WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

novembro 2020
D S T Q Q S S
« out    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  



drupal counter

:: ‘Camaçari’

Camaçari pede suspensão do Baianão 2014

Galaticos Online

Fernando_Lopes_presidente_camacari_bocao_news

O Camaçari Futebol Clube ingressou na tarde desta sexta-feira (03) com um mandado de Garantia no Tribunal de Justiça Desportiva, pedindo a suspensão do inicio do Campeonato Baiano da 1ª divisão 2014 até que se esgotem todas as fases processuais e a consequente decisão final do processo que o clube move contra a Catuense, já conhecido como a “mala preta” do futebol baiano. O caso deve chegar ao STJD, no Rio de Janeiro e, caso o campeonato se inicie realmente como está previsto, dia 08 de janeiro, poderá haver interferência direta no final do referido processo no quadro de associações participantes do certame de 2014.

Trata-se de Mandado de Garantia Preventivo com pedido de concessão de Medida Liminar, já que o CBJD – Código Brasileiro de Justiça Desportiva – determina que todos os processos sejam julgados em conformidade com o Princípio da Celeridade (art. 2º, II do CBJD). O processo de nº 064/13 teve início em Julho de 2013 e até o momento não foi definitivamente julgado.

Neste caso, todos os prazos previstos no CBJD foram superados sem uma solução definitiva e o Camaçari entende que tem o direito líquido e certo de ter o julgamento definitivo daquele processo nos prazos fixados em lei, que são, obviamente, antecedentes ao início do Campeonato Baiano Profissional da 1ª Divisão de 2014.

O presidente do Camaçari, Fernando Lopes, esteve na sede da Federação Bahiana de Futebol, acompanhado da advogada do clube, Maria Alice Menezes. Para ele, o caso da “mala preta” é um escândalo nacional e vem se arrastando há mais de 6 meses. “Espera-se que não se repita na Bahia os fatos e resultados do Campeonato de 1999. O povo da Bahia não merece esse desatino” afirmou o dirigente, que até o momento está com o time parado, sem qualquer informação sobre o que vai fazer daqui para frente. O Camaçari não se inscreveu para nenhuma competição em virtude do processo que se arrasta no Tribunal. Enquanto isso, o Ipitanga, que deu causa a todo esse imbróglio, sequer foi denunciado pela procuradoria do TJD e está devidamente inscrito para disputar a 2ª divisão em 2014.

Camaçari vira o pesadelo da FBF

Tribuna da Bahia

campeonatobaiano

Não houve acordo entre os advogados do Camaçari e o Diretor Jurídico da Federação Bahiana de Futebol na audiência realizada ontem, pela manhã, na 25ª Vara Cível de Salvador, no Fórum Ruy Barbosa. O clube do Polo Petroquímico processou a FBF arguindo “erro administrativo” na disputa do Campeonato Baiano de 2012 – não puniu, tirou os pontos do Juazeiro pela escalação do zagueiro Jarbas, suspenso pela 3ª advertência do cartão amarelo – que culminou com o rebaixamento do clube para a 2ª Divisão deste ano.

A pretensão do Camaçari no processo contra a FBF, através dos advogados Matheus Farias Santos e Josinel de Oliveira dos Santos não poderá ser mais atendida pela justiça, que era a sua manutenção na 1ª Divisão do Campeonato Baiano de 2013, que já foi disputado e ganho pelo Vitória. Por isso, não houve acordo na audiência de conciliação de ontem pela manhã no Fórum Ruy Barbosa, e agora cabe ao Juiz da 25ª Vara Cível, Manuel Carneiro Bahia de Araújo, dar a sentença do processo movido pelo clube do Polo Petroquímico.

Representada pelo seu vice-presidente e diretor jurídico, a Federação Bahiana de Futebol, o advogado Manfredo Lessa, disse na audiência que não tinha nenhuma proposta a apresentar. Como não existem mais provas a apresentar, testemunha a ouvir, cabe agora ao Camaçari aguardar a sentença do Juiz Manuel Carneiro Bahia de Araújo. Como a validade do Campeonato Baiano de 2012, ganho pelo Bahia, não foi questionada no processo, e o Camaçari não pode mais disputar a 1ª Divisão de 2013, que foi ganha pelo Vitória, cabe apenas uma ação indenizatória contra a Federação, caso o clube ganhe o processo movido na Justiça Comum.

“Vamos aguardar a decisão do juiz, mas o Camaçari luta pela indenização de tudo aquilo que deixou de ganhar ao ser alijado da 1ª Divisão deste ano. Não podemos falar em valores, mas é um longo cálculo a ser feito”, disse o advogado do Camaçari à reportagem da Tribuna, Matheus Farias Santos, numa indenização que pode ser milionária e inédita no futebol da Bahia.

Em 2012, o Camaçari entrou com um recurso no TJD – Tribunal de Justiça Desportiva da FBF, alegando, através de cópias das súmulas, que o Juazeiro jogou uma partida irregular, com a escalação do zagueiro Jarbas, que estaria suspenso por três advertências do cartão amarelo. Na época, o Tribunal não acatou a denúncia e mandou arquivar o processo, fazendo com que o presidente do Camaçari, Fernando Lopes, recorresse à Justiça Comum.

Ypiranga aplica goleada no Camaçari

Futebolbahiano

7530816022_1517a004ea

O Ypíranga derrotou o Camaçari por 4 a 0, em Pituaçu, na preliminar de Bahia 0 x 0 Coritiba, com todos os gols marcados ainda no primeiro tempo, através de Diego, a um minuto e meio, abrindo o placar. Stefan, duas vezes, aos oito e 32 minutos e Darlan Filipe dando números definitivos, aos 46 minutos da primeira etapa.

No segundo tempo, a equipe diminuiu o ritmo e administrou o placar, o que permitiu ao adversário ter um maior volume de jogo, mas sem maiores consequências.

Se existiam dúvidas, elas foram desfeitas esta noite. A atuação abaixo da crítica contra o Ipitanga, em Lauro de Freitas, deveu-se ao gramado e ao tamanho reduzido do campo de jogo do Estádio Gerino de Souza Filho. No bom gramado de Pituaçu, a equipe deslancha e pratica um bom futebol.

A goleada coloca o Mais Querido na liderança isolada do grupo 1, com 11 pontos ganhos, três vitórias, dois empates e apenas uma derrota, em seis jogos.
A equipe terá uma folga de quase 20 dias, pois só volta a jogar no dia 15, sábado, contra a Catuense, às 16 horas, em Alagoinhas. Será tempo suficiente para as recuperações de jogadores lesionados, a exemplo de Tácio, Diego e Simão.

Camaçari bate o Ipitanga e vai fazendo bonito da Segunda Divisão

Galáticos Online

726913335

O desacreditado Camaçari vai surpreendendo a todos e lidera o grupo 1 do Campeonato Baiano da segunda divisão.

Jogando em Alagoinhas contra o Ipitanga, o time da região Metropolitana de Salvador venceu por 2 a 1, assumindo a liderança do grupo.

Na próxima rodada, o Camaçari folga na tabela, enquanto o Ipitanga jogará novamente em Alagoinhas, mas desta vez contra o Ipiranga.

Camaçari vence o Galícia e esquenta a briga no grupo 1

Galáticos Online

camacari-galicia-jogo

O Camaçari venceu mais uma na segunda divisão do Baianão 2013. Desta vez, o Azulino derrotou o Galícia, por 1 a 0, em Alagoinhas.

Com o resultado, o Camaça chegou aos seis pontos ganhos e esquentou a briga no Grupo 1. O time da região do polo-petroquímico assumiu a vice-liderança do Grupo, com o mesmo número de pontos do Granadeiro.

No jogo da quinta rodada que acontece no domingo (19) o Camaçari enfrenta o time do Ipitanga, enquanto o Galicia faz o clássico local enfrentando o Ypiranga no Estádio Metropolitano de Pituaçu.

O Camaçari esta jogando em Alagoinhas porque o Estádio Municipal Armando Oliveira não possui condições de jogo para a segunda divisão e foi reprovado pela Federação Baiana de Futebol.

Presidente do Camaçari aciona TJD para ficar na elite baiana

Galáticosonline

Promessa cumprida! O presidente do Camaçari, Fernando Lopes, entrou com uma denúncia contra o Juazeiro na manhã desta segunda.

Segundo a secretaria do TJD, a Procuradoria do Tribunal irá analisar o pedido e caso seja aceito vai para julgamento, caso não seja aceito vai ser arquivado, porém o Camaçari pode entrar com o mesmo pedido em segunda instancia.

De acordo com o presidente do Camaçari, o jogador Jarbas (foto) teria jogado contra o próprio time da região metropolitana de Salvador com três amarelos, estando assim irregular, porém o erro está na súmula feita pelo árbitro da partida, Rafael Luís de Almeida Santos, que fez duas anotações diferentes nas súmulas, gerando o problema.

Na súmula que foi entregue ao Juazeiro o jogador que levou o cartão amarelo foi Tiago, já a que foi entregue a FBF consta que o jogador amarelado foi Jarbas.

Vitória da Conquista vence o Camaçari e se classifica para as semifinais do Baiano

POr Luciano Pina

O Vitória da Conquista derrotou o Camaçari pelo placar de 3 a 2 na tarde deste domingo (15), no estádio Armando Oliveira, pela última rodada da fase de classificação do Baiano.

Com o resultado o Bode conquistou a vaga para as semifinais do Campeonato Baiano.

O Bode atuou com Rodolfo, Átila, Sílvio, Alemão e Claudemir, Edimar, Junior Gaúcho, Mica, Carlinhos, Cacá e Roni.

No próximo domingo (22), o Vitória da Conquista enfrenta o Bahia, no estádio Lomanto Junior.

Ex-gerente do Juazeiro adverte: “Presidente do Camaçari quer tumultuar ambiente no Juazeiro”

Blog Geraldo José

Presidente do Camaçari, Fernando Gomes, confirmou em participação no programa esportivo da Rádio Cidade, ontem à tarde, que tem documentação em mãos, para provar que o jogador do Juazeiro Social Clube, Jarbas, teria atuado de forma irregular, com três cartões amarelos no jogo contra sua equipe. “Jarbas levou quatro cartões amarelos e só cumpriu uma suspensão e o Juazeiro vai ter que pagar por esse erro”, disse.

Logo após a participação de Fernando Gomes, foi a vez de Advandro Ribeiro, ex-gerente de futebol do Juazeiro, responsável pelo elenco no jogo citado, entrar em cena para “desqualificar a informação do dirigente do Camaçari. “Não existe nada disso e a torcida do Juazeiro pode ficar tranquila. “Fernando está querendo tumultuar o ambiente no Juazeiro”.

Advandro, durante sua participação confirmou informação já publicada no Blog de que “Jarbas recebeu 2 cartões amarelos e um vermelho em uma das partidas e cumpriu a suspensão na partida seguinte, ficando apto a atuar contra o Camaçari. Fernando sabe disso e quer, na verdade, é criar tumulto numa semana decisiva”, esclareceu.

Juazeiro, Camaçari, Fluminense e Serrano vão tentar fugir do rebaixamento na última rodada, prevista para domingo. Um deles se junta ao Itabuna, já sem chances de fugir da degola.

Presidente do Camaçari pretende acionar o TJD para fugir da degola

Galáticos Online

Inconformado com a possibilidade de ser rebaixado para a segunda divisão do futebol baiano o presidente do Camaçari, Fernando Lopes, pretende acionar o TJD alegando que o jogador Jarbas, do Juazeiro, teria jogado de maneira irregular contra o Vitória.

De fato, observando as súmulas constata-se que o jogador Jarbas, do Juazeiro, atuou de maneira irregular contra o Camaçari na 19ª rodada, porém o Galáticos Online recebeu a informação que na súmula o árbitro de um dos jogos que o zagueiro levou amarelo tem uma anotação, porém o mesmo relato não foi passado para o Juazeiro pelo mesmo juiz, ou seja, não fez os mesmos registros nas súmulas, com isso o que vale é a papelada recebida pelo clube.

No jogo contra o Feirense, válido pela 6ª rodada, o árbitro Rafael Luis de Almeida Santos anotou um cartão para o número 8 do Juazeiro colocando como Jarbas, porém o jogador que vestia a camisa era Tiago, que realmente levou a advertência, com isso o juiz errou na súmula, atrapalhando a todos.

Lutando contra o rebaixamento o presidente do Camaçari, Fernando Lopes, disse que iria acionar a justiça para tirar pontos do Juazeiro. “O Juazeiro escalou um jogador com três cartões amarelos contra nós, o Jarbas. Vamos recorrer ao tribunal”, disse.

Confira os jogos que Jarbas atuou até o duelo contra o Camaçari:

1ª rodada: Bahia de Feira (não jogou)
2ª rodada: Vitória (não jogou)
3ª rodada: Atlético (não jogou)
4ª rodada: Camaçari: (não jogou)
5ª rodada: Serrano (não levou amarelo)
6ª rodada: Feirense (amarelo) – Número 8 era Tiago, com isso Jarbas não foi amarelado)
7ª rodada: Fluminense (não levou amarelo)
8ª rodada: Juazeirense (amarelo, amarelo, vermelho) – Segue zerado!
9ª rodada: Bahia (não jogou)
10ª rodada: Itabuna (não levou amarelo)
11ª rodada: Conquista (amarelo)
12ª rodada: Conquista (não levou amarelo)
13ª rodada: Itabuna (não levou amarelo)
14ª rodada: Bahia (não levou amarelo)
15ª rodada: Juazeirense (não levou amarelo)
16ª rodada: Fluminense (não levou amarelo)
17ª rodada: Feirense (não levou amarelo)
18ª rodada: Serrano (amarelo) 2ª advertência.
19ª rodada: Camaçari (entrou em campo normal)

Presidente do Camaçari ameaça “tapetão” contra o Juazeiro

Blog do Geraldo José

O jogador do Juazeiro Social Clube, Jarbas, disse ao final do jogo contra o Vitória que não procede a informação que teria jogado contra o Camaçari em situação irregular, com 3 cartões amarelos, como insinuado pelo presidente do time do Polo, Fernando Lopes.

Na véspera do jogo contra o Fluminense de Feira de Santana, Lopes disse que o Camaçari buscaria a permanência dentro de campo, nas partidas restantes, mas que teria uma “carta na manga” para escapar do rebaixamento. “O Juazeiro escalou um jogador com três cartões amarelos contra nós, o Jarbas. Vamos recorrer ao tribunal”

O jogador Jarbas, do Juazeiro, afirma que não teria levado cartão no jogo contra o Fluminense, na rodada anterior a questionada, e portanto estaria apto a participar do jogo contra o Camaçari.

Após desperdiçar chance de entrar no G4, Vitória da Conquista já pensa na partida contra o Camaçari

Por Luciano Pina

Após empatar com o Atlético e desperdiçar a chance de entrar no G4, o Vitória da Conquista já pensa na partida contra o Camaçari, que acontece no próximo domingo (15), no estádio Armando Oliveira, válida pela última rodada do certame Baiano.

Nesta segunda (09), os jogadores receberam folga. Já nesta terça (10), o elenco trabalha nos dois períodos: pela manhã acontece um trabalho físico em uma academia da cidade e na parte da tarde será realizado um treino técnico no estádio Lomanto Junior.

Para a partida contra o time do Pólo, o treinador Elias Borges terá as voltas dos jogadores Átila e Carlinhos que não atuaram contra o Carcará, porém, não poderá contar com o atacante Maurício Pantera que segue no departamento médico.

Bahia de Feira perde em casa, mas conta com tropeço do conquista e segue na zona de classificação

Site do Bahia de Feira

Sem contar com Menezes e Rogério o Bahia de Feira foi surpreendido pelo Camaçari, dentro de casa, nesta quarta-feira e perdeu por 1 a 0.

O meio campista Jhonnatan que estava sentido dores na barriga deixou o gramado mais cedo fragilizando o meio campo.

Dessa forma, o Tremendão permanece na quarta colocação do baiano, posição que garante vaga à final da competição, com 29 pontos, dois a mais que seu concorrente direto Vitoria da Conquista. Mesmo com a derrota, o Tremendão se beneficiou com os resultados da 18ª rodada.

Bahia de Feira e Vitoria da Conquista enfrentam-se no próximo domingo, no Lomanto Junior.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia