WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte





vitoria da sorte

julho 2020
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  



drupal counter


CBF confirma datas da Copa do Brasil, Brasileirão e Feminino A1

Bahia Notícias

A Copa do Brasil e o futebol feminino A1 também já possuem data para serem retomados. Além de anunciar o retorno da Série C em agosto (leia mais), Rogério Caboclo, presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), declarou que 26 de agosto será a data de retorno dos jogos.

Em entrevista para o jornal O Globo, o dirigente da entidade máxima do futebol nacional falou sobre a organização do calendário para o retorno dos jogos e definição da volta da Copa do Brasil e da elite do Brasileirão feminino para o fim do próximo mês.

Segundo Rogério Caboclo, definir a volta da Série A2, além da Série D, exige “um operacional mais complexo”. “As equipes precisam de maior reestruturação para voltar e também uma logística maior”, declarou o presidente da CBF.

Ele ainda reforçou que a segurança sanitária para os integrantes dos clubes foi pensada com um projeto robusto e que o futebol vai trabalhar favorecer que o retorno das atividades no país.

Presidente da CBF confirma datas de início do Campeonato Brasileiro

Super Esportes

O Campeonato Brasileiro já tem data para começar. De acordo com o presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Rogério Caboclo, a Série A terá início em 9 de agosto. Já a Série B vai ser iniciada um dia antes, em 8 de agosto.

Em entrevista ao jornal O GLOBO, Caboclo afirmou que as datas serão mantidas, mesmo que as equipes tenham que jogar fora de suas cidades.

“Posso afirmar, a partir da confirmação dos clubes, que sim (começa em 9 de agosto). Se estão dispostos a jogar onde o futebol estiver autorizado, quero crer que nessa data teremos cidades suficientes para acomodar os jogos, considerando que não teremos torcida presente. Mas em momento algum foi cogitada concentração em uma cidade específica”, disse Caboclo, completando.

“Na Série A, houve um voto dissidente sobre o mando, mas nenhuma dúvida se a competição vai começar ou não dia 9 de agosto. Brasileirão é algo definido e determinado. A Série B inicia no dia 8, na véspera. Definimos com a Série C que ela recomeçará na mesma data da B. A Copa do Brasil volta em 26 de agosto. A Série A1 do Feminino, também. O Brasileiro Sub-20, dia 23 de setembro”.

Apesar das decisões, alguns campeonatos seguem com indefinição. A Série D e o Brasileiro A-2 Feminino ainda não têm datas para jogos. Caboclo explicou que a operação para essas competições é um pouco mais complicada.

“Demandam um operacional um pouco mais complexo. As equipes precisam de maior reestruturação para voltar e também uma logística maior. A Série D tem 68 participantes do Brasil inteiro. São 61 cidades envolvidas. Esses clubes não têm a mesma flexibilidade para jogar em outras praças. A A2 feminina não é diferente. Mas são calendários mais curtos, o que permite planejar com mais tranquilidade. Há uma malha aérea diminuta, hotéis fechados. Mas a CBF assumiu a responsabilidade de reabrir hotéis, colocar aviões no céu e fazer o futebol voltar”.

Caboclo afirmou que a preocupação em iniciar os campeonatos na segunda semana de agosto existe em função do calendário dos próximos anos. O presidente da CBF afirmou que pretende encerrar o Campeonato Brasileiro de 2021 em dezembro do próximo ano. Ele explicou como funcionaria toda essa operação.

“A gente trabalha não apenas com o calendário de 2020. O calendário de 2020 já está bem traçado para a CBF. Vai invadir janeiro, fevereiro, pode chegar a meados do mês. Mas temos algumas premissas que vão além. Muita gente não leva em consideração. Nosso horizonte é a Copa do Mundo de 2022, marcada para começar em novembro. Obriga o nosso calendário a terminar pelo menos um mês antes, em outubro de 2022. Temos que encerrar 2020 na segunda quinzena de fevereiro, iniciar os estaduais na última semana do mesmo mês, o Brasileiro no final de maio de 2021. Devemos terminar a temporada de 2021 como o usual, na primeira semana de dezembro, retomando o calendário tradicional, com férias, pré-temporada. Em 2022, a temporada terá conclusão precipitada. Vai ser um exercício bem difícil”, concluiu.

MyCujoo vai reembolsar torcedores do Flamengo

Terra

Os torcedores do Flamengo que pagaram para assistir a semifinal da Taça Rio contra o Volta Redonda, neste domingo, na plataforma do MyCujoo, poderão pedir reembolso do valor (R$ 10). A empresa disponibilizou um espaço para os rubro-negros solicitarem a devolução do dinheiro.

O Flamengo tinha definido que a transmissão seria realizada no MyCujoo e que os torcedores não-sócios teriam que pagar o valor de R$ 10. Entretanto, muitos torcedores relataram enfrentar dificuldades para adquirir o “ingresso” e entrar na plataforma e, com isso, o jogo foi exibido na FlaTV, de graça.

A plataforma de streaming alegou que sofreu problemas desde cedo com a imensa quantidade de acessos e tentativas de pagamento. Porém, a empresa não conseguiu resolver os problemas e o Flamengo definiu de última hora que iria transmitir a partida em seu canal, no YouTube.

– Estamos em fase de testes e procurando conhecer bem esse mercado de streaming, agora através de pagamento para a transmissão… Só que o sucesso foi tão grande que acabou criando um gargalo no processo de pagamento da plataforma, e não se conseguiu finalizar o processo. Mesmo assim, tivemos cerca de 5 mil pessoas no exterior (fora do país, pagando 8 dólares) e, aqui no Brasil, como houve um fluxo muito grande perto da hora do jogo, não se conseguiu ter capacidade de processamento o suficiente, mas 100 mil pessoas ainda conseguiram acompanhar na plataforma (MyCujoo). Devido a centenas de milhares de pessoas que não conseguiram ter acesso, entendemos que seria importante liberar o sinal para todo mundo – explicou o presidente Rodolfo Landim após a partida.

Jorge Jesus sobre Fla x Flu na decisão: ‘Não há favorito em finais’

Uol

Classificado para a final da Taça Rio após vencer o Volta Redonda hoje (5), por 2 a 0, no Maracanã, o técnico do Flamengo, Jorge Jesus, pregou respeito ao Fluminense, adversário da decisão após empatar com o Botafogo no Nilton Santos no mesmo horário.

Na avaliação do treinador português, não há favoritos em duelos nesta situação. “Trataremos com muito respeito como fazemos com todos os adversários. Temos humildade para reconhecer a história e o valor do Fluminense. Antes do jogo o Flamengo tem estado melhor, mas numa final tudo pode acontecer. Não há favorito em finais. Portanto, queremos que seja um grande jogo e digno da rivalidade entre Fluminense e Flamengo”, declarou à Fla TV.

Para Jesus, o Flamengo poderia ter aplicado uma goleada sobre o Volta Redonda hoje: “Tivemos dois gols, porém mais uma vez podíamos ter feito quatro ou cinco”.

Em todo caso, o treinador ficou satisfeito com o desempenho da equipe no Maracanã: “De qualquer maneira a equipe foi muito equilibrada, sólida e mais uma vez não sofreu gols. Cada vez essa equipe está melhor”.

A final da Taça Rio de acontecerá na próxima quarta-feira (8). O sorteio do mando de campo será hoje (6, às 10h.

Odair vê evolução do Fluminense, mas considera Flamengo ‘muito mais preparado’

MSN

O empate sem gols com o Botafogo neste domingo garantiu o Fluminense na final da Taça Rio, mas manteve o jejum do time desde a retomada do futebol após a paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus.

Além de ter somado dois empates e uma derrota, o Fluminense também não marcou nenhum gol nessa volta. Mesmo assim, o técnico Odair Hellmann acredita que o time está mostrando evolução de um jogo para o outro.

“Evoluímos do primeiro para o segundo e do segundo para o terceiro. Hoje fizemos o melhor jogo dos três. Foi um jogo consistente, tomamos poucos contra-ataques. Nossas avaliações foram boas”, analisou o treinador.

Na final da Taça Rio, marcada para quarta-feira, às 21h30, no Maracanã, o Fluminense vai ter pela frente o Flamengo, que pode se sagrar campeão carioca. Para Hellmann, o adversário está “muito mais preparado”.

“Os momentos são diferentes. O adversário chega muito mais preparado em todos os aspectos, fisicamente também. Mas tentaremos manter nossa organização, uma estrutura consistente e fazer nosso jogo, para conseguirmos esse título”, afirmou Hellmann.

Diferente das semifinais, o dono da melhor campanha não tem a vantagem do empate. Por isso, em caso de igualdade no tempo normal, a decisão vai para os pênaltis.

Autuori, do Botafogo, chama Estadual de “Carioquinha”, diz que torneio voltou de forma “açodada”, e alfineta Flamengo

Globo Esportes

O Botafogo tentou até o fim, mas não conseguiu derrotar o Fluminense e foi eliminado da Taça Rio após o empate sem gols com o Fluminense. Melhor em alguns momentos do clássico, o clube de General Severiano não conseguiu transformar as chances em gols e perdeu fôlego na reta final. Paulo Autuori fez críticas ao retorno do Carioca que considerou precoce em função da pandemia, e afirmou que o momento é de construir uma base sólida para colher frutos no futuro.

– É uma lógica de um treinador que tem de pensar em tudo. Um olho no agora, outro no futuro. Cheguei há pouco tempo, o campeonato parou. Eu nem ia fazer substituição hoje. Preciso fazer com que essa equipe jogue e ganhe organização. Sabe por quê? O campeonato vai parar um mês. Vamos fazer amistoso com quem? Estamos solidificando coisas, isso é um processo. Não tenho o menor problema em entender que deve ser assim, solidificar aqui para que consiga construir algo consciente e consistente. Logicamente todo mundo quer ganhar. O Carioquinha, nós de alguma maneira fizemos o que tínhamos de fazer. Foi a única competição que voltou de forma açodada. Em alguns jogos se cumpre o famigerado protocolo exemplar da Ferj, outros não, já viu o que aconteceu com o Fluminense em Bacaxá.

Ele aproveitou para deixar claro que pretende ter reforços para o Brasileiro, apesar de saber das limitações financeiras do clube. Quer buscar “oportunidades de negócio”. O resultado no Carioca, para Autuori, “não é parâmetro para nada”.

– Logicamente ainda virão jogadores para o Brasileiro, o clube não tem condições de investir em jogadores da maturidade competitiva de 23 e 28 anos, então tem de estar atrás de oportunidade de negócio. Senão vou ter me de lembrar de alguns anos atrás quando clubes passaram sufoco até o final no Brasileiro ou até mudaram de divisão depois de ganhar o Carioca. Não é parâmetro para nada o Campeonato Carioca. Não vou trocar a chance de construir algo consistente e consciente por uma situação que pode não levar a nada. Muitas vezes você ganha e tem muitas dúvidas no dia seguinte. O que a gente não quer é ter dúvida no dia seguinte.

Sobre Honda, Autuori foi só elogios. Afirmou que “joga simples” e faz o Botafogo jogar:
– É um cara que joga e faz a equipe jogar, ninguém está em suas melhores condições, mas ele joga muito simples, quantas bolas ele achou ali com passes claros, faz o time jogar, cadencia, tem passe curto, tem passe longo, dificilmente perde uma bola. Essa ideia de que traz o cara e vai arrebentar do primeiro dia até o último é utopia, é fantasia melhor dizendo. Está clara a qualidade que ele tem e tem uma coisa fundamental que é jogar e fazer o time jogar. Tem jogadores que jogam e não fazem a equipe fluir. Ele faz a equipe fluir.

Torcedores e conselheiros da dupla Ba-Vi projetam futuro do futebol baiano

Atarde

Com o retorno cada vez mais próximo, as principais equipes do futebol baiano já começaram a se mobilizar nas últimas semanas, visando a retomada da temporada 2020. Em meio a inúmeras incertezas, algumas coisas já são bastante definidas e quase padronizadas, não somente no estado, mas no Brasil e também em todo mundo.

Mesmo com exercícios regulares durante quase todo o isolamento social, muitos jogadores deverão sentir a falta de ritmo causada por conta do longo período sem entrar em campo para uma partida de futebol. A última vez que os atletas de Bahia e Vitória correram por 90 minutos foram nos dias 14 e 15 de março, contra América-RN e River-PI, respectivamente, pela Copa do Nordeste.

“Talvez os aspectos físicos dos atletas possam trazer algum prejuízo técnico ao desempenho dentro dos jogos. O trabalho de preparação física visando a retomada dos atletas ao ritmo normal de competições, certamente fará diferença no momento em que o futebol retorne com suas atividades. O Bahia já retomou seus treinos físicos visando uma preparação adequada para seu elenco de atletas”, avaliou o membro do conselho deliberativo do Esquadrão, Jonatha Gois.

Ainda com um cenário pouco favorável à realização de qualquer atividade que envolva uma possível aglomeração, o martelo já foi batido pelas entidades esportivas quanto a realização das partidas com ‘público zero’. Sem seu décimo segundo jogador, os times irão precisar buscarem incentivos de outras formas quando a bola estiver rolando nos gramados baianos.

“O apoio da torcida do Vitória, como o de qualquer time, é fundamental para energizar quando o time estiver em campo. As vezes o time está apático e a massa rubro-negra funciona como o 12° jogador, empurrando o time no Barradão. Isso gera uma motivação a mais para os jogadores. Então eu acho que a ausência da torcida vai impactar bastante”, ponderou o rubro-negro Felipe Paz.

Torcedora fanática do Esporte Clube Bahia, Mytra Eduarda é daquelas que não perde quase nenhum jogo do Tricolor na Fonte Nova. Segundo ela, a ausência dos adeptos durante as partidas poderá fazer toda a diferença para os clubes. :: LEIA MAIS »

CBF define data de início do Brasileirão e do retorno da Copa do Brasil

IG Esportes

Além de tratar como “definida e determinada” a data de 9 de agosto para o início da Série A do Brasileirão, a CBF foi além e já decidiu quanto retornam outras competições nacionais . Segundo o presidente da entidade, Rogério Caboclo, a Copa do Brasil será retomada em 26 de agosto.

Na mesma data, a bola rola para a Série A1 do Brasileirão feminino. No masculino, as Séries B e C começarão na mesma data: em 8 de agosto. A previsão para a segunda divisão já tinha sido dada pela entidade ao lado da Série A. A preparação para organização do futebol nacionalmente ainda envolve uma competição de base: o Brasileirão Sub-20, cuja abertura será em 23 de setembro.

“Nosso planejamento vem desde o início da pandemia. Tínhamos planejado semana a semana qual seria o cenário. Discutimos diariamente isso. Decidimos a Série A numa reunião que durou quatro horas. A Série B inicia na véspera, dia 8. Definimos que a Série C também. Foi uma reivindicação feita por eles. A Copa do Brasil fica no dia 26”, disse ao Globo o presidente da CBF , Rogério Caboclo.

A Copa do Brasil foi paralisada durante a terceira fase. Todos os jogos de ida já aconteceram. O Vasco, por exemplo, perdeu em casa para o Goiás, por 1 a 0. O Fluminense perdeu para o Figueirense, fora de casa, pelo mesmo placar. O 1 a 0 se repetiu na vitória do Botafogo contra o Paraná, no Nilton Santos.

Em relação às Série D e A2 do feminino, a CBF vai aguardar mais um pouco antes de definir datas.

No caso da Série A, a CBF conseguiu apoio de 19 dos 20 clubes para realizar partidas fora dos locais de mandos de cada um. O único voto contra foi do Athletico.

Gauchão tem chance de voltar já no final de julho, diz Governo do Estado

Terra

Depois de relatório sobre a situação da pandemia no estado do Rio Grande do Sul, o Governo Estadual falou, em nota, sobre o protocolo estabelecido pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF) para a retomada do Campeonato. A situação ainda está sendo discutida, mas o comunicado admite que a competição pode voltar entre o fim de julho e o começo de agosto.

A FGF apontava 26 julho como uma data limite para o retorno do Gauchão. Segundo a entidade, depois disso “iria complicar bastante”. Em entrevista à Rádio Gaúcha, Luciano Hocsman, presidente da Federação, disse que a fase classificatória do estadual precisa ser finalizada antes do começo do Brasileirão, marcado para o dia 9 de agosto pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Contudo, neste último relatório sobre a situação da pandemia de coronavírus, todas as cidades indicadas pela FGF para a realização do restante do Estadual estão com bandeira vermelha (o nível mais crítico), ou seja, com alto risco de contaminação.

Confira na íntegra a nota do Governo do Estado do Rio Grande do Sul:

“Sobre o retorno do Campeonato Gaúcho, o Governo do Estado do Rio Grande do Sul informa que segue avaliando o protocolo encaminhado pela Federação Gaúcha de Futebol. No momento, o Comitê Científico está concluindo uma análise sobre a volta dos treinos com contato físico. A estimativa é que a conclusão aponte que o retorno do campeonato possa ocorrer entre o final de julho ou começo de agosto. A liberação dos treinos ocorreria antes.

Segundo o modelo de Distanciamento Controlado, atualizado hoje (3), das seis cidades indicadas para a realização dos jogos, todas estão em bandeira vermelha. Esse fato, somado ao período que, historicamente, ocorre o pico da demanda de internações por síndromes respiratórias nos hospitais causa preocupação nas autoridades. Por esse motivo, o governo considera os próximos dias como cruciais para conter a transmissão do vírus. Na prática esportiva, a orientação não é diferente”.

Adversário do Fla, V. Redonda vira aliado entre times de menos investimento.

Uol

Líder do Grupo A, o Flamengo tem como adversário na semifinal da Taça Rio hoje (3), às 16h, no Maracanã, o Volta Redonda, segundo colocado no Grupo B e que, fora de campo, se tornou o principal aliado entre os clubes de menor investimento.

À frente na luta pela volta do futebol em meio a pandemia do coronavírus, o Rubro-negro contou com a ajuda política da agremiação do interior do Estado nos ferrenhos debates ocorridos nos arbitrais promovidos pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj).

Em algumas ocasiões, o presidente do Voltaço, Flávio Horta, chegou a peitar Botafogo e Fluminense, dupla que foi radicalmente contra o retorno das atividades e tem atuado no Estadual sob forma de protesto.

O estreitamento entre as diretorias também se estendeu na polêmica envolvendo os direitos de transmissão. Após o Rubro-negro “declarar guerra” à Globo e levar a melhor – tendo autorização jurídica para transmitir exclusivamente a partida contra o Boavista – o Volta Redonda cogitou fazer o mesmo no duelo da última quinta-feira (2) contra o Resende no Maracanã.

Na ocasião, o Voltaço consultou o Flamengo em relação à estrutura para a exibição do jogo e chegou a fazer um acordo para utilizar a produtora que a Fla TV trabalha com um preço acessível, mas com menos recursos.

De última hora, porém, a “Voltaço TV” decidiu por apenas enviar uma equipe para realizar a transmissão no estádio, mas sem as imagens do jogo, somente com a narração, os comentários e as entrevistas pré e pós-partida.

Com a definição do enfrentamento na semifinal, as diretorias agora conversam para que o Volta Redonda também obtenha algum tipo de receita no duelo, já que o Flamengo é o mandante e fará uma transmissão exclusiva em uma plataforma privada mediante ao pagamento de R$ 10 a quem não for sócio.

Torcedores alemães talvez voltem aos estádios em setembro

MSN

Autoridades do futebol alemão estão cooperando com o Ministério da Saúde para permitir aos torcedores voltarem a assistir às partidas da Bundesliga, após a pausa forçada pelo coronavírus. Como declarou o diretor da Liga Alemã de Futebol (DFL), Christian Seifert, na edição deste domingo (05/07) do jornal Frankfurter Allgemeine Zeitung, “estabelecer operações normais será o próximo grande desafio”.

Aglomerações de massa permanecem proibidas no país até pelo menos 31 de outubro, a menos que cada participante do evento possa ser rastreado. Com a próxima temporada do torneio marcada para meados de setembro, Seifert afirma que as possíveis diretrizes estão sendo estudadas tomando esse fato como ponto de partida.

“Não importa se você coloque 200 pessoas num teatro, ou 5 mil no estádio de Dortmund, é sempre preciso encontrar soluções individuais, baseadas na infraestrutura, e possivelmente na situação epidemiológica da área, também”, explicou o porta-voz do presidente da DFL, acrescentando: “Vamos ter que aprender a incorporar incerteza em nossas considerações. Temos simplesmente parar de nos sentir inseguros, senão vai ficar difícil na Alemanha.”

O futebol profissional alemão foi colocado em compasso de espera em meados de março, quando a pandemia de covid-19 começou a atravessar a Europa. Dois meses mais tarde, a temporada esportiva foi retomada, embora sem torcedores nas arquibancadas.

Botafogo e Fluminense decidem vaga com transmissão da Globo

Globo Esportes

Aliados na posição contrária ao retorno do futebol carioca em meio à pandemia do novo coronavírus, Botafogo e Fluminense medem forças dentro de campo neste domingo, às 16h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, pela semifinal da Taça Rio.

Enquanto a equipe tricolor terminou a fase de grupos na liderança do Grupo B, com 10 pontos, a alvinegra fechou em segundo do Grupo A, com oito. Quem avançar à decisão, irá enfrentar Flamengo ou Volta Redonda, que decidem a outra semifinal, no mesmo dia e horário, no Maracanã. O Fluminense, como classificou em primeiro de seu grupo, tem a vantagem do empate.

Transmissão ao vivo: TV Globo para os estados do AC, AM, RO, RR, PA, AP, MA, PI, RN, PB, AL, SE, ES, RJ e para a cidade de Juiz de Fora e DF (com narração de Luis Roberto e comentários de Roger e Pedrinho) e SporTV (com narração do Luiz Carlos Jr. e comentários de Ledio Carmona e Paulo Nunes).





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia