WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

março 2021
D S T Q Q S S
« fev    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  



drupal counter

:: ‘APOSTA’

Mega-Sena: aposta única fatura R$ 205 milhões

Blog do Anderson

RTEmagicC-36d2fad3b4.jpg-420x280

Uma aposta de Brasília acertou os seis números do concurso 1.764 da Mega-Sena, sorteados nesta quarta-feira (25), em Cândido Mota (SP) e irá levar o prêmio de R$ 205.329.753,89.

A estimativa de prêmio para o próximo concurso, que será realizado no sábado (28), é de R$ 100 milhões. Veja os números sorteados: 06 – 07 – 29 – 39 – 41 – 55. A quina teve 401 ganhadores, que levaram R$ 58.622,54 cada. Outros 33.850 bilhetes acertaram a quadra e irão levar R$ 992,09 cada um.

Segundo a Caixa Econômica Federal, além de ser o maior prêmio sorteado em 2015, esse também é o maior prêmio da história da modalidade, excluindo os da Mega da Virada.

outdoor_pq

Aposta leva sozinha prêmio de R$ 47,3 milhões na Mega-Sena

Tribuna da Bahia

30-07-2014-megasena-foto-rafael-neddermeyer-fotos-publicas-5-2_1

Uma aposta acertou sozinha as seis dezenas do concurso 1.753 da Mega-Sena, realizado na noite desta quarta-feira (21), e conquistou a milionária premiação de exatos R$ 47.335.685,52.

A aposta, de Brasília, conseguiu o prêmio ao acertar as dezenas 08, 15, 29, 35, 45 e 54. Com os números acertados, a loteria da Caixa Econômica Federal retorna a seu prêmio-base no próximo sábado (24), quando estima entregar R$ 3 milhões.

Além da premiação milionária, a Mega-Sena também registrou 149 apostas ganhadoras da Quina – cada uma levará R$ 30.199,58 – e 8.929 da Quadra – R$ 719,92 para cada.

Bahia de Feira aposta em elenco jovem para a Copa Governador

FBF

3682,bahia-de-feira-aposta-em-elenco-jovem-para-a-copa-governador-3

Dois anos após a conquista do título da Copa Governador do Estado, o Bahia de Feira se prepara para lutar pelo bicampeonato. O clube feirense é um dos oito garantidos na disputa da edição 2015 da competição, que será iniciada em 17 de outubro.

O Tremendão levantou a taça em 2013, quando superou o Vitória da Conquista na decisão. Agora, o time de Feira de Santana tentará surpreender seus adversários.

Surpreender devido ao elenco novo, totalmente reformulado. A diretoria apostou na juventude para buscar mais um troféu.

Dos 23 jogadores contratados, 13 deles têm idade inferior a 20 anos, segundo informou o presidente Tiago Souza. “Temos um time muito jovem, onde a maioria possui idade de Sub-20. Mas, isso não tira nossa confiança. Acreditamos que podemos chegar a mais uma final e lutar pelo título e uma vaga na Copa do Brasil ou Série D”, disse.

Os destaques do Bahia de Feira é o meia Bruninho, que traz no currículo passagens por diversos clubes do país. Além deles, os jovens Robert e Ivanildo são apostas dos dirigentes para ter sucesso na competição.

Com o estádio Alberto Oliveira, em Feira de Santana fechado para reforma, o Tremendão mandará suas partidas no Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe. Sua estreia, porém, será fora de casa, justamente contra o time que venceu na final de 2013, o Vitória da Conquista.

unimarc-modelo-4

Apostando em folha salarial modesta, Serrano entra na Série D em busca de acesso

Bahia Notícias

IMAGEM_NOTICIA_5

Com a desistência do Jacuipense para o Campeonato Brasileiro da Série D 2015, o Serrano se tornou um dos representantes do estado na competição nacional. E mesmo com um primeiro semestre de altos custos e campanha modesta no Nordestão, além do rebaixamento no Baianão, o Time Mongoió promete um investimento modesto para lutar pelo acesso a terceira divisão.

“Estamos fazendo investimento com folha salarial de 60 mil, o nosso treinador (Edson Ferreira) foi campeão estadual em Alagoas e já passou pela seleção brasileira”, afirmou o presidente José Alfredo, que garante que ter um time modesto não atrapalha brigar por título no campeonato nacional. “Pelo que está passando o futebol brasileiro, acho que estamos no caminho certo. Estamos com pés no chão e temos um investimento que arca com os nossos compromissos”, reiterou.

No elenco, o Serrano tem apenas os atletas Jeferson e Bremer da equipe que disputou o Baianão pelo rubro-verde. Além deles, vários jogadores da base, quarto lugar do Sub-20, foram promovidos ao time principal e se juntam a outros jogadores contratados como Adílio, artilheiro da segundona estadual pelo Botafogo Bonfinense, Rafael (Atlético de Alagoinhas), Edcarlos (Jacuipense) e João Grilo (Feirense).

Para o mandatário do clube conquistense, que segue na cidade de Porto Seguro para o Brasileiro, a equipe tem força para conseguir fazer história no futebol baiano. “Nós tentamos fazer investimento no Baiano e Copa do Nordeste, mas o objetivo não foi alcançado. Por isso fizemos uma reformulação no grupo e agora estamos com os pés no chão”, concluiu.

O Serrano estreia no próximo domingo (12), às 16h, contra o Central de Caruaru no Estádio Agnaldo Bento dos Santos.

Vitória da Conquista aposta no seu torcedor contra o Bahia de Feira

Futebol Bahiano

ecpp-vitoria-da-conquista

Apontado pela tabela de classificação, como o melhor time do Campeonato Baiano (com sobra), a diretoria do Vitória da Conquista está apostando e fazendo fé na presença do torcedor, como o 12° jogador na importante partida deste domingo, no Estádio Lomanto Júnior, contra o Bahia de Feira. Para isso, solicitou uma carga de 5 mil ingressos à FBF e já eles estão sendo vendidos nos pontos oficiais.

O elenco treinou normalmente durante toda a semana e o treinador Evandro Guimarães não terá problemas de ordem física ou médica, para escalar o time que entra em campo.

Vitória da Conquista e Bahia de Feira disputam uma vaga nas semifinais no Lomantão. Na primeira partida, em Feira, foi registrado empate em 0 x 0. Neste domingo basta um novo empate, para o simpático time conquistense brigar com Vitória ou Colo-Colo para ir para a final do Campeonato Baiano, pela primeira vez, em sua curta história de 10 anos.

Juazeirense aposta em Sassá para furar bloqueio de adversários

Blog do Geraldo José

650x375_1302895

A Juazeirense, representante de Juazeiro na elite do baiano de 2015, se apresentou sexta-feira, iniciando os preparativos para a estréia, no início de fevereiro.

O primeiro jogo do Cancão de Fogo será fora de casa, no dia 1º, contra a Jacuipense, em Salvador, no estádio Pituaçú.

Quintino Barbosa, técnico da equipe na temporada passada, vai contar com uma base já testada e reforços como Rudi, goleiro que veio do Cianorte, Josemar, ex-Catuense, do nigeriano Yeriem e de um velho conhecido dos baianos, Sassá, artilheiro em duas temporadas.

unimarc-modelo-4

Técnico do Globo FC aposta na garotada para surpreender na Série D

Globo Esportes

dsc00728_1

A menos de 20 dias para a estreia na Série D do Campeonato Brasileiro, o “caçula” Globo FC continua a preparação para a primeira partida na competição, contra o Porto-PE. O jogo está marcado para o dia 20 de julho, às 16h, no Estádio Lacerdão, em Caruaru. Os outros adversários no grupo A4 são Vitória da Conquista e Betim. Para entrar com o pé direito na competição, a “Águia” contratou nove jogadores e manteve boa parte dos jogadores que disputaram o Campeonato Potiguar deste ano, quando o clube conquistou o vice-campeonato do estadual.

Nesta terça-feira, o Globo fez um jogo-treino contra o ABC e perdeu por 2 a 0. O técnico Higor César preferiu utilizar os jogadores recém-contratados e alguns atletas das categorias de base do clube. Para o treinador, o time de Ceará-Mirim pode trilhar um bom caminho na competição e aposta no entrosamento do grupo.

– Esse jogo-treino contra o ABC foi para avaliar o grupo, principalmente os que chegaram recentemente e os garotos. Dos que jogaram na segunda parte, oito deles estão treinando conosco no profissional e isso é muito bom para quando nós precisarmos, eles entrarem com toda a força. Vamos participar do Campeonato Brasileiro, que é uma competição difícil e está se aproximando. No dia 20, tem a nossa estreia lá em Caruaru contra o Porto, que é um time muito perigoso – disse Higor César.

Neste sábado, o Globo realiza mais um jogo-treino, desta vez contra o América-RN, em Goianinha. A partida será disputada no Estádio Nazarenão. Para o confronto, o time de Ceará-Mirim deve entrar com a formação que será usada na disputa da Série D.

10363571_400533933422057_6760002703095188692_n

Contra o Botafogo, Feira de Santana aposta em ‘campeões’ na estreia do estadual

Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.Fhyzxdmnsh

Disposto a aprontar mais uma vez, o Esporte Clube Feira de Santana, antigo Bahia de Feira, estreia no Campeonato Baiano de 2014 na noite desta quarta-feira (8), às 20h30, no Estádio Joia da Princesa, contra o Botafogo.

Três nomes que fizeram parte da campanha do inédito título estadual em 2011 estão garantidos no primeiro jogo do time de Feira de Santana. O meia Bruninho, principal destaque da equipe, e os atacantes João Neto e Carlinhos.

O adversário, Botafogo, tem como seu principal destaque um profissional que está fora das quatro linhas. Sequer entra em campo. Trata-se do treinador Hugo Aparecido, ex-jogador do Vitória.

Para este Baianão, ao invés do Estádio de Pituaçu, o Botafogo mandará os seus jogos durante o estadual na cidade de Serrinha.

No último coletivo antes do jogo, Givanildo aposta no ‘melhor conjunto’

Globo Esportes

dsc_0039

O último treino coletivo do Sergipe antes do jogo contra o CSA teve a participação do time que o técnico Givanildo Sales chamou da equipe que possui o ‘melhor conjunto’. Com a volta do meia Rafael, que se recuperou de lesão, o treinador pôde colocar em campo na tarde desta sexta-feira a mesma equipe que derrotou o CSA por 2 a 0, em Maceió.

O provável time do Sergipe será Pablo, Parral, Emerson, Cláudio Baiano, e Rodrigo; David, Kível, Wallace, Lucão, Rafael e Fabinho Cambalhota.

– A gente aposta na equipe que vem tendo um conjunto melhor. Esta formação já possui dois jogos jogando juntos e pode ser a provável formação que vai iniciar o jogo. Na segunda etapa do treino troquei alguns jogadores por outros que também podem entrar em campo no domingo – afirmou o técnico.

Líder do Grupo A4 com 10 pontos, o Sergipe recebe o lanterna CSA, no Estádio Fernando França, em Carmópolis. O jogo será neste domingo, às 16 horas, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro da série D.

banner1

Paraná aposta em fator casa e má fase do América-RN para voltar a vencer

Uol

dado-cavalcanti-foi-confirmado-como-novo-treinador-do-parana-1367854196145_300x300

Em casa e diante de um dos piores times da Série B. O Paraná aposta no mando de campo e na péssima fase do América-RN para reencontrar o caminho das vitórias na segunda divisão nacional, na noite desta sexta-feira, às 21h, no estádio da Vila Capanema.

Aliás, o resultado positivo é considerado como obrigação pelas duas equipes. O Paraná ainda não digeriu o empate contra o Avaí por 2 a 2 (vencia por 2 a 0). Por isso, a meta é aproveitar essa sequência de dois jogos como mandante para dar salto na classificação (soma 12 pontos) e tentar uma aproximação ao G-4.

Dado Cavalcanti (foto) espera que a equipe dê uma resposta em campo após uma ‘semana de cobrança’. “Foi uma semana de cobrança. Além de cobrança, de desafio. Começamos de uma forma mais forte, mais dura, na segunda-feira. Acima de tudo, o mais importante é que vi resposta durante a semana. Agora falta o jogo”, comentou o treinador.

Já o América-RN vive um momento complicado. Aparece na penúltima colocação, com apenas seis pontos. Só venceu um dos oito jogos disputados. Por isso, precisa urgentemente de um resultado positivo para dar um pouco de tranquilidade e, principalmente, ao técnico Roberto Fernandes

Galo aposta no quarteto de ataque e visita o Newell’s de olho na final

Globo Esportes

tardelli_ronaldinho_atletico_reu.jpg_95

A noite desta quarta-feira reserva muitas emoções para argentinos e brasileiros. Pela primeira vez na história, Newell’s Old Boys e Atlético-MG se enfrentarão, logo em uma semifinal de Taça Libertadores. A partida, que traz enorme carga de ansiedade, está marcada para as 21h50m (de Brasília), no estádio Coloso Del Parque, em Rosário, que terá casa cheia, com cerca de 42 mil torcedores nas arquibancadas.

Alguns jogadores do Atlético-MG, como o atacante Diego Tardelli, entendem que o duelo contra o Newell’s é o jogo mais importante de toda a história do clube. O técnico Cuca também falou a respeito e considera o confronto um jogo especial. Mesmo com três titulares fora, a confiança é de um bom jogo. Os zagueiros Réver, suspenso, e Leonardo Silva, contundido, estão fora. Além deles, o volante Leandro Donizete, lesionado, também terá de acompanhar o jogo de Belo Horizonte.

Porém, Cuca tem a seu favor o fato de poder contar novamente com o quarteto fantástico, que encantou o Brasil no primeiro semestre. Ronaldinho Gaúcho, Diego Tardelli, Bernard e Jô não atuam juntos desde o dia 30 de maio, quando o Galo eliminou, de forma dramática, o Tijuana, do México, no Independência, após o empate em 1 a 1. Bernard e Jô tiveram que deixar o time antes da parada do Campeonato Brasileiro, para se apresentarem à Seleção Brasileira, que conquistou a Copa das Confederações. Estão com o moral elevado.

Pelo lado argentino, o técnico Tata Martino, do Newell’s, terá força máxima, já que os três titulares, Heinze, Vergini e Scocco, que tiveram o contrato expirado no último dia 30, conseguiram uma prorrogação e não ficarão fora em um dos momentos mais importantes do clube. Com eles, a equipe tentará dar sequência à boa temporada. O Newell’s, recentemente, conquistou o título do Torneio Clausura, embora tenha perdido para o Vélez Sarsfield a disputa da superfinal do Campeonato Argentino.

468x60_simonassi12

Bahia aposta em jogada aérea contra o Conquista

Atarde

340x650_1312915

Nos últimos dias, a qualidade dos gramados mundo afora virou notícia. O Corinthians foi ao México para enfrentar o Tijuana em campo de piso sintético. Já o Grêmio encarou o Caracas em terreno precário na Venezuela.

Se na Taça Libertadores, principal competição de clubes da América, a realidade é essa, no modesto Campeonato Baiano ela é ainda pior. No domingo, às 16 horas, o Bahia fará sua estreia no Estadual, já tendo de encarar o primeiro desafio em campo inóspito: o do estádio Lomanto Júnior, em Vitória da Conquista.

Para evitar, contra o Bode, o fracasso que tiveram o Timão e o Tricolor Gaúcho nos embates citados acima, a comissão técnica do Esquadrão tem tomado medidas de precaução.
As repetições de cruzamentos em bola parada foram intensificadas, com treino específico na quarta, e, um dia antes, foi feita simulação do que o time vai encontrar no sudoeste: coletivo no surrado campo 2 do Fazendão.

“Fui a Conquista no ano passado e constatei que o campo tem ondulações e vários tipos diferentes de grama. Avisei ao Jorginho e ele decidiu fazer essa simulação”, explica o auxiliar técnico Chiquinho de Assis.

E o time parece ter se adaptado bem. No coletivo de terça, os titulares venceram por 3 a 0, com três gols de Obina. Já no de quinta, no campo principal do CT, os suplentes levaram a melhor: 1 a 0, gol de Zé Roberto.

Quanto à estratégia do chuveirinho, Chiquinho sentencia: “Se não dá pra ir por baixo, vamos por cima, aproveitando os corners e faltas laterais. Temos uma boa bola parada e bons cabeceadores”.
Cobrador oficial de faltas e escanteios, Neto concorda. “Estou treinando dia após dia e combinando as melhores jogadas com os atletas que vão para a área. Sempre foi uma das nossas melhores armas”, diz.

Neto tem base para seu comentário, afinal, quatro dos seis gols que o Bahia marcou no ano saíram desta forma (veja o quadro abaixo). Para Chiquinho, a possibilidade de o time marcar gols pelo alto aumentou com as entradas do zagueiro Brinner e do atacante Obina. Neto, novamente, ratifica a opinião do auxiliar.

“Realmente, o Souza (que perdeu a posição de titular) é um atacante que trabalha melhor as jogadas pelo chão. Já o Obina é aquele cara que ataca a bola, usa a força física para fazer gols de cabeça. E, além dele, temos também Brinner, Titi e Fahel”, enumera o lateral.

“Piso duro” – Sobre o gramado do Lomantão, o presidente do Conquista, Ederlane Amorim, lamenta: “O piso é duro e a bola não rola. Os dois times são prejudicados, mas o Bahia é mais, por estar menos acostumado”, avalia o cartola.

Responsável pela praça municipal, o secretário de cultura, turismo, esporte e lazer de Conquista, Gildelson Felício, argumenta: “Está melhor do que em 2012, pois os times não estão mais treinando sempre lá”.

Segundo ele, a prefeitura já tem a solução para o problema: substituir todo o gramado, o que duraria quatro meses. Neste período, os times da cidade jogariam em estádio alternativo que está sendo reformado, o Edvaldo Flores. Ainda não há previsão para o início da obra.

468x60_simonassi12

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia