WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

outubro 2021
D S T Q Q S S
« set    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  



drupal counter

:: ‘campeão’

Ponte Preta vence o Maru e conquista o título de campeão do Campeonato Municipal 2015

Por Luciano Pina
Fotos Eliezer Oliveira

11947602_675382012563966_5718911596568732747_n

Parecia impossível, porém, a Ponte Preta provou que no futebol a palavra impossível não existe.

Após perder a partida de ida pelo placar de 2 a 0 e sofrer um gol logo no inicio do jogo, a Ponte Preta derrotou o Maru, pelo placar de 3 a 1, na manhã deste domingo (30), em um estádio Edvaldo Flores, lotado de torcedores.

Na primeira etapa, Zé Linguiça cobrando pênalti abriu o placar para o time do Alto Maron. Logo depois Romerito empatou para a equipe das Pedrinhas.

No segundo tempo Luquinhas em uma bela cobrança de falta colocou a Ponte na frente. Léo fez o terceiro e levou a decisão para as cobranças de pênaltis.

Nas cobranças mais uma vez deu Ponte Preta que venceu por 3 a 0. Juninho, Lucas e Léo converteram para a Ponte. No lado do Maru, Adriano, Dudinha e Fabiano desperdiçaram.

11947413_675382029230631_2398430639599467199_n

Com o resultado a Ponte Preta conquistou pela primeira vez o título de campeão do Campeonato Municipal de Futebol, promovido pela LCDT.

Além de medalhas e do troféu em homenagem a César Nolasco, a Ponte recebeu a quantia de R$6.000,00.

Já o Maru levou medalhas e o troféu em memória do historiador Luis Carlos Fernandes e a quantia de R$3.000,00.

Os artilheiros da competição foram os jogadores Johnny (Moicano) e Zé Linguiça (Maru), com 07 gols.

Campeão da LCDT levará o troféu em homenagem ao ex-árbitro César Nolasco

Por Luciano Pina
Foto Eliezer Oliveira

MG_00521-560x373

As equipes da Ponte Preta e Maru decidirão neste domingo (30), às 10 horas, no estádio Edvaldo Flores, o título de campeão do Campeonato Municipal de Futebol 2015, promovido pela LCDT.

Como venceu a partida de ida pelo placar de 2 a 0, o Maru poderá até perder por uma diferença de um gol que ficará com o título.

Já a Ponte precisará de vitória por uma diferença de três gols. Caso o confronto termine com o mesmo placar em favor do time das Pedrinhas, a decisão será nas cobranças de pênaltis.

O campeão irá receber o troféu em homenagem a Antônio César Brito Nolasco, que foi árbitro e presidente da Mentora Conquistense.

A diretoria dos clubes e a LCDT solicitam dos torcedores que irão ao estádio, levar 01 kg de alimento não perecível, que será doado a Casa do Amor (Casa do Câncer).

outdoor_pq

Baixão é campeão no Cidade Maravilhosa

Por Luciano Pina
Foto Esportes do Sudoeste

11755701_428308987352512_3087678352842854188_n

Aconteceu na manhã deste domingo (19), a final do Campeonato de Futebol Society do Cidade Maravilhosa.

Após o empate no tempo normal pelo placar de 1 a 1, as equipes do Baixão e Real Cinco foram para a disputa dos pênaltis e o Baixão levou a melhor vencendo pelo placar de 4 a 2.

Além de troféu e medalhas a equipe campeã ganhou a quantia de R$2.400, 00 (Dois e Quatrocentos Reais). Já o vice levou troféu, medalhas e R$1.000,00 (Hum Mil Reais).

O melhor goleiro foi Velton da equipe do Baixão e o artilheiro foi Gá também do Baixão com 05 gols.
O caque da competição foi escolhido Caio Breno, do Real Cinco e a revelação Yuri Abadi do Baixão.

Muitos torcedores compareceram para prestigiar a final.

Conquistense de 8 anos é campeã na etapa baiana do campeonato mundial de Jiu-Jitsu

Blog da Resenha Geral

IMG_1040

A Bahia recebeu uma das etapas do Campeonato Mundial de Jiu-jitsu, neste final de semana (11 e 12 de julho). O evento realizado pela Federação Internacional de Jiu-jitsu Desportivo, em Feira de Santana, trouxe uma grande surpresa para os conquistenses. Quatro medalhas de ouro vieram para a cidade do Sudoeste, uma delas para uma garotinha de 8 anos de idade.

A equipe do projeto social LCS Carvalho de Vitoria da Conquista, do bairro Vila Serrana, levou quatro atletas para o Campeonato e algo inédito aconteceu: todos eles consagraram-se campeões. O professor Lucas Carvalho foi campeão na faixa preta; Mateus Braga, de 15 anos, campeão na categoria juvenil peso galo; o atleta juvenil Neto Campos, de 15 anos, foi campeão na categoria meio pesado faixa branca; e a pequena Emily Cristina, de apenas 8 anos, se consagrou campeã Mundial.

Emily é, provavelmente, a primeira e a mais nova conquistense a ganhar um campeonato Mundial de jiu-jitsu. “Emily á uma geração que está nascendo na academia e que vem se destacando tão cedo. Não só ela, mas muitos outros atletas. Eu me orgulho muito de ter uma atleta como ela na minha academia”, revelou o professor Lucas Carvalho, que também comemorou sua medalha de ouro: “No meio de tantos campeões mundiais, hoje eu faço parte desse quadro. Estou muito honrado”.

Bahia conquista o título da Copa 2 de Julho

Bahia Notícias

xIMAGEM_BAHIA_5.jpg.pagespeed.ic.Vd_z0OEnOt

Sob os olhares do presidente e vice, Marcelo Sant’Ana e Pedro Henriques, os meninos do time sub-15 do Bahia fizeram bonito e coroaram uma excelente campanha com o título da Copa 2 de Julho.

No Estádio de Pituaçu, o esquadrão saiu na frente do placar, com o gol marcado pelo lateral João Pedro. O Bahia, porém, não segurou o resultado positivo e levou um gol nos minutos finais da partida.

Na decisão por pênaltis, o tricolor levou a melhor e venceu por 5 a 4.

Ao longo da competição nacional, realizada em solo baiano, o time comandado por Luciano Moura disputou oito jogos. Venceu sete vezes e empatou apenas a partida final, marcando 20 gols e levando apenas 2.

Chile é campeão pela primeira vez e mantém Argentina em desgraça

Gazeta Esportiva

t_156475_higuain-errou-uma-das-cobrancas-da-argentina-que-segue-na-fila-sem-ganhar-um-titulo-desde-1993

O Chile pôs fim neste sábado a uma longa espera. No mesmo Estádio Nacional em que foi derrotada pela Argentina na final de 1955, a equipe da casa deu o troco ao vencer a atual vice-campeã mundial nos pênaltis (por 4 a 1) e finalmente conquistou seu primeiro título ao sediar de novo uma edição da Copa América. O histórico último gol foi marcado por Alexis Sánchez.

Até então, a torcida chilena se contentava com quatro vice-campeonatos. Havia deixado o título escapar também em 1956 (para Uruguai), 1979 (Paraguai) e 1987 (novamente para o Uruguai).

O título, que também mantém a Argentina em desgraça (sem um troféu desde 1993), coroa uma campanha invicta. Antes da revanche deste sábado, quando foi superior, o Chile tinha passado pela fase de grupos com duas vitórias (Equador e Bolívia) um empate (México). Em seguida, eliminou o Uruguai nas quartas de final e deixou também o Peru para trás.

Lateral Tiaguinho, ex-Vitória da Conquista é campeão pelo Rio Branco-AC

Por Luciano Pina

thiaguinho_lateral

O lateral esquerdo Tiaguinho, que iniciou a carreira no Vitória da Conquista conquistou na noite do último sábado (27), o título de Campeão do Campeonato Acreano, pelo Rio Branco.

O Rio Branco derrotou o Galvez, por 2 a 0, no Estádio Florestão, em Rio Branco. Além do título, o clube ainda garantiu a última vaga do Brasileiro da Série D de 2015.

Na partida de ida, o time alvirrubro, venceu o Imperador, por 2 a 1. Dessa forma, dependia apenas de um empate para garantir seu 45º título estadual. Com a nova conquista aumentou a vantagem sobre os principais concorrentes. Os outros maiores campeões acreanos são Juventus (14 títulos), Independência (11) e Atlético Acreano (6).

O Rio Branco também se iguala ao Paysandu como o maior campeão estadual da região Norte. O Papão, que sequer foi à final do Paraense em 2015, também ostenta 45 títulos. Considerando todos os estaduais do Brasil, eles estão atrás apenas de ABC (52 títulos potiguares) e Bahia (46 taças do Baiano).

outdoor_pq

Em jogo movimentado, Flamengo de Guanambi leva o título do Baiano da Segunda Divisão

Bahia Notícias

3486,flamengo-de-guanambi-e-campeao-da-serie-b-do-baianao-2015-3

Mesmo jogando fora de casa, o Flamengo de Guanambi não tomou conhecimento do Fluminense de Feira e se tornou campeão do Baianão da Segunda Divisão 2015. Vencendo a partida por 1 a 0, o Beija-Flor do Sertão reverteu a vantagem do time feirense e conseguiu o seu primeiro título no futebol profissional, enquanto o tricolor chegou ao seu segundo vice-campeonato na competição estadual.

O Fluminense iniciou o confronto em busca do resultado, mesmo carregando a vantagem do empate para levar o caneco. Sendo assim, o goleiro Márcio Greyck já foi acionado logo nos primeiros minutos, com o Touro do Sertão pressionando completamente o time visitante. Aos 8, Marcelo Pano teve uma boa oportunidade para os anfitriões e quase abriu o marcador após dar um belo chapéu no adversário e se embaralhar na conclusão. Logo depois, aos 9, foi a vez do Flamengo colocar a bola no travessão e assustar os presentes no Estádio do Joia da Princesa.

Apesar do domínio dos tricolores, o Flamengo também demonstrava poder ofensivo contra o seu adversário. E com isso, aos 30, Rafael Granja abriu o marcador para o Beija-Flor do Sertão com um belo chute de falta que venceu o goleiro Leo. Após a vantagem rubro-negra, o jogo passou se tornar mais tenso e com muitas faltas dos dois lados, com o Fluminense sentindo o resultado e não conseguindo furar a defesa adversária, que agora se valia da vantagem para tentar ampliar nos contra-ataques.

No segundo tempo, os visitantes iniciaram a etapa em busca de sepultar o título da equipe de Guanambi. Com isso, a equipe do Flamengo pressionou os adversários nos primeiros minutos de jogo, com os comandados de Paulo Sales se valendo dos lances de contra-ataque. Nos lances ofensivos do clube feirense, o goleiro Márcio Greyck brilhou novamente no Joia da Princesa. Além do arqueiro rubro-negro, o lateral Rogério Rios também foi fundamental em segurar o placar aos 10 minutos, quando tirou a bola em cima da linha de sua meta.

Em busca do resultado, o Fluminense de Feira ainda teve o seu jogo prejudicado por uma parte da torcida organizada do próprio clube, que passou a jogar bombas nas arquibancadas e fez o árbitro paralisar o confronto. Com a expulsão de Lismar no time visitante, os donos da casa voltaram a pressionar e seguir em busca do gol do título. Mesmo assim, Rafael Granja levou mais perigo ao goleiro Leo e fez o arqueiro se esforçar para impedir o segundo gol do Beija-Flor. Após os 25 minutos, o Fluminense não poupava esforços na busca pelo empate, mas seguia parando nas mãos da defesa rubro-negra.

Sem ataques muito efetivos, o Flu não conseguiu mudar o resultado e, ao final da partida, assistiu o Flamengo de Guanambi levantar o seu primeiro caneco no futebol profissional.

Boca Juniors sagra-se campeão no Ibirapuera

Blog da Resenha Geral

IMG_0019

Aconteceu nesta quinta-feira (4) a final do 11° Campeonato do bairro Ibirapuera. Em um jogo emocionante e de boa qualidade técnica, a equipe do Boca Juniors venceu o Santa Cruz por 2 a 1 e sagrou-se campeã.

“Nosso mandato apoia este evento por que acreditamos ser importante valorizar o esporte amador, que além de ser entretenimento e lazer, revela atletas para o esporte conquistense. Quero parabenizar a organização e a todas as equipes que disputaram esta competição”, afirmou Jacaré.

Organizado por “Bolinha”, a competição faz parte do calendário do esporte amador de Vitória da Conquista.

Com gol de Darlian, Periquiro derrota o Jurema e conquista o título na Urbis VI

Por Luciano Pina

DSC_0178

Com a presença de um grande número de torcedores foi realizada na manhã deste domingo (31), no Campo do Meio, a final do Campeonato Society da Urbis VI, promovido por Zomar Costa (Mazinho)

Em um duelo bem movimentado e digno de uma grande finnal, o time do Periquito venceu a equipe do Jurema, pelo placar de 1 a 0 e ficou com o título

O gol foi assinaldo por Dalian no segundo tempo do confronto.

O Periquito teve seis vitórias e duas derrotas. O time marcou onze gols e sofreu apenas quatro. A equipe teve a melhor defesa do campeonato.

Após o jogo as duas equipes receberam troféus, medalhas e uma premiação em dinheiro.

Unimar bate o Clube Social e conquista o título no Adelmário Pinheiro

Por Luciano Pina

rejaoooo

Em uma final digna de suas grandes equipes, o Unimarc derrotou o Clube Social, pelo placar de 1 a 0, na manhã deste domingo (24), e ficou com o título de Campeão do Campeonato de Futebol Society do Adelmário Pinheiro, promovido pelo desportista Reginaldo Dutra.

O gol do título foi assinaldo pelo atacante Bezerra ainda no primeiro tempo. Após o gol a equipe do Clube Social partiu em busca do empate, porém, esbarrou no dia inspirado do goleiro Nenê, que fez belas defesas. Além das defesas do goleiro o time do Clube teve duas bolas que acabaram batendo na trave.

Após o apito final do árbitro João Albertino e os dois times receberam os troféus e medalhas.

Um grande número de torcedores compareceram para prestigiar o evento.

Vitória é campeão da Copa do Brasil Sub-17

CBF

20150519191915_1

A edição da Copa do Brasil Sub-17 de 2015 chegou ao fim nesta terça-feira. Depois de perder o jogo de ida por 3 a 1, o Vitória devolveu o placar, no Estádio Nilton Santos, em um jogo emocionante. A equipe baiana levou a decisão para os pênaltis, superou o Botafogo por 4 a 3 e conquistou o título da competição.

Em desvantagem, o Vitória começou o jogo pressionando. Como na partida final o gol fora de casa não é critério de desempate, os rubro-negros precisavam de pelo menos dois gols para levar a decisão para os pênaltis. Aos oito minutos do primeiro tempo, Yan aproveitou a falha da zaga do Botafogo e finalizou. O goleiro Diego defendeu, Eron pegou o rebote, e Lucas tirou em cima da linha.

A equipe do Rio de Janeiro respondeu em jogada de Luis Henrique, que chegou sozinho na área, mas acabou cortado por Cedric. No lance seguinte, foi a vez da defesa do Vitória tirar a bola em cima da linha, após Luis Henrique cabecear no cantinho do goleiro John.

Em busca do resultado, o Vitória abriu o placar aos 39 minutos do primeiro tempo. Ruan Potó cruzou na medida para Eron cabecear e marcar. Na volta do intervalo, aos dois minutos, Yan entrou sozinho na área e bateu na saída do goleiro Diego: 2 a 0. Nesse momento, a decisão estava indo para os pênaltis.

O Botafogo reagiu. Ezequiel roubou a bola no ataque, invadiu a área e cruzou na medida para Luis Henrique marcar. Foi o 14º gol do atacante, artilheiro da competição. O jogo seguiu equilibrado, com chances para os dois times.

Já no final da partida, Mateus Fernandes derrubou Eron na área e o árbitro marcou pênalti. O camisa 9 foi para a cobrança e colocou o Vitória novamente na briga pelo título: 3 a 1.

Com o resultado, a decisão foi para os pênaltis e o Vitória venceu: 4 a 3. O goleiro John defendeu a última cobrança do Botafogo, do capitão Zyan, e garantiu o título ao time baiano. Yan, Eron, Geovane e Cedric converteram para a equipe campeã. Luis Henrique, Lucas Cesar e Jordan marcaram para os cariocas.

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia