WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
PMVC IPTU

abril 2019
D S T Q Q S S
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  



drupal counter

:: ‘BRASILEIRA’

Dois jogos da Seleção ‘somem’ do calendário da CBF, que diz aguardar OK da Fifa

Globo Esportes

20160721191029_0

O calendário de 2017 divulgado pela CBF prevê oito partidas da Seleção Brasileira principal no ano. No entanto, há uma diferença em relação ao calendário publicado pela Fifa, que tem previsão para mais duas partidas, totalizando 10. A data Fifa não computada no calendário da CBF prevê liberação de jogadores entre os dias 5 e 13 de junho, às vésperas da Copa das Confederações, que não terá participação do Brasil.

A CBF alega que não recebeu a confirmação oficial das entidades superiores sobre essa data Fifa específica, mesmo com a informação estando no site da entidade. Os jogos em questão seriam amistosos e, se confirmados, aconteceriam durante a Série A, potencialmente gerando desfalques aos clubes brasileiros.

SÉRIE B: De novo pressionado, Vitória tenta manter a liderança em rodada cheia

Futebol Interior

728x483

O Campeonato Brasileiro da Série B volta até uma rodada cheia, com todo os dez jogos acontecendo no mesmo dia, nesta terça-feira. Mesmo vindo de dois tropeços, o Vitória se mantém na ponta, mas atuará fora de casa contra o Bragantino. Na pressão pela ponta, o Paysandu também joga como visitante, mas diante do Ceará, lanterna da competição. Na 22ª rodada, serão dois jogos às 19 horas, outros seis começando às 20h30 e os últimos dois às 21h30.

Vindo de uma derrota por 1 a 0 para o Sampaio Corrêa e empate por 1 a 1 com o Oeste, o Vitória teve sorte dos rivais tropeçaram para se manter na liderança, com 38 pontos. Ele ainda mantém dois pontos a mais que o Paysandu, segundo colocado. Nesta terça, porém, o desafio é fora de casa, contra o Bragantino, em Bragança Paulista. O time paulista está na décima posição, com 28 pontos.

Querendo ser líder, o Paysandu também atuará como visitante. Ele enfrenta o Ceará, na Arena Castelão e tenta usar da má fase do adversário. O clube de Fortaleza está quase entregue ao rebaixamento, na lanterna, com 17 pontos e perdeu para o Atlético-GO no último final de semana, por 3 a 2.

Com os mesmos 36 pontos do Paysandu, o Botafogo caiu para a terceira posição devido ao número de vitórias – dez contra 11 do time de Belém. Com Ricardo Gomes já pressionado, o clube carioca volta ao Engenhão para receber o Atlético-GO. O time goiano está na 13ª posição, com 27 pontos.

Sem vencer há três jogos – empate por 1 a 1 com o Bahia e derrotas por 2 a 1 para Luverdense e Botafogo – o América-MG ainda assim resiste no G4, na quarta colocação, com 35 pontos. O desafio, desta vez, é fora de casa, diante do Santa Cruz , que tenta chegar próximo da zona de acesso. O clube pernambucano é o atual oitavo colocado, com 31 pontos.

Três times que já estiveram no G4 têm oportunidades boas de retornarem para a zona do acesso. Atual quinto colocado, com 35 pontos, o Sampaio Corrêa faz uma partida teoricamente fácil, contra o Mogi Mirim, no estádio Castelão. O clube paulista agoniza na zona de rebaixamento desde o início da competição e está em 19º lugar, com 18 pontos.

Também com 35 pontos, mas saldo de gols pior que do Sampaio Corrêa – dois contra sete – o Náutico vai até o estádio Heriberto Hülse, para visitar o Criciúma. O time comandado por Petkovic costuma ser páreo duro e está na nona colocação, com 29 pontos.

Já o Bahia faz um confronto de nordestinos contra o CRB, na Arena Fonte Nova. O time de Salvador é o sétimo colocado, com 35 pontos e uma vitória a menos que os concorrentes – nove contra dez – e está com o técnico Sérgio Soares na berlinda. Já o clube de Mazola Júnior ocupa a 11ª colocação, com 28 pontos.

A rodada também trará confrontos interessantes para os times que lutam contra o rebaixamento. O ABC, atual 18º colocado, com 19 pontos, vai até Lucas do Rio Verde para enfrentar o Luverdense. O time de Júnior Rocha está em 12º lugar, com 27 pontos.

Primeiro na zona de degola, o Boa Esporte tem mais uma oportunidade de sair do desconforto recebendo o Paraná, no estádio do Melão. O time de Varginha é o 17º colocado, com 23 pontos, enquanto o de Curitiba ocupa a 14ª posição, com 26 pontos.

Judocas de Vitória da Conquista na preparação dos brasileiros convocados para o Pan

Ofairplay

Judô-400x300

Desde o dia 7 de abril, o Centro Pan-americano de Judô, em Lauro de Freitas, é a casa onde o Judô brasileiro está treinando para o Campeonato Pan-americano de Judô, que acontecerá entre os dias 22 e 26 de abril, no Canadá.

São nove os atletas convocados para o campeonato. Contudo, a Confederação convidou mais 29 atletas, para ajudar no treino daqueles que nos representarão no Canadá. Entre os convidados, estão os professores de Vitória da Conquista, Acácio Guimarães (Clube Yama Arashi) e Raudenis Júnior (Ogawa). Também foram convidados os atletas conquistenses Victor Renoir e Luana Silva Dias.

O Judô brasileiro conquistou uma hegemonia. No Pan de 2014, no Equador, trouxe o título da competição, com sete ouros, quatro pratas e cinco bronzes no individual; além de um ouro e uma prata por equipe.

Um treino em alto nível, com os mais fortes atletas do Brasil, tem como objetivo ter o máximo de proximidade com a realidade que os judocas brasileiros vão enfrentar no campeonato.

468x60_simonassi127

Brasil leva susto e vaias, mas Neymar e Damião põem time de Mano na semi

Globo Esportes

Honduras deu mais trabalho do que se imaginava. A torcida adversária se aliou aos britânicos para perseguir Neymar. A atuação dos comandados de Mano Menezes ficou longe de encher os olhos. Ingredientes de um filme dramático, mas com final feliz. A seleção brasileira fez 3 a 2 neste sábado, em Newcastle, e se classificou para a semifinal das Olimpíadas de Londres. Garantiu ao menos a disputa pelo bronze e ficou a dois passos da tão sonhada medalha de ouro. Na terça-feira, em Manchester, enfrentará o vencedor da partida entre Grã-Bretanha e Coreia do Sul, que jogam ainda neste sábado, às 15h30m (de Brasília).

Em Newcastle, Leandro Damião perdeu a chance de tornar o jogo tranquilo aos 30 segundos, mas depois participou dos três gols. Fez dois e sofreu o pênalti convertido por Neymar. Ah, Neymar… O craque vai deixar a Inglaterra detestado. Neste sábado, enlouqueceu os marcadores e torcedores com seus dribles e as faltas sofridas. Com exceção de alguns tradicionais exageros, o jogador realmente foi alvo dos hondurenhos. Sem violência.

A cada vez que pegava na bola, Neymar ouvia muitas vaias. No início, só da torcida de Honduras, que estava em bom número no St. James Park, em Newcastle. Depois, os locais se uniram e o som ficou mais forte, lembrando o ocorrido no amistoso contra a Grã-Bretanha, em Middlesbrough, quando suas simulações foram condenadas pelo público.
O camisa 11 nem ligou. No momento de maior dificuldade, assumiu a responsabilidade de ser a grande estrela do futebol olímpico e foi importantíssimo para que o Brasil desse mais um passo rumo ao ouro.

Veterano Minotauro é única “zebra” brasileira no UFC Rio

R7

Um dos astros principais da edição que marca o retorno do UFC ao Brasil após 13 anos, Rodrigo Minotauro vive um momento ímpar em sua carreira. Acostumado a vitórias, o peso-pesado que reinou no extinto evento japonês Pride retorna ao octógono após 18 meses afastado, e parece não convencer os fãs de que ainda compete em alto nível.

Escalado para enfrentar o promissor Brendan Schaub no próximo sábado, dia 27, o brasileiro é o único representante tupiniquim que aparece como zebra nas bolsas de apostas entre os presentes no card principal. De acordo com o site Sporting Bet, um dos mais procurados para quem faz um “fezinha”, quem apostar R$ 1 em Minotauro receberá, no caso de triunfo do brasileiro, R$ 2,60, uma taxa considerada alta, principalmente por se tratar do lendário lutador.

A título de comparação, o campeão dos médios (84 kg) Anderson Silva “renderá”, em caso de vitória sobre Yushin Okami, apenas R$ 1,20 a cada R$ 1 confiado, ou seja, apenas 20 centavos de lucro. Maurício Shogun e Edson Barboza, também presentes no card principal, renderiam cerca de 40 centavos a cada R$ 1 real apostado, em caso de vitória.

Defesa da seleção brasileira é destaque até na hora de atacar

Fonte: Globo Esportes


Juan e Lúcio: uma das duplas de zaga mais eficientes da Copa do Mundo de 2010 (Foto: AP)

Maicon já fez gol na Copa do Mundo. Juan também. Lúcio tem dado arrancadas que o fazem parecer um meia e chegou a sofrer um pênalti não assinalado contra o Chile. Já Gilberto Silva tem se arriscado até nas finalizações. O setor defensivo da seleção brasileira realmente tem se destacado na África do Sul até no ataque.

Seja na hora de defender ou de ser ofensiva, a zaga verde e amarela mostra o motivo de ser considerada uma das melhores do mundo. As estatísticas da Fifa reforçam que o setor tem intensa participação no jogo. Especialmente no número de passes, item no qual o Brasil é um dos melhores do Mundial.

Para se ter uma ideia, na lista dos brasileiros que mais tocam na bola, os seis primeiros são jogadores defensivos. Maicon é o líder, com 290 passes. Atrás dele estão Gilberto Silva (276), Michel Bastos (270), Felipe Melo (222), Juan (221) e Lúcio (201). O primeiro atacante a aparecer é Robinho, com 156 toques. :: LEIA MAIS »

Caçula do time e estreante em Mundiais, Bruna Leal é a única brasileira nas finais

Fonte: Globo Esportes


Bruna Leal será a única brasileira na decisão do Mundial de ginástica artística, em Londres

Todo atleta de elite conta histórias do dia em que meses de sacrifício valeram a pena. Com apenas 16 anos, mas nove de ginástica e dois longe dos pais, treinando em Curitiba, a carioca Bruna Leal viveu um desses dias nesta quarta, ao chegar à decisão do individual geral do Campeonato Mundial de ginástica artística, em Londres.

Ela já era uma das apostas da equipe feminina brasileira para chegar à decisão, que será disputada nesta sexta, dia 16. Mas o receio de que a estreia em Mundiais pesasse não era escondido pela coordenadora Georgette Vidor.

No entanto quem acabou cometendo erros (duas quedas na trave e uma aterrissagem fora da linha no salto) que lhe custaram uma vaga também esperada na mesma final foi a paranaense Ethiene Franco, um ano mais velha e com a experiência de ter ido aos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008. Bruna ficou em 23º entre 24 classificadas, Ethiene foi a 35ª colocada. Repetiu o feito de Sergio Sasaki, o mais novo da equipe masculina, com 17 anos, que também foi o único do time a se classificar para a final do individual geral (que será nesta quinta; Arthur Zanetti foi à decisão das argolas, no sábado).

Russa campeã olímpica é ouro na marcha. Brasileira fica em 20º lugar e passa mal

Fonte: Globo Esportes


Tãnia é socorrida após cruzar a linha de chegada

A russa Olga Kaniskina comprovou o favoritismo e conquistou a medalha de ouro na prova de 20km da marcha atlética do Mundial de Berlim. A campeã olímpica de 24 anos, que dominou quase todo o percurso da prova, cruzou a linha de chegada com o tempo de 1h28m10, na final deste domingo.

A medalha de prata ficou para a irlandesa Olive Loughnane com o tempo de 1h28m58. Com o tempo de 1h29m10, a chinesa Liu Hong garantiu o bronze.

Após cruzar a linha de chegada em 20º lugar com o tempo de 1h35m56, a brasileira Tânia Regina Spindler passou mal e teve de ser socorrida. Já Alessandra Picagevicz terminou em 29º com o tempo de 1h38m50.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia