Diário de Pernambuco

Depois de empatarem em 1 a 1 pelo Campeonato Pernambucano no primeiro clássico da temporada, Santa Cruz e Sport voltam a se enfrentar, mas dessa vez em duelo decisivo pela Copa do Nordeste. Nesta quarta-feira, a partir das 21h30, o estádio do Arruda volta a ser palco do Clássico das Multidões. Nas lanternas dos respectivos grupos, tricolores e rubro-negros tentam manter viva a esperança de classificação para as quartas de final.

Mandante do clássico, o Santa Cruz vem de duas vitórias consecutivas. Após uma péssima largada na Copa do Nordeste com quatro derrotas nos quatro primeiros jogos, venceu o Fortaleza na última rodada e, apesar de continuar na lanterna do Grupo A com três pontos, está a quatro do Ceará, quarto colocado. Com o trabalho menos questionado depois do início de temporada ruim, o técnico João Brigatti projeta mais um confronto difícil, mas mira os três pontos.

“Acredito que vai ser uma partida muito difícil contra um dos maiores rivais que temos aqui em Pernambuco. Temos que respeitar, mas também temos que impor o nosso ritmo, buscar um jogo ofensivo. Vai ser uma partida muito disputada, mas como eu disse para o nosso elenco, temos sempre que buscar a vitória, saber jogar, marcar, se posicionar, ter um comportamento exemplar dentro de campo para que a gente possa sair com a vitória”, disse.

Já o Sport segue sem vencer na Copa do Nordeste. Lanterna do Grupo B com apenas dois pontos, vive situação complicada na classificação. Para avançar de fase, basicamente precisa vencer os três jogos que restam. Dessa maneira, em caso de derrota contra o Santa Cruz, o Leão praticamente dá adeus a competição. Estreando em um clássico pernambucano, o meia Thiago Neves se mostrou motivado para se impor dentro do Arruda.

“Estou muito feliz. Não via a hora de jogar um clássico contra o Santa Cruz e contra o Náutico. Então esse momento chegou. Com todo o respeito que a gente tem pelo adversário, mas vamos ao Arruda na quarta-feira para ganhar porque precisamos da vitória. Independentemente dos adversários que vamos enfrentar pela frente temos que impor o nosso ritmo dentro ou fora de casa, sendo em um clássico ou não”, destacou Thiago.

As equipes têm poucos desfalques para o jogo. No Santa Cruz, como já jogou no rival rubro-negro na Copa do Nordeste, o atacante Maxwell está fora do clássico. Enquanto o Sport não vai poder contar com o volante Ronaldo, suspenso, e nem com o goleiro Carlos Eduardo, que vai passar por uma cirurgia na face.