WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

setembro 2021
D S T Q Q S S
« ago    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  



drupal counter

:: ‘Notícias’

Em vistoria às obras, prefeita pede celeridade na conclusão do Murilão

pmvc

A prefeita Sheila Lemos fez na tarde desta sexta-feira (3) vistoria das obras de revitalização do campo de futebol do bairro Cruzeiro e ao Estádio Municipal da Zona Oeste (Murilão), acompanhada pelas equipes técnicas da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana (Seinfra) e da Empresa Municipal de Urbanização (Emurc).

No Murilão, Sheila Lemos encontrou os engenheiros e trabalhadores da empresa responsável pelas obras, a Lagotela Engenharia, dando sequência à edificação das cabines e vestiários, além do tratamento do campo que receberá o gramado sintético. Ela pediu celeridade à empresa para a entrega da obra. “Aqui as obras estão seguindo em ritmo acelerado, mas queremos ver logo este importante estádio da cidade completamente revitalizado”.

No campo do Cruzeiro, a prefeita constatou que o espaço já toma sua nova forma com os alambrados colocados. Sheila foi informada pelos técnicos que, nos próximos dias, serão instalados os refletores deixarão o campo apto a ser utilizado também para partidas à noite, proporcionando aos moradores, escolinhas de futebol e o tradicional time do bairro, a Ponte Preta, um espaço adequado para a prática do esporte. A gestora anunciou que a entrega do campo acontecerá no mês de outubro. “Podem ir preparando as chuteiras que a partir de outubro tem jogo aqui no campo do Cruzeiro”, afirmou.

Público nos estádios: Prefeitura do Rio deve liberar a partir de 15 de setembro, diz site

Bahia Notícias

A Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou, nesta sexta-feira (3), que os estádios da cidade devem começar a receber público a partir de 15 de setembro. Inicialmente, será liberada a capacidade de 35%, com progressão para 50% até o fim do mês.

Segundo o site ge.globo, a decisão deve ser publicada no Diário Oficial do RJ na próxima semana. A estreia ocorreria no jogo entre Flamengo e Grêmio, no Maracanã, pelas quartas final da Copa do Brasil, no dia 15, como teste.

Quem quiser ir ao estádio, precisará apresentar o comprovante de vacinação e o teste de antígeno. Na Bahia, as conversas sobre retorno de torcida esfriaram após o que foi visto em Belo Horizonte, com aglomerações em jogos de Cruzeiro e Atlético-MG.

Com Marquinhos suspenso, Léo Ortiz é convocado para a Seleção Brasileira

CBF

O zagueiro Léo Ortiz. do Red Bull Bragantino, foi convocado para a Seleção Brasileira nesta sexta-feira (3). Ele se apresenta à delegação diretamente em São Paulo, juntamente com o seu companheiro de clube, o atacante Artur, também chamado pelo técnico Tite.

Aos 25 anos, Léo Ortiz disputou a última Copa América com a Seleção Brasileira, quando o Brasil ficou com o vice-campeonato da competição. Ele foi chamado após o zagueiro Marquinhos receber o segundo cartão amarelo diante do Chile e ficar suspenso da próxima partida da Seleção Brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, contra a Argentina.

A Seleção Brasileira entra em campo no domingo (5), às 16 horas, na NeoQuímica Arena. O clássico sul-americano contra os argentinos marca o embate entre os dois primeiros colocados na tabela de classificação para a Copa do Mundo. O Brasil lidera com 21 pontos conquistados e 100% de aproveitamento.

Antes do confronto, o técnico Tite comanda uma atividade no palco da partida na manhã deste sábado (4). A atividade, que já contará com a presença dos dois novos convocados, está marcada para as 10h30.

Santos encara o Cuiabá neste sábado (4)

Isto É

O Santos tem a oportunidade de melhorar os números como visitante na temporada neste sábado (4), quando encara o Cuiabá, na Arena Pantanal, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Alvinegro da Vila Belmiro soma 22 pontos e se encontra na 12ª posição na tabela do Brasileiro. O Peixe não vence há cinco jogos. São dois empates e três derrotas no período, sendo três confrontos pelo Campeonato Brasileiro, um pela Copa Sul-Americana e um pela Copa do Brasil.

A grande novidade na equipe titular para o duelo deste sábado deve ser a presença do atacante Léo Baptistão. O jogador foi regularizado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF na tarde da última quarta-feira (1) e está à disposição do técnico Fernando Diniz.

Já o Cuiabá, por sua vez, figura na 15ª colocação do campeonato nacional, com 21 pontos acumulados em 18 partidas. Apesar da posição desconfortável, o Dourado vem de dois resultados considerados positivos: vitória contra o Palmeiras, fora de casa, e empate no Ceará contra o Fortaleza.

Bahia e Fortaleza se enfrentam em ‘clássico argentino’ na Série A

Correio

O clássico nordestino entre Bahia e Fortaleza ganhou um contorno internacional. Ou melhor, um tom meio argentino. O confronto deste sábado (4), às 21h, no estádio de Pituaçu, pela 19ª rodada do Brasileirão, colocará frente a frente dois treinadores do país vizinho que buscam sucesso no futebol brasileiro.

Pelo lado do Bahia, Diego Dabove está apenas no seu segundo jogo, mas já sente a pressão pelo momento ruim que o tricolor vive na Série A. Antes de implantar de vez as suas ideias, a primeira missão dele é fazer o Esquadrão voltar a vencer na competição. O time entra em campo com o peso da sequência de oito jogos sem vitórias . São sete derrotas e um empate no período.

Para piorar, o Bahia não vai contará com o seu principal atacante. Gilberto recebeu o terceiro cartão amarelo e cumpre suspensão. Apesar de viver má fase, o camisa 9 é um dos artilheiros do Brasileirão, com oito gols.

O mais cotado para ficar com a vaga de titular é Hugo Rodallega. O colombiano garante que está pronto para ser a referência do ataque. “Fisicamente agora estou bem, tenho muito tempo trabalhando forte no dia a dia, esperando a minha oportunidade para poder jogar um pouco mais e tentar ajudar a equipe. Agora estamos passando um momento um pouco difícil, mas as pessoas precisam entender que estamos fazendo tudo para melhorar e conquistar os três pontos importantes contra o Fortaleza”, disse o atacante.

A mudança no ataque pode não ser a única. Após o jogo de estreia, na derrota de 2×0 para o Fluminense, Dabove evitou apontar os erros, mas o treinador ainda está conhecendo o elenco e tem buscado no próprio grupo as soluções necessárias. Por isso, não será surpresa se ele decidir mexer em outros setores.

Já no time cearense, Juan Pablo Vojvoda conseguiu promover uma grande revolução. O Fortaleza chega para o confronto como terceiro colocado do Brasileirão, com 33 pontos, e pode virar o turno como vice-líder em caso de vitória em Salvador.

O treinador rival tem três desfalques para montar o time. Estão fora de ação o volante Felipe, suspenso, o zagueiro Benevenuto, diagnosticado com covid-19, e o atacante Osvaldo, machucado. Os dois primeiros são habituais titulares.

Brasil é penta no futebol de 5 das Paralimpíadas com vitória sobre Argentina

Bahia Notícias

O Brasil manteve o seu domínio histórico no futebol de 5 e conquistou o pentacampeonato das Paralimpíadas em cinco edições com a disputa do esporte.

Na decisão de Tóquio-2020, a seleção brasileira venceu a Argentina por 1 a 0, gol de Nonato a sete minutos do fim da partida.

A medalha de ouro no futebol foi a 22ª do país em Tóquio, um recorde de títulos paralímpicos numa mesma edição, superando as 21 de Londres-2012.

Desde que o esporte para cegos estreou nos Jogos Paralímpicos, em Atenas-2004, a seleção brasileira masculina (não há disputa feminina) venceu todas as edições. Argentina (agora duas vezes), China, França e Irã foram os vice-campeões.

Em Tóquio, além do ouro, o Brasil manteve a sua invencibilidade de 27 jogos nos Jogos (21 vitórias e 6 empates).

Na primeira fase, conquistou vitórias tranquilas contra China (4 a 0), Japão (4 a 0) e França (3 a 0). Nas semifinais, encontrou dificuldades pela primeira vez. Debaixo de muita chuva, conseguiu bater o Marrocos por 1 a 0 graças a um gol contra.

A partida contra a Argentina também foi equilibrada, mas no fim os brasileiros prevaleceram novamente, numa campanha de 13 gols marcados e nenhum sofrido.

Ricardinho, 32, e Jefinho, 31, tetracampeões paralímpicos, são os nomes mais conhecidos da seleção, mas o grande destaque individual no Japão foi Nonato, artilheiro da competição com seis gols.

Natural de Orocó (PE), Nonato, 34, nasceu praticamente sem enxergar devido a uma retinose. Ele sempre gostou de jogar bola com os amigos e entrou para o futebol de 5 com 23 anos. Foi a terceira campanha dourada de que participou.

O futebol de 5 é disputado por atletas com deficiência visual, que usam vendas nos olhos. A exceção é o goleiro, que tem visão total e não pode ter participado de competições da Fifa nos últimos cinco anos.

O campo, geralmente de grama sintética, mede 20 m x 40 m (padrões do futsal) e conta com barreiras laterais para impedir que a bola saia de jogo. Cada time é formado por cinco atletas (quatro na linha e o goleiro). A partida tem dois tempos de 20 minutos, com intervalo de 10 minutos.

A bola possui guizos internos para que os jogadores a localizem, e o jogo precisa ser disputado em silêncio na maior parte do tempo, num local sem eco. A torcida (que não esteve presente em Tóquio) só pode se manifestar na hora dos gols. O goleiro, o técnico e um guia (chamador) que fica atrás do gol adversário passam orientações de posição e direcionamento.

SÉRIE B: Náutico e Guarani fazem confronto direto pelo G4; Botafogo defende sua posição

Futebol Interior

Para não perderem o G4 – zona de acesso – de vista, Náutico e Guarani fazem confronto direto neste sábado, que terá três partidas válidas pela 22.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Operário também busca se aproximar do pelotão da frente, enquanto o Vitória quer deixar a zona de rebaixamento. Já o Botafogo quer se manter entre os quatro primeiros colocados.

Sem perder há dois jogos, mas vindo de empate, por 1 a 1, com o Vitória, o Náutico voltará a atuar em Recife, às 17h15. Com 34 pontos, o clube pernambucano tem um de vantagem sobre o Guarani, que chega animado pelos 3 a 0 em cima do Operário. No turno, em Campinas (SP), os paulistas foram derrotados por 3 a 1.

Em Ponta Grossa, às 11 horas, o Operário tentará a reabilitação diante do Vitória. Sem perder há quatro jogos em casa, o clube paranaense acumula 32 pontos. O Vitória, apesar de estar invicto há cinco rodadas, amarga a zona de rebaixamento com 20 pontos. No turno, nada de gols em Salvador.

Em Belém, às 19h30, o Botafogo visitará o Remo para defender sua posição no G4 e os quatro jogos de invencibilidade. Ao vencer o líder Coritiba por 1 a 0, o clube carioca chegou aos 35 pontos. O Remo, por outro lado, conseguiu empatar com o vice-lanterna Brasil-RS por 1 a 1 e completou a segunda partida sem vitória. O clube paraense tem 27 pontos. No turno, o Remo apanhou de 3 a 0.

A rodada começou na quarta-feira com a vitória do Coritiba, por 3 a 2, sobre o ameaçado Londrina no estádio do Café. O líder, no entanto, não conseguiu abrir vantagem por conta do triunfo do vice-líder CRB, por 2 a 1, sobre o lanterna Confiança. Agora, os paranaenses têm 42 pontos, contra 40 dos alagoanos.

Outras três partidas agitarão o sábado. No feriado de 7 de setembro, na terça-feira, Goiás e Cruzeiro encerrarão a 22ª rodada.

Em jogo com pênalti perdido por Cano e falhas de Vanderlei e do VAR, Vasco e Brasil empatam

Globo Esportes

Num jogo tenso e marcado por muitas discussões, Vasco e Brasil empataram por 1 a 1 nesta sexta-feira, em São Januário, pela 22ª rodada da Série B. Erison abriu o placar para os gaúchos, e Daniel Amorim, no fim, empatou.

Com o resultado, o Vasco, agora 32 pontos, dorme na nona colocação. O Brasil, por sua vez, não terá sua situação alterada e segue no penúltimo lugar.

O Vasco volta a campo na próxima segunda-feira, às 20h, na Ressacada, onde enfrenta o Avaí. O Brasil joga na manhã do dia seguinte, em Pelotas, contra o Confiança, às 11h.

Revitalizações do Murilão e do campo do Cruzeiro avançam e reforma do Edvaldo Flores começa este mês

PMVC

Desde o início do ano, a Prefeitura de Vitória da Conquista vem investindo em obras para a melhoria nos espaços esportivos e de lazer, como o estádio da Zona Oeste (Murilão) e o campo do Cruzeiro, que já somam mais de R$ 5 milhões em investimentos de recursos próprios, oriundos de empréstimo tomado na Caixa, dentro do programa Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), e de emendas parlamentares. E ainda este mês, será retomada a reforma no estádio Edvaldo Flores – um dos mais importantes equipamentos esportivos da cidade, localizado no bairro Alto Maron.

No bairro Cruzeiro, a Empresa Municipal de Urbanização (Emurc) já toca, desde 29 de junho, a requalificação do campo da comunidade, que foi nivelado, recebeu micro drenagem e vai ganhar alambrado e nova iluminação. O custo da obra é de R$ 420 mil, oriundos do Ministério do Esporte, por meio de emenda parlamentar do deputado federal Arthur Maia e contrapartida do Tesouro Municipal.

A obra de revitalização do Estádio Municipal da Zona Oeste (Murilão) também segue avançada, com previsão de ser entregue ainda este ano. O estádio tem capacidade para receber seis mil torcedores e passará a ser um centro com opções de lazer para a comunidade da zona Oeste. A Prefeitura está investindo quase R$ 3 milhões e o Murilão ganhará uma sala multiuso para prática de artes de marciais e dança, academia ao ar livre e pista de corrida, além de iluminação do campo, gramado sintético, novos vestiários, banheiros, cabines de rádio, paisagismo e passeios, além de um acesso alternativo ao clube do Sesc, no bairro Bruno Bacelar.

Governo da BA teme retorno do público aos estádios, mas deve dar posição até segunda

Bahia Notícias

As discussões para o retorno do público aos estádios na Bahia travaram após o governo do estado ter observado com temor as cenas de aglomeração registradas na partida entre Atlético-MG e River Plate, no dia 18 de agosto, pelas quartas de final da Libertadores. Na ocasião, a prefeitura de Belo Horizonte liberou a liberação de 30% do Mineirão para recepção do público.

De acordo com o secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia (Setre), Davidson Magalhães, o episódio freou as discussões sobre o retorno do público aos estádios baianos.

“Essa conversa arrefeceu bastante depois daquela reação que houve lá em Belo Horizonte, no jogo do Atlético. E que demonstrou que ainda estamos com um caminho muito longo a perseguir antes desta abertura”, pontuou, em entrevista ao Bahia Notícias.

Ele, no entanto, não descartou a possibilidade de haver o retorno em 11 ou 12 de setembro, período estipulado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para que setores de estádios sejam reabertos na Bahia e em outros estados. “Estamos aguardando para estudar melhor. Até segunda devemos ter uma posição sobre isso para saber se, no returno, por volta do dia 11, haverá o retorno do público”, adiantou.

De acordo com Davidson, um ofício seria enviado ainda nesta quinta-feira (2) à Federação Bahiana de Futebol (FBF) para comunicar a posição do governo estadual sobre o assunto.

A possibilidade de retorno dos torcedores às praças esportivas foi divulgada pelo próprio Davidson ao BN no dia 16 de agosto, dois dias antes da vitória por 3×0 do Atlético-MG sobre o River, que culminou no avanço do clube mineiro à semifinal da principal competição sul-americana.

O prefeito da cidade, Alexandre Kalil (PSD) – ex-presidente do clube -, demonstrou irritação com os episódios de desrespeito às medidas sanitárias de prevenção à Covid-19. Ao G1, o gestor disse que o evento “não passou no teste” e não vai se repetir no mesmo molde.

“Quem pode colaborar não colabora. Não foi isso que foi combinado. Eu vi torcida organizada lá que, pelo preço do ingresso, não poderia estar lá, e eu não tenho o menor receio de voltar tudo para trás. Estão enganados quem acha que ‘é o Atlético, ele não vai fazer’. Não vai fazer, uma ova. Fizeram um desaforo e um desrespeito ao prefeito de Belo Horizonte”, criticou, à época.

Após a partida, a prefeitura da capital mineira proibiu a presença do público nos estádios da cidade.

Definida arbitragem para o jogo Vitória e Juventude no Baiano Feminino

Da Redação

A FBF anunciou a escala de árbitros para o jogo Vitória e Juventude, que acontece neste domingo (5), às 15 horas, no estádio do Barradão, pela segunda rodada do Campeonato Baiano Feminino.

Apita o confronto Bruno Fernandez Moreira (Lauro de Freitas), auxiliado por Leonardo Menezes de Almeida (Itaparica) e Iara Janaina Rubinatti (Salvador). O quarto árbitro será Saulo Moreira dos Santos (Salvador).

O Vitória estreou vencendo o Doce Mel, pelo placar de 3 a 2. Já o Juventude perdeu para o Bahia, por 3 a 1.

SÉRIE B: Sampaio Corrêa e Avaí tentam voltar ao G4, enquanto Ponte quer se afastar da degola

Futebol Interior

Sampaio Corrêa e Avaí vão ter a chance de voltar para o G4 – zona de acesso – da Série B do Campeonato Brasileiro nesta sexta-feira, quando terá sequência à 22ª rodada. A Ponte Preta, por outro lado, tentará se afastar da zona de rebaixamento. Serão quatro jogos.

Em Campinas, às 19 horas, a Ponte Preta receberá o Sampaio Corrêa em busca da quinta vitória seguida como mandante. Todos os triunfos da Ponte na Série B, aliás, foram em casa. O clube paulista, no entanto, vem de derrota para o Vasco por 2 a 0 no Rio de Janeiro. Resultado que deixou os comandados do técnico Gilson Kleina em 15º lugar com 22 pontos, a um da degola.

O Sampaio Corrêa, por outro lado, venceu o CSA por 2 a 0, e voltou a colar no G4. Na quinta colocação, o clube maranhense soma 34 pontos, um a menos do que o Botafogo, quarto colocado. O Sampaio Corrêa ainda defenderá invencibilidade de seis jogos como visitante. São duas vitórias e quatro empates, além de dois meses sem perder fora.

No Augusto Bauer, o Avaí visitará o Brusque, às 19 horas, para tentar encerrar a sequência de duas derrotas seguidas. O clube ocupa a oitava colocação com 33 pontos, a dois do quarto colocado. No turno, o Avaí foi derrotado pelo Brusque por 2 a 1 em Florianópolis. Sem vencer há sete rodadas após o 0 a 0 com o Londrina, o Brusque caiu para a 13ª colocação com 26 pontos.

Em Maceió, às 21h30, o CSA terá a reestreia do técnico Mozart Santos para enfrentar o Vila Nova. Após duas derrotas seguidas, o clube alagoano estagnou no 11º lugar com 28 pontos. O Vila Nova, por sua vez, apesar da derrota na rodada passada, está colado na degola, no 16º lugar com 22 pontos.

No Rio de Janeiro, às 19 horas, o Vasco receberá o vice-lanterna Brasil-RS para emendar a segunda vitória seguida e voltar a sonhar com o G4. O clube carioca soma 31 pontos no décimo lugar. Já o Brasil-RS tem apenas 14 pontos e não vence há nove jogos depois do 1 a 1 diante do Remo.

A rodada começou na quarta-feira com a vitória do Coritiba, por 3 a 2, sobre o ameaçado Londrina no estádio do Café. O líder, no entanto, não conseguiu abrir vantagem por conta do triunfo do vice-líder CRB, por 2 a 1, sobre o lanterna Confiança. Agora, os paranaenses têm 42 pontos, contra 40 dos alagoanos.

Outras três partidas agitarão o sábado. No feriado de 7 de setembro, na terça-feira, Goiás e Cruzeiro encerrarão a 22ª rodada.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia