WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
vitoria da sorte




vitoria da sorte

outubro 2021
D S T Q Q S S
« set    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  



drupal counter

:: ‘ENEM’

Detentos do presídio participam de revisão para o Enem PPL

Blog da Resenha Geral

DSC_3150

Aproximadamente 50 internos do Presídio Nilton Gonçalves participaram do aulão de revisão para o Enem, na tarde dessa quarta-feira (25). A unidade prisional conta com uma extensão da Escola Municipal Maria Santana, que garante educação aos detentos durante todo o ano.

Dentre os alunos que vão fazer o Enem, existem os que já concluíram o ensino médio e os que vão fazer o Exame para obter o comprovante de conclusão do ensino médio. “De acordo com a minha pontuação vou escolher o curso, mas com esse aulão nossas chances aumentam. Isso é muito importante para a nossa ressocialização e para nos dar um norte diferente, porque a gente pode sair daqui e quem sabe ter um diploma e uma profissão”, disse o interno Marcel Douglas.

Para o diretor do Presídio Nilton Gonçalves, Alexsandro Oliveira, o aulão de revisão é um diferencial para os alunos. “Nossa intenção é que vocês saiam melhores do que entraram. Na hora de fazer a prova do Enem, certamente o aulão fará toda diferença”. A diretora da Escola Municipal Maria Santa destacou a relevância da iniciativa. “É uma oportunidade de mudar a realidade em que vivem”.

O professor Adão Albuquerque, que ministrou a aula, falou sobre a contribuição da revisão para os internos. “Não é apenas uma aula de conteúdo, é acima de tudo uma aula de motivação para mostrar a importância do estudo, que é a única coisa que ninguém pode tirar da gente”.

O calendário de provas do Enem de Pessoas Privadas de Liberdade (PPL) é diferenciado do tradicional exame. Enquanto a maior parte dos participantes fizeram as provas em outubro, o Enem PPL será realizado nos dias 1° e 2 de dezembro.

Bahia tem 580 mil inscritos no Enem e maior parte é mulher e tem cor parda

Tribuna da Conquista

enem-20151-300x199

Pouco mais de 80% dos 580 mil inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio na Bahia se declararam pardos (301.340) ou pretos (164.521). Além disso, 14% se autodefiniram como brancos (83.003), 2,5% como amarelos (13.075) e 0,7% como indígenas (3993). Cerca de 2% não dispuseram a informação. Os dados foram divulgados ao G1 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

O perfil dos inscritos também revela as características de gênero. Na Bahia, 61% dos participantes são do sexo feminino (353.070) e 39% do masculino (227.001). O órgão aponta que 18 dos inscritos são declarados travestis ou transexuais.

O Inep também detalhou que 63% das pessoas inscritas já concluíram o ensino médio (367.233) e 15% devem concluir neste ano (90.371). Os demais 22% não concluíram ou irão concluir o ensino médio após 2015.

O perfil dos participantes no estado ainda revela que 110 participantes solicitaram atendimentos específicos por serem idosos, 696 por serem lactantes e 567 por estarem grávidas.

Além disso, 3.939 pessoas solicitaram atendimentos especializados para questões que envolvem deficiência auditiva (430), baixa visão (711), dislexia (124), cegueira (76), surdez (131), deficiência física (1.287), autismo (13), discalculia (24), déficit de atenção (303), visão monocular (567) e outras deficiências (145). Nestes quesitos, uma pessoa pode estar inscrito em mais de um atendimento.

Cartão só pela web
Neste ano, pela primeira vez, o Ministério da Educação não vai enviar a versão impressa pelos Correios. O exame tem 7.746.118 inscritos e será aplicado nos dias 24 e 25 de outubro. Outra novidade é que o candidato poderá salvar o cartão em seu computador no primeiro acesso para não ter de voltar ao sistema.

A recomendação do MEC é para que os candidatos visitem o local dias antes do Enem, para evitar imprevistos. No Twitter, participantes do Enem usaram as redes sociais para criticar e elogiar as escolhas dos locais de prova. Como regra, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) busca colocar os alunos em escolas a até 30 km da residência do candidato.

unimarc-modelo-4

comercial tommacon



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia