WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



drupal counter

:: ‘empatam’

Com gols de falta, Ponte e Lanús empatam na primeira partida da final

Gazeta Esportiva

t_101721_fellipe-bastos-cobrou-falta-com-perfeicao-e-manteve-ponte-na-briga-por-titulo-da-sul-americana

Na primeira partida da decisão da Copa Sul-Americana, na noite desta quarta-feira, nenhum time em vantagem. Com um gol de falta para cada lado, Ponte Preta e Lanús empataram em 1 a 1 no Pacaembu e aumentaram ainda mais a importância do jogo de volta da próxima quarta-feira, na Argentina.

O gol do Lanús foi marcado pelo zagueiro Goltz, aos 12 minutos da etapa final, em bela cobrança da intermediária. Fellipe Bastos devolveu na mesma moeda e empatou aos 33.

As equipes voltam a se enfrentar por uma vitória simples na próxima semana, em La Fortaleza, como é chamado o Estádio Ciudad de Lanús. Novo empate leva a decisão para a prorrogação, já que o gol fora não é critério de desempate na decisão.

Antes, porém, o Lanús volta o foco para o Campeonato Argentino. Vice-líder do nacional, a equipe encara no domingo o quarto colocado Newell’s Old Boys, que também tem chances de título. Para ficar com a taça, o finalista da Sul-Americana precisa vencer e torcer por tropeço do líder San Lorenzo, que visita o Vélez Sarsfield, terceiro colocado e outro que tem chances de sagrar-se campeão.

Já a Ponte Preta cumpre tabela no Campeonato Brasileiro, já que teve o rebaixamento à Série B sacramentado antes mesmo de entrar em campo na penúltima rodada do nacional. Sem pretensões, a Macaca irá enviar seu time reserva para encarar o Internacional, também no domingo, no Estádio Centenário.

Chutes potentes selam empate entre Furacão e Fla no primeiro jogo da final

Globo Esportes

marcelo_atletico-pr

O empate, por definição, propõe igualdade. Mas, pelo regulamento da Copa do Brasil, o 1 a 1 entre Atlético-PR e Flamengo, no Durival Britto, em Curitiba, nesta quarta-feira, deixou os cariocas em vantagem e mais perto do título. Com o resultado e o gol marcado fora de casa, um 0 a 0 no Maracanã, na próxima quarta, será suficiente para levantar a taça. A torcida visitante, em minoria, saiu do estádio gritando “seremos campeões”, mas os atleticanos sabem que nada está decidido. O time precisa de uma vitória (ou empate por dois ou mais gols), mas já superou o rival neste ano no Rio (4 a 2), pelo Brasileiro. Outro empate por 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis.

No duelo particular entre dois dos maiores artilheiros do país na temporada, Ederson e Hernane passaram em branco. Paulo Baier e Elias, os principais articuladores dos dois lados, também não chegaram a brilhar. Mas as redes balançaram em grande estilo. Foram chutes de longe, fortes e bem colocados. Pelo Atlético-PR, Marcelo marcou numa bomba de 126km/h. O gol do Flamengo foi do improvável Amaral, cão de guarda que anotou seu primeiro gol com a camisa do clube, numa finalização a 99km/h.

– Venho trabalhando forte para isso, e se acontecer outras vezes vou ficar feliz. É um gol muito importante para mim e para minha família, é fruto de luta e determinação. Foi meu segundo gol na carreira, pelo que me lembro, e outro foi pelo Quissamã – afirmou Amaral.

Os torcedores do Atlético-PR fizeram uma grande festa desde muito antes do apito inicial. Foram 15.494 pagantes (com renda de R$ 70.080). E chegaram cedo, fizeram vigília à espera da abertura dos portões, que acabou antecipada em 20 minutos. Na chegada do time, montou a rua de fogo, como é chamado o corredor de sinalizadores vermelhos para a entrada do ônibus no estádio. Dentro do Durival Britto, um mar de faixas, bandeiras e outros adereços para incentivar o Furacão. Para tentar escapar da pressão, o Flamengo colocou seus jogadores para passarem no meio da sua torcida na saída do ônibus. Na entrada para o aquecimento, mãos dadas e postura de união com os 1.700 torcedores que compareceram, e saíram confiantes na conquista do título.

Os dois times jogam pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, no fim de semana, antes de decidirem o título – ambos em casa, às 17h de domingo. O Atlético-PR pega o lanterna Náutico, e o Flamengo encara o Corinthians.

unimarc-modelo-4

Donos de um tempo cada, Botafogo e Flamengo empatam partida de ida

Globo Esportes

botafogo-flamengo-andredurao

É quase repetitivo falar que um jogo entre Botafogo e Flamengo terminou empatado. E o
resultado recorrente nos últimos anos voltou a aparecer, desta vez no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, André Santos e Edilson fizeram do 1 a 1 no Maracanã a 118ª igualdade na história do clássico. Apesar de ter dominado os 45 minutos inicias, os rubro-negros viram os alvinegros crescerem na segunda etapa e o empate deixar o confronto de volta, no dia 23 de outubro, no mesmo estádio, sem vantagem para nenhum dos lados.

Esta foi a primeira vez que os rivais se enfrentaram na competição. Como trata-se de um clássico estadual, o duelo não tem critério de desempate com os gols como visitante. Portanto, quem vencer a próxima partida garante a vaga na semifinal. Novo empate leva a disputa para os pênaltis. – É clássico, e sabemos das dificuldades de jogar um jogo assim. A equipe está de parabéns, soube suportar a pressão. Conseguimos arrancar um grande empate hoje. Nos superamos mesmo com o cansaço – declarou André Santos.

O alvinegro Edílson, que usava gaze para conter um sangramento no nariz quando empatou o jogo, comentou a situação. – Incomodar, incomoda (sangramento no nariz), mas com o calor do jogo você nem percebe direito. O importante é que conseguimos empatar a partida. Fizemos um excelente segundo tempo, e infelizmente a vitória não veio, mas ficamos felizes com a exibição.

As atenções já precisam voltar novamente para o Campeonato Brasileiro. No sábado o Botafogo recebe a Ponte Preta no Maracança, às 21h (de Brasília). No mesmo estádio, mas no domingo, às 16h, o Flamengo recebe o Criciúma, adversário direto na luta contra o rebaixamento.

Vitória da Conquista e Nova Cidade ficam no empate na abertura da segundona

Por Luciano Pina
Foto Esportes do Sudoeste

CONQUISTA-420

Os times do Vitória da Conquista e Nova Cidade ficaram no empate pelo placar de 1 a 1, na manhã deste domingo (11), no estádio Murilão, na abertura do Campeonato Municipal de Futebol da 2ª Divisão.

O Bode ainda perdeu um pênalti aos quarenta e oito minutos da segunda etapa.

Na próxima quinta (15), feriado, quatro jogos complementam a rodada; às 08h45, Baixa do Cedro, faz sua estréia jogando contra o Projeto Semear. Na sequência às 10h30, o Vasco enfrenta o Botafogo. A tarde às 13h30, Serrano joga contra o Brasil de Limeira. Encerrando a rodada às 15h30, Juventude enfrenta o Estrela.

Com três expulsões, Inter e Grêmio empatam primeiro Gre-Nal da Arena

Gazeta Esportiva

300x250_2013-08-04_07b2130cab

O primeiro Gre-Nal na nova Arena do Grêmio teve poucos lances de perigo e terminou com o empate por 1 a 1, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Mesmo com um jogador a mais durante cerca de 15 minutos, o Tricolor não conseguiu vencer seu maior rival em uma partida que terminou com bastante discussão.

O Internacional, que reclamou muito da expulsão de Jorge Henrique aos 32 minutos do segundo tempo, sustentou o placar obtido antes do intervalo. O árbitro Fabrício Neves Corrêa ainda usou o cartão vermelho mais duas vezes, já nos acréscimos. Fabrício foi excluído e deixou o Colorado com dois a menos por pouco tempo, pois Werley acabou expulso logo depois.

Com o resultado, o time de Dunga se manteve na zona de classificação para a próxima Copa Libertadores, pois tem agora 19 pontos, no quarto lugar. Já o Tricolor tem 16 e continua na busca pela vaga no G-4.

Atlético-PR arranca empate diante do Paysandu na estreia de Mancini

Uol

atletico-pr-e-paysandu-empataram-em-0-a-0-pela-terceira-fase-da-copa-do-brasil-1374108951091_615x300

Contratado na semana passada, o técnico Vágner Mancini fez a sua estreia no comando do Atlético-PR na noite desta quarta-feira, em duelo contra o Paysandu, pela terceira fase da Copa do Brasil. E logo em sua primeira partida, o treinador conseguiu que a equipe paranaense não sofresse gols, algo que não acontecia há três meses – empatou sem gols no Mangueirão.

A última vez que a defesa do time rubro-negro havia passado em branco foi no dia 17 de abril, contra o Brasil de Pelotas, na primeira fase da Copa do Brasil. Com o 0 a 0, basta o Atlético-PR conseguir uma vitória simples em Curitiba, na próxima quarta-feira, para avançar.

ccancer

Paysandu e São Caetano empatam em jogo movimentado no 2º tempo

Terra

papaysandysaocaetanofutura

Na partida que abriu a oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, realizada nesta terça, em Belém, São Caetano e Paysandu ficaram no empate por 2 a 2, em um jogo marcado pela emoção no segundo tempo. O time paulista abriu o placar logo no primeiro minuto, com Jael, ampliou a vantagem aos 11min, com Samuel Santos, mas viu Marcelo Nicácio sair do banco para marcar dois e empatar o jogo.

O Paysandu agora aparece na tabela de classificação com nove pontos, a dois do Ceará, primeiro time na zona de rebaixamento. O São Caetano chegou aos 10 pontos somados.

O Paysandu só volta a campo pela Série B no próximo dia 20, quando enfrenta o Betim fora de casa. O São Caetano joga um dia antes, contra o Guaratinguetá, no ABC paulista.

Debaixo de chuva, reservas de Flu e Cruzeiro empatam jogo-treino

Gazeta Esportiva

t_89560_o-experiente-felipe-teve-trabalho-diante-dos-jovens-escalados-por-marcelo-oliveira-entre-os-reservas-da-raposa

Aproveitando a parada no Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa das Confederações, as delegações de Cruzeiro e Fluminense se encontraram nos Estados Unidos nesta sexta-feira. Os times brasileiros estiveram frente a frente no complexo esportivo da Disney, na Flórida, para jogo-treino e empataram em 2 a 2.

A atividade foi dividida em dois tempos de 35 minutos e realizada debaixo de forte chuva, que quase interrompeu o treinamento. Pelo lado do Tricolor das Laranjeiras atuaram Kléver (Marcos Felipe); Luquinha, Elivélton, Leandro Euzébio e Monzón; Valencia, Marlon (Zé Lucas), Felipe e Eduardo; Biro Biro (Bruno) e Michael. Os gols foram marcados pelo argentino Monzón e por Eduardo.

Já os celestes entraram em campo com Rafael, Lucas Silva, Léo, Paulão e Everton; Leandro Guerreiro, Souza (Ceará), Ricardo Goulart e Lucca; Martinuccio e Vinícius Araújo e balançou as redes com os jovens Lucca e Vinícius Araújo. Os titulares apenas assistiram à atividade nas arquibancadas do campo.

Os titulares do Flu, por outro lado, não tiveram folga e treinaram forte nesta sexta-feira. A novidade da movimentação ficou por conta do luso-brasileiro Deco, que treinou pela primeira com os companheiros desde a chegada dos cariocas aos Estados Unidos, já que se recuperava de dores na panturrilha esquerda.

zip nautica

Ponte Preta e Grêmio ficam no empate na abertura da 4ª rodada do municipal

Por Luciano Pina
Foto Esportes do Sudoeste

Ponte-Preta-1x1-Gremio-2013-079-cópia

Os times da Ponte Preta e Grêmio ficaram no empate pelo placar de 1 a 1, na tarde deste sábado (15), no estádio Murilão, na abertura da quarta rodada do Campeonato Municipal de Futebol, promovido pela LCDT.

A equipe do Alto Maron vencia até os quarenta e oito minutos da segunda etapa, quando cedeu o empate para a equipe das Pedrinhas.

Com o empate a Ponte Preta assumiu a liderança do Grupo B com sete pontos. Já o Grêmio subiu para a terceira posição com 04.

A partida marcou a estréia do jovem Vinicius (camisa 07 à esquerda), no time do Grêmio.

Na próxima rodada, a Ponte Preta enfrenta o Juventus no dia 06/07. Já o Grêmio só volta a campo no dia 20/07, contra o Beira-Mar.

Cruzeiro e Internacional empatam e frustram planos no Brasileirão

Uol

05062013---cruzeiro-e-corinthians-fizeram-um-jogo-bastante-truncado-na-arena-do-jacare-1370486452073_615x300

Depois de superar duas baixas por contusão e virar a partida em Sete Lagoas, o Cruzeiro cedeu o empate ao Internacional, por 2 a 2, neste sábado, na Arena do Jacaré, e perde os primeiros pontos em casa no Campeonato Brasileiro. O time colorado, que teve a chance de ampliar quando vencia a partida e não aproveitou o fato de o adversário ter ficado com um jogador a menos na reta final, completou o terceiro jogo sem vencer na competição.

O resultado frustrou os planos das duas equipes. Enquanto o Cruzeiro desperdiçou a chance de assumir a liderança isolada, ao menos provisoriamente, o Internacional adiou a reação na competição, depois de dois empates e uma derrota nas últimas três rodadas.

Com o empate, o time mineiro foi a oito pontos e divide a liderança com o Coritiba, que também tem oito pontos, mas joga neste domingo com o Náutico, em Curitiba. O Inter chegou a seis pontos e permaneceu na 11ª posição.

Juazeirense e Botafogo-PB ficam no empate na Série D

Por Luciano Pina
Fonte Blog Geraldo José

juazeirense1(2)

A Juazeirense estreou com um empate, de 1 x 1, na Série D do Campeonato Brasileiro em partida realizada nesta quarta-feira(5), no estádio Adauto Moraes, em Juazeiro.

Os gols só saíram no segundo tempo, com Hércules marcando aos 22 minutos para o Botafogo e Deon, aos 40, para a Juazeirense.

O público, de pouco menos de 400 pagantes, assistiu a um jogo sem muitos atrativos e poucas chances de gols. O Botafogo da Paraíba, embora tenha mostrado um pouco mais de entrosamento e toque de bola, não chegou a pressionar o time da casa.

Para a Juazeirense, que teve menos de uma semana de treinamentos na preparação para a competição, o empate, conquistado nos últimos minutos da partida, terminou sendo um bom resultado.

Na próxima rodada, programada para sábado, o Vitória da Conquista recebe o CSA, enquanto que o Botafogo recebe o Sergipe. O Juazeirense é quem folgará desta vez.

468x60_simonassi12

Com um atleta a menos, São Paulo empata com Atlético e retoma liderança

Uol

020613---jo-e-lucio-disputam-bola-na-partida-entre-atletico-mg-e-sao-paulo-pelo-brasileirao-1370215134456_615x300

Após quatro jogos pela Libertadores, sempre com um vencedor e com vantagem alvinegra, que eliminou o rival, Atlético-MG e São Paulo empataram sem gols, na noite deste domingo, no Independência, pela terceira rodada do Brasileiro. O ponto somado fora de casa foi suficiente para reconduzir o tricolor à liderança, mas não mais com 100%, enquanto o time atleticano somou seu primeiro ponto na competição, em dois jogos.

Visivelmente desgastado pelo dificílimo jogo com o Tijuana, que garantiu sua classificação às semifinais da Libertadores, o Atlético-MG não teve a mesma força ofensiva de outras partidas, especialmente no Independência. Dessa forma, a equipe do técnico Cuca segue sem vencer no Brasileirão, com apenas um ponto em seis possíveis. O São Paulo, por sua vez, retomou o primeiro lugar, com sete pontos, mesma pontuação de Vitória e Botafogo, mas com vantagem nos critérios de desempate.

No geral, o São Paulo foi melhor em campo, mas não soube aproveitar o nítido desgaste do adversário. Da mesma forma, o Atlético-MG jogou desde os 16 min da etapa final com um jogador a mais, após a expulsão do volante Denílson, mas também não conseguiu chegar à vitória, apesar de pressionar o adversário. Foi o primeiro 0 a 0 do time atleticano nesta temporada.

No Atlético-MG, Ronaldinho Gaúcho, que era dúvida por causa de dores musculares, entrou em campo. Cuca não quis poupar titulares, apesar do desgaste físico e emocional por causa da dramática classificação para a semifinal da Libertadores. Somente Réver e Bernard, que estão na seleção brasileira, desfalcaram o time alvinegro. Pelo lado do São Paulo, Ganso, Luís Fabiano e Rafael Tolói, lesionados, foram ausências do tricolor paulista, além do meia-atacante Jadson, convocado por Felipão.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia