WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

setembro 2021
D S T Q Q S S
« ago    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  



drupal counter

:: ‘Notícias’

SÉRIE B: Goiás vence confronto direto e é vice-líder; Botafogo se consolida no G4 e Cruzeiro mantém reação

Futebol Interior

Quatro partidas encerraram a 23ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B neste sábado. No confronto direto dentro do G4, o Goiás levou a melhor e venceu o CRB por 1 a 0. O maior placar foi conquistado pelo Botafogo, que goleou o Londrina por 4 a 0 e se consolidou na zona de acesso. O Cruzeiro também manteve sua recuperação ao superar a Ponte Preta, que ficou colada na zona de rebaixamento.

O jogo mais esperado do dia era CRB x Goiás, que valia a vice-liderança. O Goiás levou a melhor e venceu por 1 a 0 com gol de Élvis. O Esmeraldino assumiu a segunda posição com 42 pontos, três a menos do que o Coritiba. O CRB caiu para quarto com 40 pontos, atrás do Botafogo.

O Botafogo manteve a excelente fase ao superar o Londrina por 4 a 0 no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ). Agora já são seis jogos invictos, quatro vitórias consecutivas e posição consolidada no G4.

O resultado faz com que o Botafogo chegue a 41 pontos, na terceira colocação. O Londrina está há quatro jogos sem vencer e segue com 21 pontos, dentro da zona do rebaixamento, em 18º lugar.

A Ponte Preta perdeu mais uma fora de casa. Dessa vez, a derrota foi para o Cruzeiro, por 1 a 0, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Dona da pior campanha como visitante no campeonato, a Ponte Preta segue na beira da zona de rebaixamento, em 16º lugar, com 25 pontos.

Já o Cruzeiro chegou ao décimo jogo de invencibilidade e respirou contra a degola, subindo para a 13ª colocação, com 29 pontos.

Sampaio Corrêa e Operário-PR se enfrentaram no Estádio Castelão, em São Luis-MA, e não conseguiram sair do empate sem gols. O time maranhense chegou a perder um pênalti com Nadson já no segundo tempo e com o resultado, as duas equipes se complicaram na briga pelo G4.

Com o resultado, o Sampaio Corrêa está com 35 pontos em sétimo lugar. São cinco pontos de diferença para o CRB, quarto colocado. Já o time paranaense segue estacionado na nona colocação, agora com 33 pontos.

Atlético-GO e Corinthians se enfrentam neste domingo (12)

Globo Esportes

Atlético-GO e Corinthians se enfrentam pela quarta e última vez na temporada. O duelo deste domingo será no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, e vale pela 20ª rodada do Brasileirão, a primeira do segundo turno.

Nos três embates anteriores, o Atlético-GO conseguiu se manter invicto. Venceu na estreia do Brasileirão (1 a 0) e no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil (2 a 0). Com o empate sem gols na volta, o Dragão eliminou o Corinthians na ocasião.

Sem jogar há duas semanas, já que a partida contra o Flamengo foi adiada, o time rubro-negro volta a campo de olho no pelotão da frente: tem 26 pontos e mira o G-6.

Com 28 pontos, o Corinthians entrou na rodada exatamente na sexta posição. O time vem de quatro jogos de invencibilidade. Foram três vitórias e um empate em casa diante do Juventude.

São Paulo encara o Fluminense de olho na parte de cima da tabela do Brasileirão

Isto É

Depois de duas semanas sem disputar uma partida, o São Paulo volta a campo para enfrentar o Fluminense, neste domingo, fora de casa, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com uma sequência de resultados positivos na competição, o time se afastou da zona de rebaixamento e agora começa a olhar para o lado de cima da tabela de classificação.

Se por um lado o técnico Hernán Crespo teve um período mais longo para treinar seus atletas, aproveitando a parada no torneio nacional para a realização de jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo, por outro ele tem um grande problema para resolver na ala-direita do time, posição que ficou sem um especialista para este confronto.

O titular Daniel Alves não se reapresentou na volta das partidas e avisou a diretoria que não entrará em campo até ter sua dívida quitada. Os dirigentes então tomaram a decisão de que ele não veste mais a camisa tricolor. Sem o titular, Crespo também não pode escalar o reserva Igor Vinícius, suspenso para o duelo. Outro especialista na lateral é Orejuela, que ainda não vingou no time e está com um problema muscular.

Com isso, Crespo terá de improvisar algum jogador no setor e o mais cotado é o atacante paraguaio Galeano, que já foi utilizado na função em algumas partidas pelo Campeonato Paulista. É importante lembrar que no esquema de jogo do São Paulo, com três zagueiros, o ala atua como um meio-campista, então o fato de não ser lateral de origem não é tão problemático.

Na zaga, Arboleda e Miranda, que estavam com suas seleções nacionais, vão reforçar o time e atuar ao lado de Léo no trio defensivo. Crespo também poderá ter os dois novos contratados no banco caso queira, pois o atacante Calleri e o volante Gabriel Neves já estão com suas documentações regularizadas. A tendência é que apenas o segundo viaje com o grupo, pois o centroavante argentino ainda está sem ritmo de jogo.

Mesmo sendo fora de casa, o São Paulo sabe que a vitória será importante, pois ficará com os mesmos pontos do Fluminense, seu adversário. O time carioca, por outro lado, quer continuar sonhando com uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores e terá o retorno do artilheiro Fred, poupado contra a Chapecoense.

FLU – O técnico Marcão deverá contar com o retorno de Fred ao comando de ataque no lugar de Bobadilla, e Caio Paulista é o mais cotado para a vaga de Lucca, com uma lesão na coxa esquerda.

O colombiano Jhon Arias, que viajou para o enterro da avó em seu país e só retorna neste sábado, deve ficar fora da partida. Luiz Henrique deve ser mantido como titular.

Atlético visita Fortaleza e tenta ampliar vantagem na liderança da Série A

Super Esportes

A rodada dos confrontos diretos no Campeonato Brasileiro terá dois jogos ao mesmo horário deste domingo. Líder isolado da competição, o Atlético visita o Fortaleza, às 16h, no estádio Castelão. Ao mesmo tempo, o Palmeiras recebe o Flamengo no Allianz Parque. Ao fim dos jogos, o Galo poderá abrir sete pontos de vantagem em relação à equipe paulista.

Para que isso aconteça, o time comandado pelo técnico Cuca precisará vencer o Fortaleza e torcer por derrota do Palmeiras em casa. No entanto, uma vitória do Flamengo pode não ser tão interessante, já que o Rubro-Negro tem oito pontos a menos, mas duas partidas a mais que o Galo a fazer.

Vencer o Fortaleza neste domingo não será tarefa fácil. A equipe cearense figura no G4 desde o início da competição e tem o segundo melhor desempenho como mandante no torneio, atrás apenas do Palmeiras. O Galo, por sua vez, é o segundo melhor visitante do torneio.

Neste domingo, o Atlético tentará manter a boa sequência de resultados na competição. São 11 jogos de invencibilidade no Campeonato Brasileiro, sendo nove vitórias e dois empates (nos dois últimos jogos, contra Fluminense e Bragantino, ambos fora de casa).

Palmeiras e Flamengo se enfrentam neste domingo, no Allianz Parque,

Globo Esportes

Palmeiras e Flamengo se enfrentam neste domingo, às 16h (de Brasília), no Allianz Parque, em São Paulo, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Após duas semanas seguidas sem jogar, o Verdão vai a campo buscando a vitória para aumentar a diferença para o adversário na competição. Atualmente, a equipe é a vice-líder, com 35 pontos, quatro à frente do Rubro-Negro, que tem dois jogos a menos.

O Palmeiras vai com força máxima para o confronto. O técnico Abel Ferreira não terá nenhum desfalque, com exceção do lateral Jorge, que já chegou machucado ao clube e ainda não estreou.

O Flamengo tem muitos problemas para esta partida, uma lista de oito desfalques, incluindo Gabigol e outros quatro jogadores considerados titulares. A boa notícia para Renato Gaúcho é a presença de Everton Ribeiro, destaque da seleção brasileira nas partidas contra o Chile e Peru.

Grêmio e Ceará se enfrentam em busca do caminho das vitórias no Brasileirão

Isto É

O técnico Luiz Felipe Scolari teve duas semanas para preparar o time do Grêmio para enfrentar o Ceará, neste domingo, em Porto Alegre, em duelo válido pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sem grandes alternativas no elenco, o experiente treinador deverá manter a mesma base da equipe, que está na penúltima colocação, com sérios riscos de rebaixamento.

A maior preocupação de Felipão no período de treinamentos foi no setor defensivo. Só a dupla de zaga, formada por Geromel e Kannemann foi mantida durante todo o período. No meio de campo, Thiago Santos e Villasanti são os preferidos do treinador para cuidarem da marcação.

No ataque, Alisson e Borja possuem a titularidade, enquanto Jhonata Robert, com boas atuações no time de aspirantes, surge como opção para entrar na equipe durante a partida.

O Grêmio faz péssima campanha no Brasileirão, à frente apenas da lanterna Chapecoense. Em 17 partidas disputadas, o time de Felipão soma apenas quatro vitórias, com quatro empates e nove derrotas. O ataque só fez 12 gols, enquanto a defesa foi vazada em 18 oportunidades.

CEARÁ – Há quatro jogos sem vencer na Série A do Campeonato Brasileiro, o Ceará busca iniciar uma nova fase. O time cearense, que está na décima colocação, com 24 pontos, terá a estreia do técnico Tiago Nunes. Ele foi contratado para substituir Guto Ferreira, demitido após a derrota para o América-MG por 2 a 0 na rodada retrasada.

Tiago Nunes estreia em um momento de turbulência. A última vitória do Ceará foi sobre o Fortaleza, no dia 1º de agosto, ainda pela 14ª rodada. Desde então, o time empatou com o Flamengo e Atlético-GO e foi derrotado pelo Corinthians e América-MG.

Além disso, Tiago Nunes tem uma missão: fazer o Ceará vencer a primeira partida fora de casa neste Brasileirão. Em nove jogos como visitante, foram seis empates (Chapecoense, Internacional, Red Bull Bragantino, Fluminense, Cuiabá e Sport) e três derrotas (Santos, Corinthians e América-MG).

“Principal ponto nesse momento é que possamos encontrar um equilíbrio pelo que já vinha sendo desenvolvido pelo Guto Ferreira. E, aos poucos, ir também agregando algumas questões táticas e conceituais importantes para o Ceará ser mais competitivo do que já é. Os atletas têm se empenhado, se dedicado. Uma equipe fisicamente muito forte. Querem absorver o que estamos trazendo, sem perder aquilo que já tinham”, disse o técnico.

BRASILEIRO FEMININO A1: Palmeiras e Corinthians prometem “maior final da história no domingo”

Futebol Interior

Neste domingo, a partir das 21h, no Allianz Parque, Palmeiras e Corinthians dão o pontapé inicial da grande decisão do Campeonato Brasileiro Feminino A1. Além da qualidade técnica das equipes, o elemento rivalidade prometem deixar a final ainda mais emocionante.

O jogo da volta acontece somente no dia 26, às 20h, na Neo Quimifica Arena.

Timão e Verdão demonstraram superioridade ao longo de todo o campeonato Encerraram a primeira fase em primeiro e segundo lugar, respectivamente. Somente um ponto separou os adversários. 38 a 37. Nas quartas de final, o Corinthians bateu o Avaí Kindermann por 10 a 1 no placar agregado. Nas semifinais, derrotou a tradicional Ferroviária duas vezes pelo placar de 3 a 1.

As alviverdes tiveram mais dificuldades nas quartas. No primeiro jogo, perdeu para o Grêmio por 2 a 1, mas aplicou um 4 a 1 em São Paulo e reverteu o placar. Nas semifinais, não teve problemas. Vitória por 1 a o contra o Inter fora de casa e outra goleada em São Paulo: 4 a 1.

Ao longo da fase de pontos corridos com 15 rodadas, as equipes se enfrentaram na sexta. O jogo foi na Neo Química Arena e o equilíbrio prevaleceu. Empate em 1 a 1, Bruna Calderan abriu o placar para o Palmeiras, e Vic Albuquerque marcou para o Timão. Na ocasião, as palestrinas eram líderes da competição.

No que talvez seja a “maior final” da categorias, os técnicos não escondem a empolgação e expectativa para o confronto.

“Não só pela final, mas pelo que o campeonato mostrou, acredito que foi, sim, a maior edição. Tem sido uma crescente importante para o futebol feminino no país, com investimento e organização dos times. Sem dúvida um clássico dessa dimensão numa final engrandece essa disputa, com os dois times de melhores campanhas até aqui, desde a primeira fase. Nada mais justo e merecido” disse Arthur Elias, comandante do Corinthians e que vai para a quinta final seguida do Brasileiro.

“Palmeiras e Corinthians têm uma rivalidade centenária e histórica. Acho também que é a maior edição e também concordo que chegaram as duas melhores equipes. Vamos enfrentar o Corinthians, que tem um projeto mais longo que o Palmeiras. O Palmeiras, depois que reativou o futebol feminino, estamos no segundo ano seguido na elite. Na primeira chegamos na semifinal. Teremos de jogar muita bola, porque o adversário é muito difícil, mas estamos bem preparados”, comentou Ricardo Belli, treinador do Palmeiras.

Árbitra de Jequié apita Juventude e Lusaca no Baiano Feminino, neste domingo (12), no Lomantão

Da Redação

A FBF anunciou a escala de árbitros para os jogos da 4ª rodada do Campeonato Baiano Feminino, que serão realizados neste final de semana.

A partida entre Juventude e Lusaca, que acontece neste domingo (12), às 15 horas, no estádio Lomanto Junior terá a arbitragem Davi Sande Souto (Jequié).

Ele será assistido por Joaldo Serafim dos Anjos (Pau Brasil) e Alcione Silva (Vitória da Conquista). O quarto árbitro será o conquistense Diego do Prado.

O Juventude é o quinto colocação com três Pontos. Já o Lusaca é o quarto com os mesmos números de pontos.

Palmeiras lidera pedido de 17 clubes para derrubar liminar de público em jogos do Flamengo

Globo Esportes

O Palmeiras lidera uma ação conjunta de 17 clubes da Série A no STJD para que a liminar que permite público em jogos do Flamengo seja suspensa ou julgada antes do prazo hoje determinado, que é o dia 23 de setembro.

Além do Flamengo, o Atlético-MG e o Cuiabá não assinam o documento protocolado – o Galo já tem uma liminar para contar com público em seus jogos, mas pretende acompanhar a decisão da maioria.

O objetivo dos clubes é que o STJD reconsidere a decisão que favorece o Flamengo:

Ou revogando imediatamente a liminar;
Ou a suspendendo até o julgamento, marcado para o dia 23.
– Através dessa iniciativa, estamos trabalhando em prol da união dos clubes e da isonomia da competição – afirmou Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras.

Na última quarta-feira, a CBF e 19 clubes da Série A se reuniram e decidiram que os jogos da Série A vão continuar sem público.

Horas antes da reunião, o Flamengo publicou nota oficial afirmando que “não cabe aos clubes ou à CBF” deliberar sobre a presença de público nos estádios. Por isso, o clube não participou da reunião. Nesta semana, a Prefeitura do Rio de Janeiro permitiu o que chamou de “evento-teste” com público em três jogos do time rubro-negro no Maracanã, um deles pelo Brasileirão, contra o Grêmio.

O Atlético-MG seguiu o Flamengo e conseguiu uma liminar no STJD para jogar com torcida. Na reunião, o Galo disse que não pretende utilizá-la caso o clube carioca recue na decisão. Se o Flamengo jogar com torcida, porém, o clube mineiro também usará do direito. A diretoria diz que respeita a decisão da maioria, mas que não deixará que um outro clube (no caso o Flamengo) ganhe vantagem técnica.

Os jogos do Brasileirão ainda não tiveram público em 2021, apesar da liberação das autoridades em algumas cidades. Os clubes, com exceção do Flamengo, acreditam que a volta deve ser ao mesmo tempo para todos. Em São Paulo, por exemplo, o governador João Doria afirmou que só haverá liberação de público nos estádios a partir de 1º de novembro.

Horas antes da reunião, houve constrangimento no grupo de WhatsApp dos presidentes dos clubes da Série A. O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, compartilhou a nota oficial em que explicava os motivos pelos quais não participaria da reunião e foi cobrado por alguns pares.

“É assim que se quer falar em Liga?”, “É com essa postura que se prega união dos clubes?” foram alguns dos comentários de outros presidentes.

Durante a reunião, o Flamengo foi alvo de mais críticas no mesmo sentido, de que a postura de “jogar sozinho” vai contra qualquer tentativa de criação de uma liga.

Buscando fugir do Z-4, Bahia encara o Santos na Vila Belmiro

Galáticos Online

Em duelo direto na luta contra a zona de rebaixamento, o Bahia encara o Santos, na noite deste sábado (11), pela 20° rodada do Campeonato Brasileiro da Série A.

Atual 16° colocado, com 21 pontos, o time baiano vem de uma vitória expressiva diante do Fortaleza, na última rodada, quando venceu a equipe sensação do campeonato por 4 a 2.

Sem o goleiro Matheus Teixeira, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e o atacante Rossi, substituído no duelo nordestino após sentir uma lesão na coxa, o Tricolor do técnico Diego Dabove deve contar com Mateus Claus ou Danilo Fernandes em sua meta – Dênis Júnior corre por fora – e pode ter a presença de Rodallega e Gilberto no ataque.

Santos

Estreando técnico novo, Fábio Carille, a equipe paulista, atual 14° colocada, com 22 pontos, tenta findar a sequência negativa no Brasileirão, onde já não vence há cinco rodadas.

Além do novo comandante, uma das novidades do time santista deve ser o retorno do atacante Marinho, de volta ao time após ficar afastado por 10 partidas, por conta de uma lesão na coxa esquerda.

SÉRIE B: CRB e Goiás lutam pela vice-liderança; Bota defende G4, enquanto Cruzeiro e Ponte jogam contra a degola

Futebol Interior

Quatro jogos encerram a 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro neste sábado. Destaque para o confronto direto entre CRB e Goiás que vale a vice-liderança e uma maior proximidade ao líder Coritiba. Sampaio Corrêa e Operário, enquanto isso, querem voltar a se aproximar do G4 – zona de acesso. Já o Botafogo tentará seguir no G4 e Cruzeiro e Ponte Preta buscarão se afastar da degola.

Em Maceió, às 21 horas, o CRB, dono de 40 pontos, vai encarar o Goiás, responsável por 39 pontos. O Coritiba já jogou e tem 45. O clube alagoano superou o lanterna Confiança, por 2 a 1, e completou 11 jogos sem derrota – seis vitórias e cinco empates. O Goiás, por sua vez, não perde há oito rodadas – quatro triunfos e quatro empates, incluindo o 1 a 1 contra o Cruzeiro na rodada passada. No turno, os goianos venceram por 1 a 0 em Goiânia.

VEM, G4!
Em São Luís, às 16h30, o Sampaio Corrêa receberá o Operário em busca da reabilitação após ter perdido para a Ponte Preta (3 a 2). O clube maranhense acumula 34 pontos, dois a mais do que o Operário, derrotado pelo Vitória por 1 a 0. No turno, os paranaenses levaram a melhor por 1 a 0 em Ponta Grossa.

O sábado ainda terá o Botafogo em campo, às 16h30, contra o Londrina, no Rio de Janeiro. Sem o suspenso Enderson Moreira, o clube carioca defenderá sua posição no G4. Com 38 pontos, o Botafogo, que superou o Remo (1 a 0), vem de três vitórias seguidas e cinco jogos de invencibilidade. A missão do Londrina, por outro lado, é voltar a vencer após três tropeços seguidos e deixar a zona de rebaixamento. Derrotado pelo Coritiba, por 3 a 2, o Londrina parou nos 21 pontos.

Sem perder há nove rodadas, mas vindo de dois empates seguidos, o Cruzeiro terá um confronto de seis pontos diante da Ponte Preta às 11 horas, em Sete Lagoas. Os mineiros somam 26 pontos, um a mais do que os paulistas.

A rodada foi aberta ainda na segunda-feira com a vitória do Avaí, por 3 a 1, sobre o Vasco. Resultado que colocou os catarinenses a um ponto do G4 e derrubou o técnico Lisca. Na terça-feira, feriado de 7 de setembro, o líder Coritiba atropelou o Brusque por 4 a 0 e chegou aos 45 pontos.

SÉRIE B: Remo vira e breca o Vitória no Z4; Vila bate Timbu e respira contra a degola

Futebol Interior

Dois jogos deram continuidade a 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Remo venceu de virada o Vitória e respira na tabela. O Vila Nova fez a lição de casa e venceu o Náutico por 1 a 0, se mantendo vivo na luta contra a degola.

Com gols de Marcos Júnior e Lucas Tocantins, o Remo voltou a vencer na Série B ao bater o Vitória por 2 a 1, de virada no estádio Barradão.

Com o resultado, o Remo respira e sobe para a 11ª colocação, com 30 pontos, abrindo sete da zona de rebaixamento. Além disso, coloca a fim a sequência de três jogos sem vitória na Série B.

O Vitória vivia seu melhor momento na competição. A derrota desta sexta-feira coloca fim a uma invencibilidade de seis jogos. Com o tropeço, o time baiano segue na zona da degola, na 17ª posição, com 23 pontos.

O Vila Nova fez a lição de casa com gol de Clayton e venceu o Náutico por 1 a 0 nesta sexta-feira no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia. Com a vitória, o Vila Nova pula para a 14º posição, com 26 pontos e abre três pontos do Vitória, que está na 17ª posição, na zona de rebaixamento. O time goiano já está há três jogos sem derrota.

O Náutico vê o G4 cada vez mais distante. Na sétima posição, tem 35 pontos, três a menos do que o Botafogo, que joga neste sábado.

Quatro jogos encerram a 23ª rodada neste sábado. Destaque para o confronto direto entre CRB e Goiás que vale a vice-liderança e uma maior proximidade ao líder Coritiba. Será em Maceió, às 21h.

Em São Luís, às 16h30, o Sampaio Corrêa receberá o Operário em busca da reabilitação após ter perdido para a Ponte Preta (3 a 2). O sábado ainda terá o Botafogo em campo, às 16h30, contra o Londrina, no Rio de Janeiro. Sem perder há nove rodadas, mas vindo de dois empates seguidos, o Cruzeiro terá um confronto de seis pontos diante da Ponte Preta às 11 horas, em Sete Lagoas.

A rodada foi aberta ainda na segunda-feira com a vitória do Avaí, por 3 a 1, sobre o Vasco. Resultado que colocou os catarinenses a um ponto do G4 e derrubou o técnico Lisca. Na terça-feira, feriado de 7 de setembro, o líder Coritiba atropelou o Brusque por 4 a 0 e chegou aos 45 pontos.

O Guarani, por sua vez, se manteve na briga pelo acesso ao superar o CSA por 1 a 0. No duelo dos piores colocados, o vice-lanterna Brasil-RS empatou com o Confiança, último colocado, por 1 a 1.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia