WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930



drupal counter

:: ‘Fluminense/BA’

FBF ALTERA HORÁRIO DE GALÍCIA X FLUMINENSE

Por: FBF

A Federação Bahiana de Futebol (FBF) divulgou uma alteração na 2ª rodada da Série A do Baianão 2017. A partida entre Galícia e Fluminense teve seu horário modificado.

O confronto, que aconteceria às 16h, foi adiado para as 17h do próximo sábado (4). O local da partida, o estádio de Pituaçu, foi mantido.

A mudança se fez necessária para adequar o horário do duelo ao do jogo principal na praça esportiva. A alteração foi publicada pela entidade através da RDT-03/17.

Mesmo na Série D, Flu de Feira supera América-MG, Náutico e Goiás em média de público

Bahia Notícias

17-07-2016_20_12_12_

Classificado para a segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D 2016, o Fluminense de Feira tem uma importante marca em relação ao público e renda no cenário esportivo nacional. Com a sexta melhor média de público da quarta divisão, o Touro do Sertão supera equipes como América Mineiro, da Série A do Brasileirão, e clubes tradicionais como Goiás, Náutico e Paraná Clube.

Com 3.804 adeptos em seus três jogos, os feirenses seguem atrás de times regionais como CSA-AL (5.747), Moto Club-MA (4.182) e Campinense-PB (3.923) na Série D. Entretanto, fazendo um comparativo com outras divisões, o Flu fica na frente do América Mineiro (2.597), que integra a Série A, e equipes tradicionais como Náutico (3.732), Avaí (3.484), Goiás (2.868) e Paraná Clube (2.776).

“O Fluminense é um time de bom apelo popular no interior. Já teve ótima média de público no Campeonato Baiano deste baiano. É importante a torcida fazer a sua parte na luta do clube pelo acesso”, afirmou o presidente Ednaldo Rodrigues, presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF).

O Flu de Feira volta a campo no próximo domingo (24), às 16h, contra o Sete de Setembro do Mato Grosso do Sul. A partida é válida pela primeira rodada da segunda fase da Série D 2016.

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

Na visão de Lira, Flu de Feira jogou melhor que o Campinense, mesmo com um a menos

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

O Fluminense de Feira sofreu uma derrota por 3 a 1 para o Campinense-PB, pela quarta rodada da Série D, no último domingo (3). Na visão do treinador Arnaldo Lira, a expulsão do goleiro Jair atrapalhou, mas o Touro dominou as ações no segundo tempo, mesmo com 10 jogadores.

“Temos que ver os erros e corrigi-los. Não fomos bem no primeiro tempo, fomos prejudicados com a saída do Jair, que foi expulso e, no segundo tempo, mesmo com um homem a menos, fomos melhores. Infelizmente, o resultado não veio, paciência. Temos que trabalhar esta semana porque já temos outra batalha diante do Murici”, comentou.

No grupo A9, o Flu de Feira ainda lidera, com sete pontos. O próximo adversário é o Murici-AL, segundo colocado, neste domingo (10), às 16h. Quem vencer, lidera o a chave.

Flu volta a colorir Feira de Santana e atrai até rival

Atarde

650x375_torcedor-do-fluminense-de-feira_1647053

Este ano tem sido de renascimento para o Fluminense de Feira, que, após dois anos fora da elite estadual, foi semifinalista do Baianão deste ano e faz bela campanha na Série D do Campeonato Brasileiro.

O Flu lidera o seu grupo com sete pontos, frutos de um empate e duas vitórias. A última delas no domingo, por 2 a 1 contra o Campinense-PB, atual campeão da Copa do Nordeste. Com o sucesso em 2016, o Touro do Sertão caiu nas graças até de Bertolino Moreira, 82, um tradicional torcedor do rival Bahia de Feira.

“Sou fanático pelo futebol e estou torcendo pelo Fluminense porque é um time da terra. Também porque lá têm vários jogadores do meu Bahia de Feira que eles contrataram”, justificou Bertolino.

Ele, que foi na segunda-feira, 27, às ruas da cidade para mostrar seu orgulho feirense e fez a festa ao lado de tricolores, esteve também no repaginado Joia da Princesa acompanhando a vitória do Flu no domingo.

Ao explicar os motivos para a boa campanha do clube, o técnico do Fluminense, Arnaldo Lira, procurou valorizar o elenco, que tem talentos individuais importantes.

“Temos uma defesa muito boa, com dois jogadores eleitos os melhores do último Campeonato Baiano, um meio-campo eficiente e fizemos boas contratações. Uma delas é o meia Jarbas, que veio do Bahia de Feira”, disse, lembrando do time de Bertolino.

Lira, porém, acredita que o time poderá render mais na Série D se a diretoria do clube investir em um centro de treinamento melhor que o atual. “A equipe treina em um CT fora da cidade. O gramado é muito ruim e depois vamos jogar em estádios como a Fonte Nova, por exemplo”, reclamou.

Para o presidente do clube, Gerinaldo Costa, as dificuldades estruturais e financeiras que o clube enfrenta levam a diretoria a valorizar os resultados. Por isso, evita destacar um jogador apenas, embora festeje o artilheiro da equipe.

“Rafael Granja vem sendo o destaque, com 3 gols, e Jair é um grande goleiro. Mas preferimos destacar a equipe inteira, do goleiro ao centroavante”, contornou o dirigente, que lembrou também do apoio do 12º jogador na campanha do Touro do Sertão.

A torcida tem retribuído, comparecendo em grande número ao estádio. Os 5.443 pagantes e a renda de R$ 107,9 mil fizeram o duelo com o Murici-AL ser o de maior público e arrecadação dos 34 jogos da 2ª rodada da Série D.

A queda de público no último domingo é justificada pela diretoria do Clube. “No último jogo, choveu o dia todo e teve o período junino. Por isso, o número de torcedores foi de 2 mil”, explicou Costa.

Um dos objetivos do Fluminense, que segue como 5º colocado geral na Série D, é obter os primeiros lugares na classificação para aproveitar as vantagens do regulamento. O critério é que os melhores colocados vão pegar os piores dos outros grupos.

Lira preocupado com rendimento do time no 2° tempo

Jornal Folha do Estado

49373-2

Mesmo com a vitória do Fluminense de Feira por 3 a 1 diante do Murici, de Alagoas, no Joia da Princesa, no último domingo (19), resultado que levou o Touro do Sertão á liderança do grupo A9 da Série D do Campeonato Brasileiro, com quatro pontos, o técnico Arnaldo Lira, não se mostrou totalmente satisfeito com o time.

O treinador reconheceu que o Fluminense de Feira precisa melhorar muito caso queira brigar por uma das vagas para a Série C da competição nacional. “Em uma competição como essa, que tem apenas seis rodadas, o mais importante é vencer e buscar a primeira colocação do grupo. Mas a gente tem que procurar evoluir a cada jogo. E pelo desempenho do time contra o Murici, deu para ver que precisamos melhorar bastante para alcançar o nosso objetivo. Gostei muito do primeiro tempo, porém na segunda etapa tivemos uma queda de rendimento, situação essa que precisa ser revista e ajustada para não sermos surpreendidos em casa”, disse Lira.

Ainda de acordo com Arnaldo Lira, enfrentar equipes mais fortes como foi a partida diante do Murici e o Campinense, da Paraíba, no próximo domingo (26), exige bem mais atenção por parte de todos. Lira pede que sua equipe aprenda a “matar” o jogo na hora exata, para que não precise mais passar por dificuldades.

“Temos que impor nosso ritmo de jogo sempre com intensidade e sabedoria para sufocarmos o adversário e não darmos espaços para que o time visitante não passe a gostar do jogo e consequentemente nos pressionar. Temos que aproveitar os jogos dentro de casa, o apoio do nosso torcedor para garantirmos os 100% de aproveitamento em nosso domínio”, finalizou.

O Fluminense de Feira volta a campo no próximo domingo (26), quando recebe no Joia da Princesa, ás 16 horas, o Campinense, em partida válida pela terceira rodada da Série D.

Com desfalques na primeira rodada, Flu de Feira terá força máxima contra o Murici

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

O Fluminense de Feira teve dificuldades para montar a equipe titular no empate por 1 a 1 contra o Sergipe, no último domingo (12), pela Série D. Algumas das principais contratações não estiveram aptas a atuar, por seus nomes não estarem no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O lateral-esquerdo Deca, o meia Bruninho, o zagueiro Eduardo e o atacante João Neto, porém, estarão com seus nomes regularizados até a sexta-feira (17) para a próxima partida, garantiu o presidente do clube Gerinaldo Costa.

No domingo (19), o Flu de Feira recebe o Murici-AL no Joia da Princesa. Para o dirigente tricolor, o treinador Arnaldo Lira terá uma equipe forte. “As expectativa são as melhores possíveis. Tivemos algumas dificuldades para compor a equipe lá em Sergipe. Alguns jogadores não puderam ser regularizados, mas, dessa vez, o grupo estará muito qualificado. A dor de cabeça será do nosso técnico, porque teremos um time muito forte nesta partida”, disse Gerinaldo, em entrevista ao Bahia Notícias.

Sobre a possibilidade de vencer e subir na tabela da competição, o mandatário mostrou otimismo. “Quem tem certeza [do triunfo] é o todo poderoso lá do céu, mas posso dizer que as possibilidades de vencermos são imensas”, concluiu.

A partida marcará a reabertura do Joia da Princesa, que esteve fechado desde 2015, e recebeu reformas estruturais. A praça receberá a partida às 16h, pelo grupo A9 do torneio.

Treinador Arnaldo Lira ficou satisfeito com resultado

Site do Clube

13-06-2016_18_30_40_

O treinador Arnaldo Lira ficou satisfeito com o empate em 1 x 1 entre Fluminense x Sergipe, na largada do Campeonato Brasileiro da Série D, ontem à tarde em Aracaju. De acordo com o comandante, o resultado foi o fruto da entrega dos jogadores em campo.

O técnico reconheceu que o primeiro tempo do tricolor feirense foi ruim. “Nós montamos uma estratégia de jogo em cima da hora porque não podemos contar com Bruninho. Aí fizemos um meio-campo mais pegador, entretanto na prática não deu certo: não marcamos bem, não cadenciamos o jogo e o Sergipe dominou as ações”, afirmou.

Para Lira, o panorama tático da partida mudou no segundo tempo. “Fizemos substituições ousadas, o time teve mais cadência, dominou as ações e chegou ao empate, que se não foi excelente, foi um resultado bom por conta das circunstâncias e todos nós precisamos saber que a Série D vai ser assim, como muitas dificuldades”, observou.

João Neto retorna ao Flu de Feira para reeditar parceria com Lira

Jornal Folha do Estado

48806-2

A diretoria do Fluminense de Feira apresentou na tarde desta quarta-feira (8) o mais novo reforço para o ataque do “Touro do Sertão” para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D. João Neto, já conhecido no cenário do futebol baiano chega para brigar por uma vaga no ataque do time tricolor.

João Rodrigues Filho Neto, 32 anos, começou a carreira em 2006, no Sport Recife. Na Bahia, o atacante já passou pelo Bahia de Feira, Atlético de Alagoinhas, Jacobina e o próprio Fluminense de Feira.

A primeira vez que João neto defendeu as cores do Flu de Feira foi em 2012. Na oportunidade Zanata era o treinador do time tricolor. “Fui procurado pela diretoria do clube, então já havia esse interesse. Como a equipe está um pouco carente nessa posição e eu atendi ao perfil do treinador acabou dando tudo certo para eu vir pra cá”, disse.

Como de costume, todo atleta que já atuou no futebol baiano afirma que a torcida do “Touro do Sertão” é um fator que influencia muito na decisão de qualquer atleta em atuar pelo clube. “Sem dúvida nenhuma a torcida do Fluminense é uma grande força e um grande aliado. É um clube de expressão no estado, sou pernambucano, mas sei da grandeza da camisa e da torcida do Fluminense e quando veio o convite eu não pensei duas vezes em aceitar”, afirmou.

Segundo o vice-presidente do clube, Luiz Paolilo a contratação do atacante foi para atender ao pedido do técnico Arnaldo Lira, com o qual João Neto já foi campeão baiano, pelo Bahia de Feira. Para o treinador, existia a necessidade de o elenco ter mais um atacante para a disputa da Série D. “A diretoria do clube não mediu esforços para atender ao pedido do nosso treinador Arnaldo Lira. Acredito que com a chegada de João Neto o treinador poderá ter mais uma opção para escalar a equipe durante a competição”, ressaltou.

João Neto já se apresentou e deu inicio aos trabalhos que visam a preparação da equipe para estreia na Série D, diante do Sergipe no próximo domingo (12), ás 16 horas, na Arena Batistão, em Aracaju.

Flu entra na semana de estreia na Série D com dúvidas

Jornal Folha do Estado

48691-2

O Fluminense entra, a partir de hoje, na reta final de preparação para a estreia no Campeonato Brasileiro da Série D, cuja largada será no próximo domingo (12), diante do Sergipe, em Aracaju, no Estádio Lourival Batista, o Batistão. Esta será uma semana decisiva para que o treinador Arnaldo Lira, possa dirimir as últimas dúvidas no tocante a escalação para encarar os sergipanos.

Mesmo o time tendo apresentado um bom futebol, diante do Ypiranga em partida amistosa realizada no último sábado (4), quando venceu por 2 x 1, Arnaldo Lira ainda tem três dúvidas para confirmar o time titular da estreia: na defesa, mais precisamente no miolo de zaga, Alysson tem vaga certa, porém Igor e Eduardo disputam a outra posição. Na lateral-esquerda, Zé Aquiraz, que foi titular no Campeonato Baiano está disputando a posição com o experiente Deca, que chegou no último final de semana, depois de jogar todo o primeiro semestre na Juazeirense.

No meio-campo, a expectativa é de que Flávio possa treinar bem durante esta semana. Ele não jogou o amistoso, por estar sentindo um cansaço muscular e o treinador preferiu poupa-lo, Caso Flávio não possa jogar, Din e Jarbas vão disputar a vaga durante a semana. “Esta semana servirá para se acertar os últimos detalhes para a gente possa fazer uma boa estreia diante do Sergipe, que é um time forte, tem um bom técnico e merece nosso respeito. Agora, temos que jogar bem lutar para ganhar, se queremos chegar a Série C. Vamos ajustar tudo para fazermos uma boa estreia”, ressaltou Arnaldo Lira.

unimarc-modelo-4

Flu vence Ypiranga em teste antes da Série D

Jornal Folha do Estado

48627-3

Com gols de Rafael Granja e Josy, o Fluminense venceu o Ypiranga por 2 x 1, jogando na tarde deste sábado (4) na cidade de Conceição da Feira, no Estádio Antônio Serra, jogo amistoso preparatório para o Campeonato Brasileiro da Série D.

O tricolor feirense venceu um adversário difícil, pois o time ipiranguense, que se prepara para o Campeonato Baiano da 2ª divisão, contra com um elenco forte com uma base do time sub-23 do Bahia e jogadores experientes conhecidos do cenário estadual.

O Fluminense folgou no domingo (5) e retomou as atividades nesta segunda-feira (6), às 9 horas no Ribeirão. O time foi a campo com Jair (Rodrigo); Edson (Amauri), Igor (Eduardo), Alysson e Zé Aquiraz (Deca); Fausto (Din), Jarbas (Dimas), Alessandro Azevedo (Mica) e Bruninho; Rafael Granja (Kel) e Josy (Etinho).

Mudança de times no grupo do Flu de Feira

Jornal Folha do Estado

48468-2

Depois de muita expectativa a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), divulgou na última terça-feira (31) oficialmente a tabela do Campeonato Brasileiro da Série D, com uma mudança no grupo A-9 do Fluminense: no lugar do Sousa, a CBF confirmou a presença do Campinense, tornando a chave do tricolor feirense mais complicada. Além do Touro e do Campinense, o grupo conta com o Sergipe e o Murici.

O Campinense é da cidade de Campina Grande, na Paraíba, atual vice-campeão da Copa do Nordeste e também vai disputar o título estadual contra o Botafogo. Nos últimos anos, o clube tem se consolidado como uma das forças do futebol paraibano e por conta disso se tornou um adversário complicado, notadamente quando joga em Campina Grande.

Vale lembrar que a CBF já havia publicado parcialmente a tabela dos jogos com os 66 times definidos, faltando apenas os dois indicados pela Paraíba, que ficariam nos grupos A7 e A9. Enquanto os representantes paraibanos não eram definidos, devido ao atraso do campeonato estadual, a tabela indicava as duas vagas com PB1, no Grupo A7, e PB2, no Grupo A9.

Em um primeiro entendimento, acreditava-se que o PB1 fosse a equipe de melhor campanha na competição estadual, no caso era o Campinense. Tanto que, foi divulgado que a Raposa iria disputar a Série D pelo Grupo A7 e o Sousa, terceiro colocado, pelo A9.

Entretanto, de acordo com informações da Federação Paraibana de Futebol (FPF), a CBF não havia definido que o time de melhor campanha seria o PB1 e que a marcação serviu apenas para orientar onde ficariam as vagas da Paraíba. Além disso, a FPF ainda falou dos critérios para a definição dos dois times em cada grupo. O primeiro foi baseado na campanha da Raposa, que por ter sido melhor do que a do Dinossauro, merecia encerrar a fase de grupos jogando em casa, no caso no Estádio Amigão, e isto só seria proporcionado caso o Rubro-Negro ficasse no grupo A9.

Outra questão apontada pela entidade máxima do futebol foi a geográfica. A CBF analisou a proximidade dos clubes que Campinense e Sousa enfrentariam para decidir os grupos e fez a alteração de forma que a logística de viagens para as duas equipes foi facilitada. Pela tabela da competição – oficializada – o Touro do Sertão enfrentará o Campinense no dia 26 de junho, no Estádio Joia da Princesa.

13010866_763527323749434_1887758628180687307_n

Flu terá teste contra Ypiranga antes da Série D

Jornal Folha do Estado

48307-2

O Fluminense, que está se preparando para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D terá um bom teste, no próximo final semana, antes da estreia contra o Sergipe, no próximo dia 12 de junho, na Arena Batistão, em Aracaju SE. O tricolor feirense fará um amistoso diante do Ypiranga, no Estádio Antônio Serra, na cidade de Conceição da Feira, no próximo sábado (4).

O vice-presidente de futebol, Luiz Paolilo Filho, manteve contato com o presidente do Ypiranga, Emerson Ferreti na tarde de hoje, quando fechou o amistoso. “Vai ser muito interessante porque o Ypiranga está se preparando para a disputa do Campeonato Baiano da 2ª divisão e fez uma parceria com o Bahia, que está cedendo vários jogadores. O time que está sendo montado por eles é muito forte e conta com nomes como o goleiro Leo e o meia-atacante Peixoto, que estiveram conosco no ano passado e com certeza será um bom teste para o nosso time”, ressaltou o dirigente.

O dirigente também já manteve contato com a Secretaria de Esportes de Conceição da Feira e a administração do Estádio Antônio Serra, quando ficou confirmada a liberação do local e foi acertado que será cobrado ingresso no valor de R$ 10. “Só nos resta desde já chamar o nosso torcedor para comparecer e conferir de parto o time com as novas contratações e com certeza, que for vai ver um jogo de muita qualidade porque o Ypiranga está montando um time bom e com certeza é um dos favoritos a ganhar a 2ª divisão baiana. Um triunfo para a gente será importante para que a gente entre com moral na estreia da Série D”, afirmou Luiz Paolilo Filho.

A última vez que os times se enfrentaram foi no dia 30 de maio de 2015, pelo Campeonato Baiano da 2ª divisão, no Joia da Princesa, com mais de 10 mil pessoas presentes e aconteceu um empate em 0 x 0.

pmvc





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia