Globo Esportes

Em meio a mais um imbróglio que envolve a tabela de jogos do Campeonato Brasileiro, a CBF deve se manifestar nesta quinta-feira sobre a decisão de adiar ou não as partidas dentro da próxima data Fifa. A entidade assinou aditivo de acordo em que se comprometeu não marcar jogos por 30 dias “ao término da temporada de 2021, previsto para a primeira quinzena de dezembro/2021”.

A tabela original previa final do Brasileiro dia 5 de dezembro. Existe discussão para a última rodada ser adiada para 8 ou 9 de dezembro – com 12 e 15 de dezembro reservados para a Copa do Brasil. O Flamengo deseja o Brasileiro até 26 de dezembro, na contramão de outros clubes, como o Atlético-MG.

O acordo de 2020 foi homologado junto ao Ministério Público do Trabalho e à Fenapaf, o sindicato nacional de atletas. O processo original é de 2017, quando se estabeleceu intervalo mínimo de 66 horas entre jogos no futebol brasileiro.

Em agosto do ano passado, em vias de retornarem as atividades no futebol, CBF, Fenapaf e MPT fizeram acordo excepcional, restrito apenas ao ano de 2020, para reduzir o intervalo de 66 para 48 horas.