WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

janeiro 2022
D S T Q Q S S
« dez    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  



drupal counter

:: ‘ACUSA’

Presidente da Juazeirense ataca arbitragem: “Fomos prejudicados”

Galáticos Online

roberto carlos(1)(1)

O Baianão 2016 mal começou e as polêmicas com arbitragem já surgiram. O primeiro alvo de reclamações foi Diego Pombo, que comandou o triunfo do Bahia sobre a Juazeirense por 3 a 2, neste domingo (31).

Após o duelo, em Pituaçu, o presidente do Cancão de Fogo, Roberto Carlos atacou o árbitro. “O Bahia não precisa de proteção de ninguém. O Bahia tem jogadores de qualidade suficiente para nos vencer. Hoje, a Juazeirense não ganhou porque foi prejudicada por terceiros”, disse à Equipe dos Galáticos.

O deputado estadual mostrou insatisfação com as marcações da arbitragem. “O juiz deu sete cartões para nossa equipe só no primeiro tempo. Ele tentou nos intimidar. Ele inverteu diversas faltas e ainda expulsou nosso zagueiro num pênalti onde ele dividiu a bola com o jogador do Bahia”.

O dirigente colocou em dúvida a legalidade de um dos gols do Tricolor. ” Não foi bom e vocês viram a maneira que aconteceu. Não foi um jogo normal. Tem dúvida no terceiro gol do Bahia e no nosso terceiro gol anulado. Recebi mensagens de pessoas que viram pela televisão me confirmando isso”.

Roberto Carlos revelou, ainda, que irá analisar se entrará com uma representação contra Diego Pombo na Federação Bahiana de Futebol (FBF). “Vamos assistir todo o vídeo da partida, analisar lance por lance e decidir se vai valer a pena entrar com a representação na Federação”, concluiu.

Técnico do Colo Colo acusa FBF de demissão; Ednaldo Rodrigues rebate

Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.emy-O11z-q

A polêmica que cerca o Colo Colo após a descoberta de atletas irregulares na primeira rodada do Campeonato da Série D continua. Depois da demissão da equipe de Ilhéus, o técnico Duzinho acusou o presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), Ednaldo Rodrigues de impor esta decisão ao time do interior. “O Ednaldo (Rodrigues) pediu para o Colo Colo demitir a comissão técnica. Infelizmente, o sistema acaba fazendo essa imposição”, afirmou ao Bahia Notícias.

Por sua vez, o mandatário da entidade máxima do futebol da Bahia declarou ao BN que não tem poder nas decisões dos filiados e afirmou que o ex-treinador da equipe estava ciente da irregularidade dos jogadores. “A Federação não emprega comissão técnica. A responsabilidade disso é da presidência.

Ele (Duzinho) fala muitas coisas que não tem nexo. Nossa exigência é que os filiados tenham uma lisura dentro do quadro da entidade. O presidente do Colo Colo analisou e constatou que o treinador sabia da irregularidade”, rebateu.

Presidente do Vitória da Conquista acusa jogadores de tumultuar ambiente antes do jogo contra o Vitória

Por Luciano Pina

images

O presidente do Vitória da Conquista, Ederlane Amorim, revelou, em entrevista à rádio CBN, que um grupo de jogadores liderados pelo atacante Tatu e os meias Moisés e Ramires procuraram o mandatário para “tumultuar o ambiente do clube”.

Segundo Ederlane, ele teria mandado os jogadores saírem de sua sala e que após sua ordem os jogadores teriam agido de forma agressiva. “Temi pela minha segurança”, disse o presidente durante a entrevista.

Muito triste, ele também disse que não reconhece o atacante Tatu deste ano, segundo ele “é outra pessoa, não é o mesmo de 2008?, falando sobre o lado pessoal do jogador.

Segundo o presidente, as reclamações do atacante Tatu eram:

A multa que levou do clube por ter levado o terceiro cartão amarelo, deixando-o de fora do jogo contra o Bahia.

Pagamento do mês de Março e Abril (que ainda venceu).

Presidente do Fluminense de Feira acusa Zanata de escalar time a mando de empresário

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

Após anunciar a demissão do técnico Zanata, o presidente do Fluminense de Feira, Rubem Cerqueira, soltou o verbo e fez sérias acusações ao ex-comandante da equipe. De acordo com o mandatário, Zanata estaria escalando o time a mando de um empresário.

– Isso para mim foi o estopim para tomar uma atitude, que alias, deveria ter adotado há alguns jogos por conta de influência de empresários – disse ao site oficial.

Cerqueira afirmou que o goleiro Rubens Júnior perdeu a posição para Vandré, a mando do agente que levou o arqueiro para o Flu. Ele teria exigido um percentual do passe do jogador, ao empresário de Rubens, com a garantia da titularidade. Como a proposta foi rejeitada, ele acabou indo para a reserva.

– Quem me passou esta informação foi o dono do passe do jogador que recebeu a ligação deste cidadão, exigindo o percentual no passe do atleta e como não aconteceu, o goleiro foi sacado do time – acusou.

O Bahia Notícias tentou entrar em contato com Zanata para comentar as declarações, mas ele não retornou as ligações.

naturagua

Série D: Ex-técnico acusa atletas de boicote no Vitória da Conquista

Bahia Notícias

O desempenho do Vitória da Conquista na Série D é pífio. Em quatro jogos, o time Alviverde perdeu três e empatou uma. A última derrota, para o Sousa-PB, por 1 a 0 dentro de casa, culminou com a saída do técnico Elias Borges do comando da equipe, anunciado na segunda (23). A explicação para esta campanha pode ser um suposto boicote. O ex-treinador do Bode fez severas críticas ao elenco e afirmou que alguns jogadores estariam fazendo “corpo mole”.

– Preferi sair. Foi uma decisão amigável com o presidente Ederlane. Fiquei muito triste, pois alguns jogadores decidiram fazer corpo mole. Isso era nítido nas partidas. Afastamos alguns, mas depois eles retornaram. Fizemos uma boa campanha no Campeonato Baiano e não é normal o time cair tanto de desempenho. Não durmo com o inimigo – disse ao Bahia Notícias.

Sem papas na língua e dando nome aos bois, o treinador não escondeu a irritação com os jogadores. – Júnior Gaúcho, Mauricio Pantera, Jorginho e Zé Leandro não tiveram consideração com o clube e começaram a fazer corpo mole. Tem jogador que não está preparado para fazer sucesso, pois sobe para cabeça. Alguns deles foram elogiados no Baianão e agora já se acham que é estrela. Fiquei muito chateado, pois esse grupo da Série D está muito fácil. Poderíamos nos classificar tranquilamente. Mas eles derrubaram o time – declarou.

Elias Borges espera que os atletas por ele citado, sejam desligados do Vitória da Conquista. O técnico ainda manifestou o desejo de retornar em breve ao clube. – O presidente Ederlane fez um sacrifício enorme para colocar o time na Série D, tirando dinheiro do próprio bolso e esses caras fazem isso. O presidente tem que demitir esses jogadores. Eu não durmo com inimigo, por isso preferi sair. Mas espero voltar em breve, pois tenho um carinho enorme com o Conquista, pois é o time da minha cidade. Eu quero que o Conquista sempre esteja bem – finalizou.

O Bahia Notícias procurou Ederlane Amorim para comentar o assunto, mas ele não atendeu as ligações.

Dirigente do Sousa diz que árbitro José Renato estava mal intencionado

Globo.com

Durante o segundo tempo do jogo entre Sousa e Campinense, realizado na noite desta quarta-feira e válido pela primeira partida da final do Campeonato Paraibano, o supervisor de futebol do Dinossauro, Rafael Abrantes, afirmou que o árbitro José Renato estava mal intencionado. A declaração do dirigente aconteceu momentos antes do presidente sousense Aldeone Abrantes, ter invadido o campo e reclamado do árbitro. O confronto aconteceu no Estádio Marizão, em Sousa, e durante a confusão o placar já era de 1 a 1 (que acabou sendo o resultado final).

De acordo com Rafael, José Renato não marcou dois pênaltis à favor do Alviverde, além de distribuir cartões amarelos para a equipe sertaneja, dificultando a vida do técnico Suélio Lacerda para o próximo jogo, em Campina Grande.

Sousa e Campinense vão se enfrentar mais uma vez no domingo, no Estádio Amigão, em Campina Grande. Com mais um empate, o título vai para a Raposa. Já o Sousa precisa vencer para ser campeão.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia