Isto É

O Athletico-PR espera manter vivo o sonho de ser bicampeão da Copa Sul-Americana e para isso precisa passar pelo Peñarol-URU. Os dois times fazem o jogo de volta da semifinal nesta quinta-feira, a partir das 21h30, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Na semana passada, em jogo realizado no estádio Campeón del Siglo, em Montevideu-URU, o Athletico-PR contou com gols de Terans e Pedro Rocha para ganhar do Peñarol, por 2 a 1. O resultado dá a vantagem ao time paranaense de perder por 1 a 0 na Arena da Baixada.

A única diferença no time paranaense em relação ao jogo de ida da semifinal vai estar no banco de reservas. Depois de cumprir suspensão automática, o diretor-técnico Paulo Autuori comanda o time de forma interina mais uma vez. No Uruguai, a incumbência ficou com Bruno Lazaroni.

Poupados na vitória sobre o Grêmio, por 4 a 2, no último final de semana, pelo Brasileirão, o zagueiro Pedro Henrique, os laterais Marcinho e Abner, o meia Terans e o atacante Bissoli retornam ao time titular.

Uma preocupação é em relação aos jogadores que estão pendurados e, se forem amarelados, ficarão de fora da grande final: o lateral-direito Marcinho, o volante Erick e o meia Léo Cittadini.

No Peñarol, o técnico Mauricio Larriera deve escalar o mesmo time do jogo de ida. A principal aposta segue sendo Agustín Álvarez Martínez, artilheiro desta edição da Copa Sul-Americana, com dez gols. O atacante, inclusive, foi quem marcou na derrota no Uruguai.

Focado em buscar a classificação para a final, Larriera poupou todos os titulares no último domingo e mesmo assim o Peñarol goleou o Boston River, por 5 a 2, fora de casa, pela terceira rodada do Campeonato Uruguaio.