WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
pmvc abrinq vitoria da sorte





vitoria da sorte

agosto 2020
D S T Q Q S S
« jul    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  



drupal counter

lojas nacional

Turner entra em acordo com clubes e não irá transmitir o Campeonato Brasileiro a partir de 2022

Isto É

A Turner entrou em acordo com os oito clubes que tem contrato no Campeonato Brasileiro e resolveu alguns impasses entre as partes. Segundo o “UOL”, a emissora acordou que, mesmo com contrato até 2024, não irá mais transmitir o Brasileirão a partir de 2022.

Athletico Paranaense, Bahia, Ceará, Coritiba, Fortaleza, Palmeiras e Santos viviam uma insatisfação e uma relação ruim com a emissora americana. Pendências financeiras, como o pagamento de luvas, e a incerteza do futuro do contrato eram os principais motivos de uma relação estremecida.

Ao que tudo indica, a emissora já queria encerrar o contrato no fim de 2020, mas a pedido dos clubes, que temiam uma desvalorização e falta de planejamento para analisar propostas do mercado, executivos do canal decidiram permanecer na competição por mais um ano.

Um dos desfechos da negociação foi que o canal abriu mão de processar os clubes, que também abriram mão da multa rescisória de contrato com a emissora. Mesmo após o fim do acordo com a Turner, os oito clubes decidiram negociar coletivamente os direitos e permanecerem juntos para aumentar os lucros. Com isso, as equipes receberão cerca de R$ 104 milhões divididos entre todos assim que o acordo for formalizado.

Jornal crava acerto de 5 anos de Everton com o Benfica; Grêmio pode faturar mais

IG Esportes

Após muita polêmica com os ataques de Renato Gaúcho a Jorge Jesus e uma resposta do português , o atacante do Grêmio e da seleção brasileira, Everton ” Cebolinha ” acertou a sua saída do time gaúcho na noite da última quinta-feira, de acordo com o jornal Record, que garante que o atleta viaja nas próximas horas para Portugal.

Segundo a publicação, o jogador assinará um contrato de cinco temporadas e deixará o Grêmio por 20 milhões de euros. Pelo contrato, o tricolor gaúcho teria direito, de acordo com a publicação, a 15% de mais valia, ou seja, em uma futura venda do atacante, o clube brasileiro receberia essa porcentagem do que exceder o valor pago agora pelos portugueses.

Vale lembrar que o clube gaúcho é detentor de 50% dos direitos econômicos do jogador. O restante está dividido entre o empresário Gilmar Veloz (30%), o Fortaleza (10%) e um investidor (10%).

A publicação cita ainda que as negociações não foram fáceis e chegaram a estar comprometidas ao longo de quinta-feira, já que o time inglês Everton teria tentando uma última cartada para levar o jogador de 24 anos.

Para isso, o treinador Carlo Ancelotti terá ligado diretamente para o atacante para tentar convencê-lo a mudar para a Premier League. Porém, segundo o “Record”, os valores não eram muito diferentes dos apresentados pelo Benfica e a vontade do jogador em trabalhar com Jorge Jesus, ex- Flamengo , teria sido o fator decisivo na negociação.

Everton Cebolinha fez 274 partidas pelo Grêmio e marcou 69 gols pelo Tricolor, onde conquistou a Copa do Brasil (2016), Libertadores (2017), Recopa Sul-Americana (2018) e dois campeonatos gaúchos (2018 e 2019).

Jogos das finais do Campeonato Gaúcho serão realizados no fim de agosto

MSN

A FGF (Federação Gaúcha de Futebol) divulgou, na tarde desta quinta-feira, as datas das finais do Campeonato Gaúcho. O primeiro duelo entre Caxias e Grêmio ocorrerá no dia 26 de agosto, às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, enquanto o segundo será realizado no dia 30 de agosto, às 16h, na Arena, em Porto Alegre.

Antes do início da competição, o regulamento do Estadual previa uma decisão em dois jogos. O Caxias ofereceu a possibilidade de decidir o Gauchão em uma partida única, mas o Grêmio não aceitou o acordo.

Caso o Tricolor tivesse aceitado a proposta, a final seria realizada neste domingo, dia 9. A data foi disponibilizada pela CBF para partidas definidoras dos Campeonatos Estaduais.

Com isso, o Grêmio vai se preparar para a primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O time comandado por Renato Portaluppi encara o Fluminense no domingo, às 19h, na Arena. Já o Caxias, que só estreia na Série D em setembro, terá 20 dias para se ajustar até a decisão.

Globo manda carta à Conmebol para rescindir contrato da Libertadores

Uol

A Globo enviou uma carta para a Conmebol para rescindir o contrato da Libertadores. Esse documento foi mandado pela emissora após uma tentativa de redução dos valores dos contratos que não foi aceita pela entidade. Apesar de pedir a rescisão, não está claro se a emissora vai desistir de vez da competição: há a possibilidade de tentar novo acordo por valor menor. Em nota ao blog, a Globo confirmou a rescisão do contrato baseada em cláusula que tratava de prolongado período com competições paralisadas.

O contrato da Libertadores foi fechado após uma licitação feita pela Conmebol. Os direitos foram divididos em quatro pacotes, dois adquiridos pela Globo e Sportv. Com isso, a emissora tem que fazer um total de US$ 65 milhões em pagamentos anuais para a entidade sul-americana.

O contrato foi feito quando o dólar estava em R$ 3,88, sendo que agora o câmbio marca R$ 5,33. Com isso, o contrato teve um salto de quase R$ 100 milhões por ano, atingindo R$ 346 milhões para as duas mídias.

Durante a pandemia de coronavírus, que gerou uma crise financeira no futebol brasileiro, a Globo começou a renegociar ou romper contratos de direitos de televisão. Primeiro, entrou com um processo contra a Fifa para não pagar as parcelas dos direitos referentes à Copa do Mundo. E conseguiu, de fato, suspender a quitação desses valores.

Depois, houve a disputa relacionado à MP do Mandante para o Campeonato Carioca quando o Flamengo transmitiu um jogo baseado na lei. No meio do imbróglio, a Globo rescindiu de forma unilateral o contrato do Estadual o que gera agora uma disputa jurídica com a Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro).

A questão é que o contrato da Globo para Libertadores representa em torno de um quinto do total das receitas da competição que são em torno de US$ 300 milhões. Ou seja, uma saída seria um baque financeiro. Mas há a possibilidade de a Conmebol encontrar outros interessados nesses direitos.

Diante do cenário extremamente desafiador provocado pela crise econômica e potencializado pela pandemia de COVID-19, a Globo vem fazendo uma revisão completa de seu portfólio de direitos. Nesse contexto, e tendo em vista a suspensão daquela competição por vários meses, a empresa tentou renegociar com a Conmebol o contrato da Libertadores, válido até 2022, mas infelizmente não houve acordo. Assim, não restou alternativa à Globo a não ser rescindir o contrato.

Com grandes times e rivalidades regionais, Brasileirão Série B 2020 começa a todo vapor

CBF

Começa nesta sexta-feira a Série B do Campeonato Brasileiro 2020. Muito mais do que um pontapé inicial na bola, a data marca o início da trajetória de 20 equipes que sonham com o acesso à elite do futebol nacional na próxima temporada. Com grandes camisas do futebol brasileiro e recheada de rivalidades regionais, a edição do torneio promete fortes emoções.

Já na primeira rodada, por exemplo, dois campeões da Copa do Nordeste se enfrentam. No sábado (8), o Vitória recebe o Sampaio Corrêa no Barradão, às 19h. Na mesma hora, o Cruzeiro fará a primeira partida de sua história na Série B. A Raposa enfrenta o Botafogo-SP no Mineirão.

A bola rola para a abertura da Série B nesta sexta-feira, com duas partidas. Cuiabá encara o Brasil de Pelotas às 19h15 na Arena Pantanal, na capital mato-grossense. Pouco depois, às 21h30, o Confiança recebe o Paraná no Batistão, em Aracaju. São sete jogos no sábado e a rodada se completa com o duelo entre Oeste e Chapecoense, na Arena Barueri, na manhã de domingo.

A Série B do Campeonato Brasileiro é a primeira competição nacional a voltar desde a paralisação por conta da pandemia da covid-19. Com um novo protocolo operacional e de segurança e higiene, as partidas seguem na ordem estabelecida em conselho técnico, em fevereiro deste ano. Houve mudanças no calendário e as datas base se estendem até janeiro de 2021.

Confira os jogos
Hoje
19:15
Cuiabá-MT x Brasil-RS
21:30
Confiança-SE x Paraná-PR
Sábado
11:00
Juventude-RS x CRB-AL
16:00
Operário-PR x Figueirense-SC
19:00
Cruzeiro-MG x Botafogo-SP
Avaí-SC x Náutico-PE
Vitória-BA x Sampaio Corrêa-MA
21:00
CSA-AL x Guarani-SP
Ponte Preta-SP x América-MG
Domingo
11:00
Oeste-SP x Chapecoense-SC

Champions League será a retomada nesta sexta-feira

O Povo

O torcedor passou por um enorme período sem assistir jogos ao vivo, tendo que se contentar com reprises de partidas históricas. Com a retomada dos campeonatos pelo mundo, após a paralisação devido à pandemia do novo coronavírus, chegou a hora do recomeço da Champions League e Europa League, as principais competições entre clubes da Europa. O mês de agosto reserva uma verdadeira maratona de jogos de ambos os torneios.

Paralisada ainda março, quando começou a explosão de casos do novo coronavírus na Europa, a Liga dos Campeões retorna nesta sexta-feira, 7, em um novo formato, sem público no estádio e com sede única. A Uefa escolheu Lisboa para sediar os jogos a partir das quartas de final. Além disso, tem a novidade dos confrontos serem disputados em partida única, ou seja, quem perder já pode deixar Portugal e voltar para casa.

A Liga dos Campeões foi paralisada durante as oitavas de final, restando ainda quatro jogos de volta a serem realizados, enquanto outras quatro equipes conseguiram concluir a etapa eliminatória ainda antes da parada. Os seguintes times já estão nas quartas: Atalanta, Atlético de Madrid, PSG e RB Leipzig, todos em uma mesma chave.

Oitavas de final:

Manchester City x Real Madrid, sexta-feira, 7, às 16 horas (Etihad Stadium)

Ida: City venceu por 2 a 1

Juventus x Lyon, sexta-feira, 7, às 16 horas (Allianz Stadium)

Ida: Lyon venceu por 1 a 0

Barcelona x Napoli, sábado, 8, às 16 horas (Camp Nou)

Ida: empate em 1 a 1

Bayern de Munique x Chelsea, sábado, 8, às 16 horas (Allianz Arena)

Ida: Bayern venceu por 3 a 0

Jogos das quartas-de-final já definidos:

Atalanta x PSG, quarta-feira, 12, às 16 horas (Estádio da Luz)

RB Leipzig x Atlético de Madrid, quinta-feira, 13, às 16 horas (José Alvalade)

Antes da Liga dos Campeões chegar ser disputada inteiramente em Lisboa é preciso definir as quatro vagas restantes nas quartas de final do torneio europeu. Se um lado da chave é composto por equipes que ainda não tiveram o privilégio de levantar a taça da competição, o outro é formado por times de muita tradição, como é o caso de: Real Madrid (13 títulos), Barcelona (5 títulos), Bayern de Munique (5 títulos) e Juventus (2 títulos). Todos os jogos de volta das oitavas serão disputados na casa do mandante.

Grêmio e Caxias não chegam a acordo, e Gauchão será decidido em duas partidas

Gazeta Esportiva

O Campeonato Gaúcho será mesmo decidido em duas partidas. Em reunião nesta quinta-feira com a Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Grêmio e Caxias não conseguiram chegar a um acordo sobre a final, e por isso manteve-se o formato primordialmente estabelecido.

As datas dos jogos ainda serão oficializadas pela federação, que encontra dificuldades em organizar o calendário por conta do Campeonato Brasileiro, que começa já neste fim de semana.

A tendência é que o estadual seja finalizado ainda no mês de agosto, nos dias 9 e 26, segundo Cesar Santos, presidente do Caxias. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) trabalha em conjunto para, se necessário, remarcar partidas do Brasileirão.

Partiu do Caxias a disposição de decidir o Gauchão em jogo único, nesta semana. O Tricolor, porém, recusou a proposta. A FGF afirmou que a mudança de formato só aconteceria se ambas as partes entrassem em acordo, o que não aconteceu.

Conmebol aprova mudanças no regulamento da Libertadores e da Sul-Americana

GE

A Conmebol divulgou nesta quinta-feira uma série de medidas visando a retomada da Copa Libertadores e da Copa Sul-Americana, dentro do contexto da pandemia do coronavírus. O conselho da entidade aprovou mudanças no regulamento das competições, relacionadas à inscrição dos jogadores, a possibilidade de cinco substituições, e sobre a definição do quadro de arbitragem das partidas.

Tanto para a Libertadores como para a Sul-Americana passa a ser permitido que jogadores defendam mais de dois clubes na mesma temporada. Além disso, um atleta que trocou de time poderá voltar para a sua equipe original e disputar a mesma edição do torneio em que ela estiver inscrita. Isso antes não era permitido.

Também será liberada a inscrição de jogadores em qualquer etapa da competição em que o clube estiver, “onde são permitidas substituições na lista de boa-fé”, não necessariamente a partir da fase de grupos.

A Conmebol aprovou a inclusão da regra de cinco substituições por equipe em cada jogo, assim como foi feito em outras competições mundo afora. A justificativa é preservar a condição física dos atletas e manter o alto nível de competitividade.

Outra novidade é que as partidas da Copa Libertadores e da Copa Sul-Americana poderão contar com árbitros do país do time mandante, em caso de extrema necessidade, ou o quadro pode ser composto por integrantes de diferentes nacionalidades. Isso é visto como uma medida para superar as limitações impostas por regras sanitárias.

A Conmebol prevê a retomada da Copa Libertadores para o dia 15 de setembro, e da Copa Sul-Americana para 27 de outubro. A confederação vai distribuir mais de US$ 93 milhões aos clubes para ajudar na questão das viagens. O novo protocolo da entidade chamado “Concentração Sanitária” autoriza a entrada nos países da América do Sul, sob normas sanitárias, por 72 horas.

Tite diz que observou jogos na TV sem narração e comentários

Uol

O técnico Tite contou que ele e a comissão técnica da seleção brasileira criaram o hábito de, durante a pandemia do novo coronavírus, acompanhar as transmissões de jogos sem áudio. Em vídeo publicado pela CBF TV, o treinador contou que, neste período em que não foram realizadas observações presenciais, a equipe de analistas continuou a monitorar os jogadores, mas evitou assistir aos jogos com áudio para que opiniões de comentaristas e narradores não interferissem em um exercício que criaram para melhorar a análise.

“Uma das formas que a gente desenvolveu virtualmente era assistir ao jogo e não ouvir comentários e narrações. E nós fazíamos uma análise projetando como se fossemos técnico da equipe e dar as orientação no intervalo, era uma forma criativa que nós tivemos”, disse.

“Se tu ouve um comentário, uma narrativa, emocionalmente você vai estar sendo interferido no jogo, a gente procurou dentro daquelas outras criatividades exercitar essa também”, completou.

Com a volta do Campeonato Brasileiro neste fim de semana, as observações presenciais serão retomadas pela comissão da seleção, mas com adaptações por causa da pandemia. De acordo com o coordenador do departamento, o ex-jogador Juninho Paulista, neste primeiro momento apenas um profissional será escalado por partida.

“A gente está se organizando para ver ‘in loco’. Antes eram dois, sempre um discutindo com outro agora, vamos colocar um observador em cada jogo, até pela preocupação de ter menos pessoas no estádio possível”, disse.

O próximo jogo da seleção brasileira será realizado no dia 9 de outubro, contra a Bolívia, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022.

Globo vai à Justiça para impedir Turner de transmitir jogos de clubes com os quais não tem contrato

Globo Esportes

A Globo entrou com ação para impedir a Turner de exibir jogos dos clubes do Brasileirão que assinaram contrato com a Globo em todas as plataformas.

No acordo que firmou com essas equipes, a Globo comprou a exclusividade dos direitos da transmissão das partidas delas no Brasileirão. Assim, a emissora entende que os contratos devem ser respeitados, uma vez que são negócios jurídicos perfeitos.

Ainda assim, a Turner decidiu, segundo tabela divulgada pela CBF, transmitir partidas dos clubes que assinaram contrato com a Globo em todas as plataformas. A empresa americana se baseia na Medida Provisória 984, publicada em 18 de junho, que prevê que os direitos de transmissão pertencem à equipe mandante. Porém, no entendimento da Globo, a MP não pode retroagir para alterar contratos celebrados na vigência da lei anterior.

A Globo tem contrato de exclusividade em todas as plataformas com os seguintes clubes da Série A: Atlético-GO, Atlético-MG, Botafogo, Corinthians, Flamengo, Fluminense, Goiás, Grêmio, São Paulo, Sport e Vasco. Outras sete equipes assinaram com a Globo para TV aberta e pay-per-view e fecharam com a Turner para TV fechada: Bahia, Ceará, Coritiba, Fortaleza, Inter, Palmeiras e Santos. O Athletico-PR tem acordo com a Globo para TV aberta e com a Turner para TV fechada. O Bragantino não assinou qualquer contrato de transmissão.

Diversos clubes já declararam apoio à posição da Globo, entre eles Atlético-GO, Atlético-MG, Botafogo, Corinthians, Fluminense, Goiás e Sport. Veja algumas manifestações públicas das equipes e de seus dirigentes.

Prevenção à Covid-19: Futebol com os amigos ainda deve ser evitado

Secom PMVC

Que o futebol é paixão nacional nós já sabemos! E se você é um dos apaixonados pela prática, deve estar ansioso por um baba. Mas tenha calma, que a pandemia vai passar e logo você vai poder estar reunido com os amigos! Mas e enquanto não passa? O melhor é procurar formas para se exercitar dentro de casa. Dessa forma, o corpo trabalha, a mente distrai e todos ficam seguros!

Com a proibição de aglomerações e interdições de locais públicos, os babas ainda estão impedidos de ocorrer. O secretário de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Adriano Gama, explica o quanto é importante estarmos juntos nessa luta diária contra o coronavírus e a necessidade de zelarmos pela saúde de todos: “É por isso que a gente pede a colaboração dos organizadores de babas, das equipes, que já têm uma rotina dessa atividade esportiva, tão especial, tão nossa e tão brasileira.”, explicou Gama.

A Prefeitura de Vitória da Conquista continua com todos os esforços para controlar a disseminação do Novo Coronavírus, mas o engajamento de todos os cidadãos nessa luta é fundamental: evite sair de casa e, se for necessário sair, use máscara e não faça aglomerações!

Bilionário americano compra Roma por 591 milhões de euros

Isto É

Após quase uma década, terminou a era de James Pallotta à frente da Roma. O empresário ítalo-americano confirmou nesta quinta-feira (6) a venda do controle acionário do clube giallorosso para o bilionário Dan Friedkin.

A operação é avaliada em cerca de 591 milhões de euros, incluindo dívidas, e deve ser concluída até o fim de agosto.

Segundo um comunicado oficial do time italiano, a empresa AS Roma SPV, controlada por Pallotta, cederá sua participação na sociedade, que equivale a 86,6% do capital social, para o Grupo Friedkin, ao custo de 0,1165 euro por ação.

Além disso, o comprador terá de lançar uma oferta pública para as ações da Roma que estão em circulação no mercado. “Estou feliz em confirmar que fechamos um acordo com o Grupo Friedkin para a venda da AS Roma. Assinamos os documentos nesta madrugada e, nos próximos dias, trabalharemos juntos para completar o percurso formal e legal para a troca de comando no clube”, disse Pallotta.

“Nós todos no Grupo Friedkin estamos felizes em nos tornar parte dessa cidade e desse clube icônicos. Não vemos a hora de fechar a aquisição o quanto antes e de nos imergir na família da AS Roma”, reforçou Friedkin.

Também americano, o empresário tem 55 anos e uma fortuna estimada em mais de US$ 4 bilhões. Ele é dono de uma distribuidora de veículos e peças da Toyota no sul dos Estados Unidos e ainda investe nos setores hoteleiro e de entretenimento. Além disso, detém uma coleção de aviões militares e apoia projetos de conservação de áreas naturais.

Um dos entusiastas da compra da Roma foi o filho de Friedkin, Ryan, que deve se mudar para a capital italiana para acompanhar o investimento pessoalmente.

Comando americano – Quando a operação for concluída, a equipe giallorossa terá seu terceiro proprietário americano em menos de 10 anos.

O primeiro foi o empresário Thomas DiBenedetto, que, em 2011, adquiriu 60% das ações do clube da família Sensi, ao lado de outros executivos, incluindo Pallotta. Os outros 40% permaneceram com o banco Unicredit até 2014, quando foram comprados pelo atual dono da Roma, que já havia sido nomeado presidente em 2012.

Os oito anos da “era Pallotta” na Roma foram marcados pelas ambições de conquistar a Série A e construir um novo estádio, mas também por um jejum de títulos que deixou a torcida insatisfeita com o proprietário do clube.

Nesse período, a Roma foi vice-campeã italiana nas temporadas de 2013/14, 2014/15 e 2016/17 – nesta última, terminou a apenas quatro pontos da Juventus – e semifinalista da Liga dos Campeões em 2017/18, após um histórico 3 a 0 sobre o Barcelona de Messi.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia