WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
pmvc

dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  



drupal counter

:: ‘Notícias’

VELHO “ESTADIOZINHO” DO EDVALDO FLORES: QUEM TE VIU E QUEM TE VÊ

Por Enyl Lemos Historiador

Na década de 40, poucos meses antes dos anos 50, todas as competições esportivas, inclusive da LCDT, eram realizadas no acanhado estádio da rua Salgado Filho e campinho do bairro Gerson Sales, hoje conhecido oficialmente por bairro Brasil, fundo do cine Eldorado. Naquela época o futebol amador da cidade monopolizava os torcedores amantes do esporte rei nas tardes dominicais. Não existiam outras opções de lazer, exceção apenas das matinês nos cinemas, com filmes exibidos com casa cheia.

Dessa foma, alguns desportistas liderados pelo Dr. Mário Seixas, sentindo a necessidade de Vitória da Conquista ter um estádio melhor para a prática do futebol, reivindicaram ao então prefeito Edvaldo Flôres a construção de uma praça esportiva. O pedido foi aceito de imediato pelo Executivo Municipal e pouco tempo depois foi construído o estádio no bairro Alto Maron, inaugurado no crepúsculo do governo de Edvaldo na década de 50. A construção do novo estádio, na época um dos cartões de visita da cidade, deu nova dinâmica ao futebol amador da cidade.

A batalha campal pelas competições oficiais e amistosos intermunicipais e estaduais levava multidões àquela praça esportiva recentemente inaugurada. Com o advento do profissionalismo em Conquista em 67, o futebol amador foi perdendo a motivação, o público se afastando e a decadência chegando, sobretudo porque o estádio já não era o mesmo, parcialmente depredado. :: LEIA MAIS »

Público do jogo entre Vitória da Conquista e Fluminense foi o segundo melhor da rodada

Tribuna da Conquista

A partida entre o Vitória da Conquista e Fluminense, no estádio Lomanto Junior válida pela última rodada da primeira fase do Campeonato Baiano 2009, foi assistida por 5.527 torcedores pagantes. O segundo melhor público da rodada, atrás apenas de Atlético x Vitória que levou 7.498 torcedores ao Antônio Carneiro em Alagoninhas.

A arrecadação total do jogo em Vitória da Conquista foi de R$ 41.831,00. Perdendo novamente apenas para o jogo em Alagoinhas, que teve uma renda bruta de R$ 70.046,00. Descontados os impostos e todas as despesas, a renda do Bode ontem foi de R$ 27.928,21 enquanto que o Carcará levou a maior renda também da 22ª rodada, com R$ 46,896,17.

Arbitragem já definida para as partidas do “Bodinho”

Tribuna da Conquista

Se o time profissional não se classificou para as finais do Campeonato Baiano 2009, não pode ser dito o mesmo do Júnior do Vitória da Conquista. O “Bodinho” classificou em terceiro do grupo C e enfrenta na próxima quarta-feira (15),às 20h, no estádio Lomanto Júnior contra o ABB.

Após sorteio ocorrido na Federação Bahiana de Futebol (FBF) quem apita a partida é Antônio Marcelino Belmonte Vieira da cidade de Ilhéus. Os assistentes, Ocimar Ferreira Rocha e Cláudio Rocha Oliveira vão auxiliar Vieira. Enquanto que Wellington Xavier Santos será o árbitro reserva da partida.

Caso o Junior do Vitória da Conquista consiga ficar entre os três primeiros colocados, o clube vai participar em 2010 do Copa São Paulo de Futebol Junior. Maior competição de juniores do País.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia