WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte


vitoria da sorte

julho 2020
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  



drupal counter

:: ‘CHINA’

O pesadelo recomeça: China abre hoje sua janela de transferências

Uol

Ricardo-Oliveira

O torcedor que deseja ver seu time forte para o segundo semestre no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil tem um bom motivo para ficar preocupado nas próximas três semanas e meia.

É que a partir desta segunda-feira, e até o dia 14 de julho, os clubes chineses estão novamente liberados para contratar e inscrever novos jogadores. A apreensão dos brasileiros se explica pelo que aconteceu na última janela de transferências, entre janeiro e fevereiro.

Desta vez, o mercado tende a ser um pouco mais discreto, já que o Campeonato Chinês está em pleno andamento e os elencos de todos os clubes estão devidamente montados.

Foram vários os rumores nos últimos meses que apontaram possíveis transferências de astros dos clubes daqui para a mais rica liga nacional da Ásia no meio do ano.

O caso mais conhecido é o do volante corintiano Elias, que estava apalavrado com o Shandong Luneng até a queda do técnico brasileiro Mano Menezes.

Além do titular da seleção, os chineses conversaram recentemente e podem fazer uma investida pelos atacantes Ricardo Oliveira e Gabriel, ambos do Santos, Nenê (Vasco) e Guerrero (Flamengo).

Outros jogadores que já tiveram seus nomes ligados a possíveis transferências para o futebol chinês são o meia Diego Souza (Sport), o atacante Lucas Pratto (Atlético-MG) e Alexandre Pato (Corinthians).

Certo é que, até o dia 14, o torcedor brasileiro vai viver a tensão da possibilidade dos principais jogadores do seu time fazerem um negócio da China.

Após Luxa, Mano Menezes é outro brasileiro a deixar o futebol chinês

Globo Espotes

shandong

Mano Menezes não é mais o treinador do Shandong Luneng. Após Vanderlei Luxemburgo deixar o comando do Tianjin Quanjian, o técnico brasileiro acertou a saída do time chinês nesta terça-feira. Segundo uma nota oficial divulgada no site do ex-treinador de Cruzeiro e Corinthians, a decisão foi tomada em comum acordo entre as duas partes.

– Após reunião nesta terça-feira com a presidência do clube, decidimos em consenso interromper as nossas atividades no Shandong Luneng. Depois de seis meses de trabalho, o que marcar é a inédita classificação do clube entre os oito melhores da Champions Asiática 2016, que terá suas quartas de final disputadas no segundo semestre – informou a nota divulgada pelo treinador.

Sem conseguiu levar o time às quartas de final da Liga dos Campeões da Ásia, o treinador não vivia bom momento no Campeonato Chinês. Vindo de cinco tropeços seguidos, o último deles uma derrota em casa para o Beijing Guoan, o Shandong Luneng caiu para as últimas colocações, apenas um ponto à frente do lanterna Liaoning Whowin.

– Agradecemos aos jogadores, ao clube pela oportunidade, à torcida pelo apoio e à imprensa pela cobertura correta e equilibrada da nossa passagem pelo futebol chinês. Sobretudo, desejamos sucesso ao Shandong Luneng na sequência do trabalho – completou a nota.

O clube divulgou uma nota na mesma linha para dizer que a decisão foi tomada de forma amigável entre ambas as partes. Além disso, revelou que o pedido de deixar o clube foi feito pelo próprio treinador por razões pessoais, e o comando técnico da equipe ficará a cargo dos auxiliares chineses que trabalhavam com Mano.

A saída de Mano do Shandong Luneng acontece dias depois de Luxemburgo ser afastado do comando do Tianjin Quanjian. Após nova derrota do Tianjin Quanjian na sexta-feira – a quarta na segunda divisão da China -, o clube o tirou do cargo e agora negocia o pagamento da multa de R$ 26,9 milhões. Segundo o jornalista Gianluca Di Marzio noticiou nesta terça, o italiano Fabio Cannavaro será o substituto do brasileiro.

Com Marta na reserva, Brasil goleia China e encara EUA na decisão

Gazeta Esportiva

t_136435_aproveitando-vacilo-da-goleira-wang-fei-darlene-concluiu-o-cruzamento-de-beatriz-para-as-redes-e-fez-o-1

Na noite desta quinta-feira, o Brasil encerrou sua trajetória na fase inaugural do Torneio Internacional de Brasília com vitória. As comandadas de Oswaldo Alvarez, o popular Vadão, triunfaram sobre a China, no estádio Mané Garrincha, pelo placar de 4 a 1. Os tentos canarinhos foram anotados por Darlene, Andressinha, Debinha e Andressa Alves. Jogadora mais vitoriosa da formação verde e amarela, Marta apenas acompanhou ao passeio, no banco de reservas.

Com o triunfo, a Seleção, previamente classificada, terá que enfrentar os Estados Unidos na decisão. As norte-americanas, no compromisso preliminar, golearam a Argentina, com o expressivo marcador de 7 a 0. As redes foram balançadas por Lloyd (4) e Press (3).

A decisão do título no Distrito Federal ocorre neste domingo, às 18h45 (de Brasília). Antes, às 16 horas, argentinas e chinesas disputam o simbólico terceiro posto.

Brasil sub-21 vence China e conquista Torneio Internacional

Globo Esportes

brasil-china-sub21-div6

A seleção brasileira sub-21 conquistou nesta terça-feira o Torneio Internacional da China, após vencer os donos de casa por 2 a 1, no centro de esportes de Wuhan. O meia Lucas Evangelista e o atacante Wellington Silva fizeram os gols da equipe comandada por Alexandre Gallo.

Depois de empatar com a Austrália em 2 a 2 e derrotar a Coreia do Sul por 3 a 0, o Brasil precisava de apenas um empate com a China para garantir o título. Os dois gols saíram no primeiro tempo. Na segunda etapa, os chineses diminuíram com Liao, que converteu pênalti cometido por Dória.

O Brasil jogou com Jacsson, Fabinho, Wallace, Dória e Wendell (Vinícius Ribeiro); Danilo, Filipe Augusto (Alef), Lucas Evangelista (Vinícius Araújo) e Felipe Anderson; Wellington Silva (Kelvin) e Ryder Matos (Felipe Gedoz).

Autor de dois gols na competição, na estreia contra a Austrália, o atacante Vinícius Araújo foi eleito o melhor jogador do Torneio Internacional.

Este foi o último compromisso da seleção sub-21 em 2014. Anteriormente, a equipe fez três amistosos no Catar, em setembro, e outros dois no Brasil, em outubro. O time segue invicto: ao todo, são seis vitórias e dois empates.

Brasil e China empatam em estreia no Mundial feminino Sub-20

Terra

20140806035557_2

Com um gol sofrido no final da partida, a Seleção Brasileira feminina Sub-20 não passou de um empate em sua estreia na Copa do Mundo da categoria, disputado no Canadá. Em partida que terminou no início da madrugada desta quarta-feira (horário de Brasília), Brasil e China empataram por 1 a 1.

Após um primeiro tempo nervoso, com as duas equipes mostrando bastante cautela, o Brasil abriu o placar aos 21min do segundo tempo, com a atacante Byanca, que já vinha sendo o destaque da partida – sete minutos depois, no entanto, a jogadora sentiu uma lesão e precisou ser substituída.

Quando tudo se encaminhava para uma estreia brasileira com vitória, as asiáticas conseguiram igualar o placar. Aos 44min, uma cobrança de falta da intermediária em direção à área do Brasil resultou em confusão. A chinesa Zhang Zhu aproveitou o rebote e mandou para o fundo da rede.

O empate deixa as equipes dividindo a segunda posição do Grupo B do Mundial. A líder da chave é a Alemanha, que mais cedo vencera os Estados Unidos por 2 a 0. Todas as seleções voltam a campo nesta sexta-feira, quando as alemãs enfrentam as chinesas, e as brasileiras enfrentam as americanas.

Outros resultados
Finlândia 1×2 Coréia do Norte
Canadá 0x1 Gana
Alemanha 2×0 Estados Unidos
Hoje
17:00
Inglaterra x Coreia do Sul
18:00
França x Costa Rica
20:00
México x Nigéria
21:00
Nova Zelândia x Paraguai

Brasil estreia contra a China nesta terça-feira no Mundial Feminino Sub-20

CBF

20140805020313_2

A Seleção Brasileira Feminina Sub-20 estreia nesta terça-feira no Mundial do Canadá. A partida contra a China será às 20 horas (23 horas de Brasília) no Estádio Commonwealth, em Edmonton.

Depois de cinco fase de trabalho desde a conquista invicta do Sul-Americano do Uruguai em janeiro deste ano, a Seleção poderá colocar tudo em prática.

– Elas estão prontas. Treinamos muito para chegar aqui e tenho a certeza de que as meninas farão um excelente trabalho denro de campo – ressaltou o técnico Doriva Bueno.

O treino desta segunda-feira, véspera da estreia, como costume em Copas do Mundo, foi realizado no local do confronto: no Estádio Commonwealth, durante uma hora.

Doriva aproveitou para fazer os últimos ajustes no time que começará jogando contra as chinesas. O técnico e seu assistente Rúbio Alecar comandaram um trabalho de ataque contra defesa, utilizando as laterais e meias-atacantes para cruzar as bolas.

A equipe que começará será Letícia, Letícia Santos, Nágela, Julia e Camila; Gabi e Djenifer; Byanca, Andressa e Patrícia; Duda.

unimarc-modelo-4

Hamilton vence o GP da China; Massa termina em 15º

Bahia Notícias

xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.WMlgHOvHeV

O inglês Lewis Hamilton venceu o GP da China disputado neste domingo (20) de ponta a ponta. O piloto da Mercedes largou na pole e não teve dificuldades até a bandeirada final. Nico Rosberg, companheiro de Hamilton e líder do campeonato com quatro pontos à frente dele, foi o segundo colocado.

Já Fernando Alonso mostrou evolução da Ferrari e completou a etapa de Xangai na terceira colocação, à frente das duas Red Bull. Daniel Ricciardo terminou em quarto, enquanto Sebastian Vettel foi o quinto colocado.

O brasileiro Felipe massa teve uma corrida para esquecer. Ele sofreu com um erro da Williams nos boxes, que inverteu a posição dos pneus e depois teve problemas com encaixe de um, completando a prova na 15ª colocação.

Confira a classificação final do GP da China

1 – Lewis Hamilton (ING) – Mercedes
2 – Nico Rosberg (ALE) – Mercedes – +18.6s
3 – Fernando Alonso (ESP) – Ferrari – + 25.7s
4 – Daniel Ricciardo (AUS) – Red Bull – + 26.9s
5 – Sebastian Vettel (ALE) – Red Bull – + 51s
6 – Nico Hulkenberg (ALE) – Force India – + 57.5s
7 – Valtteri Bottas (FIN) – Williams – + 58.1s
8 – Kimi Raikkonen (FIN) – Ferrari – + 83.9s
9 – Sergio Perez (MEX) – Force India – + 86.4s
10 – Daniil Kvyat (RUS) – STR – + 1 volta
11 – Jenson Button (ING) – McLaren – + 1 volta
12 – Jean-Eric Vergne (FRA) – STR – + 1 volta
13 – Kevin Magnussen (DIN) – McLaren – + 1 volta
14 – Pastor Maldonado (VEN) – Lotus – + 1 volta
15 – Felipe Massa (BRA) – Williams – + 1 volta
16 – Esteban Gutierrez (MEX) – Sauber – + 1 volta
17 – Kamui Kobayashi (JAP) – Caterham – + 1 volta
18 – Jules Bianchi (FRA) – Marussia – + 1 volta
19 – Max Chilton (ING) – Marussia – + 2 voltas
20 – Marcus Ericson (SUE) – Caterham – + 2 voltas

Não completaram:
Romain Grosjean (FRA) – Lotus
Adrian Sutil (ALE) – Sauber

Gols para espantar a crise: Seleção atropela China e faz 8 a 0 no Recife

Globo Esportes

Era tudo que Mano Menezes precisava para dar um tempo na crise. Rival fraco – 78º colocado no ranking da Fifa -, torcida calorosa, jogadores unidos e gols – muitos gols. Sem nenhuma dificuldade, a Seleção fez 8 a 0 na China nesta segunda-feira, no Recife, e deu um pouco mais de tranquilidade ao técnico após as vaias recebidas na semana passada em São Paulo. Ramires, Neymar (três vezes), Lucas, Hulk, Liu Jianye (contra) e Oscar marcaram.

Inspirados pela geração do tetra, que nas eliminatórias da Copa do Mundo de 1994 entrou em campo no Arruda de mãos dadas, Neymar, Oscar & cia. cantaram o Hino Nacional abraçados. A cena lembrou o gesto de união do time treinado por Carlos Alberto Parreira na goleada de 6 a 0 sobre a Bolívia em 26 de agosto. Quatro dias antes, a equipe havia sido muito criticada no 2 a 0 contra o Equador no Morumbi, situação semelhante à vivida agora: na última sexta, o Brasil deixou o estádio paulista sob vaias apesar do 1 a 0 em cima da África do Sul.

Sob o comando de Mano, o maior número de gols marcados pela Seleçã em uma partida era quatro (4 a 2 contra o Equador em julho de 2011 e 4 a 1 sobre os Estados Unidos em maio deste ano). A equipe volta a campo no dia 19 deste mês contra a Argentina, em Goiânia, pelo Superclássico das Américas. Apenas jogadores que atuam no Brasil serão convocados pelo técnico. A partida de volta será em 3 de outubro, em Resistencia. O outro amistoso marcado para este ano é contra o Japão, na Polônia, 13 dias depois.

Com suplentes, Brasil joga mal, passa sufoco, mas bate China no tie-break

Globo Esportes

Atuando com praticamente toda equipe formada por reservas (dos titulares, somente Murilo e o líbero Serginho começaram a partida), o Brasil teve uma atuação decepcionante, porém derrotou no tie-break a lanterna China por 3 a 2 (23/25, 25/10, 25/18, 19/25 e 15/8), na manhã desta sexta-feira, em Kumamoto, e perde a primeira colocação da Copa do Mundo (Rússia assume a dianteira no critério de desempate). A intenção de Bernardinho foi a de dar ritmo de jogo aos jogadores pouco utilizados até o momento e poupar os principais valores para a sequência da competição, entretanto o treinador quase passa um vexame histórico no Japão.

Agora com quatro vitórias e uma derrota (para a Itália), o Brasil terá como próximo compromisso a Argentina, domingo, em Hamamatsu, novamente às 4 horas (de Brasília) e com transmissão da Globo e do Sportv. A China, por sua vez, perdeu todos os jogos que realizou, mantendo-se na lanterna do torneio. Os chineses, que conseguiram vencer seus primeiros sets justamente no duelo desta sexta, obtiveram seu primeiro ponto e enfrentarão a Polônia, domingo, em Fukuoka.

Em novo drama, Brasil vira sobre a China e segue vivo na Copa do Mundo

Globo Esportes

Em duelo muito equilibrado e, mais uma vez marcado pela emoção, o Brasil derrotou a China por 3 a 2 (parciais de 25/23, 25/27, 21/25, 25/20 e 17/15), na manhã desta sexta-feira, em Sapporo, pela 6ª rodada da Copa do Mundo de Vôlei, que está sendo disputada no Japão. Com mais uma virada sensacional (tal como aconteceu contra Coreia e Sérvia), a seleção mostrou força na luta pelo título da competição e de uma vaga para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012..

As meninas brasileiras voltarão à quadra na virada de sexta para sábado (meia-noite) contra a líder Itália, que venceu todos os seis compromissos disputados e soma 17 pontos, cinco a mais que as brasileiras, que ocupam a quinta colocação e, dos cinco jogos que ainda restam a fazer, terão pela frente as fracas Argentina, República Dominicana e Argélia.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia