WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

setembro 2021
D S T Q Q S S
« ago    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  



drupal counter

:: 7/set/2021 . 13:00

Conquista perde para o Santa Cruz, na Taça Brasil de Futsal

Da Redação

A equipe do Conquista foi derrotada pelo Santa Cruz-PE, pelo placar de 4 a 0, na manhã desta terça-feira (7), pela segunda rodada do Grupo C, da Taça Brasil de Futsal, que está sendo disputada em São Luís, no Maranhão.

Com o resultado o time conquistense fica na terceira colocação com apenas um ponto.

O Conquista Futsal volta à quadra com o Clube do Remo-PA, nesta quarta-feira (8), as 11h15.

Torneio com atletas de até 15 anos atrai olheiros de grandes clubes brasileiros

aTARDE

Presente em mais de 25 países, a Iberleague, uma das principais competições de futebol de base do mundo, vai movimentar a Arena Evo, no Parque Shopping Bahia, em Lauro de Freitas, nos próximos finais de semana. Com 52 duas equipes e 800 atletas inscritos para disputar os títulos das categorias sub-9, sub-11, sub-13 e sub-15, o evento vai contar com a presença de olheiros do Atlético-MG, Bahia, Vitória e Jacuipense.

“A ideia é sempre atrair os melhores eventos e profissionais para o nosso complexo. A Iberleague é um grande celeiro de talentos para o futebol nacional. Nas últimas edições, mais de 40 atletas foram selecionados por clubes como São Paulo, Grêmio, Atlético-MG, Atlético-GO e Flamengo. Temos certeza que nossos talentos também vão arrebentar e serão escolhidos pelos representantes dos grandes clubes presentes”, destacou João Carlos, executivo da Arena Evo.

Olheiros do Atlético-MG, Bahia, Vitória e Jacuipense já confirmaram presença na etapa baiana, que acontece nos 04, 05, 11, 12, 18 e 19 de setembro e vai reunir mais de 800 jovens de 52 times divididos em quatro categorias.

A Iberleague vai acontecer num total de 20 estados do país, com disputas classificatórias para uma etapa nacional. Os vencedores da Iberleague Brasileirão garantirão vaga no torneio internacional, que reunirá os campeões dos outros 26 países envolvidos na disputa. Tanto a etapa brasileira quanto a mundial acontecerão em 2022 em locais a serem definidos.

Corinthians e Palmeiras se enfrentarão na final do Brasileirão Feminino

CBF

Vai ter Dérbi na final do Brasileirão Feminino Neoenergia! Neste domingo (5), Corinthians e Palmeiras garantiram vaga na grande decisão e se enfrentarão pelo título pela primeira vez na história.

Dono da melhor campanha ao longo da competição, o Corinthians terá o direito fazer o segundo jogo da final dentro de casa. O Palmeiras abre o confronto em seus domínios. Nos próximos dias, a CBF confirmará datas, locais e horários das partidas da final.

A primeira vaga na decisão foi conquistada pelo Palmeiras, que recebeu o Internacional no Allianz Parque pela manhã. Depois de vencer no Rio Grande do Sul, as Palestrinas confirmaram sua superioridade e aplicaram um 4 a 1 sobre as Coloradas, com gols de Chu (2), Maria Alves e Katrine. Mileninha descontou para o Inter.

Do outro lado da chave, o Corinthians voltou a derrotar a Ferroviária. O Timão já havia vencido por 3 a 1 em Araraquara e, jogando dentro de casa, fez mais um 3 a 1 nas Guerreiras Grenás. Os gols da partida foram marcados por Gessica (contra), Erika e Gabi Zanotti, para o Corinthians, e Rafa Mineira, para a Ferroviária.

CBF influenciou portaria que restringe entrada de estrangeiros no Brasil durante a pandemia

Globo Esportes

A CBF influenciou uma portaria interministerial publicada em junho com regras para a entrada de estrangeiros no Brasil durante a pandemia de Covid-19.

A entidade enviou uma sugestão ao Ministério da Saúde no início do mês, 10 dias antes da abertura da Copa América, preocupada justamente com o impacto das medidas até então em vigor na chegada de atletas das seleções sul-americanas para a disputa do torneio.

O ge teve acesso, pela Lei de Acesso à Informação, ao ofício encaminhado pelo então secretário-geral da CBF, Walter Feldman, ao Ministério da Saúde, com cópias para a Secretaria Especial do Esporte, do Ministério da Cidadania, e para Anvisa.

No documento consta um relatório de uma página assinado pelos médicos Jorge Pagura e Clovis Arns, da Comissão Médica da CBF. A análise lista duas referências bibliográficas: uma orientação do Centro de Controle de Doenças dos EUA, de fevereiro, e um estudo publicado na revista científica Lancet, em novembro de 2020.

O ofício defende a possibilidade de autorização de entrada a pessoas que tenham apresentado resultado positivo em teste realizado horas antes do embarque, mas que não tenham mais o vírus SARS-CoV-2, que causa a Covid-19, ativo no organismo.

O relatório conclui com a indicação de que “um eventual Rt PCR POSITIVO atual com outro Rt PCR Positivo há mais de 10 dias, num intervalo inferior a 90 dias, em indivíduos assintomáticos, deve ser considerado residual e sem potencial de contaminação”.

Até então, a portaria 654 de 28 de maio de 2021 exigia a apresentação de um teste PCR negativo, realizado até 72 horas antes do embarque, para permitir a entrada de alguém no Brasil.

No dia 23 de junho, porém, uma nova portaria foi publicada, a de número 655. Nela, a mudança mais significativa em relação à anterior foi a inclusão de um parágrafo ao artigo 7º, com a sugestão da CBF, mas diferente no prazo entre os dois testes: enquanto a confederação sugeriu 10 dias, a portaria especificou 14 dias.

Fifa abre processo; CBF tem seis dias para se defender de suspensão de jogo

Uol

A Fifa abriu o procedimento disciplinar para definir o que fazer após a suspensão do jogo entre Brasil e Argentina, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo 2022. O Comitê Disciplinar da entidade vai julgar o caso e a CBF já foi notificada do avanço do trâmite em Zurique. A entidade brasileira recebeu um prazo inicial de seis dias para enviar a defesa, segundo um dos vice-presidentes, Gustavo Feijó.

A estratégia da CBF será juntar o máximo de documentos para apontar que não foi responsável pela interrupção do jogo, entre eles os e-mails por meio dos quais diz ter informado os adversários sobre as exigências sanitárias do governo. A súmula do árbitro venezuelano Jesús Valenzuela e o relatório do delegado da partida serão usados como uma das provas.

“Recebemos a notificação hoje e temos o prazo para mandar a defesa. Estamos muito tranquilos porque vamos passo a passo. Primeiro, fizemos as notificações tanto à Conmebol tanto quanto à AFA, que é uma questão de cordialidade. O protocolo de intenções da Conmebol sobre as Eliminatórias fala que tem que se respeitar as regras sanitárias do país. Outro detalhe: nós, em momento algum, desde que perdemos nove atletas, pedimos para não jogar. Os argentinos vêm, descumprem as regras sanitárias brasileiras. Então, quem deu causa à suspensão da partida não fomos nós”, disse Gustavo Feijó, um dos vice-presidentes da CBF, ao UOL Esporte.

O jogo foi paralisado aos cinco minutos do primeiro tempo quando funcionários da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com suporte da Polícia Federal, foram à beira do gramado para buscar três dos quatro jogadores argentinos que vieram da Inglaterra há menos de 14 dias e por isso deveriam ter ficado de quarentena por 14 dias. Além disso, segundo as autoridades de saúde brasileiras, os jogadores deram informações erradas quando desembarcaram no Brasil, sexta-feira, não informando que tinham vindo recentemente do Reino Unido.

“As quatro pessoas que adentraram ao campo entraram para cumprir regras de poder que eles tinham, que era deportar os jogadores. Era Polícia Federal, não era qualquer pessoa estranha. Se os jogadores saíssem de campo e entrassem outros três, o jogo aconteceria. Quem deu causa não foi à CBF”, completou ele

Os dirigentes brasileiros alegam que tentaram convencer os argentinos a voltarem ao gramado para dar continuidade à partida de domingo. No entanto, ouviram que isso não aconteceria. Feijó admite que fez contatos com figuras fortes do governo, em Brasília…. – Veja mais em https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2021/09/06/fifa-abre-procedimento-disciplinar-para-julgar-brasil-

“Tive contatos, sim, para que a Anvisa cumprisse as regras dela, mas não da forma que estava cumprindo. Ela deixou para cumprir dentro do campo… A Anvisa fez o papel dela, não devemos questionar, se o cara mentiu na entrada do país e desrespeitou a ordem da quarentena. Não podemos ser contra essa decisão. Pessoalmente, acho que deveria ter sido feito na saída do hotel ou na chegada ao estádio”, disse o dirigente.

Avaí encerra jejum de vitórias, bate o Vasco na Ressacada e cola no G-4 da Série B do Brasileiro

Globo Esportes

Sem ganhar há três rodadas, o Avaí venceu o Vasco por 3 a 1, na noite desta segunda-feira, na Ressacada, pela 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, e encerrou o jejum de vitórias para encostar no G-4. Após abrir o placar na primeira etapa com Getúlio e ver a equipe de São Januário empatar com Morato, após atuação do VAR, o Leão da Ilha consolidou o resultado na segunda etapa, com gols de Bruno Silva e Jonathan, que balançou a rede no primeiro lance em campo.

Com a vitória, o Avaí chega aos 37 pontos e assume a quinta colocação. O Leão da Ilha fica a um ponto do Goiás, que tem 38 pontos e dois jogos a menos. Com 32 pontos, o Vasco está em nono.

Os dois clubes voltam a campo na quinta-feira, dia 16 de setembro, pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Às 19h, o Vasco enfrenta o CRB no Rei Pelé. Às 21h30, o Avaí vai até o Baenão jogar contra o Remo.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia