WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

fevereiro 2020
D S T Q Q S S
« jan    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829



drupal counter

:: ‘CLIMA’

Com amistoso frustrado, Itambé entra no clima do intermunicipal em um jogo treino

Itapetingasport

itambé 2

Neste domingo 28, a Seleção de Itambé fez seu primeiro jogo treino para o intermunicipal. Após a seleção de Caraíbas desmarcar o jogo na última hora, o presidente Gilmar (Gilão) conseguiu com a liga de Vitoria da conquista, um time para fazer um jogo treino pra a avalição da seleção local.

O técnico Batata falou ao itapetingasport sobre o jogo que não houve. “Após vinte dias de treinamento seria um ótimo teste para avaliar nossos jogadores. Afirmou o técnico. O Presidente Gilmar disse que esta chegando para compor o elenco, mais jogadores.

A posições que estão no alvo da Liga de Itambé são; Um zagueiro, um volante e um goleiro. Além disso, tem mais alguns atletas que entrarão em negociação ainda esta semana, e provavelmente no próximo domingo, Itambé fará um amistoso contra o time profissional do Serrano. Neste jogo treino Itambé venceu a equipe do Estrela de Vitoria da Conquista por 9 x 0 com gols de Tiaguinho, Fagner, Mazinho, Tchê, Têco e com dois gols cada Alan e Juninho.

Veja a lista dos atletas de Itambé:
Luan, Pinoquio, Magrão, Binho, Galego, Caio, Tiaguinho, Alex, Sergio, Miguel, Juninho, Alan, Fagner, Samuel, Mazinho, Givago, Tchê, Tiago, Têco e Caíque.

Fluminense de Feira vive clima de paz

Futebol Bahiano

redimensiona

O clima no Fluminense é de tranquilidade, depois de ter vivido muitos problemas, que chegaram a ameaçar o andamento da pré-temporada. De acordo com o presidente tricolor, Rubem Cerqueira, com a quitação dos salários atrasados, a paz está em evidência no clube que segue se preprando para o Campeonato Baiano 2013.

“De fato, nós tivemos problemas, mas com o esforço da diretoria, tudo está no seu lugar e agora podemos terminar o ano sem maiores dificuldades, com os funcionários tendo seus vencimentos atualizados, o que nos deixa tranquilos e mais a vontade para seguir trabalhando”, explica.

Quanto ao time que está sendo montado, o presidente acredita que tudo está sendo seguido conforme o planejado. “Um ou outro ajuste que ainda temos de fazer, mas de um modo geral, nosso grupo está praticamente definido, coisa que muitos clubes ainda estão encontrando dificuldades para conseguir.

No mais, agora a é aguardar o começo do Campeonato Baiano e esperar uma boa campanha”, disse Rubem Cerqueira O dirigente se mostra otmista em relação às possibilidades do Fluminense no Campeonato Baiano.

468x60_simonassi12

Genivaldo revela que ainda não se adaptou ao clima da cidade de Sousa

Globo Esportes

Genivaldo vestiu a camisa do Botafogo durante três anos (Foto: Phelipe Caldas)

Genivaldo é ídolo incontestável da torcida do Botafogo-PB. Já se considera, inclusive, um cidadão pessoense. Mas precisou deixar o clube. Agora está no Sousa, onde vai disputar a Série D do Campeonato Brasileiro. E a mudança parece que já está surtindo efeito. Foi o que ele deixou transparecer através da sua conta no microblog twitter na tarde deste sábado. – 29 graus em Sousa. Não corre um ventinho nem para balançar as árvores.

Um dos grandes reforços do Dinossauro para a competição nacional, o goleiro revelou que está sentindo dificuldades com as altas temperaturas da cidade. Não o suficiente para diminuir a sua motivação. Pelo contrário. Genivaldo deixou claro que em poucos dias estará adaptado ao local e garantiu que a expectativa para vestir a camisa do Sousa é a melhor possível.

Às vésperas da estreia na Série D, que acontece no próximo dia 27, contra o Feirense-BA, na cidade de Feira de Santana, Genivaldo prefere ser cauteloso. Mesmo ressaltando a qualidade do elenco sousense e a competência do treinador Suélio Lacerda, com que trabalhou junto no Botafogo no início da temporada.

Clima de tranquilidade no Touro para enfrentar o Serrano

Site oficial do Clube

O clima no Fluminense é de total tranquilidade para a partida de amanhã contra o Serrano. Atletas e comissão técnica estão focados na busca de mais um resultado positivo que pode colocar o time nas primeiras colocações da competição. Atualmente o tricolor feirense é o quinto colocado com quatro pontos, dois a menos que o líder Bahia de Feira, que tem seis.

De acordo com o capitão do time, o volante Diego Perin (foto)i, o triunfo diante do Camaçari deu moral ao grupo para a partida diante do Serrano, amanhã às 20h30min no Estádio Jóia da Princesa. “A gente conseguiu um resultado importante que nos dá tranquilidade para o próximo jogo. Agora é trabalhar forte para vencer o Serrano e, quem sabe já chegar nas primeiras rodadas entre os quatro primeiros”, afirma.

Quanto ao jogo diante do Serrano, o atleta acredita que será difícil. “Toda partida é difícil porque do outro lado tem um adversário que quer vencer e precisa porque passa por um momento difícil. Respeitamos, mas estamos em nosso campo com o apoio do torcedor e por conta disso temos que vencer”, observa Perini.

Reunião adiada cria clima de apreensão no Vasco sobre Kleber

Globo Esportes

O Vasco apostava na reunião desta terça-feira para concretizar o desejo de contratar Kleber. Mas o adiamento do encontro para a próxima segunda-feira sem uma justificativa consistente criou um clima de apreensão em São Januário. A mudança de planos por parte do pai e representante do jogador foi encarada pelos cruz-maltinos como um possível indício de que a concorrência será feroz.

Em São Januário chegou a informação de que Jordão Correa, representante de Kleber, teria se encontrado com dirigentes do Santos. No entanto, o Vasco aposta no fato de estar à frente das negociações desde o início para ter a chance de contratar o lateral. A ideia do encontro de segunda é chegar a um acordo quanto ao valor dos salários.

O grupo que detém os direitos econômicos de Kleber afirma que o Vasco terá a preferência até que se esgotem as possibilidades. No entanto, o Santos aparece como um forte concorrente a contratar o jogador, já que a lateral esquerda é considerada uma posição carente na Vila Belmiro.

FH prevê clima de caldeirão contra o Fla: ‘Nossa torcida vai fazer pressão’

Globo Esportes

Fernando Henrique conversa com Geraldo no treino (Foto: Richard Souza / GLOBOESPORTE.COM)

Sete metros. Essa é a distância que vai separar o goleiro Felipe, do Flamengo, de uma empolgada torcida do Ceará. Nas laterais do campo, o espaço é um pouco maior, mas ainda assim os jogadores rubro-negros vão sentir aquele bafo no cangote. É o clima do jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Depois de comemorar o 40º título estadual no domingo, a equipe cearense quer dar mais um passo na disputa nacional e, para isso, conta com o apoio de pelo menos 13 mil torcedores. O estádio Presidente Vargas, reaberto no fim de semana depois de uma completa reforma, vai receber 15 mil pessoas.

– Nossa torcida vai fazer pressão. Quando eu era do Fluminense e vinha jogar aqui contra o Ceará era difícil encarar o Castelão (hoje fechado para as obras da Copa de 2014). No PV (Presidente Vargas) a torcida fica mais perto, é mais difícil para o adversário. Queremos que o nosso torcedor faça a diferença – comentou o goleiro Fernando Henrique.

O time do técnico Vagner Mancini vai entrar em campo em vantagem. A vitória por 2 a 1 no Engenhão dá ao Vozão o direito de empatar e até perder por 1 a 0. Se o Rubro-Negro devolver o placar do Rio, a decisão será nos pênaltis.

Os jogadores do Ceará já estão concentrados para a partida. Na tarde desta terça-feira, será realizado o último treino. O Vozão recebe o Flamengo às 21h50m (de Brasília).

No Feirense, clima de confiança para duelo pela classificação contra o Serrano

Ibahia

A última vaga do grupo quatro que credencia para a semifinal do Baianão pode ser disputada no confronto direto. Caso o Vitória confirme o favoritismo e vença o Camaçari, o vencedor da partida entre Feirense e Serrano automaticamente se classifica para a próxima fase da competição. Na equipe de Feira de Santana, impera o ar de confiança de que time vai conseguir avançar.

“O clima está muito bom entre o elenco. Graças a Deus. Uma vitória simples e a gente está garantido”, disse o presidente do Feirense, Dilson Gamela, confiando que surpresas não devem acontecer na partida entre Vitória e Camaçari, no Barradão. Com excessão do líder Vitória, que garantiu a classificação há duas rodadas, as combinações de resultados dão chances de classificação aos três times restantes.

Entre o Serrano, vice-líder, e o Camaça, último colocado, são apenas dois pontos de diferença. Somente a equipe de Feira de Santana confirma o avanço com uma vitória, sem depender de outros resultados. O duelo entre Feirense e Serrano acontece no sábado (16), às 18h30, no gramado do Joia da Princesa.

Serrano vive o clima de Semifinal

Por: Luciano Pina
Fonte: Site Oficial do Clube
Foto: Eliezer Oliveira


Jackson, Felipe e Renilton presenças garantidas nas semifinais

Com a classificação garantida e o próximo adversário definido, o Serrano treina forte para as semifinais da Segundona. O primeiro confronto com a Catuense está marcado para este domingo (23), em Alagoinhas. O Professor Elias garante que o Serrano continuará mantendo o ritmo de bons resultados.

Em primeiro lugar geral da competição e com apenas uma derrota, o Serrano está confirmando as previsões como um dos favoritos ao título da Segundona. Para o técnico Elias Borges o empate na casa do Guanambi foi favorável, já que confirmou a liderança geral do Rubro-verde. “Nós trabalhamos sempre focado na vitória, mas, já que o empate contribuiu para alcançarmos a liderança geral, o resultado saiu como o esperado”.

A partir de agora, o elenco do Serrano volta as suas atenções para a disputa da semifinal, contra a Catuense. O Rubro-verde dedicará a semana inteira aos treinos, para corrigir os erros e apresentar o bom futebol de resultados que é característica do time neste campeonato. O treinador Elias Borges diz que “o Serrano respeitará o time da Catuense. Mas que o Rubro-verde deve entrar em campo com atitude de líder geral da competição”.

Ontem a equipe do Serrano fez academia na parte da manhã e treinou com bola na parte da tarde, no Lomantão.

Gre-Nal 378: rivalidade com clima de ‘agora ou nunca’ no Beira-Rio

Fonte: Globo Esportes


Mario Sergio e Autuori: clássico de mistérios

Poucos Gre-Nais na década tiveram o clima de decisão que envolve o jogaço das 16h deste domingo, no Beira-Rio. Quando forem a campo para o clássico de número 378, vermelhos e azuis estarão definindo uma fatia gorda de suas pretensões no Campeonato Brasileiro. Para o Colorado, a partida é decisiva para a briga pelo título nacional. Para o Tricolor, vale a manutenção da ideia de estar na Libertadores do ano que vem e – não custa sonhar alto – até lutar para ser campeão. O quinto e último Gre-Nal do ano é também o mais importante.

Todos os Gre-Nais anteriores terminarem 2 a 1 em 2009. O Inter, ainda com Tite, venceu três e perdeu um. Na vitória do Grêmio, o técnico já era Paulo Autuori. Um Beira-Rio lotado, com aproximadamente 50 mil pessoas, verá uma decisão recheada de rivalidade, em uma semana repleta de mistérios e respeito mútuo.

pmvc




WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia