WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  



drupal counter

:: ‘CARREIRA’

Do Flamengo carioca ao Flamengo do Piauí: Athirson passa a limpo sua carreira e projeta futuro

Tribuna da Ceará

tim.php

O ex-lateral esquerdo Athirson é o técnico do Flamengo/PI, que enfrenta nesta quinta-feira (18), o Vitória da Conquista, às 21h30, no estádio Mário Pessao, em Ilhéus. O comandante da equipe piauiense conversou com o Tribuna do Ceará sobre a vida de jogador e a nova carreira.

Na época de jogador passou por Flamengo, Santos, Juventus, CSKA, Cruzeiro, Bayer Leverkusen, Botafogo, Brasiliense, Portuguesa, Cruzeiro e Portuguesa. No rubro-negro carioca o ex-lateral atuou 1996-1998/ 1999-2000/2002 – 2003. Foi campeão da Copa Conmebol, Campeonato Carioca, Copa Mercosul e Torneio Pré-Olímpico com a Seleção Brasileira.

Agora como treinador ele teve a primeira experiência aconteceu no São Cristóvão (time carioca). Lá disputou a Segunda Divisão do Campeonato Carioca. Desde outubro de 2015, o ex-jogador comanda o time do Piauí.

Tribuna do Ceará: Você fez bastante sucesso no futebol brasileiro principalmente no Flamengo. Como chegou na carreira de técnico? Athirson: Eu conheci o projeto do Flamengo/PI através do meu empresário e achei muito interessante. O mercado nordestino também está em crescimento e topei o desafio. Confio no projeto e espero que ele renda frutos no futuro.

TC: Qual o tipo de preparação você fez para o cargo? Athirson: Eu fiz um estágio na Alemanha, passei pelo Bayern de Munique e tive oportunidade de ver de perto o trabalho do Guardiola. Muito importante absorver outras culturas

TC: Ser técnico é mais complicado do que ser jogador e qual a maior diferença? Athirson: A questão do estudo é a principal. Como jogador eu não tinha a necessidade. Mas como técnico eu já estudo muito. Com certeza acredito que isso está sendo a grande diferença até o momento.

TC: Como você vê a Copa do Nordeste e a conquista do espaço do torneio no calendário brasileiro? Athirson: Muito importante. O torcedor nordestino ama futebol e precisava de uma competição desse nível. São clubes que estão na Série A, B, C e D, e é o melhor torneio do primeiro semestre. É muito ver tantos clubes com história em uma competição dessa categoria e com muita organização.

TC: O Flamengo/PI está em uma chave complicada da Copa do Nordeste. Qual sua expectativa com o time na competição? Athirson: : Nós encontramos muitas dificuldades para contratações e não estamos com o mesmo nível de competitividade dos outros, até porque nós reunimos esse grupo agora. E também se compararmos com a questão financeira em relação aos outros clubes. Mas nós estamos trabalhando para deixar um legado e quero o Flamengo em um objeto maior brevemente.

Raul aponta 2013 como melhor ano da carreira profissional

Bahia Noticias

xIMAGEM_BAHIA_5.jpg.pagespeed.ic.naLKdSWbEC

O Vitória da Conquista conquistou o ‘título’ da primeira fase do Baianão 2013. O troféu simbólico assegurou uma vaga na Copa do Nordeste de 2014 e, para um jogador, representou uma chance inédita na carreira: Raul.

O lateral-esquerdo, eleito melhor jogador da posição no estadual, despertou o interesse do Bahia para disputa do Campeonato Brasileiro da Série A. Raul foi contratado, logo depois do Baianão, e assinou por três temporadas.

Raul começou a Série A como apenas uma opção no banco de reservas, mas o status durou pouco tempo. Aos poucos, com atuações, ganhou a titularidade de Jussandro e se firmou na equipe.

Apesar da oscilação técnica, principalmente na reta final da competição, Raul acredita que a temporada de 2013 foi a melhor da carreira profissional, até então. “Foi o melhor ano da minha vida. Jogar em um time grande, de massa, e ser escolhido o melhor lateral do Baianão. Espero que 2014 seja ainda melhor”, disse ao Bahia Notícias.

Aos 28 anos, o sergipano quer um pouco mais para o ano que vem. Raul, com mais dois anos de contrato com o Bahia, espera repetir a dose do início da temporada, quando estava no Vitória da Conquista, e ganhar título. “Espero, logo no início do ano, ganhar títulos. Temos que pensar lá em cima porque o Bahia é time grande”, afirmou.

Para próxima temporada, mais uma vez, Raul terá como concorrentes à camisa 6 o jovem Erick, promovido definitivamente ao grupo principal, e Jussandro.

Minotauro revela que Anderson Silva quase desistiu da carreira antes do UFC

Portal do Vale Tudo

Imbatível desde que entrou no UFC e dono do recorde de vitórias seguidas no evento (13), Anderson Silva quase desistiu da carreira de lutador antes de receber o convite para estrear naquele que se tornaria o maior show de artes marciais do mundo, em 2006.

Quem fez essa surpreendente declaração foi Rodrigo Minotauro, um dos melhores amigos e companheiro de treino de Anderson, que teve de intervir para mudar a decisão. “O Anderson estava um pouco desencorajado por causa de sua briga com [o criador da Chute Boxe] Rudimar Fedrigo. As portas do Pride estavam fechadas para ele e ele chegou a pensar em parar de lutar”, revelou Minota em entrevista aos nossos parceiros do Sherdog.com.

Com o olhar apurado e já mais do que ciente de que à sua frente estava um talento incomparável, Rodrigo não permitiu que Anderson desistisse da carreira e agendou uma série de combates. “Arrumamos uma luta pra ele na Bahia e perguntei se ele estava afim, e ele aceitou. O Anderson então lutou na Bahia e depois na Coreia do Sul. Conseguimos outros combates na Inglaterra, através do contato de um amigo meu e aí tudo veio junto”, completou.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia