WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

abril 2020
D S T Q Q S S
« mar    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  



drupal counter

:: ‘Notícias’

Futebol brasileiro tenta salvar 156 mil empregos durante a crise do coronavírus

Super Esportes

Os cuidadores de gramado Francisco Almeida, funcionário do Fortaleza, e Reinaldo Gomes, do Bahia, ficaram preocupados quando a pandemia do novo coronavírus paralisou o futebol brasileiro e forçou os clubes a diminuírem despesas. Juntos, os dois sustentam oito pessoas e compõem uma parcela numerosa do mercado de trabalho. Se a modalidade parece se resumir a jogadores, técnicos e altos salários, na verdade se trata de um segmento que emprega 156 mil pessoas no país, segundo estudo publicado pela CBF.

A pesquisa divulgada no ano passado e feita pela empresa Ernst & Young mostra que o futebol brasileiro em 2018 teve impacto de 0,72% no PIB nacional, ao movimentar R$ 52,9 bilhões. Embora existam salários milionários no meio, a modalidade conta com uma turma bem mais humilde. Para cada jogador empregado, há uma série de outros trabalhadores que também dependem do funcionamento dos times para garantir o sustento das famílias.

Enquanto negociam com os elencos para reduzir salários e evitar prejuízos durante a pandemia, os clubes demonstram preocupação justamente com funcionários mais humildes. Quem trabalha nos times profissionais seja na jardinagem, lavanderia, cozinha ou limpeza, têm recebido atenção especial para não ter os empregos colocados em risco em uma época de queda brusca de receitas com bilheteria, cotas de televisão e patrocínios.

Segundo o estudo da CBF, os funcionários de clubes de futebol representam 33% dos 156 mil empregos gerados pela modalidade no Brasil. A maior parcela da força de trabalho, 55% do total, atua em estádios em dias de jogos, principalmente na venda de alimentos e bebidas. Esse contingente aguarda o calendário ser retomado para poder voltar a trabalhar.

“O futebol, eu costumo falar que é a maior empresa do mundo, porque tem em todos os países e tem milhares de pessoas que vivem dele”, brincou o supervisor de futebol do Atlético-GO, Junior Murtosa.

Há 15 anos no clube, ele coordena uma equipe de mais de 130 funcionários. “Para um time entrar em campo, precisa desde a comida ser preparada, do uniforme estar lavado até a manutenção do hotel do time estar bem-feita”, completou.

Cristiano Ronaldo será primeiro jogador de futebol a alcançar 1 bilhão de dólares de receita

Galáticos Online

De acordo com a revista Forbes, Cristiano Ronaldo será o primeiro jogador de futebol da história a atingir a receita de 1 bilhão de dólares ao longo da carreira. O português entrará em um seleto grupo de atletas bilionários, dos quais fazem parte apenas o boxeador Floyd Mayweather e o golfista Tiger Woods.

O levantamento da revista leva em consideração todas as fontes de renda do atleta, como salários, premiações, contratos publicitários e empresas em que é sócio.

O próximo a entrar nessa lista deverá ser o argentino Lionel Messi, que tem dois anos a menos de carreira que Cristiano Ronaldo.

Tiger Woods atingiu a marca de 1 bilhão de dólares em 2009, depois de 13 anos de carreira como profissional. Já Mayweather alcançou a cifra em 2017, quando disputou as últimas lutas como boxeador.

Cristiano Ronaldo, ao longo da carreira, passou por Sporting, Manchester United, Real Madrid e Juventus. Pela seleção portuguesa, foi campeão da Euro-2016. Individualmente, faturou cinco prêmios de melhor do mundo da Fifa.

STJD irá destinar dinheiro de multas para combate ao coronavírus

Bahia Notícias

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) vai entrar de forma efetiva na luta contra o coronavírus. A corte irá converter penas disciplinares, além de multas, em pagamento a hospitais que atendem pacientes contaminados pela Covid-19. A informação foi revelada pelo Blog da Gabriela Moreira, no GloboEsporte.com.

As punições que serão transformadas em auxílio financeiro aos hospitais englobam atrasos das equipes até comportamentos violentos por parte dos atletas, como desferir socos, lesão corporal, ofender a arbitragem e envolver-se em conflitos.

A medida irá atingir os processos julgados, que estão em fase de denúncia e as ainda que só constam em súmula, mas que os fatos ainda não chegaram a ser denunciados. Ao todo, 87 processos serão analisados, porém nem todos se enquadram.

Dia Mundial da Atividade Física relembra a importância de se movimentar

Gazeta Esportiva

O dia 6 de abril foi escolhido há anos como o Dia Mundial da Atividade Física. O objetivo é lembrar a todos que o sedentarismo é um alto fator de risco para a saúde. Desde 2002 por determinação da OMS (Organização Mundial da Saúde), vários países ao redor do mundo celebram esta data promovendo ações de impacto, tendo como foco dispersar a atenção da população para a importância de adotar um estilo de vida fisicamente mais ativo.

O tema para o ano de 2020 é “Todo Passo Conta”, ressaltando que ninguém precisa de equipamentos especiais para se exercitar. É necessário apenas a disposição de abandonar a inatividade física; o combate ao sedentarismo é a estratégia número um na luta para diminuir a incidência das doenças crônicas não transmissíveis, por exemplo as doenças cardiovasculares e a diabetes.

Números do IBGE mostram que 47% dos brasileiros são sedentários. A OMS considera que 30 minutos de atividade física leve a moderada, cinco vezes por semana já são um ótimo começo para conseguir que os benefícios possam ser sentidos no organismo, no corpo e na mente das pessoas.

Se você está sedentário há algum tempo e tem receio de voltar a praticar alguma atividade física por não ter fôlego ou considerar não possuir disposição suficiente para isso, não se preocupe. Inicialmente você deve procurar uma atividade que lhe agrade e até convidar um amigo para participar. O profissional de Educação Física é a pessoa ideal para orientar sobre o assunto. Ficar parado é que não dá.

A prática regular de atividade física é capaz de melhorar a circulação sanguínea, fortalecer o sistema imunológico, ajudar a emagrecer, diminuir o risco de doenças cardíacas e fortalecer os ossos, por exemplo. Os idosos também podem fazer exercícios e os mais indicados são aqueles que estão de acordo com a funcionalidade do corpo. É também importante para melhorar a qualidade de vida e a disposição para realizar as atividades do dia-a-dia e, por isso, é importante as pessoas de todas as idades praticarem exercício.

É importante que antes de começar ou voltar a praticar exercícios sejam realizados exames para verificar o estado geral de saúde para que seja indicado o melhor tipo de atividade física e/ou exercício, bem como a intensidade indicada, por exemplo. Além disso, o ideal é que você seja acompanhado por um profissional de educação física capacitado.

Lista “vaza” e Sampaoli indica contratação de 3 jogadores do Vasco

MSN

O técnico Jorge Sampaoli aproveita a parada forçada do futebol brasileiro devido à pandemia pelo novo Coronavírus para mapear o mercado. Ao assumir o comando do Atlético-MG pouco antes da interrupção das competições, o argentino exigiu ao presidente Sérgio Sette Câmara reforços para a disputa do Campeonato Brasileiro. Eliminado precocemente de Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana, o Galo busca a redenção com o bicampeonato nacional – título que não vem desde 1971.

No último sábado (04), Sampaoli indicou a contratação de Mariano, lateral-direito do Galatasaray (TUR), mas com quem trabalhou no Sevilla (ESP), em 2016. Há pouco, reportagem da Gazeta Esportiva informou que o treinador tem interesse em 3 jogadores do Vasco da Gama e a lista já está nas mãos de Alexandre Mattos. São eles: os volantes Andrey e Raul e o atacante Marrony.

Enfrentando, talvez, a pior crise financeira de sua história, o Vasco tem necessidade de vender jogadores na próxima janela para quitar dívidas e aliviar a folha salarial. De acordo com a Gazeta, por Marrony, o presidente Alexandre Campello pede um valor à vista em torno de R$ 14,5 milhões, o que assustou inicialmente o Galo. A multa rescisória do atacante de 21 anos para o exterior é de 35 milhões de euros (mais de R$ 200 milhões na cotação atual), mas a necessidade de fazer caixa faz a direção aceitar negociar por uma quantia menor.

Por sua vez, Andrey é um dos destaques do Gigante da Colina em 2020. Mesmo com o péssimo trabalho de Abel Braga no comando técnico, o camisa 15 vinha sendo titular com ótimos números. Aos 22 anos, ele tem multa avaliada em 20 milhões de euros (cerca de R$ 115 milhões) e vem sendo observado por clubes de fora.

Já Raul, de 23 anos, não é uma joia revelada no CT do Almirante. Ele desembarcou na Colina em 2018 após boa passagem pelo Ceará e é outro que vem tendo boa regularidade com o manto cruz-maltino. Obviamente que as negociações devem continuar nesses próximos dias de quarentena, mas qualquer definição só vão acontecer após o retorno do futebol por aqui. Ramon Menezes acabou de assumir o comando técnico e deve avaliar a consulta do Atlético juntamente com seu braço direito Antônio Lopes.

Suspensão de campeonatos faz Globo admitir queda de arrecadação no Premiere

Uol

A suspensão dos campeonatos estaduais e a indefinição sobre o Campeonato Brasileiro para este ano de 2020, em razão da pausa forçada na crise do coronavírus, já faz diretores do Esporte da Globo admitirem aos clubes que o pay-per-view não deverá, pelo segundo ano seguido, atingir os patamares esperados de arrecadação. O mesmo já ocorreu em 2019, quando se esperava algo em torno de R$ 650 milhões, mas o conseguido foi por volta de R$ 550 milhões.

Segundo apurou o UOL Esporte, desde a suspensão dos campeonatos, já existe um número expressivo de cancelamentos de clientes, o que é entendível devido a situação. O problema é que, por volta do mês de abril, o número de assinantes volta ao normalidade para as previsões, com o fim dos Estaduais e o início do Brasileirão.

Não se trabalha ainda com números, também pela pandemia, mas diretores da Globo já falam que os números dificilmente chegarão ao valor conseguido no ano passado. O curioso é que a Globo imaginava inicialmente crescimento de receitas.

A arrecadação baixa do Premiere é um dos motivos para que, internamente, a Globo seja contra a mudança do formato no Campeonato Brasileiro, mesmo com o calendário apertado. A emissora defende a manutenção do certame em 38 rodadas em pontos corridos em vez do mata-mata para cumprir tudo o que foi estabelecido em contrato.

Ronaldinho Gaúcho joga futevôlei para superar a quarentena na cadeia

Terra

Já era quase fim de noite do último dia 6 de março quando policiais chegaram a um dos hotéis mais luxuosos de Assunção, capital do Paraguai, com a ordem de levar Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, Assis, para a Agrupación Especializada, um quartel da Polícia Nacional adaptado em presídio. Os brasileiros começavam ali a cumprir a prisão preventiva determinada pela Justiça paraguaia por usarem passaportes falsos para entrar no país dois dias antes. Hoje, exatamente um mês depois de pisarem pela primeira vez na Agrupación Especializada, o ex-jogador e o irmão continuam presos, sem qualquer previsão de quando ganharão liberdade.

Ronaldinho e Assis dividem uma cela de 18 m². O local é equipado com duas camas, televisão, geladeira e um ar-condicionado recém-instalado. O banheiro, no entanto, fica fora da sala e é coletivo.

O ex-jogador disputa partidas de futebol de salão, futevôlei e vôlei praticamente todos os dias. Desde a implantação da quarentena no presídio, há duas semanas, com proibição de vistas numa tentativa do governo paraguaio de evitar a disseminação do coronavírus, a prática de atividades esportivas, antes restrita, foi ampliada dentro da cadeia. Agora, os presos podem se exercitar ao ar livre duas vezes ao dia, pela manhã e à tarde.

“Para compensar a falta de visitas, os detentos gastam o tempo com atividades recreativas e esportivas. Ronaldinho é, sem dúvida, a grande atração desses momentos de lazer. O pessoal, inclusive, costuma bater na porta do quarto dele para buscá-lo para jogar futebol”, contou ao Estado o comissário Blas Vera, chefe da Agrupación.

Fornecedor atrasa pagamento de parcela e liga alerta no Flamengo para efeitos da crise do coronavírus

Globo Esportes

O Flamengo trabalha para retardar os efeitos econômicos da crise gerada pela pandemia do coronavírus internamente, mas externamente o clube recebeu o segundo golpe. Após um dos patrocinadores, que tinha a marca exposta no calção, rescindir o contrato, o fornecedor de material esportivo atrasou sem justificativas o pagamento do patrocínio e nem sugeriu uma nova data para quitar a dívida.

Por contrato, o Flamengo recebe anualmente R$ 17.725.750,00 da Adidas. O valor é pago semestralmente, em 1º de abril e 1º de outubro. E os R$ 8.862.875 referentes ao primeiro semestre não bateram na conta rubro-negra na última quarta-feira, data prevista. A empresa alemã não deu explicações para o atraso.

Acordo Flamengo / Fornecedor
Valor anual: R$ 17.725.750,00
Primeiro semestre: 01 de abril – R$ 8.862.875
Segundo semestre: 01 de outubro – R$ 8.862.875

O clube não comenta a situação. Internamente, porém, há preocupação com os efeitos financeiros da Covid-19, vistos como uma bola de neve. Há ainda quem afirme que o atraso não é a única pendência da fornecedora com o Flamengo.

A parceria do clube com a empresa teve início em 2013 e vai até 2023. Além da cota fixa de patrocínio, o Flamengo recebe valores referentes a royalties pela venda de produtos oficiais e premiação por metas esportivas alcançadas.

Com o pagamento integral do salário do mês de março e tentativa de manutenção da folha salarial intacta após as férias coletivas de abril, o Flamengo tem consciência de que é inviável seguir neste cenário caso a paralisação do futebol supere o mês de maio. Nos bastidores, os dirigentes trabalham por alternativas, mas evitam precipitar o início das negociações por redução de salário antes de uma posição das autoridades de saúde.

Ao que tudo indica, porém, é questão de tempo.

Luto em Conquista: Morre Elly Pires

Blog do Rodrigo Ferraz

É com pesar que o Blog do Rodrigo Ferraz informa o falecimento da jovem Elly Pires, figura bastante conhecida do esporte conquistense.

Jogadora de futebol e árbitra de futebol, ela deixa centenas de amigos em luto na capital do Sudoeste baiano.

Leia a nota da equipe da Selação Migs:

“Não existe partida para aqueles que permanecerão pra sempre em nossos corações.”
E você Ely estará sempre viva para todos nós, é difícil até se expressar em um momento como esse, faltam palavras para citar a sua importância para o Migs, porém, basta olhar as fotos, vídeos e relembrar os momentos maravilhosos que juntas passamos.
A realidade é que não nos imaginamos sem você, dói demais saber que não teremos em campo ou quadra aquele coração da nossa atacante artilheira, camisa 13, pulsando ao nosso lado. Somos muito gratas por você dedicar parte de sua vida ao nosso time, e a partir de então você se torna um motivo a mais para união e honra da Seleção Migs .
Te amaremos para sempre!
Nossa Eterna Elly Pires !

CBF isenta clubes de taxas e estima economia de R$ 1,3 milhão por mês

MSN

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta sexta-feira uma medida para ajudar financeiramente os clubes durante a paralisação do esporte devido à pandemia do coronavírus. A entidade decidiu isentar todos os clubes de taxas relativas ao registro de contratos e à transferência de jogadores por tempo indeterminado.

De acordo com a CBF, a estimativa é de que esta medida gere uma economia de R$ 1,3 milhão por mês aos clubes brasileiros. A decisão, publicada no site da entidade, inclui “isenção de valores relativos à registro de contratos definitivos, de contratos de empréstimo, de renovação, prorrogação ou rescisão contratual, além das transferências de atletas”.

Com a pandemia do coronavírus, as competições nacionais e estaduais foram suspensas por tempo indeterminado, o que tem gerado prejuízo financeiro aos clubes. Por isso, alguns clubes deram 20 dias de férias coletivas aos atletas e comissões técnicas.

Fifa adia todos os jogos internacionais previstos para junho

Atarde

Um grupo de trabalho da Fifa recomendou nesta sexta-feira, 3, o adiamento de todos os jogos internacionais agendados para junho devido à pandemia de coronavírus, que forçou a interrupção de praticamente todos os campeonatos nacionais de futebol em todo o mundo.

“O grupo de trabalho criado pelo escritório do conselho da Fifa para avaliar as consequências da pandemia da COVID-19 aprovou por unanimidade uma série de recomendações após sua primeira reunião, organizada por videoconferência”, afirmou a Fifa em um comunicado.

Entre suas recomendações, que serão adotadas pela Fifa, estão o adiamento das partidas masculinas e femininas, marcadas para junho, uma decisão que a Uefa já tomou na quarta-feira.

A força-tarefa também recomendou que os critérios de elegibilidade dos jogadores para o torneio olímpico masculino dos Jogos de Tóquio, adiados de 2020 para 2021 devido à disseminação do coronavírus, permanecessem inalterados, com toda a lista de nascidos após 1º de janeiro de 1997, exceto três jogadores por equipe, não sujeitos a esta regra.

Além disso, com relação aos fundos de emergência que a Fifa deseja criar para ajudar equipes, clubes e ligas em dificuldade, a entidade indicou que “cada confederação continental designaria uma pessoa para coordenar as discussões sobre o assunto”.

Por fim, a Fifa lembrou em seu comunicado que “no atual contexto difícil, a saúde deve sempre ser a prioridade e o primeiro critério para a tomada de decisões”.

Presidente da Uefa ameaça afastar futebol belga de futuras competições

Super Esportes

Aleksander Ceferin, presidente da UEFA, criticou, nesta sexta-feira, a decisão da liga belga de encerrar a temporada e declarar o Brugge como campeão por causa da pandemia do coronavírus. O time tinha uma vantagem de 15 pontos no topo da classificação com uma rodada pela frente antes do início dos playoffs, envolvendo os seis principais clubes do torneio.

“Eu acho que não é esse o caminho. Solidariedade não é algo em uma só direção. Você não pode pedir ajuda e depois tomar uma decisão por conta própria”, disse Ceferin, em entrevista à imprensa alemã. “Além disso, devo dizer que os belgas e outros que podem estar pensando em algo semelhante, comprometem sua participação em competições europeias na próxima temporada.”

Em uma carta às federações europeias, Ceferin aconselhou às ligas a não encerrarem seus campeonatos, confiante de que nos próximos meses será possível jogar futebol novamente. “Qualquer decisão de encerrar competições nacionais neste momento é apressado e injustificado”, afirmou o dirigente na carta.

Ceferin aposta reiniciar as competições europeias e as ligas nacionais em julho ou agosto, mesmo que você tenha que jogar sem público nos estádios. “Futebol sem espectadores não é o mesmo que futebol com espectadores, mas em qualquer caso, é melhor ter futebol sem um público, mas com televisão, do que não ter futebol.”

O presidente não aprova manter a temporada, caso o calendário se estenda. “Em setembro ou outubro não há condições.” Este posicionamento contraria, por exemplo, o que pensa Karl Heinz Rummenigge, presidente do Bayern de Munique. O dirigente alemão sustenta a opção de terminar a temporada mesmo que a próxima tenha início no inverno europeu.

pmvc




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia