WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

novembro 2021
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  



drupal counter

:: 13/nov/2021 . 12:40

Presidente interino da CBF, Ednaldo Rodrigues promete melhorias na arbitragem

Bahia Notícias

O presidente interino da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, promete melhorias na arbitragem. Nesta sexta-feira (12), ele demitiu Leonardo Gaciba da presidência da Comissão de Arbitragem após a série de erros dos árbitros em campo, sendo a gota d’água as falhas cometidas pelo juiz Vinícius Gonçalves Dias Araújo no jogo entre Flamengo e Bahia, no Maracanã. O cargo será de Alício Pena Júnior até o final do Brasileirão. Ao site ge.globo, o dirigente baiano falou das mudanças que pretende fazer.

“Vai ser muito ampla a reestruturação da arbitragem brasileira. Queremos fazer de uma forma muito drástica, para dizer assim, no bom sentido da palavra, que possa ser para melhoria. Tanto que nessa reta final o novo presidente, interino, o Alício Pena Júnior, já foi determinado que ele vai concentrar todos os árbitros na Granja Comary para treinamentos, para corrigir situações e critérios para que possamos ter uma arbitragem cada vez mais qualificada. Esse é o objetivo para que possamos, a partir do término da competição, iniciarmos a reestruturação e chegarmos nas competições em 2022 com uma nova sinalização na arbitragem brasileira”, afirmou.

Dentre as mudanças que serão feitas está a redução do quadro de árbitros. No momento, 38 juízes apitam a Série A, mas esse número deverá cair para 30. A ideia é diminuir a elite de árbitros na reta final da competição para evitar novos erros. Aliado a isso, Ednaldo quer muito debate e discussões para descentralizar o a comissão de arbitragem.

“A reestruturação passa por alguns pilares, como não ter um comandante individual. Tem que ter comandos compartilhados para que tenhamos todos decidindo em prol de uma arbitragem mais qualificada. Isso não quer dizer que, para fazer uma escala, todos tenham que dar opinião. Mas ela tem que ser muito fiscalizada e dividida, para que erros não aconteçam da forma que está acontecendo”, comentou.

Alício Pena Júnior assumiu o cargo que era de Gaciba de forma interina até o encerramento do Brasileiro. Ednaldo pretende encontrar um nome definitivo para a temporada de 2022.

“Eu diria que o perfil que procuramos é de um diretor de arbitragem que cuidaria de todas as questões administrativas e dividiria a parte técnica e psicológica para que os árbitros estejam bem orientados e qualificados em todos os sentidos. Queremos que tenha não quantidade, mas qualidade”, contou.

O atual mandatário da CBF garantiu que as mudanças não afetarão o VAR. A ferramenta tecnológica seguirá sendo utilizada nos jogos do futebol brasileiro.

“É importante, por mais que demore em uma correção, mas sendo certa e corrigindo um erro, já justifica. Porém, ele tem que ser melhor treinado e de uma forma mais rápida para que possamos não trazer transtorno e o VAR atuar só quando é de direito, e não de uma forma que é hoje, que praticamente tem uns que, com todo o respeito, querem apitar o jogo”, disse. “Nós respeitamos todos os posicionamentos de qualquer dirigente e até torcedores, esse é meu modo de encarar as coisas, vamos procurar trabalhar com tudo aquilo que temos de críticas construtivas, nossa resposta é exatamente respeito à opinião de cada um”, finalizou.

Ednaldo Rodrigues assumiu a presidência da CBF após o afastamento de Rogério Caboclo do cargo, que foi denunciado de assédio moral e sexual por uma funcionária da entidade. Ele foi suspenso até março de 2023, um mês antes do fim do mandato, por integrantes da Assembleia Geral que acataram a pena sugerida Comissão de Ética.

BRASILEIRÃO: Confronto direto pelo G4, Sul-Americana e Libertadores movimentam a rodada

Futebol Interior

A partir do período da tarde deste sábado, acontecem metade dos jogos da 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Cinco partidas movimentam os duelos por Libertadores, G4 e rebaixamento. Destaque para Red Bull Bragantino e Fortaleza, o duelo que será realizado no Nabi Abi Chedid, às 19h, vale diretamente uma vaga no G4.

O Tricolor do Pici ocupa a quarta colocação com 49 pontos, mesma pontuação do Massa Bruta. Porém, leva vantagem no número de vitórias (14 a 12). Ou seja, quem vencer pode garantir a vantagem para praticamente a última vaga para a fase de grupos da Libertadores, já que o Flamengo, que é o terceiro, soma 57.

Apesar de estarem mais tranquilos e distantes da zona de rebaixamento, Atlético-GO e Santos ainda não estão salvos da degola. As equipes se encontram às 17h, no Castelo do Dragão. Os donos da casa ocupam a 15ª posição com 37 pontos, já o Peixe é o 13 com 38.

Depois de ter levado 3 a 0 do Atlético-MG na última quarta-feira, o Corinthians, que busca uma vaga no G4, precisa esquecer a partida e focar na partida contra o Cuiabá, que segue na disputa para assegurar sua vaga na Sul-Americana. A partida será o último jogo do dia, às 21h, na Neo Química Arena, O Timão é o sexto lugar com 47 pontos, já o Dourado é o 11° com 39.

Atualmente, ocupando a sétima posição com 44 pontos, o Internacional está a três pontos do Corinthians. O Colorado,que vem de empate com o Juventude, encara o Athletico, que é o nono colocado com 41 pontos. Porém, o Furacão já começa a pensar em poupar energias para a decisão da Copa Sul-Americana. A partida será às 19h, no Beira Rio.

Podendo amargar o terceiro rebaixamento de sua história, o Grêmio segue na luta contra a degola. O Tricolor ocupa a vice-lanterna com apenas 29 pontos, e encara o América-MG, que faz boa campanha com 41 pontos, em décimo lugar. O Imortal está a sete pontos do primeiro time fora da zona de descenso. A “decisão” para o lado gremista acontece no Estádio Independência, às 18h30.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia