WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



drupal counter

:: ‘Campeonato Brasileiro’

São Paulo é eliminado com arbitragem polêmica e gols de carrasco

Terra

torcidaspefe

Acabou na noite desta quarta-feira o sonho do tetracampeonato da Copa Libertadores da América para o São Paulo. O clube brasileiro precisava de uma vitória por dois gols de diferença para seguir vivo na competição, mas voltou a perder para o Atlético Nacional-COL, desta vez por 2 a 1, em duelo disputado no lotado Estádio Atanasio Girardot, em Medellín, válido pelas semifinais do torneio continental.

Diante de aproximadamente 45 mil torcedores, que pintaram o estádio de verde e branco, o Tricolor até saiu na frente com gol de cabeça de Jonathan Calleri, aos oito minutos do primeiro tempo – o argentino chegou à artilharia isolada da competição, com nove tentos. No entanto, os colombianos trataram de frear o ímpeto são-paulino pouco depois, quando Borja, carrasco do jogo de ida, arrancou em velocidade para deixar tudo igual.

Precisando desesperadamente de mais dois gols no segundo tempo, o técnico Edgardo Bauza mandou a campo Alan Kardec e Luiz Araújo, que praticamente não tocaram na bola. Apáticos na etapa final, os brasileiros foram envolvidos facilmente pelos mandantes, que viraram o marcador em cobrança de pênalti convertida por Borja, autor de todos os quatro gols do Nacional nas semifinais.

Com o resultado, o placar agregado das semifinais entre São Paulo e Atlético Nacional terminou em 4 a 1 a favor da representação de Medellín, uma vez que havia superado o time da capital por 2 a 0, em pleno Morumbi, há uma semana. Agora, os colombianos aguardam o vencedor do confronto entre Boca Juniors e Independiente del Valle. Os equatorianos venceram o jogo de ida, de virada, por 2 a 1, em casa. A volta está marcada para esta quinta-feira, às 21h45 (de Brasília), no estádio La Bombonera, em Buenos Aires.

13010866_763527323749434_1887758628180687307_n

No sufoco, Vasco empata com time misto do Santa Cruz

Gazeta Esportiva

27679261724_17e20211a8_b

O Vasco se complicou na busca pela classificação às oitavas de final da Copa do Brasil ao empatar por 1 a 1 com o Santa Cruz, nesta quarta-feira, em São Januário. Com o resultado, os cruzmaltinos vão ter que fazer gols no Arruda, na próxima semana, para conseguir avançar na competição.

Mesmo poupando vários titulares, o Santa Cruz teve boa atuação e conseguiu fazer o gol logo no início da partida, com Bruno Moraes. O Vasco criou algumas oportunidades de empatar, principalmente no primeiro tempo, mas sofreu com o nervosismo. Somente no fim, em lance chorado, os donos da casa chegaram ao empate, com o zagueiro Luan.

As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, dia 20, às 21h45 (de Brasília), no Arruda. Para o Santa Cruz, basta um empate sem gols. Para o Vasco, será preciso uma vitória mínima ou um empate com dois gols ou mais.

Com time misto, Botafogo empata com gols contra Bragantino

Ogol

dv_bra_x_bot_0-5

Poupando alguns titulares, o Botafogo foi até Bragança e ficou no empate com gols, em 2 a 2, contra o Bragantino, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Os gols do Fogão foram marcados por Dierson e Gervasio Nuñez. Bruno Pacheco e Eliandro fizeram para o Braga.

A decisão da vaga nas oitavas, com vantagem do empate em 0 a 0 ou 1 a 1 para o lado carioca, será decidida no Rio de Janeiro, dia 27 de julho.

Conquistense Marielson Alves comanda Santos e Ponte Preta, pela Serie A

Da Redação

images

O árbitro conquistense Marielson Alves Silva foi sorteado pela CBF para comandar o jogo entre Santos e Ponte Preta, que acontece neste sábado (16), as 18h30, na Vila Belmiro, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Serie A.

Ele será auxiliado pelos paulistas Gustavo Rodrigues de Oliveira e Bruno Salgado Rizo. O 4º árbitro será o também paulista José Claudio Rocha Filho.

No último domingo (10), Marielson apitou a vitória do Flamengo sobre o Atlético-MG, pelo placar de 2 a 0, no estádio Mané Garrincha, em Brasília-DF.

CBF divulga arbitragens das partidas dos clubes baianos na Série D

Bahia Noticias

IMAGEM_NOTICIA_5

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou as arbitragens das equipes baianas na Série D do Campeonato Brasileiro. As equipes jogarão neste domingo (17), às 18h, pela sexta rodada do torneio.

Pelo grupo A5, a Juazeirense visita o Icasa-CE. Luiz Claudio Sobral (PE) apitará o duelo, e será auxiliado por Jean Marcio dos Santos e Luis Carlos de França Costa (RN).

No grupo A7, o Galícia, eliminado, visita o América-PE. Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES) será o árbitro. Os auxiliares serão Lennon Mccartney Farias e Maxwell Rocha da Silva (AL).

O Flu de Feira, no grupo A9, receberá o Sergipe no Joia da Princesa. O trio de arbitragem vem do Distrito Federal. Savio Pereira Sampaio apitará a partida, auxiliado por Ciro Chaban Junqueira e Leila Naiara Moreira da Cruz.

SÉRIE D: Confira os classificados para a segunda fase da competição

Futebol Interior

Índice

Passadas cinco rodadas da Série D do Campeonato Brasileiro, treze equipes já estão classificadas para a segunda fase, quando 32 times vão iniciar o mata-mata rumo ao título e quatro vagas na Série C. As melhores campanhas pertencem a Caldense-MG, Altos-PI e São Raimundo-PA, que alcançaram os treze pontos.

Confira as equipes já classificadas matematicamente:
Atlético-AC (Grupo A1)
Princesa-AM (Grupo A2)
São Raimundo-PA (Grupo A3)
Altos-PI (Grupo A5)
Ceilândia-DF (Grupo A10)
Aparecidense-GO (Grupo A10)
Sete-MS (Grupo A11)
Volta Redonda-RJ (Grupo A12)
Caldense-MG (Grupo A13)
São Bento-SP (Grupo A14)
Jmalucelli-PR (Grupo A15)
Linense-SP (Grupo A16)

r3fUvZA
Ituano-SP (Grupo A17)

Na Colômbia, São Paulo busca uma virada inédita na semifinal da Libertadores

r7

S--o-Paulo-x-Atl--tico-Nacional-1260x710

A busca por um dos maiores feitos da história move o São Paulo para nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), em Medellín, na Colômbia, anular a vantagem de 2 a 0 construída no jogo de ida pelo Atlético Nacional para chegar à final da Copa Libertadores. A tarefa no estádio Atanasio Girardot ganhou o status de desafio, quase uma busca pelo milagre, pelo contexto da competição e pela dura derrota no Morumbi.

Com a possível presença de mais de 40 mil torcedores contra, o São Paulo tentará uma série de feitos inéditos para chegar à sétima decisão de Libertadores da sua história. A lista, por exemplo, inclui vencer pela primeira vez como visitante na competição e virar uma vantagem jamais conseguida em todas as semifinais do torneio.

O São Paulo precisa ao menos repetir os 2 a 0 para levar para os pênaltis. Se ganhar por três gols de diferença ou mais, estará na decisão. Mesmo caso de triunfo por dois de diferença a partir de 3 a 1.

A dificuldade da missão aumenta pelos desfalques de Maicon, suspenso, e dos lesionados Kelvin e Paulo Henrique Ganso. O camisa 10, aliás, está de saída para o Sevilla e deve dar adeus mais cedo se o time for eliminado nesta quarta-feira. Para a função dele, o técnico argentino Edgardo Bauza vai apostar no argentino Centurión, que volta após ficar três jogos suspenso por cuspir em um jogador do Toluca, do México, nas oitavas de final.

“Não temos apenas que fazer gols. Isso é importante, mas a equipe tem que fazer um jogo inteligente. Vamos arriscar em alguns momentos, mas o Nacional é um adversário perigoso”, afirmou Edgardo Bauza.

A preparação na Colômbia teve dois dias de treinos fechados. O último foi no estádio do Envigado, clube da região metropolitana de Medellín onde o meia James Rodríguez, artilheiro da última Copa do Mundo e atual jogador do Real Madrid, começou a carreira.

A atividade teve como baixa de última hora o volante João Schmidt. Com dores na coxa direita, ele chorou por estar decepcionado com a limitação física e vai dar lugar a Hudson.

O treinador argentino, adepto da organização tática e do futebol pragmático, mostrou irritação ao ser perguntado sobre a necessidade de fazer gols como visitante, mas ter três volantes de origem na formação titular. “Tenho uma formação ofensiva em mente. Em algum momento posso colocá-la em campo”, afirmou.

Palmeiras cede empate ao Santos e vê vantagem diminuir para o Corinthians

Gazeta Esportiva

DSC_0439-1024x646

O Palmeiras não conseguiu segurar uma vantagem construída no início do primeiro tempo e cedeu o empate por 1 a 1 ao Santos, nesta terça-feira, no Palestra Itália. Diante de 40.035 torcedores – o maior público desde a reforma do estádio, o Verdão viu sua estratégia ruir após as lesões de Moisés e Mina. A igualdade nesta 14ª rodada do Campeonato Brasileiro manteve o time na liderança, mas diminuiu para um ponto a distância do rival Corinthians. No momento, o time de Cuca está com 29 pontos.

As contusões de Moisés e Mina são novas dores de cabeça para Cuca, já que eles poderão desfalcar a equipe nas próximas rodadas. O caso do colombiano é mais sério, pois se trata de uma lesão no músculo posterior da coxa. Como levará ao menos três semanas para se recuperar o zagueiro de 21 anos deverá ser cortado da seleção colombiana que disputará as Olimpíadas do Rio de Janeiro.

O gol palmeirense foi marcado justamente por Mina, em uma cabeçada aos seis minutos do primeiro tempo. O Santos, contudo, ganhou terreno no segundo tempo e igualou com Gabriel. Aos dez, ele arriscou um chute de fora da área e superou o goleiro Fernando Prass graças a um desvio no zagueiro Vitor Hugo. O empate fez o Verdão perder os primeiros pontos em casa no torneio sob o comando de Cuca. O time havia vencido os sete jogos anteriores em seus domínios.

O Palmeiras tentará recuperar a vantagem para o vice-líder Corinthians às 16 horas (de Brasília) do próximo domingo, diante do Internacional, no Beira-Rio. Já o Santos, que se manteve no G4 com o ponto conquistado, enfrentará a Ponte Preta, às 18h30 de sábado, na Vila Belmiro. O time comandado por Dorival Júnior é o quarto colocado, com 23 pontos conquistados.

SÉRIE B: Londrina encosta no G4, e Paraná e Atlético-GO decepcionam

Futebol Interior

728x435

O Atlético-GO abriu a 16ª rodada podendo ultrapassar o Vasco da Gama na liderança do Campeonato Brasileiro da Série B. O Dragão, porém, caiu em pleno Serra Dourada para o Londrina, com dois gols do atacante Keirrison, ex-Palmeiras e Barcelona, mas mesmo assim não tem chances de deixar o G4.

Quem entrou na briga pelas primeiras colocações é o Londrina, o responsável por derrubar o Atlético-GO. No outro jogo do dia, o Paraná também decepcionou e perdeu a oportunidade de dormir no G4 no empate sem gols diante do Paysandu, que segue sem empolgar na competição.

A alegria bateu na porta apenas do Londrina. Com show de Keirrison, o Londrina tem surpreendido no torneio, e provou isso diante do vice-líder Atlético-GO. A vitória por 2 a 1 levou o Tubarão para a sexta colocação, com 24 pontos, a três do Ceará, primeiro time dentro do G4.

O Dragão, por sua vez, pode perder a segunda colocação para o CRB, que enfrenta o Tupi no Rei Pelé, e ainda vê o Vasco da Gama abrir cinco pontos na liderança. O Trem Bala da Colina pega o Luverdense no Passo das Emas.

No outro jogo do dia, Paraná e Paysandu ficaram no 0 a 0 no Durival Britto. Enquanto o Tricolor perdeu a chance de entrar no G4, ficando em quinto, com 25, o Papão aparece apenas na 13ª posição, com 20. O time de Belém não perde e não leva um gol sequer há nove jogos, porém, os últimos cinco terminaram por 0 a 0.

Alysson vai ficar afastado seis meses dos gramados

Site do Flu de Feira

11-07-2016_14_36_47_

Com uma fratura na tíbia o zagueiro Alysson do Fluminense de Feira ficará longe dos gramados por cerca de seis meses. A fratura aconteceu em uma dividida com o seu xará Alisson da equipe do Murici-AL, no segundo tempo da partida disputada na tarde do último domingo (10) no Estádio José Gomes da Costa, em Murici, Alagoas.

O jogador recebeu os primeiros cuidados através do medico do clube Humberto Martins e do massagista Gil de Jesus, o Irmão Junior, com o suporte medico de uma equipe de plantão da ambulância que estava no estádio. Posteriormente, ele foi transferido para Maceió, onde foi feita a imobilização no local e posteriormente seguiu com a delegação para Feira de Santana.

O jogador já está fazendo um tratamento realizado em uma clinica especializada em ortopedia e cirurgia sob os cuidados do diretor médico do Fluminense Richard Moreira. Alysson lamentou o ocorrido. “Infelizmente acabou acontecendo essa lesão, a partida estava em um clima tenso, pois precisamos da vitória assim como o time adversário. O empate não foi ruim já que jogávamos fora de casa. Espero em Deus me recuperar logo para poder ajudar o Touro do Sertão a conseguir o seu objetivo que é a classificação para a Série C”, disse.

Série D: Barbosinha celebra evolução da Juazeirense: ‘Cresce a cada partida’

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

A Juazeirense depende apenas de si para se classificar à segunda fase da Série D. O Cancão teve um início difícil na competição, tendo figurado na última colocação do grupo A5. No entanto, a equipe do interior conseguiu uma arrancada e está próxima da classificação. Atualmente, está na segunda colocação, com oito pontos ganhos.

Na visão do treinador Quintino Barbosa, o que atrapalhou o time no começo do torneio foi o tempo curto de preparação. “Nós tínhamos um trabalho de 12 dias e jogadores com 50 dias sem jogar. O time levou um tempo para começar a criar um corpo. Ontem [no empate por 3 a 3 contra o Altos] jogamos muito bem. É um time que cresce a cada partida”, disse Barbosinha, em entrevista ao Bahia Notícias.

Pela sexta e última rodada da primeira fase, o Cancão visita o lanterna Icasa-CE. O duelo acontecerá neste domingo (17), às 18h, no Romeirão.

Clubes brasileiros fazem reunião para pedir mais espaço à CBF

O Estadão

0002050179528_img

Representante de 35 clubes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro se reuniram nesta segunda-feira, em São Paulo, para se unirem e pedirem maior espaço durante as assembleias da CBF. Os dirigentes querem maior poder de decisão e de voto, não apenas nas eleições presidenciais, como acontece atualmente, e também cobram mais espaço dentro da entidade máxima do futebol brasileiro. O evento foi comandado pelo presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares.

A ideia inicial da reunião era definir e anunciar o calendário da Primeira Liga. Depois da divulgação da tabela, os representantes dos clubes se reuniram e ficou acertado que na próxima segunda-feira Gilvan levará uma carta ao presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, assinada por todos os clubes. No documento, os clubes pedem mudanças.

“Vamos à CBF na semana que vem para cobrar que a lei seja cumprida. Desde a aprovação da Profut, nós temos direito por lei de ter um assento nas assembleias e não somos convocados. Não é rebeldia ou briga, é apenas um pedido para que a lei seja cumprida”, disse Gilvan.

Dos 40 clubes da Série A e B, apenas Vasco, Botafogo, Bragantino, Oeste e Vila Nova não enviaram representantes. Alguns clubes mandaram advogados, como os quatro grandes de São Paulo.

Atualmente, os clubes são chamados apenas para a votação da diretoria da CBF, mas não participam de outras decisões importantes, como mudanças no regulamento e formatação do calendário.

Apesar do ato e da repetição da Primeira Liga, torneio que não conta com o aval da CBF, os clubes asseguram que não pensam em organizar qualquer movimento para deixar a CBF ou coisa do gênero. “Apenas queremos ser ouvidos”, explica Gilvan.

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia