WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte





vitoria da sorte

junho 2020
D S T Q Q S S
« maio    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  



drupal counter


Libertadores pode recomeçar com protocolo inspirado no futebol Alemão

Atarde

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) busca inspiração na Alemanha, onde o campeonato nacional reiniciou no dia 16 de maio com estádios fechados ao público, para traçar a volta das principais competições do continente. Representantes da entidade reuniram-se, por videoconferência, com dirigentes da Bundesliga (principal liga germânica) nesta quinta (28). O objetivo é conhecer as práticas de segurança adotadas no país europeu para a reativação do futebol.

Antes, o secretário-geral adjunto de futebol da Conmebol, Gonzalo Belloso, afirmou que a entidade imagina setembro como mês para uma possível volta da Libertadores da América e da Copa Sul-Americana. “Haverá reuniões com todos os governos. O futebol é uma das tantas indústrias que estão sofrendo com a pandemia. O problema mais difícil é o da migração das equipes nos aeroportos”, disse o dirigente em entrevista à emissora argentina TyC Sports.

A Conmebol quer que as duas competições terminem dentro de campo, mesmo que elas tenham que terminar em 2021. A Libertadores deste ano parou na segunda rodada da fase de grupos. Já a Sul-Americana ainda estava na segunda fase das eliminatórias.

Campeonato Carioca pode parar na Justiça se voltar antes da pandemia

r7

A novela envolvendo o retorno do futebol no Rio de Janeiro ganhou mais um capítulo nesta quinta-feira. O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) expediu uma recomendação para que o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) suspendam o retorno do Campeonato Carioca de Futebol 2020 até que seja atestado pelos órgãos da saúde a queda do número de novos casos de contaminação e de óbitos pela covid-19.

De acordo com o documento, “só assim será possível e recomendável a flexibilização de forma segura das normas de isolamento e distanciamento social, com a retomada das atividades não essenciais na capital fluminense, por meio de ato normativo do Poder Executivo. A recomendação foi expedida no âmbito de inquérito instaurado para apurar o suposto retorno do Campeonato Carioca de Futebol 2020, o que possivelmente violaria as regras de isolamento social e de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus.”

O MPRJ ressalta ainda que o “eventual retorno do Campeonato Carioca de Futebol 2020, ainda que sem público nas praças esportivas, na atual ‘Situação de Emergência’ em saúde em que se encontra o Município do Rio de Janeiro, diante do congraçamento típico dos eventos desportivos, fatalmente incentivará a aglomeração de pessoas no entorno dos estádios em dias de jogos e a quebra das regras de isolamento social e outras medidas de prevenção à covid-19, podendo, assim, gerar risco à vida e à saúde do consumidor torcedor.”

Nos últimos dias, os clubes, liderados por Flamengo e Vasco, em acordo com a Ferj, iniciaram uma campanha para agilizar o retorno do futebol. Botafogo e Fluminense são contra.

Torcedores voltam aos estádios húngaros mas com restrições

Isto É

Os torcedores poderão voltar aos estádios de futebol da Hungria na sexta-feira, embora com restrições de capacidade, em um importante primeiro passo no esporte europeu, onde as ligas estão sendo retomadas com portões fechados.

Os espectadores serão distribuídos no local para que não ocupem mais de um assento de cada quatro, com pelo menos uma fila horizontal de separação.

“Os clubes que organizam as partidas devem garantir que o distanciamento social nas arquibancadas seja respeitado, para garantir as condições de controle epidemiológico”, alertou a Federação Húngara de Futebol (MLSZ) em um comunicado nesta quinta-feira.

Em cronograma, Paraguai estipula retorno do futebol para julho

Ogol

O futebol paraguaio, suspenso desde o início de março por conta da pandemia da Covid-19, deverá retomar suas atividades já a partir do mês que vem. De acordo com a Associação Paraguaia de Futebol, APF, a retomada dos treinos individuais das equipes profissionais está marcada para 10 de junho, enquanto a volta dos jogos está estipulada para a segunda semana de julho.

As datas foram discutidas, nesta quinta-feira, em reunião presencial entre o presidente da APF, Robert Harrison, e autoridades sanitárias e esportivas do país.

Com testes e início de quarentena domiciliar dos jogadores marcados para os dias 5, 6 e 7 de junho, os atletas devem iniciar treinos em grupos reduzidos no dia 16. Seis dias depois, a expectativa é de recomeçar os treinos coletivos.

O retorno do Clausura, no entanto, está traçado para o mês de julho, mais precisamente no dia 17. Até a paralisação foram disputadas oito rodadas do certame. O Libertad lidera a competição, com 19 pontos.

De acordo com estudos da Universidade Johns Hopkins, dos EUA, o Paraguai registrou 900 casos do novo coronavírus desde o início da pandemia, com 402 pacientes recuperados e 11 óbitos decorrentes do novo coronavírus.

Rússia anuncia volta do futebol com torcida, mas Lokomotiv tem 4 casos de covid

Terra

Dmitry Barinov, Anton Kochenkov, Timur Suleymanov e Roman Tugarev, todos jogadores do Lokomotiv Moscou, foram diagnosticados, nesta quinta-feira, com covid-19. Segundo comunicado do clube russo em suas redes sociais, os atletas estão assintomáticos e em auto isolamento em suas residências.

Dos jogadores infectados, apenas Barinov é titular da equipe, segunda colocada no Campeonato Russo, com 41 pontos, nove atrás do líder Zenit. Com 22 rodadas disputadas, restam oito para o final da competição, que tem reinício previsto para dia 21, com a permissão de receber torcedores na proporção de 10% dos estádios.

Além dos quatro desta quinta-feira, o clube russo já havia detectado a doença no atacante peruano Farfán, que tem retorno previsto para os treinamentos nos próximos dias.

Moscou vai iniciar a relaxar o isolamento nesta segunda-feira de seus 12 milhões de habitantes, após mais de dois meses de quarentena. A Rússia só fica atrás de Estados Unidos e Brasil no número de casos de covid-19. O país acumula 370.051 casos.

Enquanto clubes amargam prejuízos, Federações têm lucros bancadas pela CBF

Uol

Subsidiadas pela CBF, e na contramão de vários clubes, a maioria das federações estaduais de futebol apresentaram superávit em 2019. O faturamento de quase todas continua dependente da confederação brasileira, que envia anualmente um fixo de R$ 975 mil a cada federação, além de valores variáveis para que as entidades estaduais ajudem na organização de torneios nacionais e repassem dinheiro a clubes participantes das Séries C e D.

Das 27 federações, o blog não encontrou até esta quinta (28) o balanço financeiro de 2019 de três: Maranhão, Mato Grosso e Amazonas — a legislação exige a divulgação dos números até 30 de abril. Das 24 restantes, 19 tiveram lucro no ano passado e apenas cinco prejuízo.

Muitas tiveram um superávit, digamos, mínimo, o que demonstra que o subsídio da CBF ainda é o que mantém essas instituições de pé. Santa Catarina, por exemplo, teve uma receita de mais de R$ 6 milhões e um superávit final de R$ 29 mil. O repasse da CBF foi de pouco mais de R$ 1,5 milhão, ou 25% de tudo o que a federação, entre as médias do Brasil, faturou.

Veja lucro e prejuízo das federações estaduais em 2019 (em R$)* Superávit
Rio Grande do Sul – 4,3 milhões
Pernambuco – 2,8 milhões
Rio – 2 milhões
Goiás – 1,64 milhão
Paraná – 789,6 mil
São Paulo – 600 mil
Distrito Federal – 587,6 mil
Ceará – 555,3 mil
Pará – 525 mil
Rio Grande do Norte – 344 mil
Roraima – 214,8 mil
Paraíba – 196,4 mil
Espírito Santo – 176,8 mil
Minas Gerais – 110,8 mil
Alagoas – 62,5 mil
Santa Catarina – 29,1 mil
Rondônia – 23,9 mil
Mato Grosso do Sul – 21,5 mil
Piauí – 4,3 mil

Déficit
Sergipe – 732 mil
Tocantins – 193,8 mil
Bahia – 179,4 mil
Acre – 107mil
Amapá – 82,8 mil

* O blog não encontrou os balanços das federações do Maranhão, Amazonas e Mato Grosso.

Volta do Paulistão: protocolo da FPF prevê times concentrados até a final

MSN

O Campeonato Paulista ainda não tem data para ser reiniciado, mas a Federação Paulista de Futebol já elaborou o protocolo para a conclusão do torneio – restam duas rodadas da fase de classificação e todo o mata-mata – quartas e semi em jogo único e final em ida e volta. O documento foi enviado aos departamentos médicos dos clubes e precisa ser aprovado pelo Governo do Estado de São Paulo.

O protocolo prevê que todas as 16 equipes envolvidas na disputa testem suas delegações para a COVID-19 dois dias antes do reinício dos treinamentos – os clubes têm um acordo para retornarem todos no mesmo dia, ainda indefinido.

Antes do reinício da competição, seriam feitos novos testes e todos iniciariam regime de concentração, seja nos CTs ou em hotéis. Quem for avançando mantém o confinamento até o fim da disputa. Os árbitros também seriam isolados durante este período.

As partidas seriam realizadas todas com portões fechados e com contingente de pessoas reduzido. Cada delegação poderá ter 38 membros e, somando todos os envolvidos, seriam até 164 pessoas por partida.

O protocolo ainda contém orientações de cuidados básicos no dia a dia, como o uso de máscaras, higienização periódica dos ambientes e monitoramento dos testes realizados.

Após anúncios de voltas do Inglês e do Italiano, jornal francês ironiza: “Somos idiotas?”

Globo Esportes

Com o anúncio dos retornos dos Campeonatos Inglês e Italiano, a França passou a ser a única das cinco grandes ligas europeias que não terá a sua temporada concluída. A Ligue 1 foi a primeira do grupo de elite a tomar uma decisão. Ainda no dia 30 de abril, resolveu encerrar o campeonato. Tudo isso provocou uma capa dura e irônica do “L’Equipe”, principal jornal esportivo do país.

Em sua primeira página da edição desta sexta, o diário pergunta: “Somos idiotas?”, ou, em tradução literal, “Como idiotas?” (veja abaixo).

O jornal destaca que, passado um mês após a decisão da LFP (liga que organiza as duas primeiras divisões francesas), a Alemanha retomou seu campeonato, e Espanha, Inglaterra e Itália marcaram datas para a retomada.O “L’Equipe” ainda destaca a luta incessante do Lyon, e seu presidente Jean-Michel Aulas, contra a decisão da LFP.

Nesta quinta, o primeiro-ministro francês, Edouard Philippe, fez um longo discurso sobre as próximas etapas de combate ao contágio do coronavírus e relaxamento do isolamento. Ele declarou que os clubes poderão voltar aos treinos no dia 2 de junho. Mas não vê possibilidades para a volta imediata do Campeonato Francês.

– Eu não acho que é a hora. Espero queseja em breve, e o começo da próxima temporada possa ocorrer em condições normais. Mas não cabe a mim comentar as decisões das ligas e federações. Os campeonatos, por dois meses e meio, foram interrompidos por razões consideráveis – declarou Philippe.

Mesmo com tal declaração, o Lyon divulgou novo comunicado reforçando sua vontade para que a temporada 2019/20 do Campeonato Francês seja retomado. O clube diz que, após a liberação para treinos a partir de 2 de junho, ainda há tempo hábil para a conclusão do torneio, que foi encerrado na 28ª rodada.

– A autorização concedida aos clubes profissionais para retomar o treinamento a partir de 2 de junho confirma que a decisão de interromper as competições foi precipitada, prematura e contrária às recomendações da UEFA, como o clube enfatizou constantemente desde essa decisão que esta decisão em 30 de abril – diz o comunicado do Lyon.

Em seu perfil oficial no Twitter, o presidente Jean-Michel Aulas publica várias mensagens ao longo do dia atacando a LFP e dando argumentos para o retorno das competições. Ao “L’Equipe”, ele também reforçou que quer a volta do Campeonato Feminino, competição no qual o Lyon foi declarado campeão.

Porém, a possibilidade de a liga rever sua decisão é nula. Ao menos é o que a própria LFP garantiu à agência AFP ainda nesta quinta, após o discurso de Edouard Philippe.

Além do Lyon, o Amiens e o Toulouse, ambos rebaixados, recorreram ao Conselho de Estado, a mais alta instância jurídica do direito administrativo francês, contra a decisão de encerrar a temporada.

Final da Liga dos Campeões pode mudar de sede devido à pandemia, e Lisboa é a mais cotada

Extra

A final da Liga dos Campeões, marcada inicialmente para Istambul, poderia mudar de sede. Segundo informou a Cadena Cope, uma das principais redes nacionais de rádio da Espanha, a capital turca teria informado a Uefa de que não teria como arcar com o investimento para receber a partida nas novas circunstâncias em que será disputada: ou seja, sem a presença de público.

Ainda segundo a emissora espanhola, diante do eficiente trabalho feito na contenção da pandemia, Lisboa estaria surgindo como alternativa mais viável.

Vale lembrar que a capital portuguesa recebeu a final da Champions recentemente, em 2014. Na ocasião, o Real Madrid derrotou o Atlético de Madrid na prorrogação.

Sindicato cobra que clubes comprovem pagamento ao fim do Carioca sob pena de perda de pontos

Uol

Em meio à pandemia do novo coronavírus, os bastidores entre integrantes do Campeonato Carioca e Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) seguem a todo vapor. E, nesta semana, foi a vez do Sindicato dos Atletas de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Saferj) entrar no “jogo” e, além de apoiar a volta do futebol, cobrar comprovação de pagamento dos contratos de trabalho sob pena de perda de pontos.

Uma carta foi enviada à federação, assinada por Alfredo Sampaio, presidente do Saferj. Ele justifica o apoio ao retorno às atividades por conta da “necessidade de sobrevivência devido o momento financeiro que muitos estão passando”.

– Com a definição do retorno das atividades no futebol carioca, vimos que um dos argumentos que fortaleceu essa decisão foi a concordância de um elevado de atletas em voltar aos treinamentos, fato, inclusive, mencionado pelo prefeito Marcelo Crivella – diz o comunicado, que segue:.

– Ficou claro que apesar do receio em voltar a atividade dado o risco de contaminação, a necessidade de sobrevivência devido o momento financeiro extremamente difícil que muitos estão passando foi fator que pesou na decisão.

Contudo, ao fim da nota, o sindicato externa considerar “inadmissível que, no estado de insegurança que ainda estamos, os atletas retornando às suas atividades incorram no risco de não terem seus salários recebidos.”.

Ministério Público do Rio de Janeiro se diz contra volta do Campeonato Carioca no momento

Globo Esportes

O Ministério Público do Rio de Janeiro emitiu um comunicado nesta quinta-feira recomendando que o Campeonato Carioca não seja retomado “até que seja atestado pelos órgãos competentes a queda do número de novos casos” de coronavírus no estado. A recomendação foi endereçada tanto para a prefeitura da cidade quanto para a federação de futebol do Rio.

Em Arbitral realizado na última segunda-feira, embora não tenham cravado uma data para retorno do campeonato, Ferj e clubes debateram sobre a possibilidade de ter jogos em meados de junho. Contrários à volta, Botafogo e Fluminense não votaram na reunião.

Flamengo e Grêmio aparecem no top 10 de melhores torcidas do mundo

MSN

Embora seja difícil de classificar qual torcida é a melhor, o jornal Espanhol Marca tentou fazer com todas ao redor do mundo. E os brasileiros Flamengo e Grêmio aparecem no Top 10, em quarto e oitavo, respectivamente. Segundo a lista, a melhor torcida do mundo é a do Raja Casablanca, clube que eliminou o Atlético-MG na semifinal do Mundial de 2013.

Os cariocas receberam 93.500 votos, enquanto o campeão obteve 2 milhões. Já o Tricolor Gaúcho foi votado por 26.600 pessoas, e terminou atrás do Real Madrid, porém à frente de torcidas conhecidas como Liverpool e Borussia Dortmund. Outros dois brasileiros que aparecem na lista são Palmeiras e Corinthians. O Verdão ficou com a 17ª colocação, enquanto o Timão ocupa o 26º lugar.

Confira a lista completa com as 40 melhores torcidas:

1 – Raja Casablanca (Marrocos) 2 milhões de votos

2 – Al Ahly (Egito) 431.900

3 – Zamalek (Egito) 132.400

4 – Flamengo (Brasil) 93.500

5 – Espérance (Tunísia) 53.500

6 – Real Madrid (Espanha) 40.300

7 – Betis (Espanha) 29.200

8 – Grêmio (Brasil) 26.600

9 – Liverpool (Inglaterra) 24.100

10 – Borussia Dortmund (Alemanha) 17.200

11 – Barcelona (Espanha) 14.700

12 – Atlético de Madrid (Espanha) 13.000

13 – Colo Colo (Chile) 12.600

14 – Atlético de Bilbao (Espanha) 10.400

15 – Boca Juniors (Argentina) 9.400

16 – Sevilla (Espanha) 8.000

17 – Palmeiras (Brasil) 6.200

18 – River Plate (Argentina) 5.300

19 – Persépolis (Irã) 5.100

20 – Valencia (Espanha) 4.400

21 – Celtic (Escócia) 4.400

22 – Wydad Casablanca (Marrocos) 4.300

23 – Milan (Itália) 3.400

24 – Peñarol (Uruguai) 3.000

25 – Napoli (Itália) 2.800

26 – Corinthians (Brasil) 2.700

27 – Galatasaray (Turquia) 2.600

28 – Mazembe (República Democrática do Congo) 2.200

29 – Tigres (México) 2.000

30 – Olympiacos (Grécia) 1.700

31 – Schalke 04 (Alemanha) 1.700

32 – Nacional Medellín (Colômbia) 1.600

33 – Chivas Guadalajara (México) 1.400

34 – Eintracht Frankfurt (Alemanha) 1.400

35 – Nacional (Uruguai) 1.400

36 – Al-Zawra’a (Iraque) 1.400

37 – Millonarios (Colômbia) 1.400

38 – Fenerbahçe (Turquia) 1.300

39 – PSG (frança) 1.300

40 – América (México) 1.300





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia