WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

março 2021
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  



drupal counter

:: 22/mar/2021 . 18:30

Brasil pode pegar Alemanha ou França em grupo olímpico do futebol masculino

Uol

A seleção brasileira masculina de futebol será cabeça de chave no sorteio dos grupos dos Jogos Olímpicos de Tóquio. A Fifa, que organiza a competição em parceria com o Comitê Olímpico Internacional, definirá as chaves em 21 de abril. Já a seleção feminina não aparecerá no pote 1, dos cabeças de chave.

Por causa da pandemia, a Olimpíada de 2020 foi adiada para 2021. O torneio de futebol será disputado entre 21 de julho e 7 de agosto em seis cidades do Japão: Tóquio, Saitama, Yokohama, Kashima, Sapporo e Miyagi. Pela divisão dos potes, o Brasil masculino pode ter pela frente na primeira fase potências europeias como Alemanha, que fez a final olímpica de 2016 contra a seleção no Maracanã, França, atual campeão mundial, ou Espanha, que venceu o Europeu sub-19 classificatório para Tóquio.

A Fifa definiu critérios diferentes para os sorteios dos grupos. Entre os homens foi criada uma pontuação, com base no desempenho nas cinco últimas edições olímpicas e nos pré-olímpicos para Tóquio-2020. Já para as mulheres será usado o ranking da Fifa que será divulgado em 16 de abril. O Brasil hoje é o oitavo, atrás de cinco outros participantes segundo o último ranking.

CABEÇAS DE CHAVE
Japão (país-sede, Grupo A)
Brasil
Argentina
Coreia do Sul
POTE 2
Alemanha
Espanha
Egito
POTE 3
Nova Zelândia
Costa do Marfim
África do Sul
POTE 4
Austrália
França
Romênia
Arábia Saudita

O torneio masculino é sub-23, com exceção para 2021 por causa do adiamento pela pandemia: jogadores que completarem 24 anos, e que estariam habilitados se o torneio tivesse ocorrido na data correta, poderão ser chamados. Se mantém a possibilidade de chamar três atletas acima desse limite.

FPF acata suspensão de três rodadas e promete terminar Paulistão na data prevista

Globo Esportes

A Federação Paulista de Futebol voltou a se reunir com os clubes da primeira divisão estadual, na manhã desta segunda-feira, e decidiu que acatará a suspensão dos jogos do Paulistão enquanto durar a fase emergencial do plano de contenção do novo coronavírus do governo de São Paulo.

Com isso, está mantida a suspensão da quinta, sexta e sétima rodadas, aquelas presentes no período da proibição de jogos anunciada pelo governo, de 15 a 30 de março.

A Federação desistiu de levar os jogos a outros Estados e de buscar na Justiça a garantia de realização, como vinha cogitando. A entidade promete encerrar o campeonato na data prevista: 23 de maio.

Na semana passada, os 16 clubes da elite estadual haviam analisado a possibilidade de levar a questão à Justiça. A maioria votou contra. Entre os grandes, só o São Paulo defendeu a judicialização, enquanto Corinthians, Palmeiras e Santos foram contrários. A votação estava empatada em oito a oito, mas a Ferroviária mudou o voto que decidiu pela desistência da ação.

Além do São Paulo, Guarani, Ituano, Inter de Limeira, São Bento, Mirassol e Novorizontino queriam entrar na Justiça. Com o Corinthians, Palmeiras e Santos ficaram Ferroviária, Ponte Preta, Santo André, Red Bull Bragantino e São Caetano.

O Campeonato Paulista está impedido de ser disputado em São Paulo por decreto do governo estadual, que suspendeu todos os eventos esportivos de 15 a 30 de março como uma das medidas para tentar conter a pandemia de Covid-19, em seu momento mais crítico no país.

A FPF tentou, mais de uma vez, convencer o governador João Doria a manter as partidas do torneio. Houve reuniões com o Ministério Público, avalista da decisão do governo, mas os argumentos não foram aceitos. A Federação, em nota, disse que o governo agia contra evidências médicas e científicas ao paralisar o futebol.

Fifa sorteará no dia 21 de abril os grupos dos torneios de futebol das Olimpíadas de Tóquio

GE

A Fifa confirmou nesta segunda-feira que o sorteio dos grupos dos torneios de futebol masculino e feminino das Olimpíadas de Tóquio será realizado no dia 21 de abril, na sede da entidade, em Zurique, na Suíça. A competição entre as mulheres começa no dia 21 de julho, com final em 6 de agosto, e entre o duelo entre os homens terá início no dia 22 de julho, fechando em 7 de agosto.

O Japão, anfitrião da competição, será o único pré-alocado no sorteio, ficando na posição A1 no torneio masculino e no posto E1 na competição feminina. Os homens estrearão no Estádio Nacional de Tóquio, enquanto as mulheres farão o primeiro jogo no novo Estádio Olímpico da capital. As outras sedes da competição serão Yokohama, Sapporo, Miyagi, Kashima e Saitama.

O sorteio ocorrerá depois da definição de todos os participantes nas duas competições. O torneio de futebol masculino tem 14 equipes classificadas, incluindo a seleção brasileira, restando a definição de duas equipes da Concacaf. As vagas restantes nas Américas do Norte e Central serão preenchidas em torneio pré-olímpico entre 18 e 30 de março.

No torneio feminino, já são 10 classificados, contando com o Brasil, e restam duas vagas a serem definidas: uma da Ásia e outra vinda da repescagem intercontinental. Coreia do Sul e China disputam o posto asiático no mês que vem, enquanto Chile e Camarões duelam pela outra vaga nos dias 10 e 13 de abril.

– Com a aproximação dos Jogos Olímpicos, jogadores, técnicos e dirigentes e seus preparativos darão um passo mais perto após os sorteios, que representam um marco especial e emocionante na história do futebol olímpico masculino e feminino – disse Sarai Bareman, diretora de futebol feminino da Fifa.

FHS elege clube brasileiro como o melhor da América do Sul na década

Futebol Interior

No último final de semana, a IFFHS (Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol) definiu o melhor clube da América do Sul na última década, que valeu de 2011 a 2020.

O líder do ranking foi o Grêmio, com 1895 pontos, que, no top-10, foi acompanhado por outros quatro clubes brasileiros.

Além do Grêmio, outros quatro clubes brasileiros estão no ranking. Na sexta posição, o Flamengo, com 1590 pontos, na sétima posição, o Corinthians, com 1577 pontos, na nona posição, o Atlético Mineiro, com 1539 pontos, e, em décimo lugar, o Palmeiras, com 1536 pontos.

Os outros clubes envolvidos na lista são: Atlético Nacional-COL, na segunda posição (1853 pontos), River Plate-ARG, na terceira posição (1749 pontos), Boca Juniors-ARG, na quarta posição (1708 pontos), Libertad-PAR, na quinta posição (1696 pontos), e, em oitavo lugar, o Santa Fe-COL (1575 pontos).

Brasileirão Feminino da série A-1 começará dia 17 de abril

Galáticos Online

A CBF divulgou, na última sexta-feira (19), a tabela detalhada das oito primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro Feminino A-1. A principal competição do calendário de futebol feminino tem início previsto para o dia 17 de abril.

Dezesseis equipes disputam a competição: Corinthians, atual campeão, Avaí/Kindermann, Palmeiras, São Paulo, Santos, Internacional, Ferroviária, Grêmio, Flamengo, Cruzeiro, São José, Minas Brasília, e as quatro equipes que conquistaram o acesso pela série A-2, Napoli-SC, campeão da segunda divisão, Botafogo, Bahia e Real Brasília.

A primeira fase do Brasileirão feminino será realizada em formato de pontos corridos. As oito melhores equipes avançam para as quartas de final, disputadas em jogos de ida e volta em modelo de mata-mata. Definidos os oito clubes classificados, o campeonato para por conta da realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio, em julho. A fase final está prevista para iniciar em agosto e as finais estão marcadas para 12 e 26 de setembro.

Confira os jogos da primeira rodada
17 de abril

15h – Internacional x Santos
17h – São Paulo x Grêmio
19h – Corinthians x Napoli-SC

18 de abril

15h – Botafogo x Bahia
15h – São José x Avaí/Kindermann
15h – Flamengo x Minas Brasília
18h – Cruzeiro x Real Brasília
20h – Palmeiras x Ferroviária

Restrições de viagem na primeira Data Fifa do ano afetam mais seleções de fora da Europa

Globo Esportes

A primeira Data Fifa de 2021 começa nesta semana, com jogos das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, partidas de outras competições continentais e amistosos. Compromissos importantes serão disputados com clubes se recusando a liberar seus jogadores “internacionais”, em meio às constantes mudanças de restrição de viagem por causa da pandemia do coronavírus.

Liga que mais cedeu jogadores para a última Copa do Mundo, com mais de 100 nomes, a Premier League teve nas últimas semanas o posicionamento dos principais técnicos contra a liberação de atletas. O motivo é a quarentena de 10 dias a qual eles podem ser submetidos. Nomes de peso como Pep Guardiola e Jürgen Klopp protestaram.

A versão mais recente da “lista vermelha” do Reino Unido tem essencialmente países da América Latina e da África, além de alguns da Ásia. Portugal foi retirado do conjunto na última sexta-feira, o que desbloqueou nove convocados de clubes da Premier League.

A novidade do fim de semana também ajudou atletas de outros países que defendem clubes da Bundesliga e vão disputar jogos pelas eliminatórias europeias na Inglaterra e na Escócia. Exemplos: o centroavante Robert Lewandowski, da Polônia, e o zagueiro David Alaba, da Áustria, ambos do Bayern de Munique.

Não à toa Conmebol e a Fifa decidiram no início de março suspender os jogos das eliminatórias previstos para esta Data Fifa. As entidades perceberam que os clubes europeus não iam liberar os talentos sul-americanos. Ainda não foi definido quando a competição será retomada.

A atual Data Fifa também terá o início do respectivo torneio das Américas do Norte, Central e Caribe. Por outro lado, somente três partidas entre seleções da Ásia estão previstas — as restantes ocorrerão entre o fim de maio e meados de junho, em sedes centralizadas. Ainda não há confirmação para o começo da segunda fase das eliminatórias na África para a Copa, e nem para a abertura na Oceania.

Covid faz Fifa perder R$ 2,7 bilhões em receitas e fechar 2020 com prejuízo

Uol

A Fifa teve um prejuízo de US$ 683 milhões (R$ 3,7 bilhões) em 2020 — em 2019 a federação perdeu US$ 185 milhões (R$ 1 bilhão). A pandemia, que fez a entidade cancelar campeonatos e enviar socorro financeiro aos filiados, derrubou em US$ 500 milhões (R$ 2,7 bilhões) as receitas: total arrecadado caiu de US$ 765 milhões (R$ 4,18 bilhões) em 2019 para US$ 266 milhões (US$ 1,45 bilhão) em 2020.

Antes mesmo da pandemia, a entidade já previa prejuízos entre 2019 e 2021 — a covid-19 piorou muito esses números. A Fifa trabalha por ciclos financeiros de quatro anos, justamente os períodos entre a sua galinha de ovos de ouro, a Copa do Mundo. Com lucro estimado para 2022 de US$ 1,52 bilhão (R$ 8,3 bilhões), por causa do Mundial do Qatar, a previsão da entidade é mesmo com a pandemia fechar o ciclo 2019-2022 com lucro de US$ 100 milhões (R$ 546 milhões) — o valor final pode mudar com impostos.

Em 2019 a Fifa arrecadou, por exemplo, US$ 342 milhões com direitos de transmissão de seus eventos. Em 2020, quase sem nenhuma competição, esse valor caiu para US$ 1,7 milhão. Já a receita da venda de pacotes de hospitalidade e de ingressos para campeonatos, que em 2019 rendeu US$ 7,9 milhões, em 2020 foi de zero. Houve cancelamento de torneios de base femininos, as Copas sub-17 (na Índia) e sub-20 (na Costa Rica), que ocorrerão só em 2022, além do Mundial de Futsal, que foi adiado para 2021 na mesma sede, a Lituânia.

O Mundial de Clubes do Qatar, que deveria ser realizado em dezembro de 2020, renderia à Fifa US$ 23 milhões em receitas (com venda de ingresso e parcelas dos direitos de transmissão e comerciais). O adiamento para fevereiro de 2021 fez com que não entrasse um centavo na conta da entidade no ano passado. Houve também o cancelamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que passou para 2021, do qual a Fifa participa como organizadora do futebol masculino e feminino, recebendo parte das receitas.

O rombo foi até um pouco inferior do que a entidade previa em junho de 2020, já com a pandemia afetando o futebol. Relatório da época apontava para um prejuízo de US$ 794 milhões (R$ 4,3 bilhões).

Vitória da Conquista perde para a Juazeirense e segue na quarta posição

Da Redação

O Vitória da Conquista perdeu para a Juazeirense, pelo placar de 2 a 1,na tarde deste domingo (21), no estádio Lomanto Júnior, pela sexta rodada do Campeonato Baiano.

Daniel ariu o placar para o Cancáo de Fogo. Rafamar cobrando pênalti empatou para o Bode, porém, Carlos virou para Juazeirense.

O Vitória da Conquista foi a campo com a seguinte formação Ronaldo; Tiago, Breno e Sílvio (Andrei); Raul Cardoso, Fagner, João Grilo, Rodrigo (Gradici) e Alex Lagamar; Léo e Rafamar (Vinicius Fleck).

Com o resultado o Alviverde segue na quarta colocação com 7 pontos. Já a Juazeirense está na segunda colocação com 12 pontos.

Na próxima rodada o Bode visita o Bahia de Feira, no dia 4 de abril, às 16 horas, na Arena Cajueiro, em Feira de Santana.

Fluminense de Feira e Bahia empatam no Joia da Princesa pelo Campeonato Baiano

Bahia de Feira

Fluminense de Feira e Bahia empataram em 1 a 1 na tarde deste domingo (21), no Joia da Princesa, pela sexta rodada do Campeonato Baiano. Os visitantes abriram o placar com Ronaldo, enquanto Guilherme Matos deixou tudo igual para os anfitriões. O Tricolor da capital completa o quarto jogo sem vencer na competição, enquanto o Touro do Sertão não ganha há três.

Com o resultado os dois times seguem fora da zona de classificação à semifinal do Baianão. A equipe de transição do Tricolor tem seis pontos e ocupa, neste momento, a sexta posição na tabela de classificação. Com um a menos, o Touro do Sertão continua no oitavo lugar.

As duas equipes ganham uma folga na tabela do Baianão e não entram em campo no próximo final de semana. Elas voltam a jogar somente no dia 4 de abril, um domingo, pela sétima rodada. O Bahia recebe o Atlético de Alagoinhas, enquanto o Flu de Feira encara o Jacuipense, como visitante.

Líderes do Baiano, Atlético de Alagoinhas e Juazeirense vencem e disparam na tabela

G1

O topo da tabela do Campeonato Baiano segue sem alterações, passada a 6ª rodada. Neste domingo, Atlético de Alagoinhas e Juazeirense, líder e vice, respectivamente, venceram suas partidas e se isolaram na ponta da tabela.

Em Alagoinhas, Dionísio marcou o gol do triunfo do Carcará sobre o Unirb. Com isso, o Atlético chega aos 12 pontos e mantém a 1ª colocação. O Unirb é o 5º, com sete pontos.

Em Vitória da Conquista, o Juazeirense venceu o time da casa de virada por 2 a 1. Daniel abriu o placar pelo Cancão de Fogo. Rafamar empatou e Elicarlos selou o triunfo do time de Juazeiro. Vice-líder, o Juazeirense tem a mesma pontuação do Carcará, mas perde no saldo de gols. O Bode está em 4º, com sete pontos.

A partida entre Doce Mel e Jacuipense, que terminou em 1 a 1, completou a rodada neste domingo. Mas ainda falta um jogo, marcado para 31 de março: Bahia de Feira e Vitória vão se enfrentar na Arena Cajueiro.

Carlinhos marca no fim, e Vasco e Botafogo ficam no empate em São Januário

Globo Esportes

Vasco e Botafogo ficaram no empate em 1 a 1 em São Januário, na noite deste domingo, pela quarta rodada do Campeonato Carioca. O time de Marcelo Chamusca saiu na frente, com gol contra de Zeca, mas acabou castigado ao perder muitas chances no segundo tempo e ver Carlinhos, aos 41 minutos do segundo tempo, deixar tudo igual no placar.

O resultado não alterou muito a situação das duas equipes. O Botafogo está na quinta posição, com seis pontos, e desperdiçou oportunidade de entrar na zona de classificação. O Vasco segue sem vencer no Carioca e é o 11º colocado, com dois pontos.

As equipes voltam a campo na quarta-feira, pela quinta rodada do Carioca. O Vasco pega o Macaé em São Januário, às 18h (de Brasília). Às 21h35, o Botafogo recebe o Flamengo no estádio Nilton Santos.

Na estreia oficial de Ramírez, Internacional vence o Novo Hamburgo

Lance

No primeiro capítulo efetivo da história de Miguel Ángel Ramírez como técnico do Internacional, o treinador espanhol começou com o pé direito diante da vitória por 1 a 0 contra o Novo Hamburgo.

Se a escalação pensando no sistema ofensivo do Inter parecia mais leve, denotando o desejo de maior mobilidade, a marcação do time da casa foi um obstáculo considerável para que o Colorado conseguisse exercer a pressão esperada.

Por isso, apesar do Internacional ter chegado em algumas oportunidades a rondar de maneira perigosa a meta defendida por Nícolas, o Noia também teve presença ofensiva e chegou a acertar a trave defendida por Danilo Fernandes em batida de média distância do lateral-direito Chicão.

Diferente do que ocorreu nos primeiros 45 minutos, as tramas de ataque do Colorado começaram a fazer real efeito na marcação do Novo Hamburgo que começava a dar espaços. E foi nessa toada que, em cobrança de falta na área, Moisés achou Marcos Guilherme que concluiu no canto de Nícolas para fazer o primeiro do time de Porto Alegre no Vale dos Sinos.

Além da questão do placar, o aspecto de confiança foi notório com a vantagem prática onde, no posicionamento das linhas mais avançadas e nas disputas de bola, o Internacional dominava as ações e passava a “acuar” o Noia. Tanto é que, até o fim da partida, a equipe anfitriã teve somente uma chance real de assustar Danilo Fernandes quando o zagueiro Igor recebeu passe em excelentes condições para invadir a área e parou em uma ótima defesa do arqueiro do Colorado.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia