WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte







vitoria da sorte

setembro 2021
D S T Q Q S S
« ago    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  



drupal counter

lojas nacional

Athletico e Juventude duelam em busca da recuperação no Brasileirão

Globo Esportes

Athletico e Juventude duelam em busca da recuperação no Brasileirão em jogo marcado para 18h45 deste sábado, na Arena da Baixada, pela 21ª rodada. O Furacão é o 11º colocado, com 24 pontos; o Juve está na 14ª posição, com 23.

O Athletico vem de derrota por 2 a 0 para o América-MG, fora de casa, e saiu no top-10 pela primeira vez no Brasileirão. A equipe rubro-negra não vence há sete rodadas na competição, com seis derrotas e um empate. Por outro lado, o Furacão venceu o Santos na terça-feira, na Vila Belmiro, e se classificou para as semifinais da Copa do Brasil.

O Juventude, por sua vez, vem de derrota no Alfredo Jaconi para o Cuiabá e tenta se recuperar fora de casa. O resultado interrompeu uma sequência invicta de cinco partidas e deixou o time de Caxias do Sul perto da zona de rebaixamento, em 14º, com 23 pontos, apenas dois a mais que o América-MG, o 17º colocado.

Palmeiras busca reação contra lanterna para se manter na vice-liderança

Isto É

Estagnado no campeonato, o Palmeiras viaja até Santa Catarina disposto a acordar no Brasileiro para se recolocar na briga pela liderança da competição. O time do técnico Abel Ferreira enfrenta a Chapecoense neste sábado, às 17h, na Arena Condá, com a extrema necessidade de voltar a vencer para não tornar o clima ainda mais tenso no seu departamento de futebol.

Com apenas uma vitória nos últimos cinco confrontos, a equipe do técnico Abel Ferreira viu o Atlético abrir uma frente de sete pontos na liderança (42 a 35). Para piorar, o Flamengo, que tem duas partidas a menos, aparece em terceiro lugar com 34 pontos e pode tirar a segunda colocação da equipe palmeirense no caso de mais um tropeço em Chapecó.

A ausência de bons resultados trouxe consequências para o futebol. Com o técnico questionado e o elenco exposto às críticas, principalmente pelas redes sociais, a diretoria decidiu agir. Além de manifestar publicamente respaldo ao trabalho de Abel, o presidente Maurício Galiotte esteve na Academia para assistir aos treinamentos e apoiar seu treinador.

No pensamento da cúpula palmeirense, o time já deu sinais de potencial neste mesmo campeonato quando engatou oito vitórias seguidas e um empate. Essa fase vitoriosa teve início nos 3 a 2 sobre o Bahia, no dia 27 de junho, e se estendeu até o empate de 0 a 0 diante do São Paulo, em 31 de julho. Neste recorte, o Palmeiras foi quase perfeito e teve um aproveitamento de 91,6%.

Considerada por muitos como equipe já condenada ao rebaixamento, a lanterna Chapecoense entra em campo inspirada na única vitória que conseguiu no Brasileiro até aqui. “O futebol é momento. Considerando as últimas seis rodadas, hoje a Chapecoense seria a 12ª colocada”, afirmou o técnico Pintado.

Dos dez pontos que o time catarinense tem no torneio, seis foram conquistados nos últimos cinco jogos. Nesse período, o time obteve três empates, uma derrota e o resultado positivo no último final de semana.

SÉRIE B: Goiás e Botafogo brigam pela vice-liderança; Brasil-RS e Londrina lutam contra o rebaixamento

Futebol Interior

Três jogos vão encerrar, neste sábado, a 24.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Se Goiás e Botafogo, no G4 – zona de acesso – vão brigar pela vice-liderança, Brasil-RS e Londrina vão brigar pela sobrevivência, uma vez que se encontram na zona de rebaixamento.

Sem perder há nove jogos e vindo de vitória sobre o CRB, por 1 a 0, o Goiás receberá o Brasil-RS, em Goiânia, às 19 horas. Os donos da casa acumulam 42 pontos, enquanto os gaúchos não passam de 16 pontos. Ao empatar com o Confiança por 1 a 1, o Brasil-RS chegou a 11 partidas sem vitória, sendo seis derrotas e cinco empates.

No estádio do Café, às 16h30, o Londrina receberá o CSA para tentar voltar a vencer. São quatro partidas sem vitória, sendo duas derrotas seguidas. Após apanhar de 4 a 0 do Botafogo, o Londrina parou nos 21 pontos. O CSA, enquanto isso, perdeu do Guarani, por 1 a 0, e completou quatro rodadas sem vitória. Os alagoanos registram 29 pontos.

Vindo de quatro vitórias seguidas e sem perder há seis rodadas, o Botafogo receberá o Náutico, às 16h30, no Rio de Janeiro. Os cariocas somam 41 pontos e também lutam pela vice-liderança. Já o Náutico, derrotado pelo Vila Nova, por 1 a 0, está na seca há três rodadas e acumula 35 pontos.

A rodada começou na quinta-feira. O Vasco tropeçou na estreia do técnico Fernando Diniz ao ficar no 1 a 1 com o CRB, que se manteve no G4. Em Sete Lagoas, o Cruzeiro, em jogo polêmico, também não conseguiu vencer e não saiu do 1 a 1 com o Operário. Já o Avaí perdeu a chance de encostar no pelotão da frente ao ser derrotado pelo Remo por 2 a 1, em Belém.

SÉRIE B: Dérbi zerado, Coxa dominante, pé d’água e novo lanterna são os destaques da sexta-feira

Futebol Interior

A segunda parte da 24ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B chegou ao fim nesta sexta-feira. O grande duelo deveria ser o Dérbi 201 entre Ponte Preta e Guarani, mas as redes não balançaram. O Coritiba, mais líder do que nunca, venceu o Vila Nova e abriu vantagem.

O dia ainda contou com o empate sem gols entre Brusque e Vitória debaixo de forte chuva, em Santa Catarina, e o grande triunfo do Confiança sobre o Sampaio Corrêa, no Batistão, por 2 a 0. O Dragão, enfim, ganhou e deixou a lanterna.

O Brusque entrou no Augusto Bauer com um retrospecto de nove partidas sem triunfos e a ameaça da zona de rebaixamento cada vez mais próxima. O Vitória, quem deveria assustar, queria se recuperar, após o Remo atrapalhar a boa fase.

A chuva, porém, interferiu nos planos e o duelo, bastante comprometido, não teve gols. O Vitória segue na 17ª colocação com 24 pontos, a um dos dois primeiros times fora da degola, Vila Nova e Ponte Preta. O Brusque soma 28, na 14ª.

O líder Coritiba recebeu o Vila Nova, no Couto Pereira, e precisou de apenas uma bola na rede para conquistar a terceira vitória consecutiva. Léo Gamalho foi o nome do gol, ainda no primeiro tempo.

O Coxa chega aos 48 pontos e abre seis de vantagem para o segundo Goiás, que ainda entra em campo neste sábado com o Brasil-RS. O Vila Nova estaciona nos 26 e fica na porta da zona de rebaixamento, em 16º lugar.

Os bares de Aracaju, apesar de todos os cuidados que deveriam ser tomados, devem estar lotados. O Confiança triunfou depois de sete rodadas sem vencer e deixou a lanterna. O Dragão bateu o Confiança, no Batistão, por 2 a 0 com dois gols de Jhemerson.

O Confiança, na 19ª colocação, tem 17 pontos, um acima do Brasil-RS e pode estar prestes a uma nova fase sob o comando de Luizinho Lopes. O Brusque se afasta do quarto colocado CRB, que tem 41, e aparece na sétima com 37 pontos.

O jogo mais aguardado ficou para o final do dia, porém, não entregou o que se esperava. No Dérbi 201, no Moisés Lucarelli, Ponte Preta e Guarani não saíram do zero e apenas empataram.

O Burge se distancia um pouco do CRB e fica na quinta posição com 38 pontos. A Alvinegra, ainda na parte de baixo, ultrapassa o Vila Nova e chega à 15ª colocação com 26. A distância para a degola é de dois pontos.

Brasil vence Argentina no primeiro dos dois amistosos entre as seleções, na Paraíba

Globo Esportes

Brasil e Argentina fizeram, na tarde desta sexta-feira, o primeiro dos dois amistosos que estão agendados para a Paraíba. No Amigão, em Campina Grande, a seleção brasileira feminina venceu as Hermanas por 3 a 1, em um jogo de muitos testes por parte de Pia Sundhage e também de consolidação do bom retrospecto de sua equipe sobre seu maior rival.

Com a bola rolando, Debinha, Nycole e Angelina marcaram os gols da Seleção, enquanto Bonsegundo marcou o único tento das argentinas na partida.

Em campo encharcado, Vitória empata com o Brusque fora de casa

Bahia Notícias

O Vitória empatou sem gols com o Brusque nesta sexta-feira (17), no Estádio Augusto Bauer, válido pela 24ª rodada da Série B. Poças se espalharam no campo em razão da chuva e os dois times ficaram prejudicados.

Com o resultado, o Vitória chegou aos 24 pontos e segue na 17ª posição. Já o Brusque agora tem 28, mas permanece em 14º.

O próximo jogo do Vitória é contra o Coritiba, quarta-feira (22), às 19h, no Barradão.

Conselho Técnico da CBF define retorno de público em jogos da Série B do Brasileiro

Globo Esportes

O Conselho Técnico da CBF, realizado nesta sexta-feira com os 20 clubes que disputam a Série B do Campeonato Brasileiro, definiu o retorno de público em jogos da competição em cidades com decretos que permitem torcedores nos estádios. A decisão vale a partir da 25ª rodada e foi tomada com aprovação da maioria dos times – 14 a favor da volta da torcida e seis contra.

Ficou determinado também que as condições para o retorno dos torcedores, assim como o percentual liberado, será de acordo com cada município. O Vasco tem a intenção de enfrentar o Cruzeiro no domingo já com o apoio da torcida.

No último Conselho Técnico da CBF, realizado no dia 08/09, ficou definido que a volta do público aconteceria quando pelo menos 80% dos dos municípios envolvidos na competição, ou seja, 13 de 16, tivessem as liberações das autoridades sanitárias.

A liberação acontece após a presença de torcida nos estádios da Série B virar polêmica recentemente. Ao obter uma liminar do Superior Tribunal de Justiça que o autorizava a ter público, o Cruzeiro mandou dois jogos com torcida – a prefeitura de Belo Horizonte permitiu. Até o momento, a equipe foi a única a jogar com torcida.

Na última rodada, o time mineiro jogou na Arena do Jacaré com a presença da torcida, contra a Ponte Preta, e venceu. Também venceu o Confiança por 1 a 0, no Mineirão, quando teve o retorno de público.

Na última terça-feira, Goiás, Vila Nova e Confiança obtiveram liminar semelhante para ter torcedores em seus jogos como mandante.

Na quinta-feira, o Vasco deu entrada na Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro pedindo para ter público novamente em seus jogos na esperança de atuar com torcida no domingo, contra o Cruzeiro, no Rio de Janeiro.

Protocolo da volta do público aos estádios será publicado até segunda, diz Bruno Reis

Bahia Notícias

A volta do público aos estádios de futebol em Salvador está próxima de acontecer. Durante a entrevista coletiva desta sexta-feira (17), o prefeito da capital baiana Bruno Reis (DEM) disse que o protocolo dos eventos esportivos está sendo finalizado e que deverá ser publicado no Diário Oficial do Município até segunda (20).

“Ontem praticamente finalizamos as conversas os protocolos dos eventos esportivos. Se não der tempo de publicar no Diário de hoje, vamos publicar na segunda-feira”, declarou.

A última vez que o torcedor baiano entrou num estádio em Salvador para acompanhar uma partida de futebol foi no dia 15 de março de 2020, quando o Vitória goleou o River-PI por 4 a 1, no Barradão, pela sétima rodada da Copa do Nordeste daquele ano, sob os olhares de 6.247 pagantes. Desde então, com o início da pandemia do novo coronavírus, todos os jogos no estado estão sendo realizados com os portões fechados.

Vale ainda lembrar que o retorno do público não depende apenas da liberação das autoridades estaduais e municipais. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) espera que 80% dos locais onde acontecem os jogos das Séries A e B também possam receber pessoas nos estádios para que o torcedor volte a acompanhar seu time in loco. Para debater a questão, uma reunião da entidade com os clubes da segundona está marcada para esta sexta, enquanto o encontro com os que integram a elite será no dia 28 de setembro.

Pensando na classificação, Juventude faz os últimos ajustes para encarar o Flu de Feira

Da Redação

A equipe do Juventude segue intensificando a preparação visando o jogo contra o Fluminense de Feira, que acontece neste domingo (19), às 15 horas, no estádio Joia da Princesa, pela última rodada da fase de classificação do Campeonato Baiano Feminino.

Na parte da última quarta-feira (15), as comandadas do treinador Claudi fizeram um jogo treino contra os alunos (da manhã) do Projeto Municipal de Futebol, no estádio Lomanto Junior.

Já nesta quinta-feira (16), foi realizado um treino técnico no estádio Edvaldo Flores. Enquanto que na tarde desta sexta-feira (17), o elenco faz outro jogo treino contra os alunos (da tarde) do Projeto Municipal de Futebol, no estádio Lomanto Junior.

A viagem para Feira de Santana está programada para sábado (18), logo após o almoço.

O Juventude precisa vencer o Touro do Sertão e torcer por tropeço do Lusaca que joga contra o Vitória, ou, do Doce Mel que enfrenta o Bahia, para ficar com a vaga nas semifinais.

Quais cidades têm aval hoje para receber jogos do Brasileirão com público?

Uol

Suspenso o efeito da liminar do Flamengo, como queria a maioria dos 20 clubes da Série A e a CBF, o foco agora passa a ser uma resolução definitiva sobre o assunto público nos estádios no conselho técnico de 28 de setembro. Briga política e jurídica entre os dirigentes à parte, um item indispensável da equação é a permissão das autoridades locais para que haja torcida a partir da 23ª rodada do Brasileirão, em outubro.

Segundo decisão anterior do próprio conselho técnico, o público só será aceito na Série A se 100% das praças tiverem autorização. O dever de casa dos clubes e respectivas federações estaduais é conseguir viabilizar isso a tempo, em um cenário que não se desenha simples.

Com percentuais diferentes e peculiaridades, há permissão em Rio de Janeiro, Goiânia, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Cuiabá e Chapecó — Caxias do Sul debate o protocolo. Olhando para a conta dos estados, há sete com sinal verde entre os onze representados na Série A. Faltam São Paulo, Ceará, Bahia e Pernambuco.

Estrategicamente, São Paulo é um nó que precisa ser desatado. São cinco clubes do estado na elite e a posição do governo tornada pública até o momento é permitir torcida só em novembro. Isso afeta a vida de Palmeiras, São Paulo, Corinthians, Santos e Red Bull Bragantino — só aí, são três cidades envolvidas. A CBF chegou a ter permissão para um teste no Brasil

O conselho técnico da Série B, marcado para hoje (17) à tarde, será um bom termômetro para ver o cenário que Guarani e Ponte Preta, ambos de Campinas, colocarão à mesa. Isso vale para os outros estados que ainda não anunciaram permissão para público. A diferença é que a segunda divisão não demanda 100% de liberação — o acerto dos clubes com a CBF é ir adiante se 80% das praças receberem o aval.

A posição de São Paulo reflete no comportamento de outros lugares, pela avaliação de algumas federações. É o caso de Pernambuco. Ontem (16), houve uma reunião com o governador Paulo Câmara (PSB), e o presidente da Federação Pernambucana, Evandro Carvalho, deixou o encontro pessimista. Na véspera, o governo renovou o estado de calamidade pública por mais três meses por causa da pandemia..

“João Dória (governador de São Paulo) e Paulo Câmara estão muito alinhados. Eu acho difícil convencê-lo. O Náutico, inclusive, falou comigo que está pensando em jogar em João Pessoa na Série B, já que a Paraíba tem liberação e é muito perto daqui. O Sport vai esperar mais um pouco, só vai resolver depois do jogo contra o Atlético-MG. Mas por que shopping pode e não pode ter estádio?”, contou Evandro ao UOL Esporte.

A necessidade de clubes e federações de destravar o público ainda colide com aspectos políticos que envolvem o governo federal e os números da pandemia. Ontem (16), quando o Ministério da Saúde anunciou a posição de suspender a vacinação de adolescentes sem comorbidades, o Brasil registrou 637 mortes por covid-19, elevando o total para 589.277. Os dados foram obtidos pelo consórcio dos veículos de imprensa, do qual o UOL faz parte, junto às secretarias estaduais de Saúde.

Pelo terceiro dia consecutivo, a média móvel de mortes ficou acima de 500 depois de passar seis dias abaixo. Foram 582 óbitos em média nos últimos sete dias, o que indica uma tendência de estabilidade de -7% na comparação com 14 dias atrás.

SÉRIE B: Coritiba tenta disparar na liderança; Ponte e Guarani fazem o Dérbi 201

Futebol Interior

O Coritiba vai a campo na sexta-feira para tentar disparar na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. Em meio aos quatro jogos válidos pela 24.ª rodada há ainda o Dérbi 201 de Campinas (SP) entre a ameaçada Ponte Preta e o Guarani, que sonha com o G4 – zona de acesso.

Vindo de duas vitórias seguidas, sendo a última por 4 a 0 sobre o Brusque, o Coritiba receberá o Vila Nova, às 19 horas, no Couto Pereira. O clube paranaense lidera com 45 pontos, três a mais do que o vice-líder. O Vila Nova, enquanto isso, até venceu o Náutico, por 1 a 0, e completou três rodadas sem derrota, mas ainda luta contra o rebaixamento, com apenas 26 pontos.

No Moisés Lucarelli, às 21h30, a Ponte Preta, que marcou 82% dos seus gols em casa, receberá o Guarani, responsável pelo melhor ataque da Série B (34). Os mandantes perderam do Cruzeiro por 1 a 0 e se mantiveram colados na degola com 25 pontos. O Guarani, por outro lado, superou o CSA por 1 a 0 e, sem perder há três partidas, soma 37 pontos.

Antes do Dérbi 201, o Guarani acumula 68 vitórias contra 66 da Ponte Preta, além de 65 empates. Existe também um resultado desconhecido.

Em Aracaju, às 20h30, o Confiança receberá o Sampaio Corrêa para tentar deixar a lanterna. Sem vencer há sete jogos após ter ficado no 1 a 1 com o Brasil-RS, o clube sergipano parou nos 14 pontos. Já o Sampaio Corrêa, com 35, tenta não perder o G4 de vista. O clube maranhense empatou sem gols com o Operário e chegou ao segundo duelo sem vitória.

No Augusto Bauer, às 16 horas, o Brusque terá a estreia do técnico Waguinho Dias para tentar encerrar o jejum de nove jogos sem vitória. Com 27 pontos, o clube catarinense não marca gols há cinco rodadas. O próximo desafio será contra o Vitória, que abre a degola com 23 pontos. O clube baiano foi derrotado pelo Remo por 2 a 1 na rodada passada.

A rodada será encerrada no sábado com três partidas. Em boa fase, o Botafogo tentará se manter firme no G4 diante do Náutico, no Rio de Janeiro. Em Goiânia, o Goiás receberá o ameaçado Brasil-RS para defender a vice-liderança. Já o Londrina, em casa, pegará o CSA para seguir na luta contra o descenso.

Seleção Feminina faz último treino antes de duelo com a Argentina

CBF

A Seleção Brasileira Feminina realizou, nesta quinta-feira (16), o último treino antes do duelo com a Argentina. Em João Pessoa, na Paraíba, a técnica Pia Sundhage comandou a atividade já projetando o time que enfrentará as argentinas pela terceira vez sob seu comando. A bola rola nesta sexta-feira (17), às 16h, no Estádio Governador Ernani Sátiro, o Amigão, em Campina Grande (PB), com transmissão do Sportv.

Na véspera do duelo, Pia comandou uma atividade de média intensidade, o objetivo foi apenas ajustar os últimos detalhes antes da partida. Na primeira etapa, a sueca fez um trabalho de 5 x 5, alternando as jogadoras a cada três minutos. Na sequência, optou por um coletivo de 11 x 11, já espelhando a equipe que entrará em campo diante da Argentina. Na etapa final, fechou a preparação com um trabalho de bola parada.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia