WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031



drupal counter

:: ‘empatam’

Cruzeiro e Vasco perdem chances claras e ficam no 1 a 1 em Varginha

Globo Esportes

Teve de tudo em Varginha na tarde deste domingo: discussões entre os jogadores, reclamações com a arbitragem, muitas chances perdidas, polêmicas… até gol contra. Só faltou mesmo um vencedor. Cruzeiro e Vasco bem que tentaram, mas não passaram de um empate em 1 a 1 pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro no estádio Dilzon Melo, o Melão.

Os dois gols da partida foram marcados por jogadores vascaínos. O zagueiro Renato Silva, que não atuava há 75 dias por causa de problemas burocráticos envolvendo sua transferência definitiva da China para o Brasil, fez contra para o Cruzeiro. O empate veio com o volante Nilton após falha de Fábio.

Com a igualdade no placar, o Vasco, que teve a estreia do técnico Marcelo Oliveira, chegou aos 43 pontos e se manteve por mais uma rodada como o último time na zona de classificação para a Libertadores. Já o Cruzeiro segue em oitavo, com 35, e longe do G-4 do Brasileirão.

Os mineiros voltam a campo no próximo domingo para enfrentar o São Paulo, às 16h (de Brasília), no Morumbi. O clube da Colina, por sua vez, vai até Campinas encarar a Ponte Preta nos mesmos dia e horário.

Santos e São Paulo empatam sem gols e não evoluem na classificação

r7

O clássico entre Santos e São Paulo não saiu do 0 a 0, na tarde deste domingo, na Vila Belmiro. Sem Neymar e Lucas, as principais estrelas de cada lado, o jogo teve muitos erros de passe e, nas poucas oportunidades, também de finalização. Nem a expulsão do são-paulino Denilson, aos 38 minutos do segundo tempo, mudou a partida.

A igualdade não é boa para nenhum dos dois. O Santos chega à quarta partida sem vitória, pula para 27 pontos e pode encerrar a rodada apenas quatro acima da zona de rebaixamento. Já o São Paulo não vence há três partidas, chega a 36 pontos e segue distante do grupo de classificação para a Copa Libertadores.

O time praiano foi para o jogo castigado por desfalques. Oito deles por lesão (além de Paulo Henrique Ganso, também Edu Dracena, Fucile, Henrique, Miralles, Paulo Henrique, Alison e Rafael Galhardo), dois a serviço da Seleção Brasileira (Neymar e Arouca), um por questões contratuais (Juan está emprestado pelo São Paulo) e outro por estar suspenso pelo terceiro cartão amarelo (Bruno Rodrigo).

O São Paulo lamentava duas ausências. As do meia-atacante Lucas, baixa mais uma vez por estar com o selecionado nacional, e do meia Maicon, suspenso. Ney Franco poderia fazer uma única mudança em relação à rodada passada, mas, além de colocar o volante Casemiro no lugar de Maicon, sacou Paulo Assunção para voltar a usar o esquema 3-5-2, com Paulo Miranda ao lado de Rafael Toloi e Rhodolfo.

Em jogo de poucas chances, Esquadrão e Galo ficam no empate sem gols em Pituaçu

Ibahia

Jogo truncado, duas equipes um tanto quanto desacertadas em campo, e um resultado que a partida mereceu, mas que não é bom para nenhum dos lados. O placar não saiu do zero no duelo entre Bahia e Atlético Mineiro, na noite desta quarta-feira (5), em Pituaçu. A torcida da casa compareceu em bom número, mas não viu o Esquadrão emplacar a que seria a terceira vitória cosecutiva, para continuar 100% no segundo turno da Série A.

Um ponto a mais na conta Tricolor, que agora tem 25 pontos e segue na 15ª posição, lugar que está garantido até o final da rodada, já que o Coritiba, logo atrás, já jogou e sofreu um tropeço diante da Lusa. O prejuízo do empate pode ser maior para o líder do Campeonato. O Atlético Mineiro foi a 45 pontos, mas pode perder a ponta para o Fluminense, que tem 44 e joga nesta quinta-feira (6).

Depois de dois jogos em casa, o Bahia volta a se apresentar fora de seus domínios, e pela 23ª rodada vai enfrentar o Vasco, em São Januário. A bola rola para o duelo no próximo domingo (9), a partir das 16h. Também no domingo, o Atlético Mineiro recebe o Palmeiras, a partir das 18h30, no Independência.

Dagoberto marca, D’Alessandro é expulso e Inter empata com São Paulo

Gazeta Esportiva

Em duelo direto na busca por uma vaga no G4 do Campeonato Brasileiro, o Internacional contou com um gol de Dagoberto em seu retorno ao Morumbi, mas não conseguiu bater o São Paulo, empatando a partida por 1 a 1. O Tricolor Paulista contou com a expulsão de D’Alessandro por simulação no segundo tempo, mas não conseguiu a virada.

Apesar de atuar como visitante, o time gaúcho começou melhor, abrindo o placar com Dagoberto, ex-jogador do adversário, após cruzamento logo aos sete minutos do primeiro tempo. Também aproveitando bola alçada na área, Maicon igualou aos 18.

Assim, agora com 35, as duas equipes continuam com a mesma quantidade de pontos. No entanto, o São Paulo fica na quinta posição por conta do número maior de vitórias, enquanto o Internacional aproveitou a derrota do Cruzeiro para ficar na sexta colocação.

Ceará e Guaratinguetá ficam no empate de 1 a 1

FutNet

Nesta noite de sexta-feira, no Estádio Presidente Vargas, o Ceará viu o Guaratinguetá arrancar o empate de 1 a 1 no final do jogo. Após 21 rodadas na Série B, o Ceará não consegue chegar no bloco do G4, enquanto o clube do interior de São Paulo fica ainda na zona do rebaixamento.

Sem se importar com a pressão de jogar no Presidente Vargas, o Guará tentou atacar o Ceará com jogadas feitas pelo Keninha, Marcinho e Alemão, que quase chegou ao primeiro gol aos 14 minutos.

Aos 21, o Ceará quase marcou em um lance meio maluco. Daniel Marques e Robert estiveram envolvidos em uma confusão na área, mas a dupla viu a bola não entrando no gol. O Ceará ainda tentou com Mota e Paulo Sérgio, mas as jogadas não resultaram em gol.

No segundo tempo, aos 23, o Ceará abriu o placar para a festa da torcida. Apodi cruzou da direita e Robert completou de cabeça para o gol. Porém, o Ceará vacilo e no apagar das luzes o Guará igualou.

Aos 43, Marcinho cobrou uma falta de longe e Adílson, adiantado, viu a bola entrar no gol.

Desafetos, Fred e Sheik marcam, e Flu x Corinthians acaba empatado

Globo Esportes

O duelo entre os dois últimos campeões brasileiros terminou empatado em 1 a 1, nesta quarta-feira, no Engenhão, graças a dois atacantes que se transformaram em desafetos no ano passado, quando eram companheiros de clube. Fred, agora artilheiro do Campeonato Brasileiro, com dez gols, e Emerson marcaram para Fluminense e Corinthians, respectivamente, em confronto quente, cercado de lances mais pesados, cartões e discussões entre os jogadores em campo.

Sábado, contra o Figueirense, lanterna do Brasileiro, em Florianópolis, o Fluminense segue sua perseguição ao Atlético-MG, líder, um ponto à frente (44 a 43) e com um jogo a menos . – Não foi o resultado que queríamos, mas o Corinthians acabou encaixando um contra-ataque e fez o gol. Importante é que a equipe produziu bem. Estamos no caminho certo – disse o goleiro Diego Cavalieri, em entrevista à Rádio Globo.

Já o Corinthians, depois do empate com o vice-líder, agora terá a missão de enfrentar o Atlético-MG, no Pacaembu, domingo. O Timão soma 25 pontos e aparece em 12º lugar. – Deixamos a desejar na etapa final e sofremos o gol de empate. Esse ponto está de bom tamanho, mas queríamos a vitória – disse Ralf.

Flamengo e Botafogo empatam sem gols no Engenhão

R7

O clássico carioca deste domingo terminou com um empate sem gols entre Botafogo e Flamengo, no estádio João Havelange, na capital Fluminense.

As duas equipes se movimentram bastante e procuraram o gol durante os noventa minutos, mas as defesas levaram vantagem sobre os ataques e o placar não foi mexido no Engenhão.

O resultado deixou as duas equipes nas mesmas posições na tabela do Brasileirão. Botafogo e Flamengo encerram o primeiro turno na sétima e nona colocações, respectivamente, com 28 e 26 pontos.

Na abetrutra do segundo turno, o Botafogo vai encarar o São Paulo, no Morumbi. Já o Fla recebe o Sport, em Volta Redonda (RJ). Os dois jogos serão na próxima quinta-feira.

Em jogo de fortes emoções, Cruzeiro e Atlético-MG ficam no empate

Lancenet

O primeiro clássico em Belo Horizonte após dois anos de jogos em Sete Lagoas terminou com empate em 2 a 2, resultado que foi decidido nos últimos minutos. Nem um lance de genialidade de Ronaldinho Gaúcho, que marcou aos 46 do segundo tempo, em uma arrancada espetacular que culminou com o mais belo gol marcado pelo craque desde a sua chegada ao Galo, levou o time alvinegro a sua primeira vitória sobre o rival desde dezembro de 2011.

O clássico que teve apenas a torcida celeste presente no Independência, neste domingo, dia 26 de agosto, viu um duelo duro, com muita marcação, 11 cartões (oito amarelos e três vermelhos) e poucas oportunidades de gol de ambas as partes.

Os gols foram marcados por Wallyson, aos 17, e Leonardo Silva, aos 47, ambos no primeiro tempo, e Ronaldinho Gaúcho, aos 46, e Mateus, aos 56 da etapa final. A Raposa chega aos 28 pontos, mas não deixou o oitavo lugar. O Galo confirmou sua posição como melhor time do primeiro turno, com 43 pontos e um jogo a menos nesta edição 2012 do Brasileirão.

Atlético-BA e Bahia de Feira empatam em amistoso

Site do Atlético

Na manhã desse sábado (25\08) o Atlético de Alagoinhas realizou seu primeiro amistoso visando a disputa da Copa Governador 2012, a partida foi contra o Bahia de Feira na cidade de Amélia Rodrigues e as duas equipes ficaram no zero a zero.

No próximo sábado (01\09) Atlético e Bahia de Feira voltam a se enfrentar, dessa vez no Estadio Antonio Carneiro ás 17:00hs, com ingressos no valor de R$10.00.

Itabaiana e Sousa empatam sem gols e paraibanos ‘adiam’ classificação

Globo Esportes

Itabaiana e Sousa se enfrentaram na tarde deste domingo, pela nona rodada da primeira fase da Série D do Brasileirão, com objetivos distintos. Os sergipanos, sem chances mais de classificação, queriam uma despedida digna, para evitar fechar a campanha na lanterna do grupo A-4. Para os paraibanos a vitória significava a vaga antecipada para a próxima fase. Mas ninguém saiu de campo vitorioso, empate em 0 a 0.

O Dinossauro da Paraíba buscou o triunfo fora de casa e criou boas situações de gol, mas foi pressionado durante boa parte do jogo pelos adversários.Com a igualdade sem gols, o Sousa passou a somar 12 pontos na tabela, e joga por um empate para garantir a classificação. Na próxima rodada a equipe enfrenta seu concorrente direto, o Feirense, que soma 10 pontos. O jogo acontece no Estádio Marizão-PB, domingo, às 16h.

De folga na última rodada, o Itabaiana se despede da competição de forma melancólica. O time venceu apenas um jogo e não marcou gols nas últimas cinco partidas. Na última rodada, terá que secar o Vitória da Conquista, que encara o CSA, para não fechar a campanha como último colocado do grupo.

Portuguesa e Internacional empatam e ficam na mesma no Brasileirão

Gazeta Esportiva

Em um resultado ruim para ambos, Portuguesa e Internacional empataram por 1 a 1, na noite deste domingo, no Estádio do Canindé, em São Paulo (SP), no encerramento da 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Depois de um primeiro tempo pouco movimentado, as duas equipes arriscaram na etapa final, fazendo com que o jogo ficasse em aberto.

O empate foi ruim para as duas equipes. No próximo sábado, às 21 horas (de Brasília), a Portuguesa tenta se consolidar na parte de cima da tabela contra a Ponte Preta, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Um dia depois, o Internacional tem confronto direto por uma vaga no G4 do Nacional justamente contra o seu maior rival, o Grêmio. Este clássico está marcado para as 16 horas, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

Em duelo de defesas sólidas, Vasco e Corinthians não saem do zero

Globo Esportes

Em seu terceiro confronto no ano, Vasco e Corinthians entraram em campo neste domingo, em São Januário, com retrospectos extremamente positivos de suas defesas e jogadores que já se conhecem muito bem. O empate por 0 a 0 foi um reflexo de mais um bom desempenho do setor nos dois times, apesar dos desfalques. A estatística para ambos melhorou: cariocas agora acumulam seis jogos sem sofrer gol, e os paulistas levaram dois no mesmo período.

O Vasco pode até lamentar a chance desperdiçada de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro, pois foi a 31 pontos, um a menos do que o Atlético-MG, que não atuou nesta 14ª rodada (contra o Flamengo) por causa do pedido do Botafogo de interdição do gramado do Engenhão. No entanto, correu o risco de ser derrotado, numa partida em que o Corinthians foi superior no primeiro tempo e em parte do segundo – terminando o jogo com oito finalizações, contra apenas quatro dos donos da casa. A equipe paulista ocupa a décima posição na tabela, com 17 pontos.

O Vasco só conseguiu equilibrar a partida depois das entradas, no segundo tempo, de Felipe (aos 15 minutos) e Tenorio (aos 25) nos lugares de Carlos Alberto e Eder Luis. Após a partida, o discurso dos jogadores era de satisfação com o ponto conquistado.

Os dois times voltam a jogar na próxima quarta-feira. O Vasco, que neste domingo não teve Dedé na zaga, enfrenta o Sport na Ilha do Retiro, às 19h30m (de Brasília). O Corinthians, que teve o desfalque de Chicão, pega o Atlético-GO no Pacaembu, às 20h30m.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia