WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  



drupal counter

:: ‘Brasileirão’

Palmeiras supera Corinthians e tem maior renda do Brasileirão

Lancenet

575dd39faeff4

Não foi somente dentro de campo que o Palmeiras superou o rival Corinthians no último domingo. A partida registrou a maior renda do Brasileirão deste ano, com R$ 2,7 milhões (renda bruta) e o segundo maior público do torneio, com 39.935 torcedores, atrás apenas da partida entre Palmeiras e Flamengo, com mando dos cariocas, em Brasília, na rodada passada. Os dados são do Footstats.

Com o recorde de renda em uma partida, o Palmeiras soma agora o total de R$ 6.934,955 em quatro jogos, uma média de R$ 1,7 milhão por jogo. Com o valor, o clube supera o Corinthians em quase R$ 500 mil. Vale lembrar, que o Palmeiras jogou uma partida no Pacaembu contra o Grêmio, com renda de apenas R$ 525 mil, cerce de 30% menos que o normal no Allianz Parque.

O Corinthians caiu para o segundo lugar da lista, com renda bruta de R$ 6.460,360. O Timão tem uma média de R$ 1,6 milhão na Arena e, embora tenha levado mais torcedores do que o rival, cobra um valor menor de ingresso.

A diferença dos dois para os demais times do Brasileiro é imensa. O Flamengo, terceiro time que mais arrecadou, soma R$ 3 milhões em quatro partidas, menos da metade dos dois primeiros. Em quarto lugar está o líder do campeonato, o Internacional, que tem R$ 2,2 milhões de renda bruta em quatro jogos. São Paulo e Grêmio aparecem na sequência, mas com um jogo a menos como mandante. Os paulistas têm R$ 1,6 milhão e os gaúchos, R$ 1,2 milhão.

BRASILEIRÃO: Paulistas e cariocas entram em campo pressionados

Futebol Interior

0002050167496_img

Há muito tempo o Campeonato Brasileiro não começava de forma tão equilibrada. A instabilidade dos clubes dita o ritmo e principalmente pressiona alguns clubes, caso dos paulistas Palmeiras e São Paulo e dos cariocas Flamengo, Botafogo e Fluminense. Todos que voltam a campo nesta quarta-feira à noite pela terceira rodada da competição.

O complemento da rodada acontecerá na quinta-feira com Corinthians x Ponte Preta, às 11 horas, em São Paulo; Inter x Sport, às 16 horas, em Porto Alegre; e Atlético-MG x Grêmio, às 21 horas, em Belo Horizonte.

Confira os jogos
19:30
Figueirense-SC x Santos
Botafogo-RJ x Atlético-PR
21:00
Flamengo-RJ x Chapecoense-SC
América-MG x Vitória-BA
21:45
Santa Cruz-PE x Cruzeiro-MG
Palmeiras x Fluminense-RJ
Coritiba-PR x São Paulo
Quinta
11:00
Corinthians x Ponte Preta
16:00
Internacional-RS x Sport-PE
21:00
Atlético-MG x Grêmio-RS

BRASILEIRÃO: Edição 2016 equilibrada por título e rebaixamento

Futebol Interior

images

Após muita espera, será dada a largada do Campeonato Brasileiro neste final de semana. O curioso é que na edição 2016 nenhum clube é visto como grande favorito ao título. Todos estão num nível igual. O mesmo vale para quem entrará na competição visando, primeiro, a permanência na elite.

Quatro jogos abrem a primeira rodada neste sábado, com pelo menos dois times candidatos ao título em campo. No domingo serão mais sete jogos. Atual campeão, o Corinthians recebe o Grêmio.

Confira os jogos da 1ª rodada
Hoje
16:00
Flamengo x Sport
Palmeiras x Atlético-PR
18:30
Atlético-MG x Santos
21:00
Coritiba x Cruziero
Domingo
11:00
Botafogo x São Paulo
Santa Cruz x Vitória
16:00
Corinthians x Grêmio
Figueirense x Ponte Preta
América-MG x Fluminense
Internacional x Chapecoense

Confira quais são os jogadores mais valiosos do Brasileirão

Terra

56c8efd7ea9a5

Os estaduais acabaram e não há tempo para descanso. No próximo fim de semana começa o Campeonato Brasileiro de 2016. Reforços devem chegar e alguns clubes podem perder jogadores, mas até lá, listamos quais são os mais caros do torneio, segundo o Transfermarkt

Aos 19 anos, o atacante Gabigol já tem histórico na seleção de base e agora foi chamado para disputar a Copa América nos EUA. Avaliado em 12 milhões de euros, ele é o valioso do Brasil e deve ser ainda mais valorizado com o torneio de seleções.

Em segundo lugar, outro jovem. Revelado pelo Fluminense, Gérson, de 18 anos, foi vendido à Roma, mas emprestado ao clube das Laranjeiras. Ele é avaliado em 10 milhões de euros. Pelo mesmo valor, aparece Maicon, zagueiro do Porto emprestado ao São Paulo. Aos 27 anos, o defensor é um dos responsáveis pelo bom momento do Tricolor, mas seu contrato termina dia 30 de junho.

Dois meias dividem a quarta posição do ranking. Ganso e Lucas Lima são avaliados em 9 milhões de euros. O primeiro é presença constante em listas nacionais de mais caros, mas segue no São Paulo. Já Lucas Lima, que acaba de ganhar outro Paulista, costuma frequentar listas de possíveis negócios do Santos.

Atual campeão do Brasileirão, o Corinthians tem apenas o sexto mais caro do torneio deste ano. Elias é avaliado em 8 milhões de euros, mas perderá alguns jogos do time por causa da Copa América.

A seguir, aparecem dois argentinos. O meia Mancuello, do Flamengo, e o atacante Calleri, do São Paulo, são avaliados em 7,5 milhões de euros.

Fecham o top-10 o goleiro Jefferson (6,5 milhões de euros), do Botafogo, e quatro atletas avaliados em 6 milhões de euros, Marcos Rocha, Dudu, Dedé e Arrascaeta.

Novo Brasileirão: CBF estuda jogos só aos fins de semana e fora das ‘datas Fifa’ em 2017

Futebol Interior

brasileirao

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pretende fazer uma séria de alterações em seu calendário, que vai deve acabar em mudanças no Brasileirão e possivelmente na Série B.

A principal modificação é que o Brasileirão passaria a ser disputado apenas aos finais de semana. Além disso, a competição passaria a respeitar as “datas Fifa”, quando a competição teria folga.

Esta é uma das grandes reivindicações dos clubes brasileiros há vários anos. Como as competições brasileiras não param nestas “datas Fifa”, os clubes costumam perder peças importantes em convocações para seleções. Alguns em jogos importantes.

Caso a mudança seja confirmada, a Copa do Brasil e Copa Sul-Americana passariam a ter exclusividade nos meios de semana. O que poderia acabar com o polêmico choque de datas entre os torneios, que obriga um clube que chega às oitavas da competição nacional a desistir da taça continental.

Regionais, como Copa do Nordeste, Copa Verde e Primeira Liga também devem ser disputadas durante do o ano entre terça e quinta-feira. Fato que deve valorizar ainda mais os torneios, que não concorreriam com os estaduais.

Para realizar esta alteração, a CBF deve sacrificar um pouco mais os estaduais. O Brasileirão e a Série B, que hoje começam e meados de maio, devem ter o início adiantado para em abril. Isso obrigaria os estaduais a serem encerrados um mês antes do normal.

O Paulistão, por exemplo, teria de ser disputado em pouco mais de dois meses. Como são obrigatórios os 30 dias de férias e mais 30 de pré-temporada, os estaduais precisam começar no final de janeiro ou início de fevereiro.

A medida deve obrigar a Federação Paulista de Futebol (FPF) a enxugar ainda mais o Paulistão. As mudanças anunciadas, nesta quarta-feira, previam a redução das 19 datas atuais para 18 datas. Entre os principais estaduais, o Carioca tem 18 datas, o Gaucho 17 e o Mineiro 15. Este último deve ser o modelo a ser seguido.

Guto Ferreira é demitido da Ponte Preta e Série A tem só três trabalhos iniciados em 2014

Lancenet

622_a33bd503-4299-36c3-8ac3-072ad67efb64

Guto Ferreira foi o décimo segundo técnico a perder o emprego no Campeonato Brasileiro de 2015. Demitido da Ponte Preta nesta segunda-feira, ele era um dos quatro sobreviventes que tinham iniciado o trabalho no ano passado. Agora só restam três treinadores assim: Eduardo Baptista (desde janeiro no Sport), Levir Culpi (desde abril no Atlético-MG) e Argel (desde julho no Figueirense). No total são 13 mudanças de comando até o momento, já que Juan Carlos Osorio chegou ao São Paulo para ocupar a vaga de Milton Cruz.

Trocas de comando no Brasileirão 2015:

Depois da segunda rodada:
1 – Grêmio: saiu Felipão / entrou James Freitas (interino) e na quarta rodada Roger assumiu.
2 – Fluminense: saiu Ricardo Drubscky / entrou Enderson Moreira
Depois da terceira rodada:
3 – Flamengo: saiu Luxemburgo / entrou: Jayme de Almeida (interino) e Cristovão Borges assumiu na quarta rodada.
Depois da quarta rodada:
4 – Cruzeiro: saiu Marcelo Oliveira / entrou: Vanderlei Luxemburgo
Depois da quinta rodada:
5 – Joinville: saiu Hemerson Maria / entrou Adilson Baptista
6 – São Paulo: saiu Milton Cruz / entrou: Juan Carlos Osorio
7 – Coritiba: saiu Marquinhos Santos / entrou Ney Franco
Depois da sexta rodada:
8 – Palmeiras: saiu Oswaldo de Oliveira / entrou Alberto Valentim na sétima rodada e Marcelo Oliveira assumiu na oitava.
Depois da oitava rodada:
9 – Vasco: saiu Doriva / entrou Celso Roth
10 – Goiás: saiu Hélio dos Anjos / entrou Augusto César e Julinho Camargo assumiu na décima terceira rodada.
Depois da décima segunda rodada:
11 – Santos: saiu Marcelo Fernandes / entrou Dorival Júnio
Depois da décima quinta rodada:
12 – Joinville: saiu Adilson Batista / entrou PC Gusmão
Depois da décima sexta rodada:
13 – Ponte Preta: saiu Guto Ferreira

468x60_simonassi127

BRASILEIRÃO: Estreia com estreia de celebridade e rodada com promessa recorde de público

Futebol Interior

728x410

Agosto começou neste sábado e o final de semana promete ser de estádios cheios pelo Campeonato Brasileiro. É bem verdade que tanto Atlético Mineiro como Corinthians, os dois melhores times de momento e que lideram a competição, já deram show na quarta-feira à noite na abertura da 16.ª rodada. A atração do sábado é a estreia de Ronaldinho Gaúcho no Fluminense, com promessa de muito pó de arroz nas arquibancadas do Maracanã.

Estreia à parte e festa também, a certeza é de que será um jogão porque o adversário é o forte Grêmio. Os dois times brigam para entrar no G4 e têm campanhas parecidas, com 27 pontos cada. O time gaúcho é sexto colocado, na frente do time carioca pelo saldo de gols: 5 a 4.

Domingo cedo, o Palestrão vai estar lotado, com 40 mil torcedores para comprovar a boa fase do Verdão diante do Atlético-PR; Todos os ingressos já foram vendidos pela internet. Nem houve bilheteria. O Palmeiras está com uma média de 34 mil torcedores por jogo, superior à media de campeonatos importante das Europa, como o Italiano e o Espanhol.

Confira todos os jogos:
Sábado
18:30
Fluminense x Grêmio
Domingo
11:00
Coritiba x Goiás
Palmeiras x Atlético Paranaense
16:00
Flamengo x Santos
Figueirense x Ponte Preta
Internacional x Chapecoense
Joinville x Avaí
18:00
Sport x Cruzeiro

Brasileirão tem nova alta na audiência com partida do Corinthians

Maquina do esporte

corinthians_goias

Aos poucos, o Campeonato Brasileiro recupera sua audiência. Após um período de baixa, com jogos aos sábados, o torneio volta à sua grade convencional e consegue melhores índices no Ibope. No último domingo, mais uma amostra.

A Globo optou pela transmissão de Goiás e Corinthians para São Paulo. A partida, mesmo com um pouco empolgante 0x0, teve 22 pontos de média na audiência. A Globo marcou 18 pontos, e a Band ficou com quatro.

Apesar de não ser uma audiência vistosa, ela já é uma evolução. No fim de semana passado, as emissoras fizeram uma partida do Brasileirão no domingo após uma sequência de jogos aos sábados, graças à Copa América. Em campo, um clássico entre Palmeiras e São Paulo que somou apenas 20 pontos de média.

Na última quarta-feira à noite, quando o Ibope costuma ser mais alto, a partida entre Atlético Paranaense e São Paulo já teve uma audiência melhor. Foram 23 pontos no total.

No Rio de Janeiro, a diferença foi mais discreta. O Fluminense esteve em campo nos últimos domingos. No último, foram 16 pontos para a Globo, um a mais em comparação à semana anterior. Band marcou dois pontos nas duas oportunidades.

Cada ponto no Ibope equivale a 67.113 domicílios sintonizados em São Paulo e 42.292 no Rio de Janeiro, ambos apenas nas regiões metropolitanas, referências para o mercado publicitário.

Original: http://maquinadoesporte.uol.com.br/artigo/brasileirao-tem-nova-alta-na-audiencia-com-partida-do-corinthians_28662.html#ixzz3fEOAYlWj

Brasileirão: quatro clubes tentam roubar liderança do Sport na 10ª rodada

Futebol Interior

brasileiro1

A décima rodada do Campeonato Brasileiro começa a ser disputada, nesta quarta-feira, quando serão realizados sete jogos. Líder e único invicto, o Sport tenta se aproveitar dos desfalques do Internacional. Atlético-MG, São Paulo, Grêmio e Atlético-PR podem roubar a liderança do Leão da Ilha.

Grande sensação do Brasileirão, até o momento, o Sport recebe o Inter, na Ilha do Retiro. O time gaúcho tem vários desfalques e ainda por cima encara o Rubro-negro com 100% de aproveitamento em casa. O bom retrospecto deixa o clube na ponta, com 19 pontos. O Colorado é apenas o décimo colocado, com 13 pontos.

Outro duelo interessante será entre Atlético-PR e São Paulo, que fazem um confronto direto na Arena da Baixada. Mesmo vindo de derrota para a Ponte Preta, por 2 a 1, em Campinas, o Furacão é o sexta colocado, com 16 pontos. O Tricolor foi sapecado pelo Palmeiras, por 4 a 0, mas é o terceiro, com 17.

Mais um tricolor também joga de olho nas primeiras colocações. Embalado por três vitórias seguidas, o Grêmio (quinto colocado, com 17 pontos) recebe o atual bicampeão nacional Cruzeiro (13º, com 10), em Porto Alegre. Já o Atlético-MG (vice-líder, com 17) vem de duas vitórias e recebe o Coritiba (18º, com 7), em Belo Horizonte.

Motivado pela goleada sobre o rival São Paulo, o Palmeiras tenta embalar contra a Chapecoense, na Arena Palmeiras. A vitória no clássico fez o Verdão ao 11º lugar, com 12 pontos. Agora, o time pega uma boa sequência contra Chape, Ponte Preta (em Cuiabá) e Avaí (em casa). O Verdão catarinense está no nono lugar, com 13.

Nos outros dois jogos da quarta-feira a briga é contra o rebaixamento e envolverão duelos entre cariocas e catarinenses. Em crise, após a derrota para o Vasco, o Flamengo (17º, com sete pontos), visita o Joinville (lanterna, com quatro). O Vasco (penúltimo, com seis), por sua vez, recebe motivado o Avaí (12º, com 12).

Brasileirão já teve mais treinadores demitidos do que rodadas disputadas

Galáticos Online

marquinhos

Sem fugir da cultura do futebol brasileiro, onde o primeiro culpado pela derrota é o treinador, o Campeonato Brasileiro da Série A já acumula mais demissões de técnicos do que rodadas realizadas em 2015.

Até agora foram seis rodadas disputadas na competição e sete treinadores demitidos, contabilizando a saída de Oswaldo Oliveira. Antes do ex-técnico do Palmeiras, saíram Luiz Felipe Scolari, Ricardo Drubscky, Vanderlei Luxemburgo, Marcelo Oliveira, Hemerson Maria e Marquinhos Santos já haviam sido demitidos.

O número de demissões na Série A ainda pode aumentar. Isso porque, Doriva tem o cargo ameaçado no Vasco e pode, a qualquer momento, ser desligado do time carioca.

Se Doriva deixar o comando do clube carioca, o número de oito demissões em seis rodadas será igualado a 2014 e 2013, quando também ocorreram o mesmo número de saída de treinadores na mesma quantidade de rodadas realizadas.

Por credibilidade e economia, Brasileirão deverá ter árbitros “da casa” nos jogos

Globo Esportes

Arbitragem-de-domingo

A tendência de escalar árbitros dos mesmos estados dos clubes mandantes em partidas do Campeonato Brasileiro passa pela tentativa da CBF de elevar a credibilidade dos juízes e também pela economia. Em fase de grave crise financeira, os gastos com transporte e hospedagem da arbitragem são consideráveis. A súmula de Joinville x Palmeiras, por exemplo, aponta despesa de R$ 2.695,00, agravada pelo fato de o jogo ter sido disputado com portões fechados. Ou seja, sem receita de bilheteria para o clube catarinense.

Na outra partida sem torcedores (Ponte Preta x São Paulo), por se tratar de um duelo entre times do mesmo estado, não se gastou nem um centavo com a arbitragem liderada pelo paulista Raphael Claus.

É muito provável que, nas próximas rodadas, os árbitros escalados passem a ser do estado dos clubes mandantes. Uma mudança radical. Até então, os profissionais eram sempre de locais neutros.

Segundo o secretário-geral da CBF, Walter Feldman, trata-se de uma nacionalização dos árbitros e de uma missão de acabar com as suspeitas em cima deles, uma meta da gestão do presidente Marco Polo Del Nero, que assumiu o cargo no mês passado.

Fla e Corinthians não jogarão às 11h; CBF só testará modelo até outubro 144

Uol

torcida-do-corinthians-comparece-a-arena-corinthians-para-jogo-contra-o-san-lorenzo-1429234014934_615x300

Após confirmar oito jogos para o horário das 11h, a CBF estuda as próximas partidas que serão marcadas para o novo turno no Campeonato Brasileiro. Uma coisa, no entanto, já está definida: Flamengo e Corinthians não jogarão nas manhãs de domingo.

A decisão foi tomada após conversas entre a confederação, os clubes e a TV Globo – detentora dos direitos de transmissão da competição. Inicialmente, a emissora solicitou que os dois clubes de maior torcida estivessem sempre à disposição para o horário nobre do fim de semana: 16h de domingo.

Na sequência, CBF e clubes conversaram e endossaram a solicitação da Globo por entender que Corinthians e Flamengo não precisavam ser “testados” no horário matutino.

“Estamos falando de um modelo que está sendo testado ainda. Precisamos ser cuidadosos. Colocar dois clubes que são pontos fora da curva poderia prejudicar uma análise mais correta. Vamos tentar analisar todos os aspectos com todos os outros clubes”, explicou o secretário-geral da CBF, Walter Feldman.

“Foi uma decisão tomada de maneira conjunta. Esse horário é algo que parece interessante, mas precisamos analisar bem. Estamos começando ainda”, detalhou o dirigente da confederação.

Outra decisão já tomada é sobre o fim do período de testes em jogos no novo horário. A CBF só marcará partidas às 11h até meados de outubro. A escolha se dá para evitar duelos pela manhã durante o horário de verão, que se inicia em 18 de outubro – data da 31ª rodada. “Temos que levar o fator clima em consideração. Há uma mudança de hábito em todos os sentidos”, disse Feldman.

Por fim, a Confederação ratificou que não pretende marcar jogos pela manhã no Rio de Janeiro em um primeiro momento. Vasco – já no próximo fim de semana – Fluminense testarão o novo horário sempre fora de casa.

Veja os jogos já confirmados no novo horário (11h):

17/05 – Figueirense x Vasco (Estádio Orlando Scarpelli) – 2ª rodada
24/05 – Palmeiras x Goiás (Allianz Parque) – 3ª rodada
31/05 – Santos x Sport (Vila Belmiro) – 4ª rodada
070/6 – Internacional x Coritiba (Beira-Rio) – 6ª rodada
14/06 – Ponte Preta x Goiás (Estádio Moisés Lucarelli) – 7ª rodada
21/06 – Cruzeiro x Chapecoense (Mineirão) – 8ª rodada
28/06 – Atlético-MG x Joinville (Estádio Independência) – 9ª rodada

468x60_simonassi127





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia