WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte





vitoria da sorte

janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  



drupal counter

lojas nacional

Conmebol tirou River para Boca passar ‘com calma’, diz jornalista argentino

Uol

O jornalista argentino Leonardo Farinella, da TyC Sports – uma das maiores emissoras esportivas do país -, mostrou-se inconformado com a atuação da arbitragem em Palmeiras x River Plate, que deu ao time brasileiro uma vaga na final da Libertadores.

Após a partida, vencida pelos argentinos por 2 a 0, Farinella, que frequentemente mostra seu fanatismo pelo clube de Buenos Aires, publicou uma tese polêmica em uma matéria no site do veículo.

Sob título de “O maior orgulho”, ele iniciou o texto com a seguinte frase: “O River fez um jogo perfeito, goleou o Palmeiras e a Conmebol resolveu eliminá-lo para que o Boca hoje passe com calma para a final” – hoje, o Boca Juniors enfrenta o Santos na outra semifinal da competição.

Ao escrever que o River atuou como “campeão”, Farinella relembrou outros possíveis favorecimentos ao Boca, inclusive citando o próprio duelo contra o Santos da semana passada, onde foi negado um pênalti ao atacante Marinho.

Por fim, ele elogiou o técnico Marcelo Gallardo e, mais uma vez, contestou as decisões dos juízes para justificar a eliminação do River. “A arbitragem o paralisou com seus fracassos e deu tempo aos brasileiros. Não há nada para reprovar da equipe e muito o que aplaudir.”.

Por vaga na Libertadores 2021, Corinthians e Fluminense se enfrentam nesta quarta-feira

Globo Esportes

Adversários na luta por uma vaga na Libertadores 2021, Corinthians e Fluminense se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), na Neo Química Arena, em partida que fecha a 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Invicto há seis jogos no Brasileirão, o Corinthians estreia no ano. Com 39 pontos e na 10ª posição, o Timão tentará colar no Santos, que é oitavo com 42. A diferença para o G-6, hoje, é de oito pontos. O Fluminense, sétimo com 43 pontos, vem com a confiança em alta após bater o arquirrival Flamengo, por 2 a 1, há uma semana e busca se manter próximo do G-6.

No Corinthians depois de vencer o Botafogo em 27 de dezembro, os jogadores curtiram quatro dias de folga no Réveillon e iniciaram no dia 4 a preparação focada para o duelo com o Fluminense. Ramiro, suspenso, é o principal desfalque. Já o goleiro Cássio, que foi poupado na última partida, substitui Walter.

No Fluminense após uma sequência de três jogos sem vitória, o Fluminense bateu, de virada, o Flamengo e, agora, chega com o gás renovado para enfrentar o Corinthians. O jogo é visto como mais uma “decisão” pelo objetivo principal da temporada: conseguir uma vaga na Libertadores de 2021.

Santos desafia força como visitante do Boca para ir à 5ª final da Libertadores

Isto É

De candidato ao rebaixamento no início do Campeonato Brasileiro ao protagonismo no futebol continental na temporada 2020, o Santos pode concluir nesta quarta-feira essa transformação, quando receberá o Boca Juniors, às 19h15, na Vila Belmiro, para o segundo jogo das semifinais da Copa Libertadores.

Caso tenha êxito, se classificará para a quinta decisão do torneio, a primeira desde 2011, quando foi campeão pela terceira vez. E teria em 30 de janeiro, no Maracanã, a chance de se tornar o único brasileiro tetracampeão. Mas terá um duro desafio para isso. Afinal, após o 0 a 0 na Bombonera, precisa superar uma time que sofreu apenas três gols na competição e que tem se destacado nesta edição por sua força como visitante, com seis vitórias, dois empates e apenas uma derrota.

Qualquer igualdade com gols classifica o Boca, seis vezes campeão da Libertadores e em busca da sua 12.ª decisão, tendo sido a última em 2018. E duas delas diante do Santos, que se deu melhor em 1963 e levou o troco em 2003. Agora, o time quer ficar a um passo de igualar o recorde de títulos do Independiente.

Eliminado nas quartas de final do Paulistão, nas oitavas da Copa do Brasil e em oitavo lugar no Brasileirão, o Santos tem a Libertadores como esperança de voltar a ser campeão nesta temporada – sua última conquista foi o Estadual de 2016. A ida à final da Libertadores premiaria o trabalho do técnico Cuca de unir o elenco em torno da briga pelo título da competição.

Nos últimos meses, o Santos sofreu com grave crise financeira, teve o então presidente José Carlos Peres afastado por impeachment, foi proibido de contratar por dívidas e teve de se esforçar nos últimos dias para não perder os zagueiros Lucas Veríssimo e Luan Peres antes de encarar o Boca Juniors.

“A gente tem tido um espírito decisivo na maioria dos jogos da Libertadores. Até no jogo contra a LDU, que a gente perdeu, nós jogamos bem. Foi um dia que a bola não entrou. Nós temos a nossa maneira de jogar, não vamos fugir dela. Estamos em um estágio até melhor porque a gente tem amadurecido dentro da competição, o que é muito importante também para seguir adiante”, disse Cuca, campeão da Libertadores de 2013 pelo Atlético-MG, ao site oficial do clube.

Palmeiras flerta com tragédia, mas está na final da Libertadores

Globo Esportes

O 3 a 0 na ida poderia indicar uma tranquila classificação do Palmeiras para a decisão da Copa Libertadores. Porém, do outro lado, havia mais que um simples time, havia cultura de futebol. Um trabalho de mais de meia década, vencedor e poderoso. Não se poderia duvidar do River Plate de Marcelo Gallardo, e o elenco de Abel Ferreira flertou com uma tragédia digna de cinema. No fim, os créditos subiram com o sobrevivente vencedor.

A equipe palestrina resistiu no fim a uma das melhores versões do “Gallardismo” e está na final do principal torneio sul-americano. A obsessão pela segunda glória eterna segue viva, mais do que viva. O Palmeiras não está morto. Nem no ano passado. Nem neste ano.

Quase tudo o que deu certo na ida, na Argentina, deu errado na volta, no Allianz Parque. No espaço de uma semana, Marcelo Gallardo e o River Plate entenderam como superar o Palmeiras de Abel Ferreira, e assim fizeram durante os mais de 100 minutos de bola rolando na arena. Cem minutos que, para o torcedor palmeirense, devem ter durado 100 horas.

A noite de 12 de janeiro de 2021 está marcada na história do Palmeiras. Nenhum palmeirense vai esquecer o que viveu durante os 90 minutos em que a tragédia anunciada parecia questão de tempo. Mais do que a felicidade, o sentimento deve ser de alívio pelo retorno à final da Libertadores, após duas décadas.

Agora são duas semanas para recompor torcedor, time e comissão técnica. O Palmeiras de Abel Ferreira não é esse dominado completamente pelo River Plate, em momentos que pareciam dois times de rotações diferentes. O susto no fim das contas fica em segundo plano. Há uma sensação de que nada pode ser pior.

América-MG e Chapecoense confirmam acesso para a Série

Lance

América-MG e Chapecoense são os primeiros times garantindos na Série A do Campeonato Brasileiro de 2021. O Coelho empatou com o Náutico, enquanto a Chape derrotou o Figueirense. Ambos garantiram suas vagas com quatro rodadas de antecedência e agora brigam para ver quem serão o campeão.

Restam duas vagas. Cuiabá, CSA, Juventude estão na disputa de forma mais forte. O Avaí entra em campo nesta quarta contra o vitória e espera somar três pontos que o manterão vivo. O Cruzeiro tem 44 pontos, na 13ª colocação.

Resultados e jogos da 34ª rodada
Ponte Preta 2 x 2 Cuiabá
CRB 2 x 0 Guarani
Confiança 1 x 2 Operário-PR
Botafogo-SP 2 x 1 Sampaio Corrêa
Paraná 2 x 0 CSA
Brasil de Pelotas 2 x 1 Juventude
Náutico 0 x 0 América-MG
Chapecoense 2 x 1 Figueirense
Hoje
19:00
Avaí x Vitória
21:30
Cruzeiro x Oeste

Em ofício às federações, CBF reforça importância de estaduais femininos e flexibiliza regras para edições 2020

Globo Esportes

A CBF reforçou, em ofício enviado às Federações, a data limite de 28 de março de 2021 para o término dos Estaduais femininos de 2020, adiados em razão da pandemia de Covid-19. No documento, a entidade comentou novamente a importância das disputas até mesmo como “importante instrumento de acesso às competições nacionais de 2021 mais especificamente ao Brasileiro feminino A2”.

No comunicado, e em caráter excepcional, a Confederação Brasileira de Futebol informou aos seus confederados que os estaduais 2020 poderão ser realizados com um mínimo de duas equipes e dois jogos disputados, preferencialmente entre os dois primeiros colocados do estadual 2019. A regra volta ao normal nos estaduais de 2021, que deverão ter no mínimo quatro clubes com seis jogos disputados.

O calendário nacional já foi anunciado pela CBF para a temporada 2021. O Brasileiro feminino A-1 tem início previsto para 28 de março e a final planejada para o dia 26 de setembro. As datas serão congeladas para a disputa dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que ocorrem a partir de julho de 2021. Dependente dos classificados dos estaduais 2020, o Brasileiro A2 feminino tem começo previsto para 16 de maio com final em 5 de setembro.

Rumo ao Mundial, árbitra brasileira pede: ‘Não temos de ser tratadas por gênero’

Terra

Edina Alves Batista, de 41 anos, vive a expectativa mais especial dos seus 20 anos de carreira como árbitra. A paranaense de Goioerê viaja no fim deste mês ao Catar para apitar o Mundial de Clubes e vai se tornar a primeira mulher a atuar no comando de jogos masculinos de competições da Fifa para a categoria adulta. Orgulhosa pela conquista, ela torce para que essa nomeação quebre várias barreiras na arbitragem. O aumento da presença feminina e o fim da divisão por gênero na profissão são os seus sonhos.

A juíza conversou com o Estadão pouco depois de ser confirmada pela Fifa no Mundial. Entre um compromisso e outro pelo Campeonato Brasileiro, Edina relembrou o início na carreira e o quanto aos poucos a arbitragem tem se tornado um mundo mais aberto. “Está chegando a hora de nós, os árbitros, não sermos mais tratados por gênero, mas sim por capacidade. Tudo está indo por esse caminho agora”, disse. “A divisão por gênero tem de acabar. Tudo tem de ser pela competência”, afirmou.

A carreira da paranaense ficou em mais evidência em 2019, quando ganhou a chance de apitar a semifinal do Mundial Feminino entre Inglaterra e Estados Unidos. No mesmo ano, apitou o encontro entre CSA e Goiás, pelo Brasileirão, e encerrou um intervalo de 14 anos sem que uma mulher apitasse um jogo de elite no futebol brasileiro. Antes dela, Silvia Regina foi quem havia trabalhado.

A repercussão do trabalho e o espaço no mundo masculino da arbitragem fazem Edina ser bastante procurada por admiradoras. “Muitas mulheres me escrevem nas redes sociais porque olham para mim e se espelham para pensar que tudo pode acontecer. Muitas até me procuram não porque querem ser árbitras, mas porque me consideram como uma conquista de espaço no ambiente de trabalho”, contou.

Para chegar ao status de árbitra de competições da Fifa o caminho foi longo. Edina sempre gostou de esporte e trabalhou pela primeira vez aos 19 anos em um jogo amador. A oportunidade despertou o sonho dela em seguir a carreira, apesar do desejo da família. “Minha mãe dizia que ser árbitra não era coisa de menina. Ela queria que eu fizesse cursos de datilografia ou pintura”, contou.

De família humilde, Edina decidiu procurar um trabalho que lhe ajudasse a pagar a faculdade de Educação Física e também os cursos necessários para a formação em arbitragem. “O meu primeiro emprego foi em um viveiro de mudas. Eu enchia os saquinhos de terra para poder pagar meus estudos. Eu gostava do serviço”, contou. Aos fins de semana, ela deixava Goioerê para apitar pelo Paraná em campeonatos de futsal e futebol.

CBF transfere jogos do Brasileirão Série A de 30 para 31 de janeiro

CBF

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) transferiu para 31 de janeiro, domingo, os três jogos do Brasileirão Assaí 2020 que estavam previstos para o dia 30, sábado, data em que ocorrerá a final da Copa Conmebol Libertadores no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

A mudança ocorre por iniciativa da CBF e tem por objetivo reforçar o protagonismo da final única da principal competição continental da América do Sul, que pela primeira vez será realizada no Brasil e é considerada como uma grande conquista da entidade, do Governo do Estado do Rio de Janeiro e do futebol brasileiro.

As três partidas do Campeonato Brasileiro da Série A que ocorreriam no dia 30 e que passam para 31 de janeiro, em horários a serem confirmados: Atlético Mineiro X Fortaleza, no Estádio do Mineirão, Ceará X Athletico Paranaense, na Arena Castelão, e Internacional X Red Bull Bragantino, no Estádio Beira-Rio.

Os brasileiros Palmeiras e Santos disputam com os argentinos River Plate e Boca Juniors as duas vagas para a final da Copa Conmebol Libertadores. Os jogos de volta das semifinais ocorrem nestas terça e quarta-feira (12 e 13), tendo as equipes brasileiras como mandantes. Nos jogos de ida, o Palmeiras venceu o River Plate por 3 a 0 e o Santos empatou sem gols com o Boca Juniors.

Tite fica fora de lista com os 20 melhores treinadores da década

Uol

A Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS) divulgou uma lista com os 20 melhores treinadores da década. Mesmo com dois títulos brasileiros, uma Libertadores e um Mundial de clubes, além de outros títulos, Tite ficou fora da lista.

Dentro dos 20 treinadores estão nomes como Claudio Ranieri que teve apenas dois títulos no século, uma Premier League e uma conquista da segunda divisão francesa. Outro presente foi Leonardo Jardim que conquistou três títulos na década, dois pelo Campeonato Grego e uma Ligue 1.

A lista não leva em consideração méritos conquistados em seleções nacionais, apenas clubes.

Confira os 20 nomes citados no levantamento:
1-Diego Simeone
2-Pep Guardiola
3-Jurgen Klopp
4-José Mourinho
5-Massimiliano Allegri
6-Unai Emery
7-Zinedine Zidane
8-Carlos Ancelotti
9-Mauricio Pochettino
10-Marcello Gallardo
11-Antonio Conte
12-Claudio Ranieiri
13-Alex Ferguson
14-Luis Enrique
15-Jupp Heynckes
16-Ernesto Valverde
17-Arsène Wenger
18-Leonardo Jardim
19-Jesse Marsh
20Laurent Blanc

Mais da metade das federações não realizou estadual feminino de 2020

Uol

As paralisações nas competições deram o tom do ano de 2020 no mundo dos esportes. No futebol feminino no Brasil, a situação se repetiu, mas com um agravante: até o final do ano, apenas 11 dos 26 estados realizaram o campeonato estadual para as mulheres. A falta de estrutura, que já é um dos maiores problemas da modalidade, tornou-se ainda mais relevante em um contexto em que a testagem de atletas para a Covid-19 se tornou parte do protocolo de segurança, bem como a higienização constante dos centros de treinamento e estádios para que as partidas pudessem ser realizadas.

Pensando nas mudanças que os estados deveriam promover, no início de dezembro a CBF emitiu um ofício determinando que os campeonatos estaduais de 2020 fossem realizados até 28 de março de 2021, de modo que as federações tivessem tempo para reorganizar seus calendários e suas competições. A entidade precisa da realização dos torneios para definir os participantes da Série A2 do Brasileiro feminino de 2021 – a segunda divisão nacional tem 27 vagas para os campeões estaduais.

No entanto, na primeira semana de janeiro, ainda não há informações sobre boa parte dos estaduais que não aconteceram.

Na região Norte, quatro dos sete estados realizaram o torneio. Amapá, Amazonas, Rondônia, Pará organizaram campeonatos, com um número menor de times – o Rondoniense, por exemplo, foi disputado por apenas três equipes – e com duração também reduzida.

No Nordeste, a situação também foi longe do ideal: apenas duas federações sediaram o torneio em 2020. O destaque foi a Paraíba, que em dezembro viu o Botafogo-PB levantar a taça com direito a transmissão na TV local.

Três estados realizarão o torneio neste ano: Ceará, Rio Grande do Norte e Pernambuco, que chegou a iniciar a competição em novembro. No entanto, a disputa foi interrompida e adiada para este mês após a confirmação de 10 casos de Covid-19 incluindo atletas e comissão técnica do Sport.

A pior região para o futebol feminino em 2020, no entanto, é o Centro-Oeste: Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul não tem informações sobre os campeonatos estaduais e não responderam aos e-mails para esclarecer dúvidas sobre os torneios. A boa notícia foi que o Distrito Federal realizou o Candangão Feminino com seis times em um campeonato que durou de outubro a dezembro e teve o Real Brasília como campeão. A final foi transmitida para a TV local e também foi disponibilizada pela internet através do Facebook da Federação de Futebol do Distrito Federal.

Pelo segundo ano seguido, a final do Paulistão foi um grande evento no calendário esportivo do estado, e contou com transmissão para a TV aberta e a TV fechada, um marco para o esporte. A novidade positiva na região foi que em Minas Gerais a final aconteceu no Mineirão e também foi televisionada, além de estar disponível também na internet.

Para terminar, a região Sul do Brasil teve bons e maus exemplos. No Rio Grande do Sul, Internacional e Grêmio disputaram a final em dezembro com direito a transmissão para a TV local e também pela internet. Em Santa Catarina, o torneio começou a ser realizado em março, foi paralisado por conta da pandemia, mas até agora não retornou. Já no Paraná, a Federação informou que não há condições de realizar o campeonato segundo as recomendações do Ministério da Saúde.

De acordo com a CBF, não há previsão de punição para os estados que não realizarem os campeonatos, já que se trata de um novo cenário. O problema, além da falta de continuidade no trabalho de desenvolvimento das atletas e da modalidade no Brasil, é que 27 dos 36 times que disputam a série A2 do Brasileirão são os vencedores dos campeonatos estaduais.

Seleção feminina disputará torneio em fevereiro contra os EUA, Japão e Canadá

Terra

Com foco na preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, a seleção brasileira feminina definiu quais serão os seus primeiros compromissos em 2021. A equipe disputará o Torneio She Believes em fevereiro. E os adversários serão os Estados Unidos, anfitriões do campeonato, o Japão e o Canadá.

O torneio será disputado de 15 a 24 de fevereiro, em Orlando, dentro de uma Data Fifa, a primeira de 2021, o que permite a utilização da força máxima. E promete ser de alto nível, afinal, as quatro seleções se garantiram na Olimpíada, além de estarem no Top 10 do ranking da Fifa.

O Brasil vai estrear no She Believes diante do Japão, no dia 18, às 18 horas (de Brasília). O confronto seguinte será com os Estados Unidos, no dia 21, às 17h. Na rodada final, no dia 24, terá pela frente o Canadá, às 18h. Todos os jogos serão disputados no Exploria Stadium.

Sob o comando da técnica Pia Sundhage, a seleção enfrentou apenas o Canadá. E duas vezes, com uma vitória por 4 a 0, na China, e um empate por 2 a 2, na França. Já as outras duas oponentes não duelam o Brasil desde o She Believes de fevereiro. Naquela oportunidade, a equipe nacional perdeu por 1 a 0 para as norte-americanas e por 3 a 1 para as japonesas.

A seleção treina desde a última terça-feira em Viamão (RS), em mais um ciclo de observações para Pia definir a lista de convocadas para a Olimpíada. O período de atividades por lá seguirá até o dia 20.

Mantido, mas ainda pressionado: Rogério Ceni retoma trabalho no Flamengo sob análise de lupa

Globo Esportes

A derrota para o Ceará, a segunda seguida no Brasileiro, fez a Gávea viver um dia de reuniões e avaliações feitas pela diretoria do Flamengo junto com a cúpula do futebol. Foi decidida a permanência de Rogério Ceni, que tem o trabalho cada vez mais dissecado e analisado com uma lupa.

Nos encontros, feitos durante a manhã e na parte da noite, os métodos utilizados pela comissão técnica no dia a dia do CT e os resultados entraram em pauta. Qual o percentual de culpa do técnico? Dos jogadores? Da diretoria? Contra o Ceará, Ceni fez opções que causaram impacto, como as entradas de César e Gustavo Henrique e a ida de Gabigol para o banco.

Uma eventual mudança neste momento teria diversas implicações, como a procura de um novo técnico, em um mercado com poucas opções consideradas boas, a dez rodadas do fim da competição. E com o agravante financeiro de ter que pagar três treinadores: Dome, que ainda não recebeu a rescisão, Ceni e o próximo comandante.

A percepção é de que o trabalho de Ceni tem pontos positivos, mas que os treinamentos, elogiados pelos jogadores, não têm dado resultado em campo. Aí também entra a avaliação de que algumas das principais peças não vivem um grande momento técnico.

A dinâmica e a comunicação entre as diversas áreas do Ninho e da Gávea também viraram debate.

Enquanto as Gávea fervia com as reuniões, que são de praxe nas segundas-feiras, mas desta vez teve um cardápio mais variado e espinhoso, o elenco ganhou um dia de descanso. Na tarde desta terça, Rogério Ceni e os jogadores, ainda mais pressionados, iniciam a preparação para a próxima rodada.

Ceni terá a semana inteira para tentar corrigir os diversos problemas apresentados principalmente nas três últimas partidas. A sete pontos do líder São Paulo, o Flamengo enfrenta o Goiás, na próxima segunda-feira, no estádio da Serrinha. Todos os olhos estarão voltados para o treinador.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia