WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

março 2021
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  



drupal counter

:: 18/mar/2021 . 19:00

FPF desiste de levar rodada do Paulistão a outro estado; clubes decidem não entrar na Justiça

Globo Esportes

O Campeonato Paulista não terá jogos neste fim de semana, quando seria realizada a quinta rodada.

A decisão foi informada aos clubes em reunião convocada pela Federação Paulista de Futebol, que não conseguiu viabilizar partidas em outros estados a tempo. O encontro virtual ocorreu no início da tarde desta quinta-feira.

A FPF não descarta realizar as próximas rodadas em outros locais e se reunirá novamente com os clubes na segunda-feira para discutir os próximos passos. A sexta rodada está prevista para o meio da semana que vem, e a sétima para o fim de semana seguinte.

A possibilidade de acionar a Justiça para tentar uma liminar que autorize a realização de partidas em São Paulo foi descartada, por enquanto.

Essa decisão foi levada a votação entre os 16 clubes da primeira divisão. Entre os grandes, só o São Paulo defendeu a judicialização, enquanto Corinthians, Palmeiras e Santos foram contrários. A votação estava empatada em oito a oito, mas a Ferroviária mudou o voto que decidiu pela desistência da ação.

Além do São Paulo, Guarani, Ituano, Inter de Limeira, São Bento, Mirassol e Novorizontino queriam entrar na Justiça. Com o Corinthians, Palmeiras e Santos ficaram a Ferroviária, Ponte Preta, Santo André, Red Bull Bragantino e São Caetano.

O Paulista está impedido de ser disputado em São Paulo por decreto do governo estadual, que suspendeu todos os eventos esportivos até o dia 30 de março como uma das medidas para tentar conter a pandemia de Covid-19, em seu momento mais críticos no país.

Governador de MG confirma paralisação do Campeonato Mineiro a partir de segunda-feira

Terra

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), confirmou nesta quinta-feira que o Campeonato Mineiro será paralisado a partir de segunda-feira. A suspensão acontecerá após a disputa da quinta rodada do Estadual, no fim de semana.

A decisão inicial pela paralisação havia sido tomada após reunião entre representantes do governo estadual e da Federação Mineira de Futebol, na terça-feira. Mas havia o agendamento de nova reunião para segunda-feira em que as partes avaliariam a paralisação. Nesta quinta, porém, o governador antecipou a suspensão, sem anunciar nova data para repensar a medida.

“Apenas essa rodada até domingo é que acontecerá. São pouquíssimos jogos e que estarão totalmente dentro dos procedimentos de segurança. A partir daí, tudo suspenso. O que nós queremos são medidas abrangentes que incluam todos, não queremos nenhum setor tendo tratamento diferenciado”, declarou Zema, em entrevista ao canal EPTV.

A quinta rodada do Campeonato Mineiro tem início nesta quinta-feira e será disputada também na sexta, sábado e domingo, com seis jogos no total. As partidas serão realizadas durante a chamada “Onda Roxa” do Plano Minas Consciente, para evitar a propagação do novo coronavírus.

Médico diz que argumentos da Federação Paulista são negacionistas: “Paralisação tem de ser em todo o Brasil hoje”

GE

Miguel Nicolelis, médico e neurocientista, participou do Globo Esporte SP nesta quinta-feira e reforçou a necessidade de uma paralisação nacional do futebol por conta do avanço da pandemia de Covid-19.

Antes de iniciar sua participação no programa, Nicolelis viu a declaração de Reinaldo Carneiro Bastos, presidente da Federação Paulista de Futebol, defendendo a continuidade do futebol. A entidade ainda tenta retomar a competição estadual e estuda até ir à Justiça.

– Eu não consigo entender porque outros protocolos servem, e o do futebol não. Só estamos lutando pelo futebol porque a ciência e a medicina diz que é seguro. Volto a repetir: se a ciência e a medicina disse que não é seguro, nós paramos. Nós respeitamos esse momento, não somos negacionistas. O futebol não é cego – disse o presidente da FPF.

Nicolelis, por sua vez, discordou e disse que a paralisação é mais do que necessária:

– A ciência que eu conheço há 40 anos e que pratico em nível mundial há 32 não está de mãos dadas com a visão que nós acabamos de ouvir do presidente da FPF e nem da CBF.
– Na realidade, nós não temos condição sanitárias de continuar com qualquer competição estadual, municipal, nacional, seja ela masculina, feminina, de qualquer divisão, de base… O que precisa ser feito, claramente, é dar apoio aos clubes e aos jogadores para ficarem, sim, em casa. O argumento que acabamos de ouvir é, sim, negacionista. Ele não segue as normas internacionais em um país com a pandemia fora de controle e um colapso hospitalar nacional – acrescentou.

O médico e neurocientista diz ainda que a dinâmica das competições é algo que pesa contra o controle da pandemia de Covid-19.

– Tem duas coisas que precisam ser feitas de maneira nacional e emergencial para conter a pandemia: evitar aglomerações e evitar fluxo de pessoas pelas rodovias e espaço aéreo.
– Eu acho que a paralisação tinha que ser completa em todo o Brasil hoje, imediatamente. O futebol só deveria voltar quando as autoridades sanitárias do país e de cada região tivessem um consenso de que a taxa de transmissão caiu a níveis seguros ou quase nulos e o números de casos por milhão passa por limite mínimo seguro – falou.

Miguel Nicolelis ainda falou que não dá para comparar a sequência do futebol em meio à pandemia em países europeus com o que acontece no Brasil.

– Essas condições de retomada estão sendo discutidas no mundo inteiro. E o que ninguém fala aqui no Brasil é que a maioria das ligas europeias estavam ocorrendo nessa segunda onda com todos os bares e restaurantes fechados. Ou seja, não dá para comparar a liga europeia com o Campeonato Brasileiro, como algum comentarista escreveu. É uma comparação espúria e sem nenhuma relevância estatística – opinou o médico.

Ministério Público recomenda que governador do Rio vete mudança no nome do Maracanã

Terra

A polêmica recente envolve o Maracanã ganhou mais um capítulo nesta quinta-feira. O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) recomendou ao governador em exercício, Claudio Castro (PSC), o veto a mudança de nome do estádio – de Jornalista Mário Filho para “Edson Arantes do Nascimento – Rei Pelé”.

O principal argumento do MP-RJ para ser contra a mudança é evitar uma possível “violação ao patrimônio imaterial dos torcedores-consumidores”. O projeto de lei que garante a alteração no nome do Maracanã já foi aprovada pelos deputados na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e agora só depende do governador.

– A recomendação ressalta que o esporte é um direito fundamental social pela constituição e que, nesse âmbito, destaca-se o futebol em todas as suas projeções – explicou o órgão em nota.

O Ministério Público do Rio pediu que o Claudio Castro (PSC) responda em até cinco dias.

Clubes temem corte imediato de verbas da TV e de torneios se futebol parar

Uol

Os clubes pressionam CBF e federações pela não paralisação do futebol com a piora da pandemia porque temem o congelamento do repasse de cotas de participação em campeonatos e de parcelas dos contratos de direito de transmissão. Em recente reunião virtual, os cartolas da CBF ouviram que dessa vez será uma “quebradeira geral” se houver corte nesses pagamentos.

Há preocupação em duas frentes: as parcelas de direito de transmissão dos Estaduais, torneio disputado neste momento, e nas cotas de participação em competições como Copa do Brasil, Libertadores e Sul-Americana, que geram depósitos pontuais a cada avanço de fase — e que no ano passado tiveram valores adiantados pelas entidades, mas este ano, se parar, não terá.

Em 2020, a Globo , que na época detinha o direito dos principais Estaduais, congelou o pagamento durante a maior parte da paralisação, que durou de março a junho e julho. Aos poucos foi liberando as parcelas, até os torneios acabarem.

O Uol apurou que para 2021 novos acordos de direitos de transmissão assinados para os Estaduais por emissoras e empresas de streaming preveem a “cláusula covid”, batizada assim porque coloca no papel que em caso de paralisação por causa da pandemia o repasse será interrompido ou diminuído. É o caso, por exemplo, do acordo da TV Record para o Campeonato Carioca.

No ano passado, os clubes demoraram mais a receber cotas por desempenho em campeonatos com as paralisações e o aperto no calendário. A Copa do Brasil, que normalmente termina em setembro, quando todos os clubes já receberam tudo e que para o campeão rende mais de R$ 50 milhões, em 2020 só acabou em março de 2021, ou seja, seis meses depois do que o usual, o que atrasou em meio ano o pagamento de toda a quantia milionária.

A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) já sinalizou que se tiver que parar a Libertadores e a Sul-Americana não terá como repetir o que fez em 2020 e adiantar cotas. Só na Libertadores cada clube brasileiro que estava na fase de grupos recebeu US$ 2 milhões antecipado do torneio que parou em março e só voltou em setembro. Houve queda significativa nas receitas da confederação no ano passado principalmente pelo adiamento da Copa América e finais únicas da Libertadores e Sul-Americana sem público.

Por isso, como mostrou o blog, foi feito um pacto entre clubes e entidades para só parar os campeonatos se os governos mandassem, que é o que acontece em alguns lugares, como São Paulo. A Conmebol pretende levar seus torneios até o limite e se times brasileiros não puderem atuar no Brasil, os jogos serão transferidos para o Paraguai . A CBF tem mudado, as vezes mais de uma vez, os locais de partidas da Copa do Brasil de Estados fechados para Estados abertos. Só não se sabe até quando isso poderá ser feito.

Supercopa do Brasil: CBF encaminha duelo entre Flamengo e Palmeiras para o Mané Garrincha

Lance

Campeões do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil da temporada passada, respectivamente, Flamengo e Palmeiras duelarão pela Supercopa do Brasil no dia 11 de abril, agora com local encaminhado pela CBF, após reunião nesta quinta-feira. O palco do jogo será o Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

O estádio será o mesmo da edição de 2020, quando o Flamengo derrotou o Athletico-PR. Anteriormente, outros locais eram possibilidades para o duelo deste ano, como o Estádio Rei Pelé, Arena das Dunas e Arena Pantanal, conforme informou o site “Coluna do Fla”.

O horário do jogo entre Flamengo e Palmeiras, bem como o local, será oficializado pela CBF nos próximos dias. O acerto para a partida ir a Brasília se deu após Rogério Caboclo, presidente da entidade, se reunir com representantes do consórcio que administram o Mané Garrincha.

Cabe destacar que a “Rede Globo” transmitirá o jogo (único) que valerá taça e estuda a volta de Galvão Bueno na narração.

Após xingar assistentes mulheres, técnico na Alemanha é obrigado a treinar time feminino

Globo Esportes

O técnico Heiko Vogel, do Borussia Monchengladbach B, recebeu uma punição inusitada e um tanto machista na Alemanha. O treinador teria xingado as assistentes Vanessa Arlt e Nadine Westerhoff durante um jogo contra o Bergisch Gladbach, pela quarta divisão alemã.

A federação não divulgou o teor das palavras de Vogel, apenas classificando a atitude como anti-desportiva. Mas sancionou o treinador com uma multa de 1.500 euros (R$ 10 mil), suspensão de dois jogos e (agora o lado machista da punição): a obrigação de dar seis treinos para o time de futebol feminino do Borussia até o dia 30 de junho.

A imprensa alemã, obviamente, considerou a punição pejorativa com o futebol feminino.

– Estão colocando o treino de uma equipe feminina no mesmo nível de um trabalho comunitário. Apesar da boa intenção, está enviando uma terrível mensagem de que treinar um time feminino é uma punição – disse Nicole Selmer, do canal Frauen in Fussball.

COVID-19 | Intubado, ex-treinador do Vitória da Conquista está em estado grave

Sudoeste Digital

Mais uma notícia preocupante para o futebol brasileiro. O técnico Ubirajara Veiga, de 66 anos, mais conhecido como Bira, está internado no Hospital da Mulher, em Maceió, depois de ter sido diagnosticado com Covid-19. Ele treinou o Conquista e diversas outras equipes (LEIA ABAIXO).

Internado desde o último dia 10, Ubirajara Veiga precisou ser intubado depois de apresentar uma piora. Seu estado é considerado grave, porém estável.

O treinador retornou no início de fevereiro ao Brasil depois de três anos no futebol japonês comandando o FC Kariya. Ele estava aguardando o fim da pandemia para voltar a trabalhar fora do país.

MAIS SOBRE ELE

Além do futebol japonês, Ubirajara Veiga também teve destaque na Bolívia e ainda passou por Uzbequistão e Trinidad & Tobago.

No Brasil, o treinador trabalhou em muitos clubes do interior de São Paulo, como Oeste, Mirassol, Votuporanguense, Mogi Mirim, Portuguesa Santista e Matonense.

Além dos clubes paulistas, Ubirajara Veiga passou por Corinthians-AL, CSA-AL, CRB-AL, ASA-AL, Coruripe-AL, Sergipe-SE, Itabaiana-SE, Operário-PR, Vitória da Conquista-BA e Hercílio Luz-SC, entre outros. | Colaboração: Oscar Silva

Vitória da Conquista intensifica a preparação para enfrentar a Juazeirense

Da Redação

Após a vitória sobre a Jacuipense, que colocou o time no G4, o Vitória da Conquista intensifica a preparação para o confronto contra a Juazeirense, que acontece neste domingo (21), às 16 horas, no estádio Lomanto Junior, pela quinta rodada do Campeonato Baiano.

Na manhã desta quarta (17), os atletas fizeram um trabalho físico na academia e a tarde foi realizado um treino técnico na Toca do Bode.

Nesta quinta (18), os trabalhos serão realizados apenas pela manhã no estádio Lomanto Junior. Já na sexta (19), o treinador Gabardo Junior comanda o coletivo apronto da Toca do Bode.

Com 7 pontos, o Bode ocupa a quarta colocação da competição.

Em jogo de pouca emoção, Bahia e Vitória ficam no 0x0 em Pituaçu

Correio

No segundo Ba-Vi de 2021, Bahia e Vitória não passaram de um empate sem gols na noite desta quarta-feira (17), em Pituaçu, pelo Campeonato Baiano. Tricolores e rubro-negros fizeram um duelo que até ganhou um pouco mais de emoção no segundo, mas os times não conseguiram traduzir em gols as chances criadas.

Utilizando a equipe de transição, o Bahia amargou mais um clássico sem vencer o Leão na temporada e não conseguiu melhorar a situação no estadual. Com cinco pontos em cinco jogos, o Esquadrão é apenas o sétimo colocado, a três pontos da zona de classificação.

O Vitória, que ampliou a invencibilidade sobre o tricolor – havia vencido o primeiro clássico do ano, por 1×0, pela Copa do Nordeste -, também soma cinco pontos, porém com dois jogos a menos é o sexto colocado do estadual.

No segundo clássico do ano, o Bahia teve um time totalmente diferente do primeiro Ba-Vi. A equipe de transição, treinada por Cláudio Prates, foi a campo representar o Esquadrão. A novidade ficou por conta da estreia do volante Pablo.

Atlético de Alagoinhas é desclassificado da Copa do Brasil após perder para o Vila Nova

Bahia Notícias

Nesta quarta-feira (17), o Atlético de Alagoinhas perdeu para o Vila Nova pela primeira fase da Copa do Brasil no Estádio Carneirão. Com o placar de 3 a 0, a equipe visitante garantiu a classificação para a próxima etapa, enquanto o Carcará está desclassificado da competição.

Após um primeiro tempo sem gols, Saimon abriu o placar para o Vila Nova aos oito minutos da segunda etapa da partida. Aos 16, Pedro Júnior ampliou para o Colorado e Markson definiu o resultado do jogo já nos acréscimos. A equipe visitante precisava apenas de um empate para se garantir na próxima fase.

Bahia, Vitória e Juazeirense venceram os jogos da primeira fase da Copa do Brasil e seguem na competição.

Outros resultados
Rio Branco-VN 1 x 1 ABC
Juventude-MA 0 x 2 Operário-PR
Guarany de Sobral-CE 1 x 5 CSA
Castanhal-PA 0 x 3 Volta Redonda-RJ
Picos 1 x 0 Atlético-AC
Nova Mutum 0 x 0 Tombense-MG
Galvez-AC 1 x 3 Atlético-GO
Retrô Brasil 1 x 0 Brusque-SC
Caxias-RS 0 x 1 Fortaleza
Santa Cruz-RS 0 x 0 Joinville-SC
Esportivo-RS 0 x 2 Remo-PA
Salgueiro-PE 0 x 3 Corinthians
Hoje
15:30
Marília x Criciúma
16:00
Treze-PB x América-MG
17:30
União-MT x Coritiba
Caldense-MG x Vasco
18:00
FC Cascavel-PR x Figueirense
20:00
Mirassol x Red Bull Bragantino
Penarol-AM x Ypiranga-RS

Confira os times classificados para as quartas de final da Champions League e quando será o sorteio

Lance

A Uefa sorteará os confrontos das quartas de final na próxima sexta-feira, a partir das 8h (de Brasília), na sede da entidade em Nyon, na Suíça. A cerimônia terá transmissão do site oficial da Uefa e também da TNT Sports através do canal por assinatura TNT, do Facebook da TNT Sports e também no Estádio TNT Sports.

EQUIPES CLASSIFICADAS
Borussia Dortmund (ALE), Porto (POR), Liverpool (ING), Paris Saint-Germain (FRA), Real Madrid (ESP), Manchester City (ING), Chelsea (ING) e Bayern de Munique (ALE) são as equipes classificadas.

DATAS DOS JOGOS
As partidas das quartas de final acontecerão no mês de abril. Os jogos de ida serão nos dias 6 e 7, enquanto as partidas de volta serão nos dias 13 e 14. A ordem de mando também será definida por sorteio, não valendo mais a regra de melhor campanha na fase de grupos para as oitavas de final.

REGRAS
?A partir das quartas de final, não há mais a restrição de duelos locais. Ou seja, equipes do mesmo país podem se enfrentar. O Bayern de Munique, por exemplo, pode enfrentar o Borussia Dortmund. Da mesma forma, Manchester City, Chelsea e Liverpool podem fazer um confronto inglês.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia