paraguaio Alejandro Dominguez, e as 10 associações membro da entidade da América do Sul, só ficou acertado o compromisso da Fifa em “seguir buscando soluções” para a questão da liberação de jogadores de clubes europeus diante do agravamento da pandemia do novo coronavírus.

“Foi realizada uma sessão de trabalho da Fifa, Conmebol e associações membro sobre as rodadas de março das Eliminatórias. A Fifa se comprometeu em seguir buscando uma solução para o conflito causado pela resistência dos clubes europeus em ceder seus jogadores sul-americanos às suas respectivas seleções devido à pandemia da covid-19”, informou a Conmebol em um comunicado oficial.

Com a nova regra de liberação de jogadores feita pela Fifa em fevereiro, os clubes não são obrigados a ceder seus atletas para atuarem em países com quarentenas de mais de cinco dias na volta. Com isso, muitos não poderiam jogar pelas suas nações. Inclusive, a convocação da seleção brasileira, inicialmente programada para esta sexta-feira, não aconteceu.

A quinta rodada das Eliminatórias Sul-Americanas está marcada para os próximos dias 25 e 26, enquanto que a sexta será no dia 30. O primeiro adversário do Brasil será a Colômbia, fora de casa, na cidade de Barranquilla, e depois fará o clássico diante da Argentina, na Arena Pernambuco, no Recife.

A opção a ser estudada é que os jogos adiados sejam distribuídos nas datas Fifa, menos no mês de junho, já que logo depois começará a Copa América, adiada em um ano por causa da pandemia. No entanto, a Conmebol não deverá aceitar a ideia de adiamento e quer que a Fifa pressione os clubes a liberarem os jogadores para jogar na América do Sul.

Em relação ao Brasil, o Tite teria dificuldades em contar com jogadores da Alemanha, Itália e Inglaterra, pelo menos. Os três países estão com regras rigorosas na entrada de pessoas aos países vindo de locais onde os números da covid-19 são altos. Por outro lado, Espanha e França são mais flexíveis. Em 2020, foi aberta uma exceção aos jogadores e por isso as primeiras rodadas das Eliminatórias foram realizadas.

International Board altera orientação para lances de mão na bola

GE

A International Board (IFAB), órgão responsável pela gestão das regras do futebol, decidiu alterar mais uma vez as orientações sobre lances de mão na bola. Após sua 135ª assembleia geral anual, em vIdeoconferência, a entidade emitiu uma nota indicando que “a interpretação nem sempre tem sido consistente” em lances do tipo e reiterou que o resumo da regra é: será infração toda vez que a mão ou o braço expandir a área do corpo de forma não natural.

– Considera-se que um jogador tornou seu corpo anormalmente maior quando a posição de sua mão/braço não é uma consequência ou justificável pelo movimento corporal do jogador para aquela situação específica. Por ter sua mão/braço nessa posição, o jogador corre o risco de sua mão/braço ser atingido pela bola e ser penalizado – diz a IFAB.

A principal alteração fica por conta dos lances de ataque, nos quais qualquer toque na mão, mesmo sem intenção, geravam infrações. Agora, só serão anulados os toques que ocorrerem direto para o gol ou imediatamente antes das finalizações. O documento detalha as situações nas quais deve ser marcada a infração, quando:

* O jogador tocar a bola deliberadamente com a mão/braço, por exemplo, movendo a mão/braço em direção à bola;
* O jogador tocar a bola com a mão/braço quando isso torna seu corpo anormalmente maior;
* Em lances de ataque, a bola ir diretamente da mão/braço para o gol, mesmo que acidentalmente, ou o jogador finalizar após a bola tocar sua mão/braço, mesmo que acidentalmente.

As alterações entrarão em vigor a partir do dia 1º de julho, mas cabe aos campeonatos flexibilizar o prazo para atender as diferentes realidades de calendário. A IFAB confirmou a manutenção do conceito de que a região imediatamente abaixo da axila é válida, sem configurar toque no braço, e que o mesmo pensamento deve ser usado para as situações de impedimento.

A reunião também abordou os testes das substituições extras em caso de concussão, permitidos desde o ano passado. O movimento continuará até agosto de 2022, com o uso da regra em competições oficiais, e, então, será decidido se a possibilidade estará efetivada entre as leis do jogo.

Houve conversa sobre a manutenção das cinco substituições por equipe a cada jogo – regra alterada temporariamente por conta da pandemia da Covid-19. E a conclusão foi de que o impacto do momento sanitário do planeta deve seguir sob observação. E os membros da IFAB receberam atualizações sobre inovações relacionadas ao VAR, que poderiam permitir o uso da tecnologia em ligas de menor orçamento.

Campeão da Copa do Brasil pode ganhar até R$ 73 milhões

Galáticos Online

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) definiu nesta quinta-feira (4) as premiações para a Copa do Brasil de 2021.

Nas duas primeiras fases, as equipes foram divididas em três grupos.

No Grupo 1, o Bahia receberá os valores de R$ 1.150 milhões na primeira fase. Caso confirme a classificação diante do Campinense, o Tricolor vai ganhar R$ 1.350 milhões na segunda rodada do torneio.

Por estar na Série B e fora dos 15 melhores colocados no ranking da CBF, o Vitória está no Grupo 3. Na primeira fase, o Leão vai receber R$ 560 mil. Caso o Rubro-Negro confirme vaga na segunda fase, vai receber o valor de R$ 675 mil.

A premiação terá valores iguais para todas as equipes a partir da terceira fase do torneio.

Confira os grupos:

Grupo 1 (Os 15 primeiros do ranking)

Flamengo
Palmeiras
Grêmio
Internacional
Athletico
Santos
Corinthians
São Paulo
Atlético-MG
Cruzeiro
Bahia
Fluminense
Botafogo
Ceará
Chapecoense

Grupo 2 (outros clubes da Série A)

América-MG
Atlético-GO
Bragantino
Cuiabá
Fortaleza
Juventude
Sport

Grupo 3

Outros 58 clubes

Feirense Reinaldo Santana comanda Vitória da Conquista e Bahia, no próximo domingo (7)

Da Redação

O árbitro feirense Reinaldo Silva de Santana foi sorteado pela FBF, para comandar o jogo Vitória da Conquista e Bahia, que acontece neste domingo (7), ás 16 horas, no estádio Lomanto Junior, pela quarta rodada do Campeonato Baiano.

Ele será auxiliado por Marcos Welb Rocha de Amorim e Paulo de Tarso Bregalda Gussen, de Feira de Santana e Salvador, respectivamente. O 4º árbitro será Anderson Soares Brandão, de Ubaíra.

Confira a arbitragem para os outros jogos
Domingo
16:00
Bahia de Feira x Fluminense
Árbitro: Eziquiel Souza Costa
Assistentes: Carlos Vidal Pereira de Oliveira e Luanderson Lima dos Santos
4º Arbitro: Florismar Costa de Jesus
Juazeirense x Atlético
Árbitro: Wagner Francisco Silva Souza
Assistentes: Wesley Silva Santos e João Paulo de Souza Reis
4º Arbitro: Emerson Souza Silva
Unirb x Doce Mel
Árbitro: Herbert Roberto Lisboa
Assistentes: José Carlos Oliveira dos e Danila Borges Martins
4ºarbitro: Dorivan da Silva Gomes

STJD rejeita e arquiva pedido do Vasco para impugnar o jogo contra o Internacional

Lance

Derrota do Vasco no tribunal. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) indeferiu e arquivou, nesta quinta-feira, o pedido do Cruz-Maltino para a impugnação do jogo contra o Internacional, pela antepenúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, o sistema operado pela arbitragem de vídeo (VAR) esteve descalibrado no momento do gol de Rodrigo Dourado, que abriu o placar na vitória colorada por 2 a 0.

O departamento jurídico do Cruz-Maltino, numa força-tarefa, construiu um caso robusto, com alegações e indicações de que teria havido um claro erro de direito. Ou seja: um erro elementar, que justificaria a anulação da partida e consequente remarcação. Caso comprovado, novo jogo teria que ser marcado, o que alimentaria as chances de permanência cruz-maltina na primeira divisão.

O pedido foi apreciado pelo presidente do STJD, Otávio Noronha. Ao indeferir o pedido, o magistrado até elogiou a argumentação vascaína, mas entendeu que não houve erro de direito e que nem o erro de fato (o impedimento de Rodrigo Dourado) estava efetivamente comprovado.

No ofício publicado nesta quinta, Noronha lembra que já há jurisprudência sobre o tema, ou seja, a pauta não é nova e uma decisão já havia sido tomada como exemplo. No caso, o exemplo já era contrário ao interesse vascaíno.

Não cabe mais recurso. O que é possível é um pedido de reconsideração por parte do Vasco ao presidente do órgão.

Ministério Público prepara carta à CBF para suspender o futebol no Brasil

IG Esportes

O Ministério Público prepara uma carta de recomendação para que a CBF suspenda todas as partidas de futebol no Brasil. O documento terá a participação dos presidentes das comissões estaduais que tratam da segurança nos estádio. A notícia é do Globo Esporte.

O debate sobre a paralisação no futebol brasileiro ganhou corpo após o apelo do técnico Lisca, do América-MG, antes da partida contra o Athletic, pelo Campeonato Mineiro . O treinador lembrou dos técnicos que morreram vítimas da Covid-19 (Marcelo Veiga e Ruy Scarpino).

“Eu faço um apelo a CBF para dar um tempo nessa Copa do Brasil. Para que a gente adie um pouco esses jogos, né? Nós vamos jogar só no dia 18, talvez até lá. Mas, tem jogos já agora na próxima quarta-feira. E eu tenho certeza que meus colegas também estão preocupados. Eu sou pai de família, tenho duas filhas e uma esposa. Eu quero viver, gente”, afirmou Lisca.

Ao todo, dois estaduais já suspenderam os campeonatos (Ceará e Santa Catarina).

Pelo calendário, os meses de fevereiro a maio são dedicados aos estaduais, além da Copa do Brasil e Copa do Nordeste. Além disso, há também o início das competições internacionais (Libertadores e Sul-Americana) e as Eliminatórias da Copa do Mundo. Já o Brasileirão está previsto para junho.

Palmeiras e Grêmio encerram década de rivalidade em mata-matas relembrando anos 1990

Terra

Palmeiras e Grêmio se enfrentam, neste domingo (07), pelo jogo de volta da final da Copa do Brasil, que encerra a longa temporada de 2020 no futebol brasileiro. Além de marcar a força das duas equipes no cenário nacional, nos últimos anos, – com títulos de Copa do Brasil, Libertadores e Brasileirão – o duelo simboliza também o desfecho da rivalidade entre as equipes em torneios de mata-mata nesta década, semelhante ao acontecido nos anos 1990.

Embora o retrospecto geral contra a equipe gaúcha seja favorável ao Verdão, o time jamais bateu o Grêmio no Allianz Parque. Todavia, com a vitória palmeirense por 1×0, na partida de ida, na Arena do Grêmio, basta um empate para o Maior Campeão Nacional ficar com a taça.

Para coroar a temporada vencedora de 2020, o Palmeiras vai a campo nesse domingo (07), às 18h (horário de Brasília), no Allianz Parque, em busca do tetracampeonato da Copa do Brasil.

Chefe da Tóquio-2020 promete despertar novamente paixão pública pelo evento

MSN

A presidente da Tóquio-2020, Seiko Hashimoto, prometeu nesta sexta-feira redespertar a paixão do povo japonês pela Olimpíada de Verão e “transformar suas preocupações em empolgação”.

Hashimoto, que assumiu o comitê organizador dos Jogos duas semanas atrás, abordou frontalmente o apoio baixo do público do Japão à realização do evento durante a pandemia de Covid-19.

Ela disse aos repórteres que os organizadores farão todo o necessário para que a Olimpíada seja segura e protegida para conquistar a confiança do povo, que mostrou grande apoio aos Jogos antes do início da pandemia no ano passado.

“A paixão do povo estava lá. Queremos recuperar este sentimento para que possamos transformar suas preocupações em empolgação e expectativa com os Jogos de Verão”, disse Hashimoto, que competiu em sete Olimpíadas de Verão e de Inverno como ciclista e patinadora.

“Isso exige que façamos um bom trabalho de segurança e proteção. Então faremos o que for necessário.”

Seus comentários contrastaram com aqueles de seus antecessor, Yoshiro Mori, que disse que o Japão sediaria os Jogos no verão local independentemente da situação da pandemia.

Uma pesquisa de opinião desta semana do jornal Yomiuri mostrou que 58% do povo japonês não quer que os Jogos sejam realizados neste ano, mas esta cifra ficou cerca de 20 pontos percentuais abaixo daquela vista em sondagens anteriores.

Fifa prorroga a regra temporária de cinco substituições com alta da covid

Uol

A regra temporária de cinco substituições no futebol será prorrogada pelo menos até dezembro de 2021 para torneios de clubes domésticos e internacionais e até julho de 2022 para competições de seleções. A decisão foi tomada pelos membros da International Board (Ifab), grupo que regula o futebol e é formado por representantes da Fifa e de federações britânicas.

Isso vai evitar que campeonatos no Brasil e na América do Sul comecem com a regra das cinco substituições e no meio precisem voltar para as três mudanças usuais, que é o que ocorreria se o limite anterior de 31 de julho de 2021 para uso da regra fosse mantido.

No mês passado, o blog mostrou que a Libertadores 2021 sofreria com isso: o torneio teve início no fim de fevereiro com a regra das cinco substituições, que pela determinação anterior só valeria até as oitavas de final. A partir das quartas de final, em agosto, teria que retornar para as três alterações.

O Brasileirão, que começa no fim de maio, também poderia sofrer com isso caso optasse pelas cinco alterações em seu início e depois precisasse mudar a partir de agosto — o uso da regra é opcional pelas federações.

A regra de cinco substituições foi criada em maio de 2020 para minimizar o impacto da pandemia no calendário do futebol, que teve torneios adiados e precisou apertar as competições nas datas disponíveis. A ideia é dar flexibilidade aos treinadores para revezarem mais seus jogadores. Para evitar perda de tempo foi determinado que as cinco alterações serão feitas em três oportunidades ou no intervalo.

Em carta enviada às federações, a Ifab informou que fez uma pesquisa com clubes e jogadores e que o retorno foi positivo para a regra. Não há, por enquanto, planos concretos de que a mudança se torne definitiva, a Ifab afirmou que precisa esperar que o futebol volte ao “normal” no pós-pandemia para avaliar. Dentro da Fifa, que tem voto na Ifab, a avaliação é de que a regra pode tornar o jogo mais ágil.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia