WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte





vitoria da sorte

janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  



drupal counter

lojas nacional

Governo Municipal dialoga com representantes da LCDT

Ascom PMVC

O Governo Municipal recebeu representantes da Liga Conquistense de Desportos Terrestres (LCDT), na manhã desta segunda-feira (18). A nova diretoria da Liga, eleita no mês de dezembro para o quadriênio 2021-2025, veio se apresentar e dialogar sobre melhorias e incentivo à prática esportiva em Vitória da Conquista.

A prefeita em exercício, Sheila Lemos, recebeu os membros da LCDT e ouviu as suas reivindicações. “É uma honra poder dialogar e traçar compromissos junto com a LCDT, uma instituição tão importante para o desenvolvimento do esporte em nossa cidade. A Prefeitura já é uma parceira da Liga e com certeza continuará apoiando o seu trabalho”, afirmou.

Para o secretário municipal de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Adriano Gama, é importante colocar em discussão o planejamento das ações de melhoria: “Daqui, com certeza, vão sair ótimos resultados, grandes frutos dessa parceria. E a gente está sempre disposto a continuar contribuindo com a Liga. Tudo é uma via de mão dupla: é importante pra gente estar apoiando eles, como é importante o trabalho que eles desenvolvem, que a gente considera há muito tempo.”

O presidente da LCDT, Luciano Pina, ressaltou a visita tem o objetivo de fortalecer a já existente relação de parceria entre a Liga e a Prefeitura. “Nós só temos a agradecer à prefeita, por ter nos recebido e por estar solícita a fazer aquilo que dentro do possível por nós”, disse.

Com elenco reduzido, Vitória da Conquista inicia a preparação para o Baianão

Da Redação

Com um elenco reduzido, o Vitória da Conquista se apresentou na tarde desta segunda-feira (18), no Estádio Edvaldo Flores para o início da preparação visando o inicio da disputa do Campeonato Baiano de 2021.

Ainda sem a presença do treinador Luiz Gabardo Júnior, que deve chegar ainda hoje (19), os atletas fizeram seu primeiro treino da temporada.

Apenas 14 jogadores se apresentaram. São eles:

Goleiro: Netto Rocha –Zagueiros: Breno, Vinícius Bonfati e Sávio Maciel. – Lateral-Esquerdo: Alex Lagamar. – Volantes: Fagner, Rodrigo e Matheus Chaves. – Meias: Guto, Maradona e Natan e os Atacantes: Léo Coxinha, Andrei e Luan.

O Vitória da Conquista estreia na competição no dia 21 de fevereiro diante do Doce Mel, no Estádio Lomanto Júnior.

Prontas para fazer história: Edina Alves e Neuza Back superam testes físicos da FIFA para o Mundial de Clubes

CBF

A noite já se aproximava quando Edina Alves e Neuza Back chegaram ao Complexo Esportivo Doutor Nicolino de Lucca, em Jundiaí, no último sábado (16). Pela frente, elas teriam um dos maiores testes de suas vidas: a prova física da FIFA para arbitrar o Mundial de Clubes, no Catar. Mas a dupla brasileira se acostumou a quebrar barreiras. Este seria apenas mais um desafio.

Depois de mais de uma hora de provas intensas, as duas se reencontraram no centro da pista de atletismo, cansadas e cheias de orgulho. Acabavam ali quaisquer dúvidas: elas serão as primeiras mulheres a comandar um jogo masculino em uma competição da FIFA.

Pioneiras, Edina e Neuza viajarão para representar o sonho delas e de tantas outras mulheres. Elas têm noção da responsabilidade que carregam e do tamanho da confiança depositada nelas.

“É o maior desafio da nossa carreira. É a primeira vez que vai ter mulher no evento adulto, a gente precisa ir lá e corresponder para que essa porta fique aberta. (…) Eu e Edina sempre pedíamos para ir em competições masculinas internacionais. Agora está chegando essa oportunidade. Precisávamos passar no teste físico e, agora que passamos, dá para comemorar que a gente vai”, reforçou Neuza.

Com esse sentimento misto de orgulho e responsabilidade, a dupla, que pertence ao quadro internacional da CBF,vai ao Catar para fazer história. Afinal, esta é mais uma página da história do futebol que está prestes a ser escrita por uma brasileira.

“Felicidade imensa em poder representar o nosso país. Eu tenho um orgulho muito grande de representar o Brasil em eventos da FIFA, da Conmebol e quero desempenhar um bom trabalho. Porque nós tivemos grandes árbitros em competições da FIFA e da Conmebol e não quero decepcionar eles, nem a minha família”, afirmou Edina.

Brasileiro é o mais embolado da era de pontos corridos

Terra

Considerando-se a era dos pontos corridos com a participação de 20 clubes, ou seja, desde 2006, só uma única vez o Brasileiro chegou à 30ª rodada com diferença tão pequena de pontos entre o líder e o sexto colocado. Foi em 2011, com seis pontos separando Corinthians, que viria a ser o campeão, do São Paulo (54 a 48).

Agora, essa distância do líder São Paulo (57) para o Grêmio, que ocupa o sexto lugar, é de sete pontos. Mas há um dado que dá à atual edição do Brasileiro um destaque a mais.

Como o time gaúcho tem um jogo a menos, mesma situação de Palmeiras (o 5º, com 51), Flamengo (4º, com 52) e Atlético-MG (3º, com 53), a classificação por pontos perdidos diminui essa diferença para quatro pontos.

Nos últimos 14 anos do Brasileiro, foram poucas as vezes em que um time que liderava a competição na 30ª rodada não ganhou o título. Isso se deu somente em 2008, 2009 e 2010. No primeiro exemplo, o Grêmio era o que mais pontuava, mas foi superado pelo São Paulo, que conquistaria o tricampeonato (2006-07-08).

Em 2009, uma arrancada na reta final do Flamengo deixou para trás o Palmeiras, então em primeiro lugar na 30ª rodada. Já em 2010, o Cruzeiro não sustentou a posição de líder naquele momento do Brasileiro e viu o Fluminense erguer o troféu.

Uma curiosidade, à parte, sobre o tema pode ser verificada em 2019. No ano retrasado, após 30 jogos, o Flamengo, com 71 pontos, já abria 25 de vantagem para o sexto, o Athletico-PR, então com 46.

SÉRIE B: América-MG quer se aproximar do título, enquanto Juventude e CSA brigarão pelo G4

Futebol Interior

A 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro será aberta, nesta terça-feira, com o líder América-MG em campo. Se os mineiros querem se aproximar do título, Juventude e CSA travarão mais uma batalha pelo G4.

Vindo de dois empates seguidos, o último por 1 a 1 com o Botafogo-SP, e de dez jogos sem derrota, o líder América-MG visitará o Brasil-RS em Pelotas, às 16 horas. O time do técnico Lisca, com 68 pontos, já garantiu o acesso e, agora, quer o título. O Brasil-RS, por sua vez, apanhou do Figueirense, por 3 a 0, e parou nos 47 pontos, na 11ª posição.

Em Florianópolis, às 19h15, o Juventude defenderá sua posição no G4 contra o Avaí. Após vencer o Cruzeiro, por 1 a 0, os gaúchos voltaram ao G4, na quarta colocação com 55 pontos. O Avaí, sem perder há três rodadas, mas vindo de dois empates seguidos, estacionou no oitavo lugar com 49 pontos.

Se o Juventude entrou no G4, o CSA deixou a zona de acesso. O clube alagoano tentará reencontrar o caminho das vitórias após três tropeços seguidos. Ao empatar, por 1 a 1, com o Avaí, o CSA caiu para a quinta colocação com 53 pontos. O próximo desafio será contra o ameaçado Botafogo-SP, em Ribeirão Preto, às 19h15. Mesmo sem perder há cinco rodadas, o clube paulista amarga a vice-lanterna com 34 pontos e poderá ser rebaixado nesta rodada.

Em Maceió, às 19h15, o Figueirense enfrentará o CRB para se afastar do perigo do rebaixamento. O clube catarinense ocupa a 15ª colocação com 39 pontos, a mesma pontuação da degola, mas o Figueirense supera o Vitória no número de triunfos (9 a 8). O CRB, por sua vez, foi derrotado pelo Operário (3 a 2) e parou nos 46 pontos, na 12ª posição.

Em Aracaju, às 19h15, Confiança e Sampaio Corrêa farão confronto direto. Os sergipanos, em 13º lugar, chegaram aos 45 pontos após a vitória, por 1 a 0, sobre o Oeste. O Sampaio Corrêa, enquanto isso, superou o Paraná (2 a 1) e acumula 48 pontos, na nona colocação.

A rodada seguirá na quarta-feira com três jogos. Com chances remotas de acesso, o Guarani enfrentará o ameaçado Vitória, em Campinas. Lutando contra o descenso, o Náutico receberá o rebaixado Oeste, em Recife. Em Belo Horizonte, o Operário tentará se manter na briga pelo G4 contra o eliminado Cruzeiro.

Na quinta-feira, em Chapecó, a Chapecoense tentará seguir viva na briga pelo título, enquanto a Ponte Preta lutará pela zona de acesso.

Corinthians mostra a Fla, Santos e São Paulo como não enfrentar o Palmeiras

Uol

O clássico da noite de segunda-feira no Allianz Parque teve mais posse do Palmeiras, como no primeiro tempo de sexta-feira diante do Grêmio. Mas os gols e outras boas situações criadas pelo time de Abel Ferreira aproveitaram os enormes espaços cedidos pela equipe de Vágner Mancini.

No lance que abriu o placar, ótima jogada feita por dentro diante de marcação mais frouxa do Corinthians, que a exemplo dos 5 a 1 sofridos para o Flamengo, parecia crer que poderia jogar de igual para igual com seu grande rival. Levou de 5 a 1 dos rubro-negros, tomou de 4 a 0 desta vez.

Zé Rafael para Willian e daí, ótimo passe, para Raphael Veiga: 1 a 0. Isso com o palmeirense finalizando com certa liberdade dentro da área. Depois, três gols nos quais o Palmeiras, normalmente reativo do Abel, aproveitou os enormes latifúndios cedidos atrás da linha defensiva corintiana.

Mesmo tendo maior controle da pelota, a vocação desse Palmeiras é essa. Adora os espaços e sabe aproveitá-los. Quando o River Plate os concedeu, levou 3 a 0 na Argentina, quando os evitou, venceu no Brasil. Desta vez foi o Corinthians quem pagou pra ver. Se deu mal.

O repertório do time treinado pelo português vai sendo ampliado, mas sem perder sua característica principal. O time que não conseguia ter a bola para cadenciar e esfriar o jogo diante do River, já mostrou evolução contra Grêmio e Corinthians. Mas sua arma mortal segue a mesma.

Um claro alerta para o Flamengo, adversário de quinta-feira em Brasília, Santos, dia 30 na final da Libertadores, São Paulo, que receberá o campeão paulista em 7 de fevereiro. Ai de quem conceder fartos, generosos espaços para o Palmeiras, vivo nas três competições que disputa.

Fla volta a vencer, mas desempenho ainda precisa evoluir

Globo Esportes

Após três jogos sem vencer, o Flamengo voltou a triunfar no Campeonato Brasileiro e se recuperou na briga pelo título. Um pequeno ajuste feito por Rogério Ceni surtiu efeito e ajudou no resultado, mas o placar por 3 a 0 pode indicar erroneamente uma facilidade maior do que realmente foi o jogo. O time ainda pode mostrar mais com as peças que tem à disposição.

A principal mudança para o jogo foi uma leve alteração na formação. Em vez do 4-4-2 tradicional dos tempos de Jorge Jesus, Rogério Ceni escalou o Flamengo num 4-2-3-1 – esquema já utilizado eventualmente pelo treinador, mas raramente desde o início.

Com a reorganização das peças, Arrascaeta passou a jogar centralizado, onde teve suas melhores atuações neste Brasileirão. Foi assim que o uruguaio rendeu melhor sob o comando de Domènec Torrent, e a sacada de Rogério Ceni merece elogios por potencializar um dos jogadores de maior capacidade técnica do elenco rubro-negro.

O Flamengo ainda precisa melhorar seu desempenho para voltar de vez à briga pelo título – e o duelo com o Palmeiras será um teste importante. Mas a vitória sobre o Goiás e o ajuste feito por Rogério Ceni dão uma base sobre a qual trabalhar nesta reta final de Campeonato Brasileiro.

Palmeiras goleia Corinthians e se mostra vivo também no Brasileiro

R7

Na final da Libertadores e da Copa do Brasil, o Palmeiras nem de longe desistiu do Campeonato Brasileiro. A prova disso foi a vibrante goleada por 4 a 0 na noite desta segunda-feira (18), sobre o rival Corinthians. Raphael Veiga (2) e Luiz Adriano (2) marcaram os gols do clássico atrasado da 28ª rodada.

O Palmeiras, que ainda tem um jogo a menos em relação aos principais adversários na luta pelo troféu, tem 51 pontos, seis atrás do líder São Paulo, na quinta posição. O Corinthians, com 42 pontos, sonha com uma vaga na Libertadores e é o nono colocado.

Antes da bola rolar, muita gente poderia pensar que o Dérbi não teria a mesma emoção já que o alviverde está envolto nas finais de outras competições — a equipe enfrentará o Santos no dia 30, no Maracanã, pela Libertadores; e a primeira final da Copa do Brasil, contra o Grêmio, na Arena em Porto Alegre, acontece em 11 de fevereiro.

As duas equipes voltarão a campo no meio de semana, já pela 31ª rodada do Brasileirão. O Palmeiras enfrentará o Flamengo, no Mané Garrincha, em Brasília; e o Corinthians pegará o Sport, na Neo Química Arena. As duas partidas acontecerão na quinta-feira.

Rafael Barbosa é o novo preparador físico do Vitória da Conquista

Bahia Notícias

A diretoria do Vitória da Conquista anunciou a contratação do preaparador físico Rafael Barbosa. Ele vai compor a comissão técnica capitaneada pelo treinador Luiz Garbado Júnior. A apresentação será nesta terça (19).

Com mestrado na Universidade do Porto, em Portugal, Rafael Barbosa trabalhou como fisiologista em várias equipes. Em 2020, ele passou pelo Oeste-SP nas disputas do Campeonato Paulista e da Série B do Brasileiro.

Além da experiência no Juventude na campanha do acesso à Série C fazendo parte da comissão técnica do treinador Lisca. Rafael também fez parte do Novo Hamburgo na conquista do vice-campeonato gaúcho em 2017.

Vitória da Conquista renova com goleiro para temporada 2021

Dário Esportivo

Na manhã desta segunda-feira (18), a diretoria do Vitória da Conquista anunciou a renovação de contrato do goleiro Netto Rocha, de 36 anos, um dos grandes destaques do time na disputa do Brasileirão da Série D de 2020.

O Vitória da Conquista anunciou na manhã desta segunda-feira (18) a renovação de contrato do goleiro Netto Rocha, de 36 anos. O Bode está formando seu elenco para a disputa do Campeonato Baiano, que no momento é a única competição que participará em 2021. A apresentação dos jogadores será logo mais às 15h, no Estádio Municipal Edvaldo Flores.

Netto Rocha começou a carreira no próprio Vitória da Conquista em 2010, onde permaneceu por cinco temporadas ajudando o clube na conquista da Copa Governador do Estado em 2012. No ano passado, retornou ao Bode para a disputa da Série D do Brasileiro após jogar o Baianão pelo Fluminense de Feira. Ele ainda acumula experiências no Flamengo de Guanambi e Rio Branco-SP.

O Baianão está marcado para começar no dia 21 de fevereiro, um domingo. O Vitória da Conquista estreia contra o Doce Mel, como mandante.

Libertadores: Conmebol define trio de arbitragem para final entre Palmeiras x Santos

Atarde

Um trio de arbitragem argentino vai apitar a final brasileira da Copa Libertadores, entre Palmeiras e Santos, que está marcada para 30 de janeiro, às 17h, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Federação responsável pelo torneiro, a Conmebol anunciou os nomes neste domingo, 17. Patrício Loustau será o árbitro central, acompanhado pelos assistentes Ezequiel Brailovsky e Diego Bonfa. Já o árbitro de vídeo será comandado por Mauro Vigliano.

Nas semifinais, os times brasileiros eliminaram duas equipes argentinas. Enquanto o Palmeiras despachou o River Plate em duas partidas bem distintas, o Santos não encontrou dificuldades para vencer o Boca Juniors e se garantir na decisão.

Messi: 753 jogos para o primeiro vermelho no Barcelona

Ogol

753 jogos. Este foi o número de partidas que Lionel Messi demorou para receber o seu primeiro vermelho pelo Barcelona. Uma punição que pode pesar no restante da temporada, arriscando até 12 jogos de suspensão.

Quem acompanha o Barcelona se acostumou a ver Lionel Messi provocar vermelhos, com seus dribles e infiltrações muitas vezes dando aos rivais apenas a opção das faltas. Desta vez, na final da Supercopa, contra o Athletic Bilbao, a situação foi diferente. No fim do duelo, que terminou em derrota por 3 a 2 após prorrogação, foi Messi quem recorreu à violência.

O vermelho foi daqueles difíceis de contestar. Asier Villalibre bloqueou a arrancada de Messi com o corpo para impedir a chegada do argentino na área. O craque perdeu a cabeça e, para afastar Villalibre, soltou o braço. Resta saber como será avaliada a situação: se for considerada agressão, o jogador do Barcelona pega de 4 a 12 partidas, embora com maior probabilidade de cumprir com a pena mínima pelo histórico de Messi.

No Barcelona, Lionel Messi passou seus primeiros 752 jogos sem saber o que é receber o vermelho. Não é, no entanto, a primeira expulsão do atacante. Pela Argentina, Messi acumula dois vermelhos, e o último deles há relativamente pouco tempo, em julho de 2019, quando se desentendeu com Gary Medel na Copa América. O jogador já havia sido expulso também pelo time B do Barça.

O vermelho interrompe a sequência positiva de Messi neste início de 2021. O craque tinha marcado quatro gols em três partidas disputadas até então, dois deles justamente contra o Athletic, em partida válida pelo Espanhol.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia