WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  



drupal counter

:: ‘Campeonato Brasileiro’

CBF divulga arbitragens dos jogos dos baianos na Série D

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta segunda-feira (13) os árbitros que apitarão os confrontos das equipes baianas na Série D do Campeonato Brasileiro. Galícia, Fluminense de Feira e Juazeirense jogarão neste domingo (19).

No Joia da Princesa, o Touro enfrenta o Murici-AL, às 16h. Geanderson da Conceição Godoi (CBF-ES) apitará o jogo, auxiliado por Jucimar dos Santos Dias (CBF-BA) e Dijalma Silva Ferreira Jr. (CBF-BA).

No mesmo horário, a Juazeirense visita o Altos-PI, no Lindolfinho, em Teresina. O árbitro será Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (CBF-RN), auxiliado por Francisco Nurisman Machado Gaspar (CBF-PI) e Rogério de Oliveira Braga (CBF-PI).

Às 17h, o Galícia visita o Globo-RN, no Manoel Barreto, em Ceará-Mirim. Claudionor dos Santos Junior (CBF-SE) apita o duelo. Os auxiliares serão Ruan Neres Souza de Queiros (CBF-RN) e Francisco de Assis da Hora (CBF-RN).

SÉRIE B: Quatro times brigam pela liderança na rodada cheia pela 9.ª rodada

Futebol Interior

728x487

A liderança do Campeonato Brasileiro da Série B está concorrida e pode ter novo dono nesta terça-feira, quando serão realizados os dez jogos da nona rodada. Empatados na pontuação, Vasco da Gama e Atlético-GO têm como concorrentes Bahia e Náutico. A briga pela zona de rebaixamento também promete ser boa.

Após perder a invencibilidade no último sábado ao ser derrotado pelo Atlético-GO, o Vasco estacionou nos 19 pontos e tem mais um confronto direto nesta terça, quando recebe o Náutico em São Januário. Embalados por três vitórias seguidas, os pernambucanos estão em quarto lugar, com 16 pontos.

Na vice-liderança, com a mesma pontuação que o Vasco, o Atlético-GO enfrenta o Joinville – 14º colocado, com nove – na Arena Joinville. Quem também briga pela ponta é o Bahia – 3º, com 17 -, que busca a quarta vitória seguida contra o Criciúma no Heriberto Hülse. O time catarinense tem 13 pontos e está em sexto lugar.

Contratado para substituir Enderson Moreira, Léo Condé assume o Goiás na 17ª posição, com seis pontos, e faz sua estreia diante do Paraná, em Curitiba. O adversário – 13º, com dez – será comandado de forma interina por Fernando Miguel, pois Claudinei Oliveira foi demitido nesta segunda-feira após a goleada sofrida para o Náutico por 5 a 1. Pela primeira vez com Gilmar Dal Pozzo no banco de reservas, o Paysandu recebe o Avaí na Curuzu. Os paraenses têm seis pontos, na 18º colocação. Já o time catarinense é o 12º, com dez.

Em um confronto direto contra o rebaixamento, o Vila Nova, ainda sob comando interino de Cuca, recebe o Sampaio Corrêa – 19º colocado, com quatro pontos -, no Serra Dourada. O time goiano tem sete e é o 16º. Na lanterna, com apenas três pontos, o Tupi recebe o Luverdense no Estádio Mário Helênio. Após vencer o Ceará, o time mato-grossense chegou aos 12 pontos e é o nono colocado.

Buscando a reabilitação para não se distanciar do G4, o Ceará – 7º, com 13 – recebe o Brasil de Pelotas na Arena Castelão. O time gaúcho tem um ponto a mais e é o quinto colocado. Outros dois jogos serão realizados nesta terça. Em Maceió, o CRB – 8º, com 12 – enfrenta o Bragantino, que têm oito pontos e é o 15º colocado. Na Arena Barueri, o Oeste recebe o Londrina. Os dois times estão empatados com 12 pontos.

Clássico no Allianz Parque arrecada mais que a soma dos outros nove jogos da rodada

Lance

575db9aba0098

Com a segunda maior renda deste Brasileirão, o Dérbi entre Palmeiras e Corinthians no Allianz Parque representou mais de 50% do arrecadado na 7ª rodada, ou seja, somadas as outras nove bilheterias do final de semana, ainda assim o valor foi inferior ao que a Arena palmeirense conseguiu. Veja os números:

Palmeiras 1 x 0 Corinthians – R$ 2.763.659,36 (55%)

Atlético-MG 2 x 3 Cruzeiro – R$ 616.736,00
Internacional 3 x 1 América-MG – R$ 448.317,00
São Paulo 1 x 2 Atlético-PR – R$ 383.287,00
Figueirense 1 x 0 Flamengo – R$ 357.270,00
Santa Cruz 0 x 2 Santos – R$ 182.805,00
Coritiba 3 x 2 Sport – R$ 126.090,00
Fluminense 1 x 1 Grêmio – R$ 63.050,00
Ponte Preta 2 x 1 Chapecoense – R$ 50.070,00
Botafogo 1 x 1 Vitória – R$ 28.340,00
TOTAL – R$ 2.255.965,00 (45%)

unimarc-modelo-4

Palmeiras supera Corinthians e tem maior renda do Brasileirão

Lancenet

575dd39faeff4

Não foi somente dentro de campo que o Palmeiras superou o rival Corinthians no último domingo. A partida registrou a maior renda do Brasileirão deste ano, com R$ 2,7 milhões (renda bruta) e o segundo maior público do torneio, com 39.935 torcedores, atrás apenas da partida entre Palmeiras e Flamengo, com mando dos cariocas, em Brasília, na rodada passada. Os dados são do Footstats.

Com o recorde de renda em uma partida, o Palmeiras soma agora o total de R$ 6.934,955 em quatro jogos, uma média de R$ 1,7 milhão por jogo. Com o valor, o clube supera o Corinthians em quase R$ 500 mil. Vale lembrar, que o Palmeiras jogou uma partida no Pacaembu contra o Grêmio, com renda de apenas R$ 525 mil, cerce de 30% menos que o normal no Allianz Parque.

O Corinthians caiu para o segundo lugar da lista, com renda bruta de R$ 6.460,360. O Timão tem uma média de R$ 1,6 milhão na Arena e, embora tenha levado mais torcedores do que o rival, cobra um valor menor de ingresso.

A diferença dos dois para os demais times do Brasileiro é imensa. O Flamengo, terceiro time que mais arrecadou, soma R$ 3 milhões em quatro partidas, menos da metade dos dois primeiros. Em quarto lugar está o líder do campeonato, o Internacional, que tem R$ 2,2 milhões de renda bruta em quatro jogos. São Paulo e Grêmio aparecem na sequência, mas com um jogo a menos como mandante. Os paulistas têm R$ 1,6 milhão e os gaúchos, R$ 1,2 milhão.

BRASILEIRÃO: Palmeiras encosta na ponta no dérbi e Cruzeiro vence clássico com Fred

Futebol Interior

728x421

A briga pela liderança do Campeonato Brasileiro esquentou nesta domingo, na 7a rodada da competição. Isso porque, jogando na Arena e com recorde de público, o Palmeiras bateu o Corinthians por 1 a 0 e assumiu a segunda posição, ultrapassando o Grêmio.

Também de tarde, o Atlético-MG não conseguiu se firmar dentro da Arena Independência e perdeu para o Cruzeiro por 3 a 2 na estreia de Fred, que até chegou a deixar o dele no segundo tempo.

Confira os resultados da 7ª rodada
Internacional-RS 3 x 1 América-MG
Ponte Preta 2 x 1 Chapecoense-SC
Fluminense-RJ 1 x 1 Grêmio-RS
São Paulo 1 x 2 Atlético-PR
Botafogo-RJ 1 x 1 Vitória-BA
Coritiba-PR 3 x 2 Sport-PE
Palmeiras 1 x 0 Corinthians
Atlético-MG 2 x 3 Cruzeiro-MG
Figueirense-SC 1 x 0 Flamengo-RJ
Santa Cruz-PE 0 x 2 Santos

Com novo formato, Série D começa domingo

CBF

Índice

A Série D do Campeonato Brasileiro começa neste domingo (12) com mudanças importantes na edição 2016. Com o objetivo de integrar cada vez mais clubes ao calendário anual das competições, 28 agremiações foram incorporadas ao torneio deste ano. Assim, a Série D passa a ser disputada com 68 times.

Com a novidade, o sistema de disputa foi alterado para 17 grupos de quatro clubes cada, com jogos de ida e volta. Classificam-se para a segunda fase os primeiros de cada grupo e os 15 melhores segundos colocados, totalizando 32 clubes. A partir da segunda fase, a competição será disputada através do sistema mata-mata até a sua conclusão.

Confira os jogos da 1ª rodada
Domingo
11h00
Boavista x Audax
São Bento x São José
15h00
Madureira x Brusque
Palmas x São Francisco
Juazeirense x Icasa
Águia de Marabá x Tocantinópolis
São Raimundo x Rondoniense
Maranhão x Altos do PI
Guarani de Juazeiro x Central-PE
Souza-PB x Globo-RN
Galícia x América-PE
Serra Talhada x Uniclinic
Sergipe x Fluminense de Feira
Murici x Campinense
Ceilândia x Comercial-MS
Anápolis x Sinop
Goianésia x Volta Redonda
URT x Desportiva Ferroviária
Espírito Santo x Caldense
Vila Nova-MG x Portuguesa-RJ
Novo Hamburgo x J. Malucelli
Inter de Lajes x Linense-SP
PSTC x São Paulo-RS
Caxias x Metropolitano
Princesa dos Solimões x Baré-RR
Ituano x Maringá
17h00
Náutico-RR x Rio Branco-AC
Santos-AP x Moto Club-MA
Parnahyba x CSA
Potiguar de Mossoró x Itabaiana
Araguaia x Aparecidense
17h30
Atlético Acreano x Trem
18h30
Sete de Dourados x Luziânia-DF
19h00
Genus x Nacional-AM

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1

SÉRIE C: Mogi Mirim e Tombense querem segunda vitória seguida no Brasileiro

Futebol Interior

728x353

Na briga por pontos e posições, três jogos abrem neste sábado a quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. Estão programados dois jogos pelo Grupo A, e um pelo Grupo B envolvendo o Mogi Mirim, um dos representantes paulistas.

A rodada vai ter mais seis jogos domingo e outro na segunda-feira à noite. Os 20 participantes estão divididos em dois grupos – A e B – de 10 cada, onde se enfrentam entre si em turno e returno. Os quatro melhores avançam à segunda fase.

Confira os jogos
Hoje
15h30
Mogi Mirim x Tombense
18h00
Remo x Botafogo-PB
19h00
ABC x Confiança
Domingo
11h00
Portuguesa x Botafogo-RP
16h00
ASA x River-PI
Ypiranga x Guaratinguetá
Guarani x Macaé
19h00
Fortaleza x Cuiabá-MT
Salgueiro x América-RN

Com direito a bicicleta de Feijão, Bahia bate o CRB em Pituaçu

Bahia Notícias

IMAGEM_BAHIA_5

Dentro do estádio Metropolitano de Pituaçu, local de boas lembranças para o torcedor tricolor, o Bahia conseguiu mais um triunfo pelo Campeonato Brasileiro da Série B. Na noite desta sexta-feira (10), o Esquadrão bateu o CRB por 3 a 0, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Os gols do jogo foram marcados por Feijão, de bicicleta, Hernane Brocador e Régis.

Com o resultado, o time comandado por Doriva foi aos 17 pontos e assumiu momentâneamente a segunda posição do certame nacional. A equipe volta a jogar na próxima terça-feira (14), contra o Criciúma, às 19h15, no estádio Heriberto Hülse, em Santa Catarina.

Confira os resultados e jogos
Bahia 3 x 0 CRB
Sampaio Corrêa 1 x 0 Criciúma
Goiás 1 x 1 Oeste
Hoje
16h00
Náutico x Paraná
Brasil de Pelotas x Tupi
Londrina x Vila Nova-GO
Avaí x Joinville
16h30
Atlético-GO x Vasco
21h00
Bragantino x Paysandu
Luverdense x Ceará

Atlético-PR encara o São Paulo para acabar com jejum de 33 anos no Morumbi

Atarde

gus_3519

O Atlético Paranaense visita o São Paulo neste sábado, às 21 horas, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, com o objetivo de acabar com um jejum de vitórias no estádio do Morumbi, na capital paulista, que já dura 33 anos. Desde 1983 que o time paranaense não consegue uma vitória na arena visitante.

A partida deste sábado vale para a equipe rubro-negra se afastar das últimas colocações na competição. E para isso precisará superar este tabu. Nas quartas de final do Brasileirão de 1983, os visitantes venceram por 1 a 0, com gol de Assis, contra um São Paulo que tinha como dupla de ataque Renato Pé Murcho e Careca.

Desde então, foram 17 partidas no Morumbi, com 12 vitórias dos anfitriões e cinco empates. No duelo mais recente, válido pela competição nacional do ano passado, o São Paulo venceu por 1 a 0 com gol do atacante Rogério. A vitória levou o time tricolor ao G4.

Confira os jogos
Sábado
16h00
Internacional x América-MG
Ponte Preta x Chapecoense
18h30
Fluminense x Grêmio
21h00
São Paulo x Atlético-PR
Domingo
11h00
Botafogo x Vitória
Coritiba x Sport
16h00
Palmeiras x Corinthians
Atlético-MG x Cruzeiro
Figueirense x Flamengo
19h00
Santa Cruz x Santos

outdoor_pq

Adaptado à filosofia, Wanderson mira sequência no Atlético-PR: “Preparado”

Globo Esportes

gus_3519

O zagueiro conquistense Wanderson está no Atlético-PR há menos de 50 dias, mas garante já estar adaptado à filosofia do clube e à metodologia de trabalho. Isso tem uma explicação. Antes de desembarcar no CT do Caju, ele era comandado por Sérgio Vieira – funcionário do Furacão que estava emprestado à Ferroviária na disputa do Campeonato Paulista.

Com dois jogos disputados com a camisa rubro-negra (45 minutos na derrota para o Inter e 90 na vitória sobre o Santa Cruz), Wanderson projeta uma sequência como titular:

– É um desafio porque é a segunda equipe grande que eu vou passar, mas a primeira, que foi o Corinthians, eu tive uma contusão séria e não consegui jogar. Aqui, acho que cheguei maduro, preparado e tive um bom Paulista pela Ferroviária, um treinador que passou as metodologias que ele praticou aqui no Atlético também, que é o Sérgio Vieira, que também era funcionário do clube e agora está no América-MG. É um grande desafio porque representar o Atlético é uma grande responsabilidade e um desafio, evoluir e jogar grandes campeonatos, o Brasileiro, a Copa do Brasil e, quem sabe, a Libertadores – falou o camisa 19 em entrevista ao site oficial.

Além de Corinthians e Ferroviária, Wanderson também já tinha defendido Francana, Sertãozinho e São Bento de Sorocaba durante a carreira. Ele teve que fazer a estreia com a camisa atleticana em uma “fogueira”. O Atlético-PR tinha acabado de levar um gol do Internacional, e o zagueiro Cleberson teve que sair após sofrer duas fraturas. Wanderson avalia suas atuações:

– Foi um pouco rápido (período de adaptação). Cheguei no dia 16 (de maio), fiz poucos treinos e, infelizmente com a contusão do Cleberson, acabei estreando contra o Internacional lá. Entrei no finalzinho do primeiro tempo. Um pouco rápida essa estreia, mas, graças a Deus, consegui fazer uma boa estreia contra o Internacional e um bom jogo também contra o Santa Cruz.

O próximo compromisso de Wanderson e companhia será contra o São Paulo, às 21h (horário de Brasília) de sábado, no Morumbi, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Com o camisa 19 na zaga, um provável Atlético-PR para pegar o São Paulo tem Weverton; Léo (Eduardo), Thiago Heleno, Wanderson e Sidcley; Otávio, Deivid e Vinícius; Ewandro, Nikão e Walter (André Lima).

CBF determina medidas para o futebol feminino e cria campeonatos da Série A e B

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

Antes de anunciar as mudanças no calendário do futebol brasileiro para 2017, a CBF apresentou, em coletiva de imprensa na sede da entidade, um pacote de medidas para o desenvolvimento do futebol feminino. A principal novidade fica por conta da criação da primeira e segunda divisão do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, além de competições nacionais do sub-17 e sub-20 para a categoria.

“A gente tem na cabeça que o futebol jogado pelas meninas tem que ser igual ao dos homens. Mas jamais será. Temos que mostrar esse outro olhar. O que é o futebol feminino, o que são as meninas praticando esse esporte”, afirmou a ex-árbitra Ana Paula de Oliveira, coordenadora de um grupo de trabalho focado na modalidade.

Outras propostas aprovadas foram a criação de um departamento especifico ao futebol feminino e a implementação de um curso para treinadoras. “Nunca uma iniciativa desse tamanho foi feita pela instituição, pensando no futebol feminino como um todo e não só na seleção. Isso emociona. Estamos falando de uma trajetória em que a mulher não tinha nem voz, não tinha espaço para apresentar o que estou apresentando”, concluiu Ana Paula.

Sem divulgar muitos detalhes, a CBF apenas salientou que as duas divisões nacionais do futebol feminino brasileiro terão 16 representantes em cada divisão.

Calendário de 2017 terá menos datas para estaduais e parada para Seleção

Globo Esportes

dsc03192

Formado em fevereiro, o Comitê de Reformas da CBF apresentou, nesta quinta-feira, um resumo de suas atividades nos últimos quatro meses. A principal novidade está no calendário de 2017, que terá algumas mudanças. Foi definido o período de 30 dias de férias, 25 dias de pré-temporada e 18 datas para a disputa dos estaduais (eram 19 este ano, mas alguns campeonatos tiveram menos) e mais oito para os regionais – que seriam nas mesmas datas da Libertadores. A ideia é que ambos sejam finalizados até o dia 30 de abril. O Brasileirão deve começar no mesmo período da Copa do Brasil. Foram anunciados também a criação do Código de Ética do Futebol Brasileiro e um Departamento de Futebol Feminino. Estas duas últimas decisões ainda serão submetidas a votação em Assembleia Geral na CBF.

Há uma proposta para que a Copa tenha apenas um jogo em cada confronto (sem jogos de volta), mas isso ainda não foi aprovado. O grupo também anunciou que o Campeonato Brasileiro terá apenas nove rodadas no meio da semana – ao contrário de 12, como é atualmente – e duas paralisações para os jogos da Seleção nas Eliminatórias – provavelmente em setembro e outubro. As interrupções seriam de 14 dias, sem rodada na quarta-feira anterior, no fim de semana e na quarta-feira posterior aos jogos do Brasil.

A entidade já admite incluir a Primeira Liga entre os torneios oficiais, mas a Liga terá que fazer ajustes requisitados pela CBF. Agora, cada equipe membro do grupo terá que negociar com suas federações como a adequação será feita. Segundo o secretário-geral da CBF, Walter Feldman, a tendência é que o torneio seja disputado ainda de forma amistosa no ano que vem, mas sem conflitos com os estaduais. O presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, que esteve em algumas reuniões do Grupo de Trabalho para o calendário, gostou da alteração.

A adequação ao calendário europeu chegou a ser discutida no grupo de trabalho que discutiu o tema, mas não foi aprovado. Se houvesse o ajuste, o futebol brasileiro iniciaria as atividades em agosto e encerraria em junho. Segundo os membros da equipe, o processo seria difícil e envolveria muitos setores.

Apesar das alterações, um problema não foi solucionado: o choque dos jogos decisivos da Copa do Brasil com a Copa Sul-Americana. Desde 2013, com a inclusão dos times da Libertadores no segundo torneio nacional mais importante, as equipes que vão às oitavas de final da competição não podem disputar a Sul-Americana. Segundo o diretor de Competições da CBF, Manoel Flores, a adequação deve ser feita após uma reformulação dos dois torneios continentais, que deve ser feita pela Conmebol.

11990482_677264472375720_7526595543322411409_n1





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia