WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

abril 2020
D S T Q Q S S
« mar    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  



drupal counter

:: ‘Vale Tudo’

Conquistense participará do 8° Circuito Baiano de Judô

Blog da Resenha Geral

3482P1020797

A judoca conquistense Raine dos Santos competirá no 8º Circuito Baiano de Judô – 8ª etapa, que será realizado nos dias 30 e 31 de outubro, na cidade de Simões Filho. Raine é membro do projeto “Judô da Uesb” no bairro Urbis 6 e é considerada uma das grandes revelações do esporte local.

A judoca, que é treinada pelo sensei Robério Rodrigues Andrade, membro da Universidade e um dos coordenadores do projeto, competirá na categoria sub-13 feminino super-ligeiro. Ela faz parte de um grupo de 300 cursistas que são atendidos pelo rojeto de “Judô da Uesb”, desenvolvido pelo Centro de Extensão e Assuntos Comunitários da Instituição.

outdoor_pq

O conquistense Lucas Guimarães embarca para o Mundial de Judô Sub-21

Por Alexandre Trindade

lucas mundial

O judoca conquistense LUCAS GUIMARÃES embarcou nesta madrugada para os Emirados Árabes onde irá disputar o Mundial de Judô Sub21 em Abu Dhabi, o judoca vai representar o país na competição mais importante do ano para a classe de idade.

Depois de grandes resultados no ano como:

5º COLOCADO CIRCUITO MUNDIAL SUB21 BERLIN ? GER 2015/ Internacional na Alemanha

3º COLOCADO NO CIRCUITO MUNDIAL SUB21 PRAGA CZE-2015/ Internacional na República Tcheca

VICE-CAMPEÃO NO CAMPEONATO PANAMERICANO SUB21/ Internacional na Costa Rica

VICE-CAMPEÃO NO TROFÉU BRASIL INTERCLUBES (SÊNIOR)- 2015/ Nacional em São Paulo

5º COLOCADO NO JUNIOR EUROPEAN JUDO CUP ? 2015/ Internacional na Áustria

VICE-CAMPEÃO NO CAMPEONATO BRASILEIRO SUB 21 – 2015/ Nacional em Recife

VICE-CAMPEÃO NO CAMPEONATO BRASILEIRO ? REGIÃO V 2015/ Regional em Santa Catarina

LUCAS GUIMARÃES que é filho dos professores ACACIO GUIMARÃES E CLAUDIA FRANCO (DO JUDO CLUBE YAMA ARASHI) foi convocado pela Confederação Brasileira de Judô a fazer parte da equipe sub21, que estava reunida no interior de São Paulo desde a semana passada realizando os últimos ajustes antes da competição mais importante do ano para a classe.

O Mundial será disputado de 23 a 27 de outubro no IPIC Arena em Abu Dhabi, sempre com duas categorias de peso por dia e a disputa por equipes encerrando o torneio.

“E como sempre diz o SENSEI ACACIO GUIMARÃES do JUDÔ CLUBE YAMA ARASHI que continue a busca por novas conquistas.”

BANNER_500x100

Judocas conquistenses conseguem feito inédito para a Bahia no Open São Paulo

Por Alexandre Trindade

11064914_690802121021955_6156007278426658464_n

A Federação Paulista Judô e Confederação Brasileira de Judô, em parceria com a Hebraica São Paulo, realizou em 10 de outubro, sábado, no ginásio esportivo do clube o I Open São Paulo de veteranos e de Kata, também o I Open de Judô Para Todos. O evento contou com participantes de São Paulo e de mais sete estados brasileiros: Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Paraná, Maranhão, Minas Gerais, Tocantins e Bahia.

Como destaque os judocas conquistenses ACÁCIO GUIMARÃES E VICTOR RENOIR ( DO JUDÔ CLUBE YAMA ARASHI) sagraram-se vice-campeões no kata modalidade Kodokan Gonshijitsu ,feito inédito para o judô baiano tornando-se a primeira dupla do nordeste a ser premiada em eventos no estado de São Paulo.

O judoca Acácio Guimarães também obteve o vice-campeonato no individual na categoria -60 kg (M4).

Participação do Judô Conquistense em mais uma Etapa do Circuito Baiano

Por Alexandre Trindade

12002103_684630464972454_5680888527250148620_n

Neste próximo fim de semana a Federação Baiana de Judô estará promovendo mais uma Etapa do Circuito Baiano de Judô, a penúltima do circuito 2015 que acontecerá no Centro Pan-americano na cidade de Lauro de Freitas nos dias 25 e 26.

E o judô conquistense mais uma vez terá como representantes os atletas ALEXANDRE TRINDADE e AUGUSTUS CEZAR TRINDADE (atletas do JUDÔ CLUBE YAMA ARASHI).

O atleta ALEXANDRE TRINDADE vem mantendo-se em primeiro lugar do ranking, nessa 7ª Etapa do Circuito Baiano o mesmo almeja manter-se na liderança do ranking na sua categoria meio-pesado (Master).

Atleta da UESB é vice-campeã sul-americana de Jiu-Jitsu

Tribuna da Conquista

jiu-sul

A atleta Ingrid Fahning, estudante do sétimo semestre do curso de Educação Física, tornou-se vice-campeã na categoria faixa azul pluma no Sul-Americano de Jiu-Jitsu 2015, promovido pela Federação Internacional de Jiu-Jitsu Desportivo (FIJJD) em parceria com a Confederação de Jiu-Jitsu do Brasil (CJJB).

O Campeonato foi realizado no último dia 6 de setembro, no Ginásio de Esportes do SESI, em Aracaju, Sergipe.

Desde setembro de 2011, a estudante é instrutora de jiu-jitsu no projeto de extensão “Uesb em Movimento”, desenvolvido pela Pró–Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (Proex), e bolsista do sub-projeto de Educação Física do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid).

“O Campeonato Sul Americano foi mais um grande desafio para a temporada de competições 2015. Gostaria de agradecer a todos pelo apoio e torcida que, com toda certeza, me ajudaram a seguir com muita determinação para a competição. Agora vou continuar os trabalhos e me preparar ainda mais para o Campeonato Pan-Americano de Jiu-Jitsu 2015, que será realizado no dia 15 de novembro em Recife, Pernambuco”, afirma Fahning.

unimarc-modelo-4

Minotauro anuncia aposentadoria e aceita cargo de embaixador do UFC

Globo Esportes

minotauro_1

Rodrigo Minotauro anunciou, nesta terça-feira, a sua aposentadoria do MMA, em coletiva de imprensa realizada pelo Ultimate na Zona Sul do Rio de Janeiro. Ex-campeão do Pride e do UFC, o brasileiro agora assume a função de Embaixador de Relacionamento com Atletas do UFC Brasil. Em seu novo cargo, segundo comunicado da organização, Minotauro “vai participar de diversas iniciativas pelas regiões do Brasil. Ele será a ligação da organização entre atletas, patrocinadores, mídias e órgãos governamentais (…) e irá auxiliar o UFC a manter o mais alto padrão dos lutadores e, ao mesmo tempo, atuar como um mentor no desenvolvimento de jovens atletas”.

– Para mim é um grande prazer e uma honra continuar meus laços com o UFC. Sempre tive a paixão de acompanhar o desenvolvimento de novos atletas e é isso que desejo continuar fazendo. Quero ajudar a disseminar o MMA por todo o mundo e dar minha contribuição para o surgimento e desenvolvimento de jovens talentos. Agradeço a confiança que Dana White e que Lorenzo e Frank Fertitta estão depositando em mim, e creio que, com muito trabalho, vamos alcançar grandes resultados juntos. Eu sei que posso, e vou, contribuir muito para o crescimento do nosso esporte. É um momento bem importante da minha carreira. Há pouco mais de três meses, quando o Giovani Decker assumiu o UFC (no Brasil), a gente passou a ter mais contato e recebi ligações constantes e mensagens do atual presidente e percebi uma grande preocupação do UFC, dessa relação do atleta com a empresa. Um time de futebol, fazendo uma analogia, não seria o que é se não fossem os jogadores.

Esse reconhecimento do presidente da importância dos atletas foi muito importante para mim. Me fez criar a vontade de continuar o trabalho com ele, ajudando os atletas novos, estruturando a descoberta de novos talentos, mas ajudando os garotos que estão chegando no UFC. Tanto na parte técnica quanto no olho, essa foi uma conversa do Dana White comigo na minha última luta, do Lorenzo também. Agradeço a confiança dessas pessoas que são donas do maior evento da história do nosso esporte. Assisti aquela primeira luta do Royce Gracie. Fiquei abismado ao ver aquilo, o mundo do UFC em 1993. Me tornei um lutador profissional por causa do UFC, então para mim é uma honra estar passando para o outro lado e poder estar apoiando o Dana White, Joe Silva, e outros nomes. Além da parte social, que acho muito importante, fazemos desde 2008. Fico feliz com a presença de vocês, de estarem aqui mostrando para o mundo esse dia super importante na minha carreira. – afirmou Minotauro.

A lenda de Rodrigo Minotauro conta que sua trajetória em lutas dramáticas começou ainda aos 11 anos de idade, e o adversário foi um caminhão. Literalmente: foi atropelado por um caminhão de 6.000kg. Ele, os irmãos e os amigos brincavam na rua em Vitória da Conquista-BA e subiram na caçamba de um caminhão parado na calçada. Quando o motorista deu a partida, todos saltaram pela lateral; Rodrigo foi o único a saltar pelo fundo, e caiu de costas no chão. Sem perceber o menino, o motorista deu ré, e o caminhão passou por cima de seu corpo. Rodrigo foi levado às pressas para o hospital, onde passou por uma cirurgia inovadora: o músculo das costas foi emendado ao diafragma, para que ele continuasse a respirar sem impedimentos. Ele ainda passaria por mais 11 meses de cirurgias e reabilitação até se recuperar completamente. A larga cicatriz nas suas costas se tornou a forma mais “certeira” de distingui-lo de seu irmão gêmeo, o também lutador Rogério Minotouro. (Os dois reencontrariam o motorista do caminhão 25 anos depois, em matéria do Esporte Espetacular).

unimarc-modelo-4

Minotauro participa de seminário sobre MMA em Salvador

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

O lutador Rodrigo Minotauro vai participar do seminário Champs Of Life, em Salvador.

O encontro vai acontecer na Academia Champion, localizada no bairro da Cidade Nova, no dia 05 de setembro, às 10h.

Minotauro vai falar sobre jiu-jitsu. Além do atleta do UFC, o treinador Luiz Carlos Dórea vai apresentar uma palestra sobre boxe.

O ingresso para participar do seminário custa R$ 100 e pode ser adquirido nos Balcões de Ingressos Shopping da Bahia, Salvador, Salvador Norte, Paralela e Bela Vista. Toda renda será destinada para um projeto social.

unimarc-modelo-4

Minotauro mostra raça, resiste os três rounds, mas perde para Struve no Rio

Globo Esportes

72

Não foi desta vez que Rodrigo Minotauro voltou a vencer. Aos 39 anos, ele foi superado por Stefan Struve, 12 anos mais novo, na madrugada deste sábado para domingo, no card principal do UFC 190, na Arena da Barra. A vitória do holandês foi por decisão unânime (triplo 30-27), mas o brasileiro caiu de pé ao mostrar resistência para aguentar os golpes do rival por todo o combate. Após o duelo, Struve levantou Minotauro e mostrou respeito pelo atleta na entrevista no octógono.

– Sei que vocês queriam que seu ídolo vencesse hoje. Mas eu não poderia deixar que isso acontecesse. Eu respeito ele tanto quanto vocês. Ele não é normal, acertei tudo e ele não caiu, passei mal, vomitei três horas antes da luta, estava desidratado então meu preparo não estava bom. E ele é incrível, lutei com um cara incrível. É sensacional poder lutar com seu herói – afirmou.

Esta foi a terceira derrota seguida de Minotauro e a décima na carreira, que também conta com 34 vitórias, um empate e um “No Contest” (luta sem resultado). Já o holandês se recuperou após perder seus últimos dois compromissos e agora possui cartel de 26 triunfos e sete reveses.

outdoor_pq

Em revanche no UFC Rio, Shogun vence Minotouro pela segunda vez

Combate

101_1

Dez anos depois, Maurício “Shogun” Rua e Antônio Rogério “Minotouro” Nogueira se reencontraram, e o resultado foi o mesmo da primeira luta entre os dois: vitória do curitibano Shogun por decisão unânime (triplo 29-28), neste sábado, na Arena da Barra. O coevento principal do UFC Rio 7 (UFC 190) não teve o mesmo ritmo do combate de 26 de junho de 2005, válido pela segunda rodada do GP peso-médio do Pride e considerado um dos melhores da história do MMA, mas empolgou o público com grandes momentos para ambos os lados. A torcida, contudo, vaiou a decisão a favor de Shogun; em sua maioria, a plateia apoiava Minotouro, que treina a poucos quilômetros de distância do ginásio, no Recreio dos Bandeirantes, bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Disposto a obter o mesmo resultado da primeira luta, Maurício Shogun tomou o centro do octógono e tentou ditar o ritmo da luta. Ele acertou bom chute no corpo e um direto de direita, mas Rogério Minotouro estava rápido na esquiva. O baiano mostrou seu bom boxe em linha e conectou um bom cruzado de direita. Os dois iam se igualando nos golpes de mão, e Shogun passou a investir nos chutes: soltou um alto, defendido por pouco por Minotouro, e encaixou um forte na linha de cintura. Minotouro respondeu e balançou Shogun com um direto de esquerda, que pegou no “pé da orelha”. Ao ver que o rival sentiu, o baiano partiu para cima, encaixando uppers e cruzados. Shogun se apoiou na grade, levou uma joelhada, mas nunca parou de “trocar chumbo”. A luta franca e corajosa levantou o público.

– Senti o golpe, realmente, fiquei muito grogue. Consegui me recuperar e vencer. Sabia que o Minotouro é um cara duro e viria preparado, mas consegui a vitória – disse Shogun após a luta.

Levando um atraso em pé, Shogun surpreendeu e buscou a queda. Com um single leg, derrubou Minotouro e avançou à meia-guarda, onde foi moendo o baiano faixa-preta de jiu-jítsu. Rogério Nogueira conseguiu se defender e se recolocar em pé, onde voltou a soltar os cruzados e diretos. Shogun travou o combate trabalhando no clinche. O árbitro Mário Yamasaki separou os dois, e Maurício Rua conectou fortes chutes na linha de cintura, além de um bom cruzado de esquerda.

Minotouro voltou a andar para frente no terceiro e último round, soltando o jab de direita e o cruzado de esquerda. Shogun respondeu com mais um forte chute à meia altura e, engolindo muitos jabs, buscou a queda e travou a luta no clinche. Minotouro se desvencilhou, ignorou novo chute sofrido na cintura e foi encaixando seus jabs e diretos. Shogun conseguiu um bom cruzado de direita e voltou a tentar o single leg, sem sucesso. Na segunda metade do round, o baiano diminuiu o ritmo, e o ex-campeão peso-meio-pesado do UFC passou a acertar mais golpes no boxe. Ele conectou mais um chute à meia altura e Minotouro voltou a atacar. Shogun buscou novamente o clinche e o baiano puxou para a guilhotina. Ele apertou com força, mas o curitibano livrou o pescoço com 22s restando. Shogun encerrou a luta com cotoveladas na cabeça.

Foi a primeira vitória de Maurício Shogun desde 2013, após duas derrotas seguidas. O brasileiro passa a somar 23 vitórias e 10 derrotas. Minotouro sofreu sua sétima derrota, contra 21 triunfos.

– Venci um round por dois pontos. No segundo round ele venceu sim por um ponto. Eu acho que venci por um ponto. Na guilhotina do terceiro round ele já estava roncando – analisou Minotouro.

Shogun e Minotouro reeditam luta histórica do Pride no UFC 190

Ig Esportes

e9y4eaw5k62y78zgdd4rlaml4

Além do esperado confronto entre Ronda Rousey e Bethe Correia, o UFC 190 terá lutas de verdadeiras lendas do esporte, como Maurício Rua Shogun x Rogério Minotouro e Stefan Struve x Minotauro. Os duelos acontecem na noite deste sábado (1º), na HSBC Arena, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Shogun vem de duas derrotas no UFC, um nocaute para o norte-americano Dan Henderson e outro nocaute para o haitiano Ovince St. Preux. Em quase 13 anos de carreira no MMA, o curitibano de 33 anos possui um cartel com 22 vitórias e dez derrotas. Em 2010, chegou a ser dono do cinturão do dos meio-pesados, mas perdeu no ano seguinte para Jon Jones.

Mesmo sem vencer há um ano e meio, o brasileiro disse ao site do UFC que sua preparação foi boa e que seu único objetivo é voltar ao caminho das vitórias.

Mais experiente, Rogério Minotouro também não se saiu bem na sua última apresentação no Ultimate Fighting Championship. Ao enfrentar o norte-americano Anthony Johnson, em julho de 2014, o atleta de 39 anos sofreu um nocaute por socos. Com 14 anos de carreia no MMA, o baiano venceu 21 lutas e foi superado em seis.

Um ano depois do último duelo ele voltará ao octógono, mas pela primeira vez terá a torcida brasileira ao seu lado.

Outra grande luta da noite será entre o holandês Stefan ‘Skyscraper’ Struve e o brasileiro Rodrigo Minotauro. Longe do octógono desde abril de 2014, o baiano de 39 anos vem de dois reveses. Em 2013, foi finalizado pelo compatriota Fabricio Werdum, com uma chave de braço. Já no ano seguinte, acabou nocauteado no primeiro round pelo norte-americano Roy Nelson. No MMA desde 1999, Minotauro possui um cartel com 34 vitórias, nove derrotas, um empate e uma desistência. Em 2008, conquistou o cinturão interino dos pesados, mas dez meses depois foi superado pelo norte-americano Frank Mir e passou o ‘prêmio’.

468x60_simonassi127

Exclusivo: Shogun focado em Minotouro para depois tentar resgatar cinturão. Ele não descarta um dia baixar de peso

Globo Esportes

mauricioshogun1

Para muita gente, a vitória de raspão de Maurício Shogun contra Rodrigo Minotouro no Pride foi o combate mais épico de todos. O confronto travado no Japão há 10 anos será reeditado no próximo dia 1 de agosto, no Rio de Janeiro, pelo UFC 190.

Em entrevista exclusiva , Shogun não esconde a animação para o que ele promete ser mais um duelo “histórico”. Vindo de duas derrotas, o curitibano bom de muay thai se diz “livre” de qualquer pressão pela vitória e garante que ainda tem muitos anos de carreira pela frente.

A meta de Shogun é recuperar o cinturão que era dele anos atrás e um dia, quem sabe, travar uma revanche contra Jon Jones, o ex-campeão que acabou suspenso por se meter em encrencas fora do octógono. Shogun também não descarta migrar de meio-pesado (93kg) para peso-médio (84kg).

Leia abaixo: :: LEIA MAIS »

Atleta conquistense é aplaudido em evento em Santa Catarina

A Hora da Puta

IMG-20150718-WA0077[1]

O atleta da equipe FIT MONSTER do Mestre Cesar Profeta. fez sua segunda luta de MMA profissional e deu um show, o lutador Jair Farias com seu muay-thay refinado acabou com a luta no primeiro round exatamente á 1 minuto e 9 segundos.

O atleta da FIT MONSTER caiu nas graças do público da cidade de São João Batista-SC
o evento corujão fight reuniu vários atletas com cards invicto e nosso atleta mostrou a força do baiano.

 A equipe FIT MONSTER é liderada pelo general o mestre Cesar Profeta pessoa extraordinária lutador renomado no Brasil e exterior.

a academia FIT MONSTER se encontra em ótima localização e com professores de ponta

pmvc




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia