WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



drupal counter

:: ‘CONFEDERAÇÕES’

Desencanto e expectativa

Atarde

topo-toco-e-vou

Chegou a hora. Começa amanhã, na Terra Brasilis, a Copa das Confederações, torneio de seleções que, inegavelmente, ganhou prestígio e interesse em suas edições mais recentes.

Para nós, aqui em Salvador, também chegou a hora nos depararmos, efetivamente, com o começo das transformações promovidas pelas intervenções na cidade. No entanto, um olhar rápido destinado ao espaço em que vivemos já faz com que a decepção – e a irritabilidade – tornem-se indisfarçáveis.

Nosso metrô continua parado, ao relento, enfrentando a irremediável ação do tempo. Não ganhamos nenhum novo meio de transporte e nenhuma via que viesse facilitar a vida da população foi construída.

Pelo contrário. A única mudança consolidada na nossa rotina foi o bordão “Imagine na Copa”, usado para ilustrar a nossa insatisfação com mazelas que acabarão potencializadas em 2014. O jeitinho, a irresponsabilidade e o descompromisso desafiaram até as determinações da Fifa, tão autoritária e invasiva.

Esta, por sua vez, mostrou que suas exigências implacáveis vão apenas até o que atinge os seus direitos e interesses econômicos. Teremos sim, grande jogos e belas arenas, mas o tal legado, pelo menos na nossa cidade, encerra-se com o novo estádio.

Mas haverá pão quentinho e circo do bom para quem gosta de futebol. O torneio, inegavelmente, promete ser muito bom.

Primeiramente, pela quantidade de ótimos jogadores envolvidos. Durante duas semanas, além de Neymar & Cia., desfilarão pelos nossos gramados feras como Iniesta, Xavi, Balotelli, Pirlo, Cavani, Forlán, Chicarito, entre outros, e mais um punhado de bons valores.

Depois, pela ausência quase total de ‘bobos’ do futebol. Fora o alternativo Taiti – que já desperta o carinho e a simpatia de um monte de gente pelo País – os outros sete participantes têm chances reais de chegar às semifinais sem gerar grande espanto da crítica.

Completa o rol de razões o contexto daquele que considero o primeiro teste real da Seleção Brasileira. Adversários competitivos, estádios cheios, torcedores cuja paciência pode não ter lá muita flexibilidade em caso de fracassos e a inevitável pressão popular pelo título materializam enredo desafiador para Scolari e seus jogadores.

Pensando no Mundial, ganhar a Copa das Confederações pode ser um ótimo começo, mas não vencê-la, certamente, não será o fim. Temos fé, paixão e uma enorme torcida, mas temos um time em construção.

Copa das Confederações é o grande teste para a Copa do Mundo

Agência Estado

650x375_1331730

A Copa das Confederações, que tem início no próximo dia 15 de junho, representará uma prévia da principal competição esportiva do planeta – a Copa do Mundo de 2014, a ser disputada também no Brasil. Em campo, estarão seleções que, juntas, conquistaram 12 títulos mundiais. Cinco desses vencidos pelo Brasil, quatro pela Itália, dois pelo Uruguai e um pela Espanha – vencedora da última Copa do Mundo, na África do Sul, em 2010. A edição de 2013 da Copa das Confederações contará também com a participação do Japão, México, Taiti e da Nigéria.
Além de ser o país que mais venceu copas do mundo, o Brasil é também o que detém maior número de títulos da Copa das Confederações, com três conquistas (1997, 2005 e 2009). A França vem em segundo lugar, com dois títulos (2001 e 2003). O México venceu uma vez, em 1999.

Em 1992 e 1995, ainda sob o nome de Copa Rei Fahad, a competição foi disputada na Arábia Saudita, mas em formato diferente do atual. Na primeira, com apenas quatro países, foi vencida pela Argentina. Em 1995, com seis seleções participantes, a Dinamarca foi a campeã.

O país que mais disputou a Copa das Confederações é o Brasil. A edição de 2013 representará a sétima participação seguida do país na competição. Apesar de passar por uma fase de reformulação, o Brasil – por jogar em casa – é considerado um dos favoritos. Esse favoritismo é dividido com a Espanha que, além de campeã da última Copa do Mundo, foi a vencedora das duas últimas Eurocopas.
Itália, Uruguai e México também figuram entre os favoritos. Este último, por ser o atual campeão olímpico. Mas em futebol nada é previsível: Japão, Taiti ou Nigéria correm por fora como seleções que podem surpreender e vencer.

Se, dentro do campo, a expectativa é grande, fora dele a Copa das Confederações representará um teste para as seis cidades que sediarão seus jogos: Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Fortaleza e Salvador.

A fim de mostrar como essas capitais se prepararam em termos de infraestrutura e serviços para receber tantos turistas e torcedores, a Agência Brasil publica, a partir de hoje (10), uma série de matérias especiais.

Copa das Confederações define 80% da Seleção

Uol

Carlos Alberto Parreira

Carlos Aberto Parreira, coordenador técnico da seleção brasileira, vê a Copa das Confederações como o primeiro e importante passo para definir a equipe que disputará a Copa do Mundo de 2014. Ele evitou falar em favoritismo sobre o torneio que começará daqui dois meses, mas espera definir boa parte do elenco a partir dali.

“A Copa das Confederações é um processo de treinamento. Um trampolim importantíssimo para definir a maneira de jogar, os jogadores… Esperamos na competição definir, pelo menos, 80% da equipe”, disse nesta segunda-feira em entrevista coletiva no Rio de Janeiro.

Parreira também rasgou elogios para Fred e Neymar. Sobre o primeiro, ele minimizou o lesão que o afastará por três semanas do gramado e garantiu que o centroavante tem crédito pelos últimos jogos feitos com a amarelinha. Segundo o dirigente, a única condição para o atacante do Flu estar na lista da Copa das Confederações é entrar em campo alguns jogos antes de o torneio começar.

O craque santista, na visão de Parreira, tem lugar garantido entre os convocados e tem tudo para ser o protagonista da seleção nas próximas duas competições. Ele, no entanto, lamentou o fato de Neymar não ter ido para a Europa dois anos antes para ganhar experiência e acredita que agora uma possível transferência não adiantará muito.

A seleção brasileira ainda fará um amistoso contra o Chile, em 24 de abril, no Mineirão, antes da Copa das Confederações. O Brasil estreia na competição no dia 15 de junho, em Brasília, contra o Japão. A Band transmitirá todos os jogos da competição.

Ingressos para Copa das Confederações começam a ser vendidos nesta segunda

Tribuna da Bahia

A partir das 9h desta segunda-feira (03/12) até o dia 15 de janeiro de 2013, os torcedores poderão solicitar ingressos para a Copa das Confederações da FIFA 2013 no site oficial FIFA.com/ingressos.

Estarão disponíveis os ingressos para os 16 jogos, incluindo os da categoria 4, exclusivos para residentes no Brasil.
Nesta fase de vendas, é indiferente o dia e a hora da solicitação, já que todos terão chances iguais, independentemente, se o pedido for feito no primeiro ou no último dia.

Todos os pedidos serão coletados ao final da fase de vendas, e um sorteio será conduzido no caso das partidas que tiverem mais solicitações de ingressos do que os disponíveis.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia