Isto É

O Grêmio passou mais de um turno na zona de rebaixamento do Brasileirão. Chegou a ter mais de 50% de chances de queda e, neste domingo, às 20h30, na Arena Grêmio, depende apenas de suas forças para sair do temido Z4. Com apoio da torcida, o time promete sufocar o não menos ameaçado Sport para ter momentânea situação de alívio na competição.

Ganhar significa dormir fora da faixa com os quatro piores colocados do Brasileirão. Como o Santos não joga no fim de semana – o jogo com o Fluminense foi adiado para dia 17 -, o time gaúcho ganharia a posição dos paulistas, que abriram a rodada no 16° lugar, hoje o sonho dos gaúchos.

“Vai ser um jogo difícil e a torcida vai ajudar bastante. Depois de muito tempo, ter esse reencontro será fantástico, independentemente das cobranças”, afirma o meia Douglas Costa, louco para um reencontro com os gremistas após muitos anos fora do País. “Quero responder à altura e espero que a gente saia vitorioso, porque estamos trabalhando pra isso”, segue o meia, que jogou pela última vez diante dos torcedores em 2009.

Na vice-lanterna, o Sport vive uma turbulência fora de campo. Na sexta-feira, o atacante André pediu para deixar o clube, seguindo o mesmo ritual da semana passada quando o time pernambucano já tinha rescindido com o meia Thiago Neves. Alheio a esta debandada, o Sport busca reencontrar seu rumo dentro de campo,

O técnico paraguaio Gustavo Florentín, que teve o nome cogitado para deixar o cargo junto com a antiga diretoria, procura focar dentro de campo para tirar o time da zona de rebaixamento. Apesar dos salários estarem ainda atrasados.