WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
pmvc

março 2019
D S T Q Q S S
« fev    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  



drupal counter

:: ‘AGRESSÃO’

Vitória da Conquista denuncia jogador que agrediu atleta alviverde

Site do ECVC
Foto Luciana Flores

images

O Vitória da Conquista vive a expectativa da segunda partida das quartas de final contra a Ponte Preta, pelo campeonato da LCDT. Mas a vitória na primeira partida pelo placar de 6×1 não foi o único destaque do confronto. Infelizmente o lance que ficará marcado para o alviverde, de maneira especial para o atleta Rodrigo, de 20 anos, foi agressão sofrida no decorrer do jogo. Ele foi alvejado com um violento soco desferido pelo jogador João Santos, da equipe adversária, quando o jogador alviverde estava compondo uma barreira.

O ato de covardia foi tão violento que o garoto foi levado com urgência ao hospital Unimec, onde recebeu pronto atendimento. Rodrigo perdeu a visão por quase 24 horas e agora terá que fazer um acompanhamento com especialistas para avaliar a gravidade do fato e se haverá sequelas para o futuro. Lembrando que não havia ambulância no estádio e ele foi levado em carro particular.

A diretoria do Vitória da Conquista decidiu não deixar o caso passar em branco e o denunciou o agressor. O presidente Ederlane Amorim compareceu ao Distrito de Segurança Pública, Disep, acompanhado do garoto e denunciou o agressor. Rodrigo foi submetido a exame de corpo e delito e apresentou também o laudo do médico que o atendeu no hospital. O jogador pontepretano foi intimado e terá que comparecer nos próximos dias para prestar depoimento a respeito do assunto.

“Não é possível aceitar esse tipo de coisa no futebol. A violência já anda tão espelhada em todos os setores da sociedade, não dá para achar normal um atleta agredir um adversário de maneira tão covarde e irresponsável”, afirmou Ederlane. ;

“Enquanto todos lutam para acabar com tantas agressões proporcionadas por algumas torcidas organizadas Brasil afora, esse rapaz de maneira descabida e inexplicável agride nosso atleta, que deixou sua família e amigos no Maranhão, para vir defender as nossas cores e buscar um futuro melhor”, lamenta o presidente.

O presidente salientou ainda que “seria importante que nas partidas da LCDT tenha policiamento, o que não vem acontecendo apesar da solicitação que é feita pelo presidente da Liga”. “Nosso time é formado por garotos de no máximo 20 anos que acabam sendo vítimas de pressão e ameaças por parte de alguns jogadores adversários, que ameaçam inclusive a integridade dos meninos, o que se materializou no jogo contra a Ponte Preta”, disse.

O presidente Ederlane finalizou lembrando que o clube já entrou em contato com a Liga pedindo providências com relação ao fato para evitar novos acontecimentos.

Árbitro da confronto Atlético 1 x 0 Bahia relata agressões na súmula

Galáticos Online

Rodrigo Cintra relatou agressão na súmula

Protagonista de uma confusão na partida contra o Bahia, o presidente do Atlético de Alagoinhas, Albino Leite, pode responder à processos judiciais, além de correr o risco de ser banido do futebol.

Após a anulação do gol do Atlético de Alagoinhas, no qual o auxiliar, Alessandro Matos alegou impedimento, mas completamente atrasado, o presidente do clube invadiu o campo e agrediu pelas costas o bandeirinha. Após a partida, a agressão foi registrada na policia. O árbitro da partida, Rodrigo Martins Cintra, não poupou o dirigente e denunciou o presidente na súmula, com isso s situação de Albino Leite se complica cada vez mais.

Confira o que o árbitro citou na súmula:

Aos 30 minutos do segundo tempo, após a marcação de impedimento da equipe do Atlético de Alagoinhas, em marcação correta do meu assistente número um, senhor Alessandro Álvaro da Rocha Mattos, quando os jogadores da referida equipe foram para cima do referido assistente, o presidente do Atlético de Alagoinhas, Albino Leite, partiu para cima do mesmo e com muita força e atingiu fisicamente por trás, com um golpe com braços e pernas, atingindo-o nas costas e derrubando-o ao solo, com muita intensidade.

Informo ainda que segundo o delegado da partida, o infrator passou pelo alambrado para adotar tal postura e que após o incidente, fora conduzido pelo policiamento para a delegacia, onde o árbitro assistente prestou queixa, registrando B.O.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia